~ThaliaStocker

ThaliaStocker
Nome: Thalia Stocker
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: Indisponivel
Idade: Indisponivel
Cadastro:

FICHA-B.T.S COVERS


Postado








난 빌어 먹을 최고 마담
I’m the mother fucking top madam


NOME:

Song Ji-Hyo--송지효 .O nome foi espontaneamente escolhido por seu pai que no calor do momento decidiu. Dentre tantos apelidos que a garota recebe, adotou para sua vida Sarah. Não se sabe ao certo de onde veio essa brilhante ideia mas se recorda de ter ouvido esse nome em algum dorama que assistiu. Particularmente Song até gosta do seu nome, mas ela lembra que antigamente desejava mudar, colocar algo como um nome estrangeiro, ou até mesmo Sunshine. Deve ser por isso que adorou ser chamada de Sarah. Talvez ela sente que deveria ter um nome de origem inglesa por conta de que sua nacionalidade. Não se tem um significado concreto para seu nome.

IDADE:

Dezoito anos, completados no dia O5.04.98 sendo do signo de Touro ♉ mas não acredita muito em horóscopo. Sua mãe disse que foi um parto difícil, e que a menina nascera prematura. A mesma não liga muito para essas coisas de aniversário, preferindo não revelar a data para outros, porém tem plena consciência de que um dia vir se tornar uma jornalista por exemplo, poderá ter alguns de seus dados revelados, inclusive a data de nascimento. Mas para o bem de sua vida, ela conseguirá superar.

PERSONALIDADE:


« Brave Princess »

Nada de coelhinhos rosas e ursinhos de pelúcia. Contra tudo que impeça as mulheres de ter os mesmos direitos do que os homens. Não é frágil, nem delicada. Tem seus momentos por assim dizer. Song é realmente defensora das mulheres, visto que se encaixaria muito bem em um grupo de feminista. Digamos que ela é uma mais ❝ light ❞ já que mesmo querendo igualdade, não gostaria de ser chamada de Mike ou algo do tipo. Adorava quando era a líder nas brincadeiras, chegando a ser realmente possessiva nesse termo. Dominadora. Em um relacionamento pode ter certeza que ela será controladora. Na medida do possível, até porque isso irrita e Song percebe facilmente seus defeitos.

Divertida na grande maioria das vezes. Brincar de esconde esconde era uma das suas coisas favoritas e ainda se lembra de quando acabou fugindo com um coleguinha e dei seu primeiro beijo. Desengonçada claro, apenas tocou o lábio um do outro. Song não é tão romântica quando você pensa. Ela é desastrosa nisso. Não sabe muito bem demonstrar o quanto gosta da pessoa, e isso dificulta um relacionamento. Quando quer algo persiste até o fim, dificilmente irá se render. Não sabe parar quando começa. Seja beber algo, ou brincar. Sempre querendo mais. Uma boa e ❝ gorda ❞ consumista. É mais um dentro tantos os vícios que a menina leva em sua vida. Compra muitas coisas desnecessárias.

Adora brincar com animais, sejam eles de porte pequeno, médio ou até os maiores. Seu animal preferido são os gatos, que de acordo com Song eles demonstram grande parte do afeto igual a sua pessoa. Recatados e retraídos, de uma forma ou de outra demonstram o que podem. Só fica quem quer. Só cuida quem ama de verdade. Pode ser tímida, mas isso é passageiro, demorará no máximo cinco minutos para ela se soltar e ser tornar a verdadeira Jihyo. Gosta muito de golfinhos e adoraria se um dia conseguisse ver um, até porque sua mãe não deixava ir nas excursões que a escola fazia, e justo em uma, eles foram visitar um aquário, e que infelizmente ela só conseguiu observá-los por fotos. Chato.

Faz muito beicinho quando está irritada. E acredite ela possui paciência. Só que não é tão grande. Song se irrita com pessoas que a pressiona demais, e que ficam muito perto dela enquanto falam. Tem ódio de pessoas que falam cuspindo, e tenta ficar o mais longe possível. Cigarro para ela também é profundamente desnecessário na Terra. Quando passa perto de um fumante faz questão de mostrar a coisa feia que ele está fazendo, fingindo tossir e tampando o nariz. É muito festeira. Quando a convidam para festas, pode ter certeza que ela estará lá. A menina que todos chama de corajosa na verdade tem medo de nadar. Pode pedir para ela saltar de paraquedas de uma avião, de subir uma montanha, mas não peça para ela dar um mergulho.

Song tenta ser engraçada, e olhe, ela realmente consegue. Poderia até ser comediante. Sua escrita é tão suave que dá gosto de se ler. Usa palavras polidas e de uma forma misteriosa consegue prender o leitor. Normalmente quando ela sai para alguma festa não costuma ficar com muita gente, mesmo que ela chame atenção com um vestido decotado que realça o que ela mais tem: seios. Pode ficar tranquilo que a menina não é daquelas que deixa tocarem onde bem entendem. Como disse anteriormente ela valoriza os direitos iguais, e valoriza-se também. Não é porque está de roupa curta que tem o direito de ser assediada que fique bem claro. Seu sorriso é muito bonito, e consequentemente ela acaba estampando um sorriso a cada cinco segundos para mostrar as pessoas.

Aproveitando para dizer que pode passar horas lendo livros e nunca mais parar. Ela fica tão submersa que se esquece totalmente o que está acontecendo ao redor. Mesmo não parecendo ela é bem vingativa. Faça algo que a deixe irritada e espere pelo troco. Tudo que vai, volta. Nem pense que se ela estiver saindo com um cara e você tentar seduzi-lo ela irá perder tempo. Amor próprio é tudo nessa vida. Tendo tudo para ser uma garota orgulhosa, ela nega, e que por via das dúvidas é por parte verdade. Song realmente trata os necessitados muito bem, e consegue dividir alimento e roupas para eles. Seu sonho quando criança era abrir um orfanato, abrigando todas as crianças que foram abandonadas pelas mães ou que morreram antes mesmo de lembrar do rosto do filho.

Já pensou em trabalhar na ONU, mas acha isso um pouco demais para uma pessoa simples como ela. Ficou pesquisando sobre algumas bandas coreanas, e descobriu vários amorzinhos, e acabou descobrindo que é apaixonada por rap. Sim, é um gênero musical mais hip-hop mas já sabe como é na Coreia. Sabe falar inglês fluente, pois sua mãe se comunica com ela através desse idioma, apenas pelo caso de se ela quiser voltar para sua cidade natal, ela saberá sobreviver aquela imensidão. Queria muito ter conhecido o pai, e ter apostado muito dinheiro em jogos de cassino, mas sua mãe diz não saber mais do paradeiro dele, e mesmo que ela morra de curiosidade poderá nunca saber se pelo menos ele está vivo ou não.

A garota adora fazer aegyo, tendo criado variados tipos. Sempre que pode aproveita para fazer uma piadinha sem graça em momentos importunos. Nem sempre vai conseguir ficar em total silêncio, mexendo em algo ou rabiscando, balançando a cabeça vendo as unhas. Ela está em constante movimento. Tem uma mini coleção de perfumes. Ela coleciona porque acha muito incrível todos os cheiros. Possui também uma coleção enorme de sapatos, dentre eles, saltos e botas, sandálias, etc. Não gosta de chapéu, mas poderá vê-la usando raramente um boné. Também guarda muitos brincos em uma caixinha decorada com corações ganhada no aniversário de treze anos que sua avó deu, são várias as cores e detalhes.

Quando se encontra com medo é divertido para os telespectadores. A verá fazendo caras e bocas. Acha muito feio o ato de apontar para as pessoas e tenta ao máximo evitar. Song não é de chorar muito com fatos cotidianos, mas agora em relação a doramas ela se desaba em lágrimas. Não se sabe porque, já que é tudo encenação. Ela tem sentimentos bem instáveis que podem ser mudados facilmente.



APARÊNCIA:


Song nunca foi aquela menina que todos os senpai's querem. Desde muito nova seu rosto era tão comum quanto crianças comerem fast-food. Uma coisa que ela traz até hoje são suas medidas, já que desde nova nunca fora acima do peso nem abaixo. Mediu sua altura no fim do ano passado ― 2O15 ― mas ela acredita que não tenha crescido nem um centímetro. 1,6O de pura gostosura. Talvez nem tanto, mas enfim. Jihyo não come que nem uma sem teto que dificilmente vê comida. Comportada ela se alimenta da maneira mais frescurenta possível. Seu paladar é extremamente exigente, aliás não é por isso que possui uma pele tão saudável assim? 45kg. Perfeita para ser uma Ídol. Mas a vida não colabora. Adora mostrar seu charme, seja com roupas fofas á roupas provocantes. Ela pouco se importa se sair na rua com um shorts em seu útero que mostre a polpa da bunda. Foi da época em que ela julgava as meninas que usam roupas curtas. Se conseguir muito dinheiro gostaria de investir em uma cirurgia plástica no rosto e no pé ― mesmo todos dizendo o contrário. Complexo de inferioridade em relação ao seu pé. Ela chora para não mostrá-lo, e sim, é estupendamente estúpido. As madeixas já tiveram um comprimento maior, mas depois de cortá-lo chanel ele não cresceu tanto quanto antes, mesmo passando da altura dos ombros. Como diz sua mãe: ❝ É o mal olhado ❞. O que de longe a menina acredita. O cabelo de Jihyo já passou por tantos maus sofridos que ela não sabe como ele ainda não caiu. Tanto alisamento. Pelo menos atualmente ele está bonito, com uma coloração puxada para o castanho e com uma franjinha. Ela acha sexy seus lábios, mesmo não sendo carnudos, de perfil percebe-se a beleza. Seu nariz é outro que deixa a menina triste, já que ele não é "arrebitado". De acordo com os padrões coreanos a garota se encaixa muito bem. A franja que cobre um pouco as sobrancelhas que deveriam ser um pouco mais grossas mas que combinaram com seus cabelos, realça seu pequeno rosto e beleza. Song nunca foi muito boa em trabalhos domésticos, e sempre foi julgada pela mãe de que será uma péssima esposa, por isso suas mãos são delicadas como a de um bebê. Era raro as vezes que a menina lavava uma louça ou passava pano no chão. As unhas nem sempre foram cuidadas, mas assim que entrou na fase de adolescente decidiu manter o melhor visual, não só para as pessoas que apreciam-a mas para ficar bem consigo mesma. Possui o polêmico thigh gap mas sempre teve, nada de ter feito dietas extremistas. Por conta de medo que a sociedade impõem passou a usar diversos cremes que hidratam a pele e evitam as celulites/estrias. Os seios são avantajados, mas nada que uma Nicki Minaj da vida, já que as nádegas são bem digamos, ❝ mais na delas ❞, não querendo se aparecer muito.


GOSTOS&DESGOSTOS:

- Ouvir música.
- Ficar nas redes sociais.
- Irritar os seus amigos
-Brincadeiras
-Cantar
-Rap
-Compôr
-Dançar
-Tocar
-Atuar
-Animais

---

-Preconceitos
-Pessoas metidas
-Falsidades
-Mentiras
-Maltratem pessoas/animais
-Comer muito
-Bebidas alcoólicas
-Cigarros



HISTÓRIA:

”--A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios. Por isso, cante, chore, dance, ria e viva intensamente, antes que a cortina se feche e a peça termine sem aplausos.--”
P.S:História decorrer da fanfic.


MEDOS:

Tripofobia-Tripofobia é o “medo de buracos”, condição que faz com que indivíduos sintam desconforto como coceira e arrepios e até ataque de pânico ao observar imagens com vários pequenos buracos, círculos, rachaduras ou outras formas assimétricas.

E tem uma possível hidrofobia-é um transtorno psicológico caracterizado pelo medo excessivo ou irracional de água.



PAPEL NAS COVERS:

Visual,Rapper principal,Maknae.

Rap&Dance-(mocinha de cabelos curtos roxo)https://youtu.be/NPqtL1dtrlA



PAR:

Sim-”Por que eu o amo?
Bem, por muitos motivos.
Mas o principal: ele cuida tão bem de mim.
Ele me mostrou o lado mais belo da vida, o verdadeiro amor!.”


MEMBRO FAVORITO:

Jeon JungKook


SHIPP FAVORITO:

JungKook&Sung Jihyo
Rap Mon&Jin
V&Suga
J-Hope&Jimin

(shipps estranhos...poizer :v)


ESTILO:

Como dito antes,Song gosta de espalhar seu chame por ai,seja com roupas fofas ou até mesmo curtas e provocantes não se importando com a opinião alheia.Também gosta muito de usar brincos,inclusive possui alguns que são espalhados por suas orelhas.

ROUPAS:

*Casuais-





*Dormir-





*Festa do pijama-





*BTS Show-





*Sair com o couple-







CURIOSIDADES:

O1. Song depois de sair de casa passou a morar com seu oppa. Eles viviam em uma pequena casa no centro da cidade de Seul. Os dois dividiam tudo e se davam muito bem. É meio irmão de Song, por parte de mãe, fruto de seu primeiro casamento. Assim que ela foi morar na universidade seu oppa passou a ligar todos os dias, que, dizendo ele é para saber como Song está, mas a mesma diz que é só parte de seu plano, um fingimento, e que ele está só curtindo sem ela na casa para monitorar as saídas com várias garotas.

O2. Tem vários piercing espalhados estilo helix na orelha. Vários furos que são decorados de uma forma bem sofisticada e fofa. Fez isso com quinze anos. Se Song tivesse coragem faria um na língua, mas acha que isso atrapalharia em sua carreira de jornalista/ou professora, sem contar que ter todos esses piercings na orelha não são todos que aceitam calados. Uma coisa interessante é que a menina nunca quis fazer tatuagem, apenas aprecia algumas, dizendo como são bonitas. Nem é por medo que ela não faz, é porque pensa que aquilo vai danificar muito seu corpo quando ela ficar mais velha, além do mais, é uma coisa enjoativa, que se com o tempo quiser tirar vai gastar um bom dinheiro que poderia não estar gastando se já não tivesse feito.

O3. Song não gosta de música clássica, por mais que ela parece ser daquelas meninas mais formais, seu estilo musical é pop. Também gosta de kpop, mas não é um estilo musical fixo. Algumas bandas que ela gosta são normalmente compostas por garotos, não que ela não goste também de girlband. Sua banda britânica favorita é Coldplay. Atualmente está viciada na música que a Jimin da banda AOA fez com o Xiumin ( EXO ) ― 야 하고 싶어

O4. Desde pequena sempre adorou coisas relacionada ao Egito. Possui várias decorações nesse estilo. É apaixonada pelo Deus Anúbis, assim como seus objetos. Além de ter objetos de decoração, conseguiu ir em uma exposição que possuía oitenta e sete peças do Antigo Egito. Aproveitou e comprou várias lembrancinhas, entre elas se apaixonou por um colar duplo, no ❝ primeiro colar ❞ o olho de Hórus, no ❝ segundo ❞ a cruz de Ankh. Mesmo muitos associando ao satanismo, bruxaria, etc, Song acredita que o verdadeiros significados não estão ligados a isso. E mesmo que as pessoas julguem-a ela continuara usando e decorando suas coisas com pirâmides e faraós.

O5. Lá estava sua mãe chorando em frente a tv. Song não sabia o porque por isso ficou lá e observou o que estava acontecendo. Por volta de seus catorze anos passou a fazer a mesma coisa que a mãe. Virou-se uma viciada em doramas. Acompanha muito dos lançamentos, e já perdeu a conta de quanto já assistiu. Pode ser até tailandês que a menina assiste. Lembra que começou com seus dez anos, e não parou até hoje. Já perdeu as esperanças de tentar sair desse vicio. Um dorama que a marcou muito sua vida dorameira foi 2OO pounds beauty. Ela chora até hoje quando vai assistir, sem contar que nunca cansa de rever. Parece que fazem algo como "releituras" desse dorama, e como ela não pode perder, já pesquisou e está terminando Birth of Beauty, e não parando por ai, se envolveu com Oh My Venus! Todos sendo histórias de pessoas que foram transformadas, amando esse "gênero".

O6. Existe três cantoras boas o suficiente para fazer Song ouvir as músicas e não enjoar. Kim Taeyeon, Jessie J e Lady Gaga. Tá, talvez um pouco a Sia, mas as duas anteriores são suas preciosidades. Todas as músicas possíveis que já lançaram Song ouviu. Como Taeyeon fez um álbum solo a pouco tempo a mesma está ansiosa para mais. Jessie J canta tão bem que a faz ficar feliz depois de uma boa playlist chamada SUMMER ☼. Isso não quer dizer que Song despreze outras cantoras, muito pelo contrário, ela na verdade adora muitas, só que essas conseguiram um lugar especial em seu coraçãozinho.

O7. Seu cabelo já perdeu a virgindade a muito tempo atrás. De tempos pra cá adotou o castanho, mas nem sempre foi assim. Com toda sua "coragem" pensou em pintar o cabelo de rosa, mas acabou pensando melhor e achando que seria um pouco demais. Já estava no salão mesmo então porque não fazer algo? Pintou-os de castanho-alaranjando. A cor havia combinado com todo o resto de si, mas enjoou depois de poucos três meses. Parece que pintar o cabelo é um ciclo vicioso. Quando se pinta uma vez, você não consegue parar mais. Pintou as pontas de loiro. Fez uma repaginada t o t a l e pintou de loiro. No fim ela permaneceu com o castanho com um tom meio cinza.

O8. Como citei anteriormente Song sempre adora escrever textos, principalmente nas aulas que eram para escrever crônicas, narrativas, etc. Seu professor sempre a elogiou pois suas ideias eram boas. Sempre pensou que talvez pudesse fazer sucesso como escritora, mas não é tão fácil assim. Caso seja necessário ela poderia voltar para os Estados Unidos para tentar essa carreira, mas por enquanto fará a universidade aqui na Coreia mesmo. Possui uma pasta onde guarda todas suas produções textuais desde a sétima série, e continua guardado "poeminhas" que ela cria quando está sem nada para fazer.

O9. Song odeia qualquer tipo de coisa relacionada ao corpo humano. Tem nojo de quase tudo. Sangue para ela é como um inimigo que anda com ela ― literalmente. Já assistiu um filme estrangeiro chamado Mãos Talentosas e se arrepende profundamente pois foi comprovado por ela mesma que não nasceu para ser médica. Cirurgia para ela é a coisa mais horrenda que se pode existir e ela agradece que existe pessoas que fazem isso pra ela. Ela sofre de muitas fobias. A mais incomum é tripofobia ― é um estranho medo de buracos ou de formas geométricas agrupadas ― e que é realmente frustrante para a menina, já que quando vê buraquinhos em qualquer lugar agrupados ela chega a passar mal. Possivelmente tem hidrofobia, mas não é literalmente hidrofobia, mas Song não sabe nadar e ela até entra na piscina e no mar, mas nada mais que isso, nada de colocar a cabeça dentro da água e nadar.

1O. Um dos passatempos favoritos da menina é ver programas de entretenimento coreano. Sério! Ela passa tipo uma hora vendo cada episódio e não se cansa. Ela é viciada em Let's Go! Dream Team e Dream Team II. Ricky é muito belo para Song. As participações de lá são realmente incríveis. Ela adora quando vai uma girlband e boyband porque assim ela pode shippar a vontade. Sim, a garota é muito dessas que shippa algum idol com outro. Em um desses episódios de Let's Go! Dream Team ― Water Park ― ela shippou a Hyeri da banda Girls Day com o Ravi da banda VIXX. Shippou também a Seuga do Rainbow com o Ricky, que sempre participa desse programa. | ❝ Pelo amor de Deus gente, estava na cara esse shipp! A Hyeri estava se jogando nos braços dele na hora de descer na boia. Não vê quem não quer. Ah e em relação a Seunga e o Ricky: gente ela lambeu os lábios depois de ver o músculo do Ricky. Não vem com essa de que estou inventando. Eu voltei na parte três vezes pra comprovar. ❞ | Isso se repete em vários episódios. Também em um episódio que vários boys jovens e adultos competiam entre si, ela descobriu um jovenzinho da banda BTOB que acabou se apaixonando. Ou seja esses programas favorecem de algum modo sua vida, mas também desfavorecem, já que é mais um das listas de crush's inalcançáveis.



MÚSICA FAVORITA:

Let Me Know-BTS

MÚSICA QUE REPRESENTA:

Save Me-BTS.

MÚSICA TEMA:

Dope-BTS.


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...