~JimmyMoriarty

JimmyMoriarty
Dead is the new sexy
Nome: Marina
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Aracaju, Sergipe, Brasil
Aniversário: 10 de Setembro
Idade: 18
Cadastro:

Eleanor Sherbatsky - Fic Interativa Sumer Camp


Postado

"Um real perdedor é aquele que tem tanto medo de perder que nem tenta."

↬Nome completo:
Eleanor "Ellie" Schrbastsky

↬Significado do nome:
Eleanor significa "reluzente", "resplandecente

↬Idade:
17 anos

↬Aniversário:
14 de julho

↬Signo
Gêmeos

↬Aparência:
Ellie possui, como seu próprio nome diz, uma beleza resplandecente. Dona de longos cabelos loiros e lisos herdados de seu pai, do qual ela sempre colore seja com mecha verdes ou rosas, olhos azuis grandes que trazem com sigo um brilho determinado de alguém que sempre sabe de mais alguma coisa (seja com seus óculos de leitura ou sem eles) e pele clara sem manchas.
Seu corpo possui curvas bem feitas, tem seios médios, não sendo muito alta, nem muito baixa com a altura de 1,75 e pesando 65kg de massa bem distribuída.











↬Personalidade:
Elleanor ou Ellie como prefere que a chamem é uma garota observadora e capaz de perceber pequenas mudanças nos outros e achar nelas os motivos de seu surgimento, assim descobrindo um pouco sobre cada pessoa apenas de observá-la. No entanto, ela prefere guarda essas informações para si e usá-las somente quando considerar o momento certo, outra de suas características marcantes é seu amor por desafios sendo super competitiva, o que somado a sua curiosidade indomável geralmente a põe em confusão.
A loira é uma eximia mentirosa e um tanto desconfiada, mas caso alguém consiga o incrível feito de quebrar sua mascara de sarcasmo, humor negro e falsa auto-confiança e conquistar assim sua verdadeira amizade ela sempre será leal e verdadeira, mesmo que isso a faça dizer "verdades dolorosas" ás vezes. Capaz de qualquer coisa por seus amigos de matar a morrer, eles e sua família são provavelmente os únicos não só a ver suas inseguranças como a convencê-la sobre algo (não sem uma discussão é claro).
Ela NUNCA esquece de algo, seja bom ou ruim, feito sobre ela sempre disposta a "pagar suas dívidas" pelos favores (mesmo que não sejam cobrados) e vingar-se sobre o que a foi acometido. Além disso ela é muito corajosa e determinada sendo desistir uma palavra inexistente no seu dicionário e o medo nunca algo forte o bastante para fazê-la voltar atras.


↬História:
Sua história começa no ano de 2000, quando sua mãe a poderosa feiticeira Morgana lhe deu a luz, no calabouço de Camelot a partir de seu breve relacionamento com um já falecido camponês. Certa de que não conseguiria cuidar da menina e muito menos protegê-la de seus inimigos naquela condição (além de presa ela estava enfraquecida e não teve socorro, pois preferiu usar da magia que a restava para esconder a gravidez) ela pela primeira vez pediu ajuda a Merlin, um de seus maiores inimigos e como tal um herói.
Não por ela, mas pela garota, Merlin ajudou Morgana a conseguir a liberdade e juntos passaram a criar a menina (desenvolvendo uma amizade e quem sabe algo mais), ainda assim no aniversário de três um grupo de magos sombrios tentou matá-la e por pouco falhou. Ao perceber o quão perto chegaram de perdê-la e que não poderiam salvá-la de ataques posteriores, afinal haviam feiticeiros muito mais poderosos por aí, eles a enviaram para um orfanato em nosso mundo, mas especificamente em New York a partir de magia tendo consigo apenas uma carta escrita pela mãe.
Em menos de um anos a jovem foi adotada por um homem que havia perdido a família e buscava recomeçar, juntos eles construíram sua própria família que dois anos depois cresceu com a adição de sua madrasta. A principio ela teve medo de perder a atenção do pai, mas ao contrário ganhou uma espécie de mãe da qual ela admira muito e posteriormente aos sete anos um irmãozinho para implicar.
Foi enviada para o Acampamento, depois de finalmente tomar coragem de ler a carta da mãe, apesar de lá falar apenas coisas vagas sobre o por quê do abandono dizendo simplesmente "eu não tinha como cuidar de você, mas te amo muito" havia uma citação do lugar nela e assim ela pediu ao pai para ir, e assim quem sabe se sentir mais próxima da mãe.


↬Família:

Nome: Patrick Scherbatsky
Idade: 43 anos
Profissão: Engenheiro da área da Mecânica, trabalhando atualmente na construção de aviões.
Parentesco: Pai adotivo
Relação: Os dois se dão super bem sempre rindo e trocando piadinhas juntos, eles raramente brigam e quando ocorre é ocasionado pelo ciúme do mesmo com a sua "princesinha" . No entanto, os dois amam simular falsas discussões somente para preocupar as pessoas ao redor ou por fazer, a principio Emma (a madrasta) enlouquecia com isso pensando ser real, mas hoje em dia ela até faz parte.


Nome: Alexandra Carter Scherbastsky
Idade: 40 anos
Profissão: Investigadora Criminal
Parentesco: Madrasta/Mãe de consideração
Relação: A principio ela tinha medo que a mulher roubasse seu pai dela ou pior fosse uma daquelas "madrastas más" de televisão, mas logo as duas começaram a se tornar amigas. Hoje em dia ela a considera sua verdadeira mãe e melhor amiga confiando nela para tudo e amando estar na companhia da mesma, além disso ela a vê como seu exemplo de vida por Alexandra ser uma mulher forte e determinada que não se deixa vencer pelos obstáculos e tenta seguir os passos da mesma.


Nome: Harley Sherbastsky
Idade: 10 anos
Profissão: Estudante do 5° ano
Parentesco: Irmão mais novo
Relação: Os dois implicam bastante tendo discussões bobas a todo instante, no entanto ela não sabe o que seria sua vida sem ele e acredita que ninguém além dela pode brigar com ele ou fazê-lo qualquer mal. Dessa forma ela acaba cedendo as implicâncias de vez em quando para animá-lo quando ele está triste, também é importante entender que apesar das brigas quando os dois se unem em um mesmo objetivo eles sempre conseguem.


↬Gostos:
Ler, principalmente livros de suspense e aventura policial;
Café forte e frio, sem leite nem açúcar;
Rock, principalmente Queens, Bon Jovi , David Bowie e AC/DC;
Sorvete, ela ama sorvete de menta com chocolate, mas só de ser um sorvete ela já fica mais feliz;
Hqs de super - heróis, principalmente da Marvel;
Dias chuvosos;
Desenhar;
Consertar carros e motos velhas;
Se sentir livre;
Esportes radicais, apesar de sua paixão ser por praticá-los gosta até mesmo de assisti-los
Observar as estrelas, sabendo de cor o nome das constelações;
Macarronada;
Assisti filmes e series principalmente as inglesas como Sherlcok e as sitcon como F.R.I.E.N.D.S e How I Met Your Mother;
Star Wars, tendo um amor especial por Han Solo, Leia e Chewbacca;
Hallowen;
Descobrir coisas novas;
Escrever contos;
Limonada


↬Desgostos:
Traição, seja contra ela ou a favor dela, a jovem não tolera traição;
Ser obrigada a desistir;
Machuquem a algum de seus amigos ou de sua família;
Ter que pedir ajuda;
Ter sua leitura interrompida;
Pessoas que ouvem as letras das músicas, mas não sabem interpretá-las;
Caramelo


↬Qualidades:
Leal;
Determinada ;
Inteligente;
Observadora;
Corajosa;
Não se importa com os padrões;
Receptiva;
Sempre cumpre suas promessas


↬Defeitos:
Sarcástica;
Péssima em demonstrar emoções;
Orgulhosa;
Super competitiva;
Excessivamente teimosa;
Vingativa;


↬Filha de:
Morgana Le Fair do conto do Rei Arthur

↬Sonhos
Descobrir toda a história do por quê sua mãe a deixou;
Ser admitida na faculdade de Yale e forma-se em artes no ramo dos escritores e ilustradores


↬Medos|Traumas|Fobias:
Perder sua família;
Não conseguir realizar seus sonhos;
Aracnofobia - medo irracional de aranhas;
Tem trauma com lugares apertados, pois quando tinha dez anos ao se mudar para um colégio novo um grupo de garotos a trancaram na sala do zelador durante todas as 8 horas de aula.


↬Música preferida:
Heroes- David Bowie

+Que define:
It's my life - Bon Jovi

+Do seu par:
In my life -Beatles

✤Roupas✤

↬Dia-Dia:





↬Banho:





↬Bailes:



↬Festas:





↬Objetos especiais:
Seu objeto especial é um tanto peculiar, junto com a carta de sua mãe vinha uma caneta, não uma comum, mas uma daquelas bem antigas da época em que o objeto ainda começava a ser feito. Dessa forma quando fez oito anos, Patrick resolveu dar-lhe a caneta e a carta, a carta ela só abriu onze anos depois, mas a caneta a encantou desde então sempre anda com ela sendo com esse instrumento que fez seus melhores textos e desenhos.


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...