~TheBlingRing

TheBlingRing
I don't care
Nome: Ana
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: 16 de Maio
Idade: 18
Cadastro:

E quem sou eu? Esse segredo eu não conto pra ninguém


Postado


Nome completo:
Crystal Annabelle Fitzgerald
Idade:
16 anos
Aparência:
Crystal possui uma aparência jovial e inocente, sua pele é clara como se nunca tivesse tomado sol antes, seus olhos são verdes e sonhadores têm um brilho imaginativo que encanta a todos por sua volta, seu rosto são traços finos como se tivesse sido desenhado pela mesma garota, seu nariz é levemente arrebitado, seus lábios são finos e rosados, quando mostram seus dentes brancos em um sorriso contagia e dá um estado de alegria repentina a todos. Seus cabelos loiros quase da mesma cor de sua pele, onduladamente delicados e perfeitos, dão a menina uma aparência despojadamente organizada, perfeitinha e menininha, assim como a mesma é.



Elle Fanning
Personalidade:
Crystal é uma garota animada e sempre sorridente que só de vê-la sorrir as pessoas já esquecem os problemas e o porquê de estarem tristes um segundo atrás antes de vê-la, quando não é imediato o estado de bom humor, conversar com ela faz você se sentir bem, quando começa a conversar com alguém ela sempre mostra que se importa com tudo o que a pessoa tem a dizer e geralmente tenta ajudar a pessoa, seja com ações, com palavras ou qualquer coisa que ela possa fazer para ajudar alguém. Tentando sempre ajudar todos a resolverem seus problemas, mesmo que ela esteja mal, nunca irá recusar um pedido de ajuda ou de ouvir uma história cheia de problemas, ou que precise apenas de seu abraço caloroso, ela não irá negar ajuda, nunca.
Sendo criada com tudo que é bom e melhor, sempre tudo sobrando aos montes, Crystal se tornou muito altruísta e bondosa com todos, as vezes meio inocente achando que ninguém pode querer fazer o mal, tanto para ela quanto para as outras pessoas, mas não é sempre que isso acontece, pois, mesmo sendo a melhor amiga que você irá ter na sua vida, ela é muito tímida e tem dificuldade de puxar conversa com uma pessoa que não conhece ou ainda não conhece muito bem. Ela sempre preza pela paz, tudo o que acontece que vá parar numa briga ou discussão ela logo impede, sabe que algumas coisas ruins tem que acontecer para tempos bons chegarem, mas essa é a parte que ela ignora. Queria muito que todos fossem honestos e bons, mas sabe que as coisas não podem e nunca vão ser desse jeito.
Assim como presa pela paz no dia a dia, também preza pela inteligência e pelo estudo. Ela possui inteligência de sobra e gosta de estudar, aprender cada vez mais para nunca estar errada para não passar vergonha, ela odeia sentir vergonha, sendo tímida do jeito que é. Cada livro que lê se fixa na memória dela, sendo a pessoa que mais é recorrente para pedir ajuda ou conselhos. Tudo o que ela sabe gosta de compartilhar, tudo o que ela faz para se distrair quando não está estudando é desenhar, dançar e participar de concursos, normalmente essas mini miss que ganham esses concursos são obrigados pelos pais a competirem, mas ela realmente gosta disso.
Se tem uma coisa que faz ela se sentir horrível é quando a mesma se dá motivo para chorar em público. Crystal é durona, quase nunca chora na frente dos outros, principalmente de quem causou o choro, mas ela se sente horrível quando demonstra fraqueza na frente de todos. Ela é muito autocrítica consigo mesma, então qualquer sentimento incomum que a deixe distraída do que ela realmente tem que fazer, ela repreende e nunca, nunca mesmo, se deixou ter um sentimento profundo por alguém.
História:
A família dela sempre foi bem distante, mas Crystal sempre viu pelo lado positivo. Quando sentia que ninguém na casa dela se importava com ela além do irmão Crystal se lembrava dos momentos em família que tinham quando ela era pequena, quando passavam o natal juntos na casa da avó por exemplo, esses natais foram as melhores lembranças de sua infância. Ela não gostava muito de ter que parecer uma família perfeita apenas para imprensa, mas ela fazia de tudo para agradar as pessoas a sua volta, os pais sempre diziam para manter a calma e fingir perto das câmeras e, como filha mais nova de uma das famílias mais ricas e influentes de Manhattan, Crystal obedecia.
Orientação sexual:
Heterossexual
Deseja par? Relação com o mesmo:
Sim.
É uma pessoa bem carinhosa e fofa, sabe sempre como se abrir com o mesmo, gosta de mima-lo, mesmo sabendo que ele dirá que ela não deve viver sua vida pelos outros. Teria muita relutância, mas se arriscaria a sair de sua zona de conforto com ele.
Gostos:
Doces – Perfumes – Primavera
Livros – Romance – Crepúsculo
Moda – Coisas perfeitas – Organização
Dançar – Desenhar – Pintar
Desgostos:
Bagunça – Discussões – Seus pais brigando
Água quente – Pimenta – Limão
Violência – Jogos Vorazes – Filmes de Terror
Ignorância – Pessoas que não tentam entender as coisas – Teimosia
Medos ou fobias?
Aracnofobia
Segredo:
Enviarei por MP
Quais clubes gostaria de participar?
( ) Teatro
( ) Informática
(X) Artes (pinturas/esculturas)
( ) Música
( ) Literatura
( ) Marcenaria

Esportes:
( ) Basquete
( ) Futebol
( ) Lacrosse
( ) Rugby
( ) Vôlei
(X) Animador(a) de torcida
Ela poderia só fazer o teste e ser rejeitada pela capitã?
Relação com Jasmine Butterfield:
Jasmine e Crystal nunca se falaram direito, acho que a primeira vez que se falaram foi quando Crystal fez o teste para animadora de torcida.
Você acha que o seu personagem pode ser a Garota(o) do Blog? Por quê?
Não, ela não guarda rancor de ninguém e nunca faria isso (e seria muito difícil ela perceber que estão mentindo para ela e que estão escondendo um segredo).
Informações adicionais:
Ela e o irmão ganharam milhões de competições de dança juntos quando eram pequenos e ela também ganhava várias competições de Miss qualquer coisa.


Nome completo:
Michael Fitzgerald
Idade:
17 anos
Apelido:
Mike
Aparência:
Mike tem a pele menos clara do que a da irmã, tem a altura de 1,73m, o que é bem comum para sua idade. Tem traços fortes no rosto, um nariz um pouco robusto e lábios grossos, seus olhos observadores e verdes, pequenos, porém atentos.



William Moseley
Personalidade:
Mike não é do tipo que você acha que vai ser um bom amigo, quando as pessoas apenas não o ignoram, coisa que fazem normalmente, ele mostra que não é de fazer amigos. É um garoto fechada e bem na dele, mas sem parecer uma daquelas que fazem coisas erradas, muitos até acham que ela é um garoto inocente, pois é isso que sua aparência esboça. Sempre sarcástico e falando a verdade sem nenhuma tentativa de demonstrar compaixão, não se importando se for o momento errado. Raramente tenta preservar amizades ou fazer algo que ela não goste.
Muito inteligente, compreende tudo o que o ensinam, mas está pronta para questionar se achar que está errado (coisa que os pais não gostavam muito) e realmente ótimo com matérias da escola. Aprende rápido e é um formar planos, mas como não liga muito para o que as pessoas pensam dele, não é muito vingativo. E sorte de seus inimigos que ele não é, ela poderia hackear um elevador para ele cair quando a pessoa estivesse dentro só usando seu celular.
Meio robótico, não gosta muito de entender emoções ou de demonstrar alguma para os outros, mesmo que algumas pessoas se preocupem com o que ele realmente esconde, ele não acredita nisso, não acredita que alguém possa se importar com suas emoções, acredita que as pessoas só querem que ele faça algo por elas, não seu amor ou amizade, por isso é fechado.
Teimoso, só aceita que as pessoas façam as coisas do jeito que ele e a acha que o jeito dos outros está errado e o dele é sempre melhor. Também é ótimo líder, sendo que seus planos são ótimos, desde que as pessoas façam o que ele manda, o que raramente elas fazem, porque acham que ela não sabe tomar decisões, principalmente seus pais.
História:
Ele sempre foi o rebelde da família, sabia manter as aparências, é claro, mas sempre foi muito reservado e quieto, se tinha algum problema não falava para ninguém, afinal sabia que os pais dele não se importariam mesmo. Porém ele não imaginava que alguém naquela casa se importasse com ele, e quando descobriu que era a irmã, ele ficou realmente surpreso, achou que ela o delataria para os pais, sempre a viu como uma mandada dos pais, fazia tudo o que eles queriam e nunca questionava nada, ela descobriu seu segredo e o apoiou assim como faz até hoje. Quando ela descobriu o segredo tudo mudou, os dois passaram a ser melhores amigos e ele começou a querer protege-la, ajuda-la, achava que era um tipo de dívida com ela, mas ela tenta até hoje convencer ele de que existe um tipo de família que apoia um ao outro, não um tipo de família como a deles que só vive de acordos e que ajuda e apoia o outro para que ele ou ela não fale nada de ruim que aconteça na casa para a imprensa.
Orientação sexual:
Heterossexual
Deseja par? Relação com o mesmo:
Sim. Seria um garoto teimoso, raramente deixaria de fazer o que quer sem conseguir alguma coisa, mas a pessoa saberia lidar com isso e transforma-lo em uma pessoa bem fofa e romântica <strike>e um pouco sadomasoquista</strike>.
Gostos:
Livros – Stephen King – Violência
Filmes – Terror – Quentin Tarantino
Desgostos:
Hipocrisia – Sua Família – Falsidade
Esconder segredos – Não conseguir o que quer – A Gossip Girl
Segredo:
Enviarei por MP
Quais clubes gostaria de participar?
( ) Teatro
(X) Informática
( ) Artes (pinturas/esculturas)
( ) Música
( ) Literatura
( ) Marcenaria

Esportes:
( ) Basquete
(X) Futebol
( ) Lacrosse
( ) Rugby
( ) Vôlei
( ) Animador(a) de torcida
Relação com Jasmine Butterfield:
Sempre a achou aquela típica garota/vadia de filme americano, claro, só era convidado para festas dela por ser da elite de Nova York, e mesmo nunca tendo trocado duas palavras com ela, ele até hoje acha isso dela.
Você acha que o seu personagem pode ser a Garota(o) do Blog? Por quê?
Por mais que odeie esse tipo de Elite e odeie a maioria das pessoas da Constance/St. Jude nunca faria isso com qualquer pessoa.
Informações adicionais:
A mesma da irmã, só que ele tenta esconder que é um ótimo dançarino.


Nome completo:
Rebecca DiLaurentis
Apelido:
Becky
Idade:
17 anos
Sexualidade:
Bissexual
Orientação sexual:
Bissexual
Aparência:
Becky tem cabelos castanhos avermelhados lindos e encaracolados, olhos castanhos escuros muito imaginativos e que sabem se comunicar por se próprios. Tem pele morena que ressalta os lábios e maçãs do rosto levemente rosadas.




Lily Collins
Hobbies:
Desenhar
Ler
Personalidade:
Becky é uma garota muito divertida. Ela faz amigos com muita facilidade. Ela é a garota que pode lhe fazer rir quando você está triste e que sempre pode ouvir seus problemas e entende-los. Não é boa com conselhos em áreas que não entende muito, então não se sente muito segura em ajudar alguém quando alguém vem a ela com um problema que ela não sabe como resolver, mas sempre sente péssima quando não pode ajudar alguém.
Não gosta de usar nenhum tipo de violência física com ninguém, quando tem um inimigo, tem suas vinganças e, quando é apenas algo bobo, só usa seu sarcasmo e ironia, mas ela também faz isso com os amigos. Gosta de ajudar seus amigos e faria tudo por eles, sendo que não é seletiva quanto as amizades, por isso não entende pessoas com preconceitos, tipo, a preferência sexual, a cor da pele ou quem são os pais dela não definem a pessoa, apenas o que ela ou ele faz e é. Muitos acham que ela é uma inocente garota que faz amizade com todos, mas sabe reconhecer os falsos. Quanto a falsidade, ela não se importa com as pessoas desse tipo, porém, se mexerem com ela, ela terá sua vingança e com certeza a pessoa irá se arrepender. Ela é uma ótima estrategista, principalmente quando motivada.
Odeia pessoas falsas e hipócritas, sendo que reconhece uma de longe, adora expor essas pessoas e suas verdadeiras intensões para todos verem que ela não presta.
História:
Ela nasceu e cresceu em Salem, Massachusetts, Becky nas em uma das famílias mais ricas e influentes da cidade, não precisava de um berço de ouro, não precisava de nenhum luxo, só precisava de uma família que se importasse com ela e não só quisesse que ela mantivesse as aparências, a fama de uma família rica é muito importante, principalmente em uma cidade pequena onde todo mundo sabe de todo mundo, e também todo mundo queria derrubar a família DiLaurentis, então eles só queriam que ela fosse certinha.
Ela cresceu como a filha rebelde, queria mais que todo mundo soubesse das merdas que aconteciam naquela casa, por mais que quisesse ser uma rockeira louca que usa drogas, dizia um belo foda-se pra escola e pro mundo, mas ela se importava com sua saúde, não queria se drogar aos 12 anos pra foder com a própria vida e acabar morrendo de over dose ou qualquer coisa assim, se importava com seus estudos, afinal seus pais nunca deixariam herança para ela sabendo que iria se mudar da cidade e coisas assim, e não teriam chance de sair de Salem se não fosse com dinheiro ou bolsa para faculdade, duas coisas que só conseguiria estudando muito, afinal o McDonnald’s não tem um salário tão alto assim, Becky até gostava das matérias da escola. Ou seja, era a pior rebelde do mundo, o bom é que, por sorte, naquela cidade pequena, andar por aí com lápis de olho carregado, uma blusa do Nirvana e falar palavrões alto já é ser rebelde o suficiente.
Depois disso os pais a mandaram para a casa da tia em Manhattan, que também é rica, para ver se ela tomava jeito.
Nome da mãe e do pai e sua relação com eles:
Jessica DiLaurentis – 42 anos – Mãe

A mãe dela e ela nunca foram realmente próximas, ela começou com o vício do álcool depois de alguns anos e começou a esquecer que tinha uma filha. Elas brigam a cada três palavras.
Harrison DiLaurentis – 46 anos – Pai

O pai só queria a aparência dela, o resto não importava, despachou ela na primeira chance, ou pelo menos foi isso o que pareceu para Becky.
Clarissa Kahn – 35 anos – Tia

Elas têm o melhor relacionamento do mundo, ela é aquela tia divertida e que nem parece ter a idade que tem, ela é bem ligada no mundo jovem (mas sem ser estranho) e é a única da família que entende Becky.
Gostos:
Desenhar – Geralmente desenha o que sonha
Ler – Mistério e Aventuras
Noite – Gosta da noite pois é quando sua mente está mais ativa
Amigos – nada como alguém para ficar ao seu lado quando você precisa, alguém para rir, para chorar
Desgostos:
Pessoas que acham que mandam nela
Hipocrisia – por mais que todo mundo seja um pouco hipócrita, ela odeia isso
Água Quente
Calor ou frio demais – para ela a estação perfeita é o Outono
Está ciente de que sua ficha for aceita, posso fazer o que eu quiser com seu personagem?
Sim
Quer ter um par?
Sim


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...