~TheBlingRing

TheBlingRing
I don't care
Nome: Ana
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: 16 de Maio
Idade: 18
Cadastro:

Fichas


Postado


Nome completo:
Annabella Raphaelle Blanchard
Apelido:
Bella – todo mundo a chama assim
Idade:
17 anos
Aparência:
Tem cabelos cor de caramelo, pele pouco bronzeada e olhos castanhos.




Emma Watson
Personalidade:
Sempre sarcástica e falando a verdade sem nenhuma tentativa de demonstrar compaixão, não se importando se for o momento errado. Muito engraçada na maioria das vezes, fazendo piada com tudo e todos, mas sabe ser séria quando precisa.
Ela não demonstra fraqueza ou medo. Sempre fala a primeira coisa que vem a cabeça e raramente não é julgada quando fala besteiras. É uma garota de opiniões fortes e muito teimosa, precisa ver um plano seu dar errado para finalmente admitir que errou, mas sabe reconhecer quando erra e não é nada orgulhosa. É agressiva, machucar alguém falando uma verdade é algo comum em seu dia a dia, mesmo que sem querer, mas as vezes faz coisas justamente para machucar alguém, mas sem bater na pessoa.
É uma pessoa autoconfiante que, se fala qualquer coisa, tem uma resposta para se alguém questionar suas ideias. Sempre tem uma resposta na pontada língua e talvez elas sejam agressivas, sarcásticas, ou talvez até só um mar de palavrões. É uma estrategista nata, sempre tem um plano, não importa se é de vingança ou para atacar algum lugar ou apenas pra fazer alguém confessar alguma coisa. Seus planos quase nunca falham. Não aceita não como resposta, então esse é um dos principais motivos para sempre saber o que responder para se favorecer.
É confiante e vingativa, não leva muitas coisas para o lado pessoal, mas se levasse metade dos Estados Unidos estaria morto. Confiante, sendo que nada a abala, mas se abalasse, metade dos Estados Unidos estaria morto. Manipuladora, sabe convencer as pessoas a fazer o que ela quer que elas façam, nem mesmo ela sabe direito como faz isso, mas quando faz alguém sempre acaba se ferrando e nunca é ela.
Teimosa, só aceita que as pessoas façam as coisas do jeito que ela e a acha que o jeito dos outros está errado e o dela é sempre melhor. Também é ótima líder, sendo que seus planos são ótimos, desde que as pessoas façam o que ela manda, o que raramente elas fazem, porque acham que ela não sabe tomar decisões.
Segura de si Bella se mostra uma garota de autoconfiança inabalável, passos firmes, cabeça erguida e seus olhos desafiadores só confirmam ainda mais isso, língua afiada como uma serpente está sempre pronta para responder provocações de forma direta, não precisando de enrolação para derrubar uma pessoa apenas com suas frígidas palavras. Indiferente à maioria das coisas que dizem sobe si, não vê motivos para dar atenção à “inveja alheia”, como costuma chamar. 99,9% do tempo pode parecer uma vadia sem coração, mas por dentro pode ser machucada e magoada, coisa que não mostra para ninguém, mesmo se estiver chorando por dentro, ela nunca admitiria isso ou que precisa de ajuda para alguém.
É uma garota bem mimada e só faz coisas se ela tiver lucro. É muito esperta, sendo uma garota bem manipuladora e cruel, se faz algo ruim, ela dá um jeito de culpar outra pessoa para que não fique encrencada, além do mais, tem sua varinha mágica, não precisa da ajuda de ninguém. Muito orgulhosa, não aceita ajuda de ninguém, mesmo quando precisa, a característica mais exposta é sua frieza, nunca é gentil com ninguém, a não ser que ganhe alguma coisa. Ela também valoriza muito sua aparência, sabe que é linda e maravilhosa, nunca precisou de cirurgias para ser perfeita do jeito que é, então sabe que muitas a odeiam por isso, mas quem realmente se importa?
História:

Bella cresceu em uma família rica e religiosa, sendo desde pequena instruída por ensinamentos bíblicos e ia a igreja todos os dias. Até os 15 anos ela realmente era uma garota de fé (quando perdeu o BV, por exemplo, foi no mesmo dia se confessar, se sentindo muito culpada), mas então ela mudou de escola por arrumar brigas com pessoas, entrou em uma escola para pessoas problemáticas, começando a criar fama negativa para a família.

Nesta escola ela começou a fazer amigos que também eram problemáticos, ela começou a usar drogas, beber, transar, mas mantinha a pose em casa e na mídia, para que os pais não descobrissem e tentassem crema-la no fogão de casa. Ela se tornou a rainha da escola, rica, bonita, todos os garotos queriam ela e com as melhores casas para fazer festas. É claro que com isso criava vários inimigos, mas nenhum deles sabia da única coisa que poderia derruba-la (contar aos pais dela o que ela realmente tinha se tornado), o que a favoreceu por muito tempo.

Porém um dia ela desenvolveu uma doença que os pais consideravam um crime de morte: ela começou a ser ninfomaníaca, foi a coisa mais difícil que ela tentou esconder dos pais. Depois de um tempo ela nunca dormia em casa, seus pais estavam ficando preocupados, mas ela continuava a esconder este segredo, ela transou com todos os homens e mulheres que conhecia, porém uma vez na escola um garoto queria transar com ela. Ela não negou e eles foram até a sala vazia mais próxima, enquanto tudo acontecia alguém na escola ouviu e foi ver o que acontecia, os dois foram pegos e logo os pais foram notificados. Os pais de Bella não acreditaram quando ouviram aquilo sobre a filha e logo a cidade inteira soube disso. A escola para jovens problemáticos não podia expulsa-la (afinal era uma escola para jovens expulsos), porém os pais não aguentaram a cidade inteira os julgando “A família religiosa com a filha ninfomaníaca” não era um bom título, então mandaram Bella para outra escola, em outro estado. Ela se mudou para Dubois no estado de Wyoming e os pais a matricularam em uma nova escola mesmo no último trimestre de aula, logo se tornou a Queen Bitch da escola e voltou à vida de sexo, porém os pais começaram a prestar mais atenção e acabaram descobrindo que ela tinha continuado com aquilo e a mandaram para o Acampamento para Adolescentes Problemáticos, porém tudo aquilo de afasta-la da família só fez ela pensar que era gente que ela ainda não conhecia e que poderia se tornar um novo ou uma nova “peguete”.
Fraquezas e Medos:
Aracnofobia (medo de aranha)
Gosta:
Sexo
Mandar
Séries de Terror
Não gosta:
Não conseguir o que quer
Pessoas que acham que mandam nela
Seus pais
Opção sexual:
Bissexual
Possibilidade de romance?
Muito provavelmente não
Segredo:
Já vou mandar
Se o seu personagem tivesse um estereótipo, qual seria?
A patricinha
Está ciente de que seu personagem tem chances de morrer?
Sim
Mais alguma coisa?
Não


Harry Potter (não tem como escolher um preferido na série)
Nome completo:
Bernadete Margot Laurence
Apelido:
Bonnie
Idade:
9 anos
Orientação sexual:
Héterossexual
Aparência:






Está vivo ou preso no hotel?
Presa no hotel
Nacionalidade:
Americana
Cicero, Illinois
Personalidade:
Bonnie é uma ótima amiga e se vê alguém chorando quer logo animar a pessoa não importa se é seu melhor amigo ou seu maior inimigo. Adora piadas e coisas malucas e divertidas, ela é, normalmente, a que já chega nas pessoas contando piadas ou coisas aleatórias que pouca gente presta realmente atenção, mas no fim todos acham isso fofo. Também gosta de ajudar as pessoas, mesmo sabendo de poucas coisas, quando não sabe como ajudar alguém se sente muito mal, conselhos não são sua especialidade, mas mesmo assim sempre é gentil com todos e sempre escuta seus problemas.
É uma garota divertida e faz amigos e consegue confiança das pessoas facilmente. Ela é a garota que pode lhe fazer rir quando você está triste e que sempre pode ouvir seus problemas e entende-los. É uma garota muito inteligente e adora ajudar os outros. Não é boa com conselhos em áreas que não entende muito, então não se sente muito segura em ajudar alguém quando alguém vem a ela com um problema que ela não sabe como resolver, mas sempre sente péssima quando não pode ajudar alguém.
História:
Ela nasceu e foi cresceu em Cicero com o pai, pois sua mãe tinha morrido durante seu parto, eles tinham uma situação financeira meio ruim e o pai de Bonnie perdeu o emprego, eles acabaram perdendo a casa onde moravam após alguns meses e não tinham onde morar, ficaram morando em um hotel (não era o Lé Bellé) por um ano inteiro, até que a avó materna dela, que era rica, disse que queria criar Bonnie da maneira que ela merecia, com tudo do bom e do melhor, o pai de Bonnie tinha que viajar até Chicago para falar com a sogra, porém ela não queria pagar passagens para eles e sabia que ele não tinha dinheiro. Sabia que a senhora era a melhor chance de se estabilizar até ele encontrar um novo emprego, então decidiu que era necessário fazer um estremo, roubou um carro para poder viajar até Chicago. Porém os planos de um novo lar da avó não incluíam ele, apenas Bonnie. Ele nunca iria deixar Bonnie, mesmo naquela situação, então a avó entrou na justiça pela custódia da criança, eles tiveram que ficar em um hotel, pois teriam que estar ali para o pai ir no tribunal e etc, e no hotel seu pai teve que vender o carro roubado para conseguir pagar a estadia durante os meses que teriam que passar ali, porém o dono do carro era na verdade um serial killer, que estava atrás do pai de Bonnie pelo prejuízo descobriu o quarto e, depois de descobrir que o carro tinha sido vendido e teria que compra-lo novamente se quisesse tê-lo de volta, acabou matando Bonnie como vingança enquanto o pai estava no tribunal.
O que foi fazer em Chicago?
Acompanhou os pais em uma viagem a casa de sua avó.
Vícios:

Falar com os hóspedes vivos do hotel, assusta-los é realmente engraçado.
Manias:
Mascar ciclete ou chupar pirulitos quando está nervosa
Medos:
Os outros mortos, principalmente os funcionários mortos
Traumas:
Morrer, ter que sentir que ainda há um buraco de tiro atrás de sua cabeça cheia de lindos cabelos loiros.
Gostos:
Doces (principalmente pirulitos)
Assustar pessoas
Falar com vivos
Desgostos:
Estar morta
Saber que seu pai não ficou preso no hotel (ou pelo menos não está andando por aí, como ela faz)
Pessoas que acham que só porque é uma adorável garotinha ela não é um fantasma perigoso
Algo mais?
Geralmente está sempre com um pirulito na boca


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...