~Save-

Save-
Arrepsia- ; .determinação
Nome: ⦁ ❝мลя⍣иล & ¢ลмэив⍣я†❞
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: 27 de Novembro
Idade: 12
Cadastro:

{{ FICHA — SECOND CHANCE }}


Postado

✨⭐MARINA ANNE MARI⭐✨

''🍎''🍏'' — Sempre estou com uma bombinha do meu lado.
Para que ninguém me machuque, assuste, ou me faça ter uma explosão de sentimentos: uma sinestecia, e acho que não existe uma anestesia para tal sentimento tão colirido como tal.
''🍎''🍏''


Mostrar Spoiler: ~ 𝕱𝒾𝒸𝒽a ~

[color=Black] PERCY JAKSON E OS OLIMPÍANOS - 1º LIVRO { RICK RIORDAN }

🌱🍒NOME[🌱🍒/color]

[color=DarkOrchid]❁Marina Anne Mari❃
— Marina, do latim, significa ''aquela que vem do mar''.
— Anne do francês, significa ''graciosa''.
— Mari do japonês, significa ''Perfeita''.


🌱🍒APELIDOS🌱🍒

❁Tsu-Tsu; Hinko-chan; Ningyõ-chan; Nina; Yue; Silkie-san.❃
— 👸Tsu-Tsu; é chamada por Kanato e Laito assim, pelo fato dela emburrar e irritar-se - mas não chega a ser violenta com palavras ou gestos, na verdade até controla sua ira-
— 👸Hinko-chan; Ayato a nomeou assim por causo de um papagaio bem esquecito que viu em um anime { Toradora >///< }.
— 👸Ningiõ-Chan; Bem, só Kanato a chama assim, mas se os Mukamis fizerem alguma participação extra eu queria que o Kou copiasse este apelido e a chamsse assim também.
— 👸Nina; Categóricamente, todos que são intimos com ela a chamam assim.
— 👸Yue; Gosta deste curtíssimo nome, e de vezes enquanto alguma pronunciam o mesmo para ganhar a atenção da rosada.
— 👸Silkie-san; um nome estranho de um estranho vindo dela, é Subaru que a chama assim como Shu também.


🌱🍒IDADE🌱🍒

🎁🎂 17 Anos, faz aniversário no dia 27 de novembro e nasceu no ano 1877. Sendo assim do signo Sagitório, o 11º signo do Zodíaco, o mês 11. 🎁🎂

🌱🍒TIPO SANGUÍNEO🌱🍒

💦💦 O- 💦💦

🌱🍒APARÊNCIA🌱🍒





👯 Nina é uma garota de beleza única.
Cabelos rosados com um brilho execcional, que ao bater com a luz reflete uma cor tão harmoniosa de rosa, que, chega a ser uma cor viciante de tão bonita. Geralmente eles são lisos, mas ela adora mexer em seu visual, até que ela já o cacheou, já o cortou já fez muitas coisas com ele. No entanto, ela está dando um tempo nele, o deixando natural: Um liso meio encaracolado.

Ela tem uma franja de lado, sempre bem arrumada, ela tem indicios de vaidade nele, sempre demora uns 5 minutinhos a mais para a arrumar quando vai sair - e sem esquecer - que ela também tem um cuidado extremo com seus lábios carnudos avermelhados de natureza.

Nina não é grande, na verdade, é bem baixinha. E por isso, não chega a ter um corpo tão desemvolvido como o de muitas vampiras e humanas. Seu corpo é plano e não tem nenhuma fartura nele, pouco chamativo. E isto oprime sua alto-estima! Se acha tão ''normalzinha'', enquanto ela tem uma personalidade exêntrica e carismática! Sua aparência é tão... Passada - em suas palavras.

A rosada tem uma pele que a invejam, branquinha, sem manchas e muito menos ferimentos - incrivelmente limpa - e isto dá-lhe uma vantagem a sua alto-estima. Porém, a pele de Nina é muito fina e delicada, qualquer arranhãozinho, por mais pequeno que seja, pode ficar marcado e bem visivel já que sua pele é muito clara - quase chegando a ser opaca.

Nina tem um nariz bem desenhado, mas não gosta dele, nunca sai tão ''fotogênico'' quando iria tirar uma foto.
A mesma tem longos cilios, e grossos, e adora eles tanto que marcam seus olhos violetas. E falando em seus olhos, eles são um violeta misturado com um azul claro e escuro, no qual deu esta perfeita imagem de seus olhos tão bonitos e brilhantes. Ás vezes parecem não terem uma iris, pois a mesma é bem... ofuscada diante deles. 👯


🌱🍒PERSONALIDADE🌱🍒

🐱~Nina é uma pessoa tranquila, avoada e perfeccionista, que na maioria das vezes, parece até ser estúpida para algumas pessoas que gostam de tudo ás presas. É denominada como uma garota lenta e sem humor, fria e seca — igual há mãe, mas que sonha em ser mãe diferente de Annabelle que nunca aceitou e nunca iria aceitar Nina, que tanto lutou para demonstrar á mãe o quanto a ama.

Sinceramente, Marina é uma pessoa que é muito impulsiva por sua personalidade introrvertida — realmente não é muito social —, no que gera o seu silêncio forçado enquanto ela quer gritar e dizer: ''Hei, eu estou aqui! Não me deixem de lado!''. Como pode ver, ela sempre foi um tanto exêntrica sempre querendo atenção — mesmo nunca chamando, apenas por preguiça e não gostar de se destacar — assim como também é egocêntrica, pois por vezes sempre procura os seus beneficios, e principalmente seus interesses mesmo que seja despercebidamente.
Pois isso é o que ela mais sabe fazer:

''Ser invisível, nunca falar, nunca pensar, nunca chorar e nunca fracassar.'' — Este é o lema de vida dela, foi adquirido pelo sofrimento que teve em sua infância antes de perder sua mãe, e morrer, novamente viva agora.

Pouco sorri, como pouco chora.
A garota como eu disse, é fria, quase não esboça nenhuma emoção a não ser um pouco de gratidão ás pessoas que a ajudaram, um minimo sorriso falso para chamar atenção, uma cara emburrada para afastar e bochechas coradas apenas pelo frio que mantiver em inverno. Nina não é bipolar, mas muda suas estatisticas de emoção por seu rosto e ações dependendo de quando quer ficar sozinha ou cheia de amigas.

Isso ocorre quando algo de arrado aconteça, ai ela vai querer ficar sozinha.
Ou então algo de bom aconteça, por exemplo: acordar bem humorada, o que é um milagre divino quase! Quase, eu disse quase impossível de se fazer. Nem mesmo deus que nunca mais irá a abraçar por ser uma criatura escura, iria fazer isso nem sequer uma vez em 1 semana.

Nina também não é a garota na qual curte piadas, tiradas ou indiretas — na verdade — ela odeia estas sem gracezas como engraçadinhos de sala de aula. Ela não é a mais esperta das meninas pois só ficou na escola até o 2º ano/série pois ela morreu, depois que matou sua mãe. Mas também não quer dizer que seja a mais burra de todas, na verdade é a mais eficiênte para — se tiverem — estratégias e sabe muito bem calcular e suprimir problemas de entradas e saidas para as mesmas sairem e entrarem o mais discretas possíveis até de outras sombras.

O estilo dela de vida é normal, nada exagerado.
Só que... se tem algo que ela usa e abusa é de sua liberdade instantanea para sua vida, assim como privacidade. Desde que chegou na mansão Sakamaki, sua privacida vem sendo explorada e morta pelos vampiros e as pessoas mais próximas dela que de tão curiosos são.
Muitas vezes ela ignora pessoas iritantes e pertubadoras, principalmente umas de suas amigas mais converseiras e Hiperativas.

Nina também não suporta barulho, gosta do seu cantinho escuro e silêncios — no que de vezes enquanto — usa para ler algum livro de policial e mistério. Já que não curte romance e nem terror. Esta garota é um tanto diferente de várias outras vadias e meninas que se andam por ai no mundo.
Mas também, não quer dizer que não seja igual a elas. Nina também tem seus conseitos de pessoa sincera, mónota e invejosa — sempre repelindo tudo o que não gosta ou do que queria fazer e não pode por sua tamanha timidez e pouca experiência de grupo. Até por que quando vai falar, ela fala devagar, pouco gagueja porém, fica nervosa o que não é de seu feitil.

A garota de madeixas rosas é um tanto desprovida do futuro e de suas ações impulsivas? Sim, mas também não é tão burra de saber que um vampiro pode te matar em segundos com uma só chupada em seu sangue se o irritar { depois dela saber que eles são vampiros, ai sim, esta parte vem á tona. } . Então, ela também é racional, mas no entanto também segue firme ao que quer e o que não quer.
Ou seja, se ela quer provocar tal vampiro ela vai provocar, mas de uma maneira que não o atinja muito, como citei Nina não é tão burra e avoada como parece. Assim como o que ela não quer, ela não quer e ponto final não existe mais virgula.

Nina é cética, não acredita em coisas tão fantasiosas como contos de fadas, e é a mais franca e ''poderosa'' em termos para dizer a realidade a uma garota sonhadora.
Como eu também citei ela é invejosa na maioria das vezes, e por isso, ela é franca com as demais que acreditam em tal deus, cinderella, fadas e etc.Por quê? Você me pergunta. Por que ela simplesmente não encontra uma lógica nestas mitologias que tantas meninas e meninos falam e acreditam. Ela é tão perfeccionista consigo e com o mundo, que passa a cobrar mais ainda das pessoas e com um toque de ira.

Não que ela seja explosiva como a mãe, mas se brincar com seus sentimentos... A colocar no alto e a fazer despedaçar com palavras, a fazer sangrar com facas e garfos de verdades isto é mais do que uma totura é uma morte tão dolorosa que para ela não teria mais sentido viver.

''Não importa o quão repugnante, idiota, invejosa e fria eu seja. Sempre terei uma cicatriz em meu coração depois da minha suposta morte, e a morte de minha querida mamãe— que simplesmente não paro de amar mesmo que ela tenha me tratado como um lixo.''🐱


🌱🍒HISTÓRIA🌱🍒

🎃👻'Quer saber mesmo o que se passa em minha vida mamãe? Estou cansada. Apenas isso, mas não é nada no qual eu não possa resolver.'' — Marine Anne Mari.

Já se perguntou o por quê da coincidência do sobrenome ''Mari''? Sim?
Ok, tudo bem.
Yoshimoto Mari, grande pintor da arte de ''Renascimento'', japonês. Ele tinha a sua própria inspiração, tirada da beleza da musa francesa: Annabelle Anne, uma grande modelo de carreira fria e solo, não aceitava sócias em seus negócios e nem mesmo em seu outro emprego: Uma companhia de artes inteiramente só dela, passada de gerações a gerações desde a época de seu treta-treta-treta-avô.

Em meio de seu primeiro dia a pousar nua para o pintor, Annabelle, uma mulher fria e seca estava totalmente corada — mas não pelo fato de estar nua, mas pelo fato de estar sendo pintada por um grande pintor, no qual era muito fã — mas mantinha sua pose de durona. Já o pintor, Yoshimoto, era um cara tranquilo que se abria fortemente com todos os seus amigos e clientes.
Neste primeiro caso, os dois acabaram que se atrairem sexualmente. O que resultou em um status para os dois: Amantes, e não lhes admira que esta palavra saiu muito bem.

Todas as vezes que ela pousava para ele, os dois terminavam a seção com suas belas faces e corpos colados, debaixo de um lençól. E debaixo deste Lençól o escuro, e no escuro sombras, e nas sombras uma mulher, e nesta mulher uma criança se produzia lá pelo descuido de que um dia eles transaram sem camisinha. Annabelle, sempre dizia que nunca queria ter uma filha em plenos 23 anos, mas já o pintor queria ter uma filhinha ou filhinho no qual pudesse transmitir sua arte.
E um dia, logo a modelo descobriu estar grávida de 5 meses depois que viu estar vomitando frequentemente e engordar. Ficou irada! Furiosa! Elouqueceu na verdade! Ela tentou um abordo, mas ela foi logo socorrida pelo amante que ligoou para a ambulância.

Ficou internata no hospital, sem grande chance de viver pois ela esfaqueou sua barriga.
Mas por sorte, passou de raspão na cabeça de Marina — como fora nomeada pelo pai. Neste meio tempo, tiveram de tirar a menina da barriga da mãe ás presas para que nada de mais aconteça mais. Mas depois de abrirem inteiramente a barriga de Annabelle... As coisas ficaram feias.... A sua barriga não era mais a mesma, e quando acordou tomou um baita susto, e uma pequenina meninina estava ao seu lado dormindo intensamente sem produzir um som.
Ela pensou:

''É a minha filha... Ou melhor a filha dele, não é minha, ela me machucou tanto!''

Depois deste pensamento, ela notou a destruição que a filha dela tinha feito em si: Um grande filete de pele costurado em sua barriga que ainda assim precisa todas as semanas ser retirado para cirurgias e custurar de novo. Sua decepção foi tão grande, que acabou ficando meio maluquinha, e um tanto sádica e masoquista com sua filha que mais odiava.
O seu pai, Yoshimoto, era alguém que ficava sempre do lado da esposa — mas não seria o burro, que ficaria ao lado dela enquanto escravizava e batia em sua própria filha sem sua autorização ou razão —, no entanto MArina era odiada profundamente pela mãe:

''O que eu fiz de errado, mamãe? Eu te amo tanto, mas você me odeia.
Sou mesmo masoquista?''

Não, ela não era. Apenas necessitava de amor maternal, pois o fraternal já estava enjoativo. Nina sempre fazia de tudo para agadar sua mãe, mas o seu esforço era em vão pelo fato dela sempre a ignorar, xingar ou a punir por ''gastar o tempo dela'' com coisas normais do dia a dia que Nina aprendia com o pai.
Desde de tarefas domesticas, até as artísticas.
Quando a pequena aprendeu a fazer chocolate quente no inverno, ela adorou e ficou possesa por tal — do que a mãe justificou mimos e mal educação que seu pai fazia, ela apenas resmungava isto, mas nunca dizia — Nina um dia derramou seu chocolate quente na barriga de sua mãe, e estava muito, muito quente.
Tinham acabado de costurar a barriga dela...

Annabelle não resistiu muito, apenas de tempo de gritar: ''EU TE ODEIO, PORQUE NASCESTE DEMÓNIO?!''. A dor era tanta quanto era quando costuravam, mas ela era pior do que jogar um litro de soda no rosto dela. Aquilo queimava o corpo de Annabelle. Que gritava frequentemente, o marido tinha se enjaulado em uma sala na qual não transmitia nenhum som lá de fora apenas para não interromper o seu trabalho.
Nina ficou assustada e gritou o nome do pai diversas vezes, e nada, então foi até á sua sala e ele não ouvia suas batidas na porta. Ela estava trancada o que dificultava ainda mais. Então, ela se lembrou: ''Papai disse que se passar água em algo que arde, pode passar a dor... ''. Então, ela foi pegar um balde e encheu de água gelada e a mãe que ainda gritava, a olhou com desdém. A morena jogou a água em sua mãe. SPLASH!

Provavelmente, aquela foi a última vez que ouviu a mãe a xingar ou a fazendo de cahorrinha.
Ela matou-a com choques térmicos em seu ''buraco'', que estava ainda pouco apertada o sufeciente...


Logo depois, de um longo transe e silêncio. Nina não tinha mais razões para viver.
O que a mantinha de pé, era tentar agradar sua mãe, a fazer ter orgulho, a fazer a sentir-se mais amada do que é pelo pai, fazer de sua mãe uma verdadeira mãe. Engoliu seco, pegou uma grande faca e
simplesmente, enfiou a cava no meio de seus pequeninos seios. Afogando-se em uma chuva de dor, ela tirou a faca e logo atingiu o coração — morrendo na hora.🎃👻


🌱🍒GOSTOS/DESGOSTOS🌱🍒

🎈🎆
🎈🎆 — Adora pintar, escrever e desenhar. Até que não é atoa que seu pai era um grande pintor, certo? O que seria dela se não tivesse esta habilidade - porém - tão pouco utilizada?
🎈🎆 — Gatinhos. Se tem algo na qual ela é apaixonda, são gatos, eles a tiram de concentração em tudo! Porque é extremamente ''apegada'' a eles.
🎈🎆 — Bolacha. Ela ama comer bolachas, ela ganhou este vicio quando provou as de chocolate da fábrica Mabel e hoje em dia, comer bolacxhas - de preferencia, chocolate - é uma obcessão.
🎈🎆 — Balões. Ela não sabe, mas gosta muito de balões, talvés pelo fato dele aprisionar o ar de uma forma tão modéstia.

✖🚫 — Odeia alturas, além do mais, tem medo até porque nunca andou de avião ou algo a tal sentido.
✖🚫 — Não suporta sem gracesas, e muito menos piadas e coisas ''bruscas''.
✖🚫 — Não gosta de água gelada.
✖🚫 — Nunca ousou -depois que se matou- tocar numa faca novamente, e nunca mais gostou delas, a chamam de ''Seriais de prata luminosa.''


🌱🍒HOBBIES/HABILIDADES🌱🍒

☕🍵 Ela vive desenhando e pintando, seja com lapis, caneta, aquarela, não importa ☕🍵
☕🍵 Não para de tomar café a cada 5 minutos, e isto virou um hobbie, mesmo que não goste de café. ☕🍵
☕🍵Nina vive - também - enchendo balões, porue gosta do formato deles e como predem o ''ar''. ☕🍵

👐💃 Nina, mesmo que não tenha nascido nesta época, é muito boa com ''consolas'' o novo brinquedinho e mais novo da primeira tecnologia dauqeles tempos.👐💃
👐💃 Simplesmente é uma boa pintora, desenhista.👐💃
👐💃 Sabe fazer café, mas nunca gostou, apenas faz para tomar há vontade. 👐💃


🌱🍒MEDOS/FOBIAS/TRAUMAS🌱🍒

§ Ela tem traumas de facas.

£Medo de alturas e de baratas.


🌱🍒PAR🌱🍒

🍭🍮| Kanato Sakamaki |🍭🍮


🌱🍒RELAÇÃO COM O PAR🌱🍒

🍊Sim, nada mal, mas também nada bem.
Kanato não é aquele vampiro mais compreensivel — na verdade, nenhum vamiro é compreensível, ainda mais com humanos misérios que tiveram uma segunda chance para viver. Certamente, não é diferente com a pequena Nina, que tem uma estatura de aparência de menininha de 12 anos devido ao ter ficado ''trancada'' em seu corpo por longos anos até ter uma segunda chance. Sinceramente, até hoje ela pode ter este corpo mas segue em frente com atitudes de adulta, porém, gostos muito infantis como balões.
Quando ela chegou, ela começou a assoprar vários balões até explodirem e começou a rir internamente — esta é uma das razões das quais adora balões, eles explodem quando ficam cheios de ar, assim como os humanos explodem de fúria até não aguentar mais se segurar de tanta raiva. Kanato é — em suas palavras — um balão que monta e desmonta, bipolar, e isto a dá uma certa dificuldade ao tentar entender o garoto que só quer saber de sangue e mais sangue.
Nina nunca fora também com a cara do mesmo, assim como Kanato não fora com a dela, mas a menina faz peo menos um esforço para se dar bem com ele. Só que quando Kanato fica extremamente mal-educado e num transe ''mimado'' ela não se segura ao ponto de bater de frente, falar poucas e boas ou então partir para a violencia fisica: um tapa na cara. Mesmo que tenha consequências, ela ainda assim também tem em plena consciencia e inconsciencia que sofrerá e não se importará porque ela não vai estar com raiva porque já desocntou nele com um simples tapa.
Kanato por vezes, é muito exêcentrico perto da garota, sempre a fazendo de boba e avoada enquanto ele faz algumas gacinhas com a mesma, como: coisas pervertidas, embaraçosas perguntas eróticas e explosivas, enfim tudo o que tiver para passar uma vergonha e tanto nela. Mas sempre da o troco quando pode, como trocar o chá dele com café - o que não dá lá muito certo de vezes enquanto - ou então colocar uma pitada de café. E Kanato odeia coisas amargas como café, tanto que, já derrubou o dela por estar dando mais atenção ao café do que ele mesmo.
Sim, Kanato adora ter a atenção da pequena apenas para si - como Ayato gostava quando Yui estava viva.🍊


🌱🍒RELAÇÃO COM AS MENINAS🌱🍒

🍊Distante, não conversa muito e quando conversa fala devagar para tentar não chutar algumas palavras ou gaguejar. Porque simplesmente fica muito calado e com anos calada, ela meio que... perde o costume de falar -mas gritar ninguém perde.
De vezes, Nina sempre está lá para apontar o que acha certo e o que acha errado.🍊


🌱🍒RELAÇÃO COM OS VAMPIROS🌱🍒

🍊Não se dá bem com nenhum, até porque... Por que ela iria ter alguma amizade com aqueles Sádicos?🍊

🌱🍒ALGO MAIS?🌱🍒

📍📌Não!📍📌


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...