~Save-

Save-
Arrepsia- ; .determinação
Nome: ⦁ ❝мลя⍣иล & ¢ลмэив⍣я†❞
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: 27 de Novembro
Idade: 12
Cadastro:

▬●ℓเσµε ~♥Hellen♥~ ´Beatrice` Barbie* ♥●▬ }fIçHa«`


Postado

Mostrar Spoiler:

Game of Life
◗ 【Lioue — Hellen — Barbie Beatrice】●【Liu】●【18 anos】●【Kanato Sakamaki】●【Lioue, ladra de tesouros】● 【Humana】●【Game of Life】◖


ɴѳʍɛ ɔѳʍթΐɛ†ѳ

Lioue — Hellen — Barbie Beatriceo

Lioue não possui significado, é um tipo de codinome que ganhou de seus falecidos amigos de rua. Lioue está mais para um apelido, como se é percebido carinhosamente, mas Hellen quer ser chamada de Lioue — que, como eu disse é um tipo de codinome, mas que no caso dela, seria como um segundo nome para esconder o seu verdadeiro. Que é Hellen. O nome Lioue é um pesar em sua pessoa, mas aquele pesar gostoso de se carregar para lembrar dos velhos tempos com as pessoas que verdadeiramente um dia gostaram dela.

Hellen significa “a que reluz”, “a que brilha” ou “reluzente”. Hellen é uma variante gráfica de Helen, que vem do latim Helen, do grego Heléne, que significa “tocha”, derivado de hélê “raio de sol”. Tem a mesma origem de Helena. Deu origem a designação do povo grego, chamado de helenos. Os helenos foram os descendentes de Deucalião e Pirra, de acordo com a mitologia grega, os responsáveis pela repovoação da Terra. Entre os brasileiros, Hellen é um nome feminino muito popular, assim como as versões Ellen, Helen ou mesmo Helena. Um das personalidades de maior destaque com este nome foi a escritora e ativista social estadunidense Helen Keller, que entrou para a história por ser a primeira pessoa cega e surda a conseguir se formar em um curso de bacharelado.

Barbie: Significa “estrangeira”, "forasteira" ou "a estranha". O nome Barbie é o diminutivo da variante inglesa de Bárbara, que tem origem no latim barbarus, que quer dizer “estrangeira”. Era como os povos antigos chamavam os estrangeiros oriundos de civilização inferior, e surgiu através dos gregos, que designavam a maneira de falar dos estrangeiros, como um bar-bar que não se pode entender.

O nome vem do grego barbaros, palavra que se originou a partir do grego barbar, que significa "língua incompreensível". Ou seja, "Bar-bar" era o que os gregos diziam que ouviam quando não entendiam os estrangeiros falando. Era o equivalente ao atual "blá-blá" em português. O nome "bárbara" era considerado um adjetivo entre os antigos romanos, utilizado para designar toda a mulher que não era natural do império romano. Pode ter sido influenciado pela forma medieval francesa Barbe.

O nome Barbie ficou mundialmente conhecido através da boneca criada em 1959, por Ruth Handler e Elliot Handler, donos da empresa de brinquedos Mattel. A boneca Barbie foi inspirada na filha do casal Handler, Barbara Millicent Roberts. Atualmente, devido ao grande sucesso das bonecas Barbie, este nome é associado à uma pessoa delicada, que adora rosa, com personalidade sensível e bastante feminina.

Beatrice: Significa “a que traz felicidade” ou “viajante”. É a versão italiana de Beatriz, que vem do latim Beatrice, derivado da palavra beatus “abençoado”, beare “para fazer feliz”, significa “a que traz felicidade”. É possível que tenha surgido através de Viatrix, a partir do latim antigo viator, que quer dizer “viajante, peregrino”. A imprecisão em relação à origem de Beatrice acontece em razão dos elementos “Bea” e “Via” terem pronúncias muito semelhantes no latim antigo.

Foi nome de Beatrice Portinari, uma mulher italiana que de acordo com alguns estudiosos era a musa inspiradora do pintor italiano Dante Alighieri.



ɪɗąɗɛ

18 anos — ♐ sagitário — 27/11

Dezoito anos de idade, nasceu no dia vinte e sete de novembro em uma tarde calorosa na Inglaterra, Londres. Numa tarde de verão onde foi deixada sozinha num papelão á porta de um orfanato. Orfanato Raio de Sol, onde foi acolhida por todos embora não se lembre.



ɴąɔɪѳɴąΐɪɗąɗɛ

Britânica.

Natural de Londres, sendo uma londrina. Até hoje vive na Inglaterra, como eu não sei como vocês vão fazer; mandar ela de uma forma desconhecida para o Japão já que ela foi despejada do orfanato para a rua, apenas com uma casa que seus pais deixaram para ela... Coloquei mesmo que ela continua na Inglaterra.



ąթąʀêɴɔɪą


A aparência é de Teteyama Ayano — Kagerou Project. Lioue tem cabelos castanhos bem contrastados, não são claros e nem escuros, não abusam do brilho e nem da luminosidade; a cor é bem original, digo eu. Lioue nunca foi de ter cabelos curtos, desde pequena os possuia curtos porém, eles cresceram obviamente.

Ela tem um grande amor por sua franja de lado, é bem raro quando a prende para trás, mas nunca precisou de fazer isso. Lioue se acostumou com um pouco do cabelo em seu rosto, e com toda a certeza quando experimentar o cabelo para trás seria um tanto desconfortável. Não que sua vida seja rotineira, até porque cada dia para ela, a cada roubo, a cada olhar, a tudo a que ela vive é sempre uma nova aventura e se não for ela fará de seu dia o mais inovado.

— Não toque no meu cachecol! — Esta será uma das mais faladas frases da morena para aqueles que ousarem a tocar em seu precioso cachecol. O cachecol vermelho e as ramonas vermelhas são o que definem um pouco a garota, pois sempre está com ele. O cachecol foi um presente de uma falecida melhor amiga que já teve, Lioue cuida com muito amor e nostalgia com o cachecol. Nunca o tira.

Lioue é de uma estatura mediana, possuindo 1,60 de altura, ou seja, não é muito alta, mas também não pode ser denominada como baixinha como muitas pessoas por ai sim isso foi indireta para o clichê ''baixinha'', lide com isso coisinha. É bem magrinha, estando no padrão da sociedade, a parte mais interessante, mais elogiada e comentada são sua barriga e pernas. As pernas são bem torneadas, assim como seus braços.

Seus olhos são castanhos, porém, mais vivos que o cabelo dando assim uma saturação meio vermelha. Muitos dizem que são iguais a amêndoa, mas eles são bem mais puxados para um castanho misturado com laranja, marrom e vermelho. Seus lábios são carnudos, mas um pouco desidratados pois nunca teve muitas condições de gastar o dinheiro que roubava para essas coisas como: batom de cacau, ou gloss -também nunca se interessou por maquiagem, então... Tanto faz.



թɛʀʂѳɴąΐɪɗąɗɛ







ɢѳʂ†ѳʂ ɛ ɗɛʂɢѳʂ†ѳʂ

Lioue tem um fetiche por pessoas com cabelos brancos — albinos —, não sabe bem o porquê apenas acha muito fofo e bonito. Combinando cabelos albinos com olhos vermelhos e violetas, tudo fica mais ''colorido''. Tecnicamente por ter esse fetiche ela vê essa pessoa como um unicórnio que peida arco-iris para voar e caga purpurina a melhor de todas. Chega ás vezes a acarinhar e mexer no cabelo de tal indivíduo.

Morangos são amantes do seu dia, vive assaltando as barracas das feiras de domingo e sábado nas praças. Além disso, com estes costumes de roubar, adora provocar as pessoas. Lioue parece uma criança a cada vez que come ou provoca alguém.

Não vai muito com a cara de pessoas loiras, talvez seja porque conviveu com muitas crianças loiras esnobes no orfanato. Lioue simplesmente não suporta essa cor de cabelo; tudo bem que não é legal você julgar uma pessoa pela aparência e tudo mais... Ela sabe. Mas Lioue é insistente nisso, tendo uma antipatia infantil com isso.

Lioue não suporta que chamem ela pelo nome verdadeiro ou descubram algo de seu passado; tem uma incrível raiva sobre estas pessoas curiosas que perguntam sobre como ela era antes de virar esta mulher. Ela, uma garota que não sente vergonha do presente ou do futuro, se envergonha muito rapidamente do passado. Lioue se envergonha de tudo o que fez, e sabe que será dificil remendar o que ela já fez, então, apenas continua com sua vida de vagabunda moderna sem mais nem menos.



ѳʙʂɛʂʂõɛʂ

Não é bem uma obsessão, mas um fetiche, mas foda-se lidem com isso. Lioue ama pessoas com cabelos albinos, ou seja, com cabelos brancos e quando vê uma pessoa albina têm um enorme desejo de ficar acariciando o cabelo desta mesma pessoa. É quase automático sabe? Ela nem se dá conta que está fazendo isso.

Ama morangos, como já citado, até hoje ela rouba eles por divertimento nas barracas das feiras dos sábados e domingos.



Բѳʙɪąʂ, ʍɛɗѳʂ ɛ †ʀąʋʍąʂ

Não têm fobias e nem traumas. Apenas alguns medos e nojos, por exemplo, ela não têm medo de insetos, apenas tem um enorme exessivo nojo por eles. Principalmente baratas e ratos, sem esquecer os besouros. Você pode perceber que toda aquela força de vontade e determinação — a corajem e a imagem de menina sem noção — se esvai e se torna uma garotinha chorona pedindo por socorro e tentando chamar 22 viaturas da policia para prender tal inseto qq...



ʜɪʂ†óʀɪą







թɛʀʂѳɴąɢɛɴʂ qʋɛ Բɪzɛʀąʍ թąʀ†ɛ ɗą ʜɪʂ†óʀɪą







ąɔʀɛɗɪ†ą ɴѳ ʝѳɢѳ ɗą vɪɗą?

Não.

Simplesmente é uma garota normal no qual nunca viu essa ''ideia'' passar por sua cabeça, só quer viver a vida sem saber sobre o que vier pela frente ou quando morrer. É a típica humana que não tem fé ou esperança, já levou muita porrada para acreditar em uma salvação ou outra vida.



ʂɛɢʀɛɗѳʂ

Não têm.



ʂѳɴʜѳʂ

Lioue é uma garota sem esperança, possuindo apenas sonhos para sonhar, não quer nem os realizar. Acha sua situação tão precária e sem muita estrutura e planeamento. No fim, Lioue tem alguns sonhos nos quais imagina todos os dias. Queria pelo menos rever seus amigos falecidos; morrer menina emo pp, gente como eu imaginei; sair dessa vida de cachorra; e entre muitas outras coisas.



ʍúʂɪɔąʂ

King — Lauren Aquilina } Recomendada para ser para Hellen.

Karma — Rin Kagamine } Recomendado para ser tema do par.



ѳʙʝɛ†ѳ ɛʂթɛɔɪąΐ

Seu cachecol, que foi dado por sua falecida ex-melhor-amiga: Ella Hitler.



ɔʋʀɪѳʂɪɗąɗɛʂ

Chuto -p



թąʀ

Subaru Sakamaki


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...