~TheFlaky

TheFlaky
Fanfics
Nome: Flaky
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Maua, São Paulo, Brasil
Aniversário: 15 de Março
Idade: 14
Cadastro:

Ficha do super herói ( e anti-herói)


Postado

Ficha do super herói ( e anti-herói)

Dados pessoais:

Nome completo: Russell Wilson

Idade: 17 anos, nascido em 15 de março de 1999

Apelido:''Russ''

Aparência:







Signo: Peixes.

Cidade de origem: Atlanta

Cidade atual:Nova York

Pais:
( Wade Wilson)
A relação entre Russell e Wade é turbulenta e difícil de lidar. Mesmo ambos possuindo características semelhantes, eles se desentendem o tempo inteiro. Mas, de todo modo, são possessivos um com o outro e matam a pessoa que ´falar mal o filho ou o pai.


( Vanessa Carlysle)
Desde que Vanessa descobriu estar grávida de Russell, largou seu emprego de prostituta e se dedicou unicamente ao seu filho, que a protege de absolutamente tudo. A relação entre os dois é perfeita, eles se amam muito, mas não são o melhor exemplo de mãe e filho)

História:Tendo que se contentar com o rosto deformado, Wade iniciou sua vida de anti-herói e, consequentemente, de pai.Assim que Russell nasceu, já foi mostrado que ele possuía os mesmos poderes que o pai mas, por grande sorte, não teve a infelicidade de nascer com o corpo deformado. Assim que souberam de seu nascimento, os x-man fizeram de tudo para convencer Wade e Vanessa deixa-lo na escola Xavier ( até porque um mercenário e uma prostituta não são os melhores modelos de pais). Mas claro, eles não permitiram. O garoto cresceu e passou estudar uma escola publica. Desde pequeno, baseando-se no ensino que teve de seus pais, se mostrou um delinquente, e quando cresceu, tomou o rumo de seu pai e virou mercenário.
Sempre foi solitário e, mesmo não demonstrando, era triste também. De todos os seus aniversários, nenhum de seus coleguinhas foi, exceto Scott Summers, o Ciclope, que criou um grande laço de amize com o rapaz. Ciclope tinha como objetivo comparecer para convencer os pais do menino a matricula-lo na escola Xavier, mas acabou transformando-se na única companhia para ele. Russell já foi traumatizado diversas vezes vendo pessoas morrendo através do Deadpool, que foi responsável pelo jeito meio frio de Russell nos dias atuais.

Personalidade: Russell é tecnicamente uma versão 2.0 de Wade. Fala muito, transforma tudo em piada; é sarcástico; é pervertido e quebra a quarta parede também. Fala muito palavrão e se deixa levar pelo ódio; age por impulso e é um grande cafajeste selvagem.Apesar de tudo, como já foi dito, ele é um rapaz triste, e camufla isso através de suas brincadeiras e comentários de mal gosto.

Maiores segredos:Ele tem medo de se apaixonar.

Gostos:Bebidas.
Armas.
Brigas.
Lutas.
''zuar'' com as pessoas.
Comida.
Dormir.
Ficar de bobeira.
Cães
Bolo de chocolate.
Desenhos animados.

Desgostos:
Romances.
Pessoas melosas.
Pessoas grudentas.
Que o acordem de seu sono.
Comida enlatada.
Dias de sol.
Matemática.
Ler.

Hobbies:
Lutar em campeonatos clandestinos.
Testar suas armas.
Assistir jogos de futebol comendo salgadinhos.

Talento secreto:Possui uma ferramenta dada pelo seu pai que foi dada pela morte; é um cinto de teletransporte que só pode ser usado as vezes. Ele também consegue impedir que o maior telepata ou qualquer mutante entre na sua mente ( esse poder vem da mutante CopyCat, sua mãe)


Medos/Fobias/Traumas: que machuquem sua mãe.
Que ele se apaixone.

Maior sonho:
Ser reconhecido como herói pelas pessoas.

Cinco musicas para o personagem: X Gon Give to Ya do cantor DMX.
Without Me do cantor Eminem ( esse clipe é muito engraçado kkk)
Who We Are da banda Imagine Dragons.
Survival Do cantor Eminem.
From The Inside da banda Linkin Park

Maiores Habilidades:
Fator de cura.
Bloqueio da mente( como já foi dito, ele não permite que os mutantes entram em sua cabeça).
Habilidades com qualquer arma.
Sabe diversas modalidades de luta.

Dados complementares:

Relação com os Heróis: ele sempre faz comentários maldosos e engraçados sobre os mesmo por serem muito ''certinhos'', mas não pucha briga pois sabe que poderia fazer o mundo inteiro se voltar contra ele.

Relação com os Vilões:Impiedoso. Não quer saber qual eram seus motivos, Russell simplesmente chega atirando e matando todo mundo.

Como costuma se comportar na academia (New Vision):é um completo panaca; irrita as pessoas e está sempre arrumando confusões. Ele é o cara que chega só para te zuar. Não faz as atividades ( apesar de ser muito inteligente) e não se permite mostrar suas fraquezas ou sentimentos.

Crie um pequeno ''texto''

Uma conversa com um Herói:
Colossus se aproxima cautelosamente em direção à Russell que já bufa de tédio antes mesmo dele começar a falar.
-Parece que todos os Wilson tem mania de fazer coisa errada-diz com aquele sotaque que irrita os ouvidos do garoto.
-Mano, tu é chato pra caralho, como consegue?
-Olha o palavreado-Adverte cruzando os braços.
-Meu pau! Aí, se você tá querendo que eu me junte à tua escolinha de boiola, pode esquecer! Meu pai não entrou e eu não vou entrar!
-Russell, não vê que é uma questão de disciplina? Você está destinado à uma coisa maior e não precisa ficar matando qualquer homem que entra em seu caminho, Por favor, não irei desistir. Junte-se a nós e mostre ao mundo seu potencial.
Russell ligeiramente começa a erguer seu dedo do meio em direção à Colossus, que enfurecido dá-lhe um golpe, fazendo o rapaz voar dez metros e bater com tudo na parede de um prédio, quebrando o mesmo.
-Ah filho da puta!-disse dolorido.
-Já disse para olhar o palavreado! É a última vez que irei perguntar, e espero que sua resposta seja bem clara: Você quer entrar para o X-man?
-E eu vou ser bem claro com você também, ô bolas de ferro: eu não tô a fim e ponto final. Agora, se por acaso eu apertar o botão do fode-se, que nem meu pai fez quando aceitou participar da merda daquele experimento, eu te mando um cartãozinho rosa, brilhante cheio de ursinhos, já que eu sei que você curte essas coisas. Mas até lá, é melhor me deixar em paz se não eu arrumo um jeito de arrancar seu escroto pela sua boca.
Russell se afastou. Colossus não disse uma palavra sequer, pois sabia que Russell era a mesma coisa de que Wade. O rapaz havia rompido o osso da perna, e se arrastou até em casa.


Uma conversa com um Vilão:
O que poucos sabiam, menos Russell, é claro, era que Francis, o cara que ferrou com o rosto de Wade, havia deixado uma filha. O rapaz se encheu de ódio até ficar vermelho. Ele coloca a mascara negra e aponta sua arma com o dedo posicionado no gatilho.A menina, aparentemente chamada Lucy, sorriu debochando do ato; se ela realmente é sangue do mesmo sangue do Francis, então ela não sente dor.
-Acho que você já sabe que eu vou detonar sua cabeça-Ameaçou Russell.
-Não tenho medo de cachorro de rua, garoto.Eu não sinto medo de você
-Eu tô pouco me fudendo se você tem medo ou não. Você vai morrer que nem o desgraçado do teu pai.
-Ora, ora. Aparentemente você é bastante selvagem, garotinho, mas também não é nem um pouco racional.
Antes mesmo que Lucy abrisse a boca para dizer outra coisa, Russ atirou em seu ombro e partiu para cima dela com objetivo óbvio de mata-la.


Um momento Hot: Eu sei que isso é estranho, ainda mais depois do fato de que eu inventei um personagem que fala tanta baboseira ( mas saiba que isso é apenas por causa de que seu pai é um babaca), mas eu não sei criar cenas hots. Na verdade, eu nunca tinha pensado nisso; Bom, faremos o seguinte: se algum personagem me agradar, eu lhe aviso e, se você quiser, pode fazer uma cena hot. Me desculpe mesmo, eu...acho que sou muito criançona mentalmente para isso kkk.

Uma conversa com o melhor amigo(a): (Scott Summers)
-Quer um pouco de pipoca garoto?-Scott perguntou ajustando-se no sofá.
-Valeu-respondeu Russell enchendo a mão com aquela delícia amanteigada.
Scott já era um cara velho, mas de todos, ele era o menos chato dos X-man. Russell já havia feito muita coisa errada em tão pouco tempo de vida. De todos, Ciclope foi o único tolerante o suficiente; ele o aconselha e o ajuda. É tecnicamente um pai politicamente correto.
-E como vai a vida escolar?
-Cara, tá uma merda. Eu não posso matar ninguém lá-responde enfurecido.
Scott ri quase engasgando.
-Garoto, não é para matar ninguém, é só para estudar!-termina de dizer e se recompõe.
-Tanto faz, aquela porcaria não serve para nada. Quando se nasce com sangue de assassino, não é matemática ou história que vai te fazer um cara descente-Sacott percebeu um pouco de tristeza na voz do rapaz que não deixava de olhar para a TV. O Ciclope era o único homem na terra que ouvia os problemas de Russell, porque ele era racional o suficiente para entender o quão complicado é ser um bastardo de uma prostituta e um mercenário. Ele aprendeu desde cedo só coisa errada e ninguém teve firmeza o suficiente para lhe mostrar o lado descente da vida.E tudo o que ele podia fazer era sorrir amigavelmente para Russell, e foi o que ele fez.
-Quando terminarmos de assistir o filme, eu vou te levar para casa...


Uma conversa com o par: O pai anda é indefinido, mas eu logo escolherei um, fique tranquila.
-Você é um completo idiota e estúpido! Sabia Wilson?-A garota disse enfurecida após descobrir mais uma das traquinagens do companheiro.
-Certo, agora me diga algo que eu não saiba- o rapaz respondeu indiferente, olhando fixamente para a tela do celular.
-Em que momento você achou que pichar as paredes da escola fosse uma boa ideia?Você só faz merda!
-Se sabe que eu só faço merda, porque não se separa de mim de uma vez?-A pergunta surpreende a menina que fica sem o que dizer. Não era a primeira vez que eles brigavam por causa de bobeiras que o Wilson fazia, mas os dois sabiam que já estavam em seus limites. Russell prosseguiu-você só reclama e reclama o tempo inteiro, até das coisas que eu faço não são errada! Se eu sou uma dor de cabeça tão grande para você, simplesmente separe-se de mim! Não nascemos grudados...
A menina o repreende. Pega no colarinho de sua camisa e o puxa para mais próximo de si. O ato assusta o garoto.Ela o beija. Russell não gosta de pessoas sentimentais, mas não disse nada quando sua namorada começou a chorar.
-Porque eu não quero que você me deixe, seu panaca!-ela sussurra o abraçando. Ele era bem mais alto que ela, e seu queixo ficava na cabeça dela.
-Eu te amo Russell Wilson. Eu não sei se você me corresponde e, sinceramente, eu não me importo. Só quero que você fique comigo.
Naquele momento, Russell nota que o seu maior medo havia se realizado: ele estava apaixonado.


Estilo:O rapaz usa roupas desleixadas e bem masculinas. Geralmente é encontrado com calça jeans larga; camisas de cores escuras de diversos personagens e filmes de ação e ficção e bandas de rock ou cantores de rap;moletons; tênis de cano alto; Em muitas vezes utiliza bonés e correntes.

Uniforme:

Filosofia de vida:''Eu não causo conflitos, eu só jogo a merda no ventilador''.


Livro favorito: os livros de The Walking Dead ( apesar de ele não gostar de ler muito)

Musica favorita: From The Inside da banda Linkin Park.

Mataria alguém para salvar outra?Sim

Salvar a humanidade ou o amor da sua vida?
Com certeza a humanidade, nem que fique com a pessoa na cabeça para sempre.

Como se sentiria por ter matado um inocente?
Arrependido, mas é algo temporário.

Viveria com culpa?
Não.

Ama quando?
O deixam dormir ou quando lhe dão comida.

Odeia quando?
Quando falam mal de seu pai, sua mãe ou do Scott.

Defina o seu personagem em uma palavra:
''Zueiro''

Palavra chave:Zumbi.

Vai comentar a fanfic em todos os capítulos?Eu nem sairei de perto do notbook ou celular!


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...