Como eu sou..


Postado

Como eu sou..

"Ela é fria, amarga, má, insensível, marrenta, sem coração. Ela tem aquele sorriso de antagonista de filme de crianças. Ela não chora por nada, não se deixa abater. Ela não gosta de abraços. Ela é distante e calculista. Metódica e indecifrável. Ela é um enigma tão complicado, que nem ao mesmo tentam decifrar. Ela tem aquele olhar gélido que poderia matar uma alma. Mas aquele mesmo olhar é profundo, é cheio de sentimentos escondidos. […] Não, não se engane pela aparência dessa pobre menina. Ela já foi como aquelas meninas angelicais de filmes da disney. Ela já disse ‘eu te amo’ e pior, ela já amou. Ela era tão sensível, que até lembranças a faziam chorar. E ela chorava. Chorava de felicidade, de tristeza, de surpresa, de amor, de saudade. Chorava na frente de todos, sem medo. Ela já foi amável e tão delicada quanto uma pétala de rosa, mas ela mudou. Ela não teria chances nesse mundo se continuasse daquele jeito. Impossível. Ela desistiu. Desistiu de demonstrar que sentia qualquer coisa que fosse. Desistiu por estar cansada de ser enganada. Não sabe menina ? As pessoas têm mania de dizer ‘eu te amo’ sem sentir amor. […] Ela teve que aprender na marra. Ela teve que se reerguer sozinha, com seus próprios pés. Mas ela ainda sente, ela ainda ama, e pior, ela ainda sofre. Por tudo, todas as palavras que lhe dirigem."

[/centro]Ela está perdida por dentro, destroçada, perdida por dentro..

"Pessoas muito frias, já foram muito doces."
" Ela era como o mar. Parecia calma, mas tinha uma onde se formando lá no fundo... A onde que arrastaria tudo que visse pela frente."
"- Se ele visse o quão especial você pode ser. Se ele te conhecesse como nós." - A Noiva Cadáver.

"Sempre admirei o vilão, o fora da lei, o filho da puta. Não gosto dos garotos bem-barbeados com gravatas e bom empregos. Gosto dos homens desesperados, homens com dentes rotos e mentes arruinadas e caminhos perdidos. São os que me interessam. Sempre cheios de surpresas e explosões. Também gosto de mulheres vis, cadelas bêbadas que não param de reclamar, que usam meias-calças grandes demais e maquiagens borradas. Estou mais interessado em pervertidos do que em santos. Posso relaxar com os emprestáveis, porque sou um imprestável. Não gosto de leis, morais, religiões, regras. Não gosto de ser moldado pela sociedade. "
- Charles Bukowski.

Escutando: Nobody's Home - Avril Lavigne.

Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...