~Tokita02

Tokita02
Nome: Malcolm
Status: Usuário
Sexo: Indisponivel
Localização: Indisponivel
Aniversário: Indisponivel
Idade: Indisponivel
Cadastro:

Ficha Asylum


Postado

Ficha Asylum

Nome: Bianor “significado Homem Violento” Adamantino “O Indomável”

Idade: 18

Opção Sexual: Hetero

Personalidade 1 : Sério, esperto, que se mostra mais maduro que os outros e tira as melhores notas da sala, que todos conhecem como gênio. É muito frio com as pessoas, irritantes, muitas vezes chega ser violento. Tem uma mentalidade de vencedor e fé nas suas habilidades, para ele os vencedores têm tudo na vida e os perdedores não foi forte o suficiente. Quando desobedecido, age violentamente. Ele demonstra diferentes sentimentos ao longo da sua historia, às vezes chegando a ser sombrio com os outros. Quando em uma batalha, ele se torna incrivelmente feroz e agressivo. Às vezes, sua ferocidade chega ao ponto onde ele perde o controle de si mesmo e é ainda incapaz de recordar o que tinha. Ele demonstrou diferentes sentimentos ao longo da sua jornada, às vezes bastante alegre, às vezes chegando a ser sombrio com os outros. Quando em uma batalha, ele se torna incrivelmente feroz e agressivo. Às vezes, sua ferocidade chega ao ponto onde ele perde o controle de si mesmo e é ainda incapaz de recordar o que tinha feito.Ele demonstrou diferentes sentimentos ao longo da sua jornada, às vezes bastante alegre, às vezes chegando a ser sombrio com os outros. Quando em uma batalha, ele se torna incrivelmente feroz e agressivo. Às vezes, sua ferocidade chega ao ponto onde ele perde o controle de si mesmo e é ainda incapaz de recordar o que tinha feito.
Bianor também é uma pessoa muito emocional e permite que suas emoções o controlem de vez em quando. As mortes de sua mãe e Nakamura o assombraram até hoje. A morte de Nakamura, em particular, teve um enorme efeito sobre sua personalidade e motivações, tornando-o muito distante dos outros por um tempo. Isso preocupa as pessoas ao seu redor, já que Miguel é alguém que iria deixar a culpa arruinar sua vida. Ele roubou a personalidade de Nakamura para si mesmo.



Personalidade 2: Essa personalidade dele é realmente psicopata. Ele finge ser uma pessoa charmoso, inocente, engraçado, sempre procurando agradar e construir relações de confiança. Pode conquista uma pessoa rapidamente apenas com o poder da lábia, sem realmente mostrar algum talento no trabalho que fazem. Sempre falar habilmente de países que nunca visitaram, viagens que nunca fez. São mestres da falácia. É organizado eficiente quando resolve fazer alguma coisa. Procura sempre cargos de poder, onde podem sentir que estão manipulando e controlando a vida de pessoas. Por sua vez, pode ser bem mais emocional do que o psicopata, e tão emocional quanto uma pessoa com empatia nula pode ser. Sua principal emoção é a raiva. Bianor possui um senso de humor bizarro, onde adora rir da tristeza e desgraça alheia, e fazer piadas sobre isso. É também um anarquista, odeia a política, além de ter como um de seu objetivo principal mostrar ao mundo que todos podem enlouquecer. Sempre com sarcasmos e um senso destrutivo à flor da pele, Bianor constrói situações nos quais as vítimas passam a acreditar que elas mesmas têm um percentual de culpa por alguma tragédia ou crime. Isso, talvez, é o que faz pra quem o conhece, o considera ser o mais temido. Bianor é cruel e brutal, ele não teme seu lado psicopata e se torna mais violenta durante as batalhas; como quando ele matou a sua mãe e cometeu canibalismo, a fim de fazer que ela morra lentamente, e também quando sem piedade quebrou 12 ossos de um assassino.






História: Filho de um policial da Interpol rico e uma cientista e psiquiatra, Bianor cresceu e foi criado como um prodígio, as atenções sempre passaram por ele, e ele sempre era estimulado a ser igual o pai que era seu maior ídolo. Quando ele era criança, sua mãe maltratava ele para ela o transformar em um completo manico. A mãe de Bianor, o torturava das piores maneiras, espancando o menino(socos, chutes, algumas vezes enfiava objetos dentro do corpo dele, como na vez que ela enfiou dez faca no corpo dele e só retirava depois de semanas. Colocava ele em uma sala branca sem janelas, tudo em volta também é branco, onde só comia alimentos brancos em pratos brancos com uma colher branca e não conseguia escutar nada do lado de fora, esse tipo de tortura psicológica, vendo tudo branco o dia todo, comendo arroz e não escutando nada, começou a desenvolver um grau acentuado de maluquice aguda (termo técnico) em pouquíssimo tempo, ouvindo vozes imaginarias, tentando se cortar para poder ver um ambiente menos neutro e coisas desse tipo. A tentativa de suicídio é questão de tempo. E outra que ela, o prendeu pelas extremidades do corpo e era esticada até ter todas as juntas fossem deslocadas.) . Uma vez que ela o amarrou na cadeira em um lugar totalmente escuro e silencioso e injetava um soro nele (o suficiente pra ficar com pouco sono). Quando ele estava preste a dormi, uma luz forte na cara dele e começava a tocar um som agudo em um volume exuberante. Dessa maneira o corpo dele acabava tendo um susto e “ligava” automaticamente. Quando vc esta ligado, ela desligava o som e a luz e repetia o processo, tipo, pra sempre.

Sua mãe depois de sete anos finalmente tinha o deixado, ele a matou friamente cometendo canibalismo(foi órgãos tambem ) Com a morte da sua mãe foi morar com pai em uma quartel da interpol com seu pai.

Seu pai exigiam notas boas e bom comportamento, caso ao contrario era criticado. Diferente da sua mãe, seu pai olhava ele com esperança, pois acreditava que ele seria um ótimo investigador. Com passar do tempo virou um grande estrategista, e já trabalhava com auxilia de policiais, seu pai tinha ensinado tudo que tinha e Bianor também aprendeu muito com os outros agentes, sua futura vida profissional já estava decidida, menos na escola.

Seu único amigo na escola era Nakamura Stone, porém, eles foram proibidos de se falar com por causa do pai de Nakamura. Raramente encontrava Nakamura sozinho, acabou ficando depressivo e criando amigo “imaginário’’ chamados Jeff. Ele sempre incentivava e dava conselhos a ele. Já fazia tanto tempo que o mesmo estava ali, Bianor não aguentava mais aquele inferno. Começou a ser odiado na escola por ficar sozinho e ignorar as pessoas. Ele voltou a falar com Nakamura em segredo. Até que um dia vindo da escola, ele encontrou Nakamura e começou ao acompanhar até perto de casa, no meio do caminho eles foram encurralados por cinco homens fortes, eles mataram seu amigo na frente dele, e acabou sendo foi violentado. O transtorno foi tão grande que ele criou uma dupla personalidade e com isso despertando sua vontade de sangue. E começou ouvir um voz obscura que ele reconheceu na mente dele
“Estou aqui faz algum tempo. O tempo que você consegue lembrar, em todo o caso.
Às vezes digo seu nome quando você está sonolento ou sussurro aos seus ouvidos.
Você lembra da vez que gritei fazendo você entrar em pânico e acelerar seu coração?
Foi engraçado.
Você está se perguntando quem sou eu. Isso é natural. Você já sabe, é claro.
Eu sou você. Sou o você verdadeiro.
Sou a mente que existia aqui antes de você
roubar meu corpo, antes que você esquecesse que você é um parasita. Sou a criança que olhou para o lado errado, que fez a pergunta errada, viu a coisa
errada…
Mas não mais tão inocente.
Pode ter se esquecido de mim, mas ainda estou aqui. Sempre estive aqui.”


Aos 16 anos, recebeu a notícia que seu pai tinha, ele continuo a morar no E.UA e também trabalhava na Interpol. Ele encontrou um arquivo escondido na sede da policia, onde dizia para não se aproximar de uma cidade chamada Asylum, ele decidiu viajar para essa cidade afim de descobrir os mistérios dela.

Aparência: [img]ar.cdn01.mundotkm.com/2013/02/zayn-malik-0325.jpg[/img]


Parentes: Nenhum, todos estão mortos

Estuda/trabalha: Os dois, mas ele estuda por si mesmo.

Medos: Ser torturado novamente, se morto, perde um amigo novamente e perde uma possível namorada.

+*¨^¨*+ Quiz +*¨^¨*+
Frio ou calor? Frio
Uma música que define seu personagem.

Kamoês – Na mente de um psicopata e Caverna do Dragão – Monstro interior


Uma lembrança boa desse personagem.

R: Seu pai falando que acreditava nele
Uma lembrança ruim desse personagem.
R: Sua Mãe e a morte de Nakamura
Um sonho do seu personagem.
R: Encontra paz interior
Mataria alguém?
R: Sim, sem ressentimento nenhum

+*¨^¨*+ Quiz para o criador +*¨^¨*+
Qual sua teoria para Asylum?
Não posso fazer uma teoria baseado no trecho da musica lá encima.

O que você espera de Asylum?
Espero uma boa fanfic, com um terror elevado e mistérios provocantes.

Posso torturar seu personagem?
R: Pode( mais?)
Sabe que se seu personagem não morrer, poderá ficar louco, como se sente diante dessa afirmação?
R: Me sinto normal, mas acho que é impossível ele ficar mais louco, no caso é mais possível a segunda personalidade ficar permanente.


Algo a mais: Não :V


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...