~mmoonhead

mmoonhead
RockIsLife
Nome: Carol 💮💎// Lipa 🎀📌// Grande 💘♔// Larsson 💞♪// Agron 💠
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: 4 de Agosto
Idade: 16
Cadastro:

Fichas | Mrs. Grunwald's Orphanage for Gifted Youngsters


Postado



Elizabeth Olsen as Bethany Gwendoline Fabray

Nome:

Bethany Gwendoline Fabray

Apelido:

Beth - Por amigos
Gwen - Pelo irmão

Idade:

Escorpiana, nasceu em 20/11/1999, tendo atualmente 17 anos e meio

Nacionalidade:

Inglesa

Aparência:

Beth tem a aparência de uma garota frágil e delicada, transborda inocência e graciosidade. Muitas das vezes parecendo que qualquer movimento brusco pode quebra-la, até despertando o instinto de proteção de muitos. Sua estatura pequena ajuda nessa condição, ela mede exatos 1,68 de altura. Seus cabelos são de cor castanho—claro e caem como cascatas em suas costas, ondulados e cheios de movimento. Seu corpo é invejável, já que ela é magra com curvas suaves, cintura fina e seios e bunda acentuados que se encaixam perfeitamente em sua estatura baixa. Sua pele é bem clara, quase ao ponto de ser pálida, causando assim a singela impressão de que um único toque a fará rachar, assim como a mais bela das porcelanas, a extensão de sua pele e especialmente nas mãos tem um toque muito suave.







Tem traços joviais, visíveis principalmente em seu rosto. Tem nariz pequeno e arrebitado, seus olhos são grandes e chamativos, rodeados por longos cílios que combinam com as sobrancelhas perfeitamente desenhadas. Suas íris são de um lindo verde, que dependendo da claridade parece ter um brilho esmeraldino. Você normalmente sempre verá um mistério nos olhos expressivos e penetrantes de Bethany, eles que de longe demonstram inocência. Ao encarar as belas orbes pode ver um labirinto. Para os outros é um labirinto, onde você se perde nas belas orbes esverdeadas, e se vê preso ali: hipnotizado pela garota! Seus lábios são medianos, bem desenhados e rosados por natureza. Eles também contribuem ao aspecto delicado, seus lábios já foram comparados com o de muitas bonecas. Os seus sorrisos nunca alcançam os olhos, o seu verdadeiro sorriso é raro e brilhante, um sorriso puro que quem o viu gostaria de ver muito mais vezes, um sorriso viciante. Seus dentes são brancos e perfeitamente alinhados. Beth realmente é uma garota bela e única, seu ar genuíno e inocente é algo que encanta qualquer um.







Personalidade:

Delicada como uma rosa e penetrante como um espinho. Essa seria a melhor definição de Bethany, que é conhecida por ser uma pessoa totalmente alegre, de sorrisos largos e contagiantes, encantando qualquer um a sua volta.

Bastante sociável e comunicativa, nunca demonstrou dificuldade para ganhar alguém com suas palavras. Pessoas que passaram muito tempo com ela sentem uma paz enorme, mas ainda sim uma leve melancolia de seus olhos verdes e da forma que ela fala ou vê as coisas.

Elegante, educada e enigmática, chama atenção por onde passa, seja pela sua beleza estonteante ou pela leveza do seu andar.

Nunca perde a calma, você nunca irá vê-la descontrolada ou pra baixo, Beth é alguém que sabe esconder muito bem por trás de sorrisos, e isso até soa clichê, pois quem não faz isso?! Mas com ela podemos dizer que é um pouco diferente, ela não esconde só feridas causadas por qualquer dom Juan, sua alma é bem mais profunda que isso. Ela é como um gato, age na espreita e com muita classe.

Quando sua paciência for esticada ao limite, quando ela assistir alguma coisa que vai muito além do que considera apenas 'errado', não hesitará em mostrar um comportamento que ninguém viu: mais agressivo verbalmente, e em certos casos, até mesmo fisicamente, causando um terror psicológico na vítima.

Amorosa e compreensível com quem merece, sempre vai estar disposta a dar conselhos e ceder seu ombro. Sátira, costuma fazer piada das coisas ruins ou embaraçosas que acontecem ao seu redor, pra ela é um jeito de diminuir a tensão ou esconder seus medos. Apesar de tudo é como quase todas as garotas, possui sonhos de criança e esperança de ser feliz.

No fim de tudo, Bethany é agradável, inteligente, calma e prestativa, com senso de humor e agressividade oculta. Quando se consegue um maior nível de confiança, ela mostra lados que ninguém conhece, como suas fraquezas, seus medos, as vergonhas, as paixões. Fácil de amar e difícil de deixar, pois nunca encontrará alguém igual a ela novamente.

História:

Nascida em Liverpool, sendo filha de uma advogada e um renomado cientista, Beth sempre foi muito mimada pelos pais, tendo tudo do bom e do melhor.

Ela teve uma infância relativamente calma, até o dia em que completou doze anos, quando seus poderes começaram a se manifestar. Originalmente, ela pensou estar apenas com pressão baixa, pois sentia uma forte tortura e enjoo que duravam o dia inteiro, fazendo os pais levarem-a as pressas para o hospital, porém o médico disse que ela não tinha nada, mas deveria ficar em repouso.

Quando ela acordou, no dia seguinte, sua pele estava em um tom levemente avermelhado, por conta de seus poderes, que estavam começando a se desenvolver. Com medo, ela escondeu seu dom da família, mas após a morte dos pais se viu obrigada a revelar seu dom ao irmão, que, para sua surpresa, também tinha poderes.

Sexualidade:

Heterossexual

Dom:

Ela possui o dom da hematocinese, que é a capacidade de controlar o sangue, podendo sentir batimentos cardíacos a quilômetros de distância e transformá-lo em vapor atordoante ou em sangue escarlate, que é uma pedra. Também pode arrebentar as veias e artérias e fazer o sangue jorrar para fora de um corpo. Em um nível mais avançado, consegue parar a circulação sanguínea e curar ou criar doenças relacionadas com o sangue. Bethany ainda não sabe dominar os poderes que herdou do avô, por isso procura manter-se calma, pois sabe que ela se descontrolar (ficar irritada, nervosa, etc.) pode matar todos a sua volta, incluindo seu irmão.

Como ocorreu a morte da família:

Quando o pai dela estava fazendo uma experiência com materiais inflamáveis acabou expondo essas substâncias à umidade do ar, fazendo com que esses materiais se aquecessem e acabarem por incendiar a casa inteira. Felizmente, Bethany e seu irmão estavam na escola e escaparam do incêndio, ao contrário de seus pais e empregados, que morreram carbonizados.

Gostos:

Livros | Neve | Animais | Doces | Conversar com desconhecidos

Desgostos:

Multidões | Injustiça | Calor | Barulho excessivo | Falsidade | Gritem com ela

O que é no Orfanato da Sra. Grunwald?

(X) Novata

Após a morte de seus pais, Beth e Adam, seu irmão gêmeo, fugiram pois tinham medo de parar em algum orfanato no governo ou coisa pior, já que não tinham familiares vivos. Eles vagaram pelas ruas por três meses, passando por apuros e enfrentando pessoas maldosas. Na última vez, os irmãos tiveram que usar seus poderes para se defenderem de uma gangue que queria matá-los. Eles só não contavam que Mrs.Grunwald's estava assistindo a luta e ficou impressionada com os poderes de ambos, tanto que, no dia seguinte, os procurou e os convenceu a morar em seu orfanato.

Medos/Fobias:

Raios, relâmpagos e trovões | Perder o controle de seus poderes | Claustrofobia

Hobbies:

Ler | Meditar

Estilo:

Bailes:







Guerra:





Casuais:









Par:

Sim. Ela é agressiva e fofa ao mesmo tempo. Não admite que goste dele, mas se torna extremamente ciumenta e possessiva quando outra garota está perto dele.

Amigos e inimigos:

Geralmente, os amigos de Bethany são pessoas bem-humoradas e sinceras. Ela sempre procura ser ela mesma, não gostando de viver de aparências, prezando honestidade em uma amizade.Sempre está presente quando eles precisam dela e sempre procura apoiá-los. Já os inimigos costumam ser pessoas metidas, mimadas, mesquinhas, arrogantes, falsas, incovenientes ou frescas. Simplesmente não dá bola para as provocações, nem implica de volta, ela só segue em frente. AGORA, PRESTE ATENÇÃO: JAMAIS HUMILHE UM AMIGO DELA pois ela vai fazer de tudo, jogar uma bola na sua cara, esfolar seu rosto na parede, dar um soco nos peitos, chutar seu pinto, jogar sorvete no seu cabelo... essas coisas simples que incomodam muito as pessoas é só metade do que ela faz.

O que o(a) deixa muito irritado(a)?

É muito difícil vê-la irritada, mas se tem uma coisa que ela odeia é preconceito, seja qual tipo for. Na opinião dela, todos deveriam ser tratados igualmente, independente da cor, sexo, classe social, etc.

Concorda com todos os termos e regras estabelecidos para a fanfic?

Sim




Paul Wesley as Adam Dylan Fabray

Nome:

Adam Dylan Fabray

Apelido:

Andy - Pela irmã

Idade:

Escorpiano, nasceu em 20/11/1999, tendo atualmente 17 anos e meio

Nacionalidade:

Inglês

Aparência:

O jovem Adam Fabray por toda a sua vida foi dotado de grande beleza. Uma verdadeira obra prima, muitos diriam, sendo capaz de chamar atenção por onde passa. Seus olhos levemente esverdeados, que podem variar de tons quando está triste ou com raiva, exalam consigo um grande poder de encantamento, uma vez encarando-o, se torna impossível não encantar-se. O olhar do garoto exibe uma insanidade incomparável, lembra a muitos o movimento das ondas agitadas do mar contra as rochas. As madeixas castanhas e curtas de Adam encontram-se em um corte repicado e belo que ele usa em um topete. Sua pele é clara, mas não chega a ser branco, bronzeando-se facilmente. Uma das coisas que mais chamam atenção em sua aparência é sem dúvida as suas sobrancelhas grossas e arqueadas e expressivas, além de seus lábios naturalmente rosados e carnudos.
Um nariz desproporcional, fino e arrebitado está perfeitamente encaixado em seu rosto.







Tem um físico desejável. Seu abdome é definido e seus braços contém alguns músculos, porém nada exagerado, tendo 1,8o de altura, e 75kg de massa corporal. O jovem é de fato belo, uma verdadeira obra prima feita pela mãe natureza.







Personalidade:

Se existe uma palavra boa o suficiente para descrever Adam, essa palavra seria "intensidade". Andy é aquele cara que faz tudo com tremenda paixão e felicidade, sendo essa uma marca pessoal dele.

Ele é aquele cara que quando alguém é muito cabeça dura e quer fazer algo que irá dar merda, ele coloca uma de suas mãos na nuca na pessoa e olha dentro dos seus olhos, falando mais pausadamente para dar ênfase.

A palavra inocência não consta no seu dicionário. Tem a aptidão de conseguir seduzir qualquer mulher apenas com uma piscadela e um sorriso de lado.

É um cara travesso e completamente imperativo, sendo muita das vezes um verdadeiro anarquista. Seu espírito de liberdade e justiça são muito fortes e ele faz de tudo para defender seus ideais até o fim, mesmo sabendo que está errado. Dificilmente aceita ordens sem antes questionar tudo o que for possível e, caso não questione, pode ter certeza que ele está tramando algo e vai fazer tudo do seu jeito. Teimosia esplêndida, eu diria. Ele é muito impulsivo, sempre age de cabeça quente, o que faz com que ele se torne irresponsável.

Tudo nele remete a confusão e brincadeiras, sendo um cara muito esportivo – em todos os significados possíveis já que ele é atleta radical. Adam gosta demasiadamente de sentir o perigo correndo nas suas veias. Adrenalina é quase seu sobrenome.

Com seu sarcasmo e seu jeito de esconder tudo o que sente com humor, ele simplesmente deixa qualquer um beirando a insanidade.

Andy, por mais que se mostre um cara durão, amante do perigo e sarcástico, é muito altruísta. Sua devoção pelos amigos e pela irmã é quase doentia. Ele é o cara que atiraria na própria cabeça se isso salvasse alguém. Possui certo desamor pela própria segurança e projeta tudo isso defendendo quem pode defender.

E ele não gosta de ser lembrado disso. Ele é o cara que quebra três costelas, desloca o ombro e torce os dois pés mais diz que tá tudo ótimo e que não foi nada. E, além disso, ainda retruca todas as perguntas com tiradas sarcásticas.

História:

Nascido em Liverpool, sendo filho de uma advogada e um cientista, Adam sempre teve tudo do bom e do melhor, pois seus pais nunca deixavam faltar nada.

Ele teve uma infância relativamente calma, até o dia em que completou dez anos, quando seus poderes começaram a se desenvolver. Quando ele perdeu o controle pela primeira vez, acabou atingindo sua mãe e sua irmã, fazendo-as perder algumas memórias. Após o incidente, Adam e seu pai decidiram manter seu dom em segredo, para a segurança da família e todos ao seu redor.

Após a morte dos pais, Adam revelou seus poderes à irmã, que o confortou e então, ambos prometeram proteger um ao outro, não importa o que aconteça.

Sexualidade:

Heterossexual

Dom:

Possui o dom da Rajada Psíquica, que é a capacidade de sobrecarregar a mente, causando dor, perda de memória, perda de consciência, estado vegetativo ou morte depois de ter criado uma conexão psiônica com a mente da pessoa. Em um nível mais avançado é capaz de lançar rajadas potentes o suficiente para interromper o funcionamento da mente de uma pessoa por pouco período de tempo, deixando-a desacordada. Adam está aprendendo a controlar os poderes que desenvolveu, os quais são ativados quando ele está extremamente concentrado. Ele usa seu dom como uma forma de proteger a si mesmo e as pessoas que ele ama.

Como ocorreu a morte da família:

Quando seu pai estava fazendo uma experiência com materiais inflamáveis acabou expondo essas substâncias à umidade do ar, fazendo com que esses materiais se aquecessem e acabarem por incendiar a casa inteira. Felizmente, Adam e sua irmã estavam na escola e escaparam do incêndio, ao contrário de seus pais e empregados, que morreram carbonizados.

Gostos:

Dormir | Tretas | Filmes ou livros de ficção, terror e ação | Se divertir

Desgostos:

Ser encarado de forma intimidadora | Perguntas estúpidas | Tédio | Que o acordem muito cedo ou de forma errada | Filmes de Romance

O que é no Orfanato da Sra. Grunwald?

(X) Novato

Após a morte de seus pais, Adam e Beth, sua irmã gêmea, fugiram pois tinham medo de parar em algum orfanato no governo ou coisa pior, já que não tinham familiares vivos. Eles vagaram pelas ruas por três meses, passando por apuros e enfrentando pessoas maldosas. Na última vez, os irmãos tiveram que usar seus poderes para se defenderem de uma gangue que queria matá-los. Eles só não contavam que Mrs.Grunwald's estava assistindo a luta e ficou impressionada com os poderes de ambos, tanto que, no dia seguinte, os procurou e os convenceu a morar em seu orfanato.

Medos/Fobias:

Objetos pontudos | Morrer afogado | Palhaços

Hobbies:

Praticar esportes | Desenhar

Estilo:

Baile:









Guerra:





Casuais:









Par:

Sim. Quando Adam se apaixona, ele assume um “alter ego” extremamente fofo. Ele começa a ficar mais carinhoso com todos, mais arrumado e comportado, sem falar que ele para de dar em cima de qualquer uma quando está assim. Ele sempre faz tudo ser inesquecível, não tem medo de se aventurar, gosta de andar junto, porém não espere ele falando coisas fofas e melosas para você, a natureza dele é fria, e isso é impossível de se mudar nele.

Amigos e inimigos:

Assim como sua irmã, Adam sempre procura ser ele mesmo, não gostando de viver de aparências. Os amigos o consideram como um irmãozão, daqueles que sempre tem um bom conselho para dar e piadas sem graças que fazem você chorar de rir. Na maioria das vezes vai estar brincando ou zoando com seus amigos, que são pessoas extrovertidas e animadas. Agora, se o quiser como inimigo, não precisa muito. Se você irritá-lo ou mexer com as pessoas que ele ama, você com certeza estará na lusta negra dele. No geral, Adam costuma de provocar seus inimigos, sentindo um prazer enorme ao vê-los furiosos. Quando é alguma menina, ele sempre procura ser sexy e fazer algumas coisas propositais, até se fingir de bobo.

O que o(a) deixa muito irritado(a)?

Ao contrário de sua irmã, Adam é considerado uma pessoa "esquentada" e qualquer coisa pode irritá-lo, mas se tem um coisa que o tira do sério são mentiras. Ele não suporta mentiras, seja da mais inocente à mais málefica. Na opnião dele, por pior que seja a verdade, ela tem que ser contada.

Concorda com todos os termos e regras estabelecidos para a fanfic?

Sim


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...