~UnicorniaZuera

UnicorniaZuera
Nome: Carol Costa
Status: Usuário
Sexo: Indisponivel
Localização: Indisponivel
Aniversário: Indisponivel
Idade: Indisponivel
Cadastro:

Ficha || O Orfanato da Senhorita Johnson


Postado

Ficha || O Orfanato da Senhorita Johnson

Ficha:

Nome completo:

Maya Jacobs Harrisson

Idade:

17

Palavra-chave:

Eu ~definitivamente~ não sou um Purificador de Sangue.

Nasceu em que país?

Irlanda, Dublim.

Qual seu aprimoramento?

Teletransporte.

Família :

Nome: Ammanda Harrison

Idade: 36

Relação: Sua mãe nunca a quis ter, logo apos ser abando nada pelo marido. Ela a odeia por ser Aprimorada assim como odiava seu irmão mais velho. Elas não se falam desde que Maya fugiu para o Orfanato.

Vivo ou morto: Maya não sabe.

[i]Aceitou?:
Nao

------------------------------//---------------------------

Nome: Jasper “Jay” Harrison

Idade: 18

Relação: Eles brigavam muito, mas no fundo se amavam. Ela adorava aperrear a paciência dele e ele adorava zoar dela, já tinha virado quase um hábito. Eles adoravam bolar planos maléficos pra azucrinar os professores e fazer pegadinhas com seus amigos.

Vivo ou morto: Morto

Aceitou? Sim

Personalidade:

Sempre teve uma personalidade forte, decidida, selvagem para alguns. Louca, digamos assim. Bem humorada e falante. Vive zoando com os amigos e colegas de trabalho. Desbocada para o nosso excelentíssimo senhor caralho e nunca perde uma treta. Não se pode falar nada perto dela sem que ela malicie. Mente poluída e sabe jogar o jogo de sedução, assim falando. Se assusta facilmente, mas também adora assustar os outros. Adora uma festa e vive bolando pegadinhas pra fazer com os Brothers, nem que seja desenhar algo constrangedor nos seus rostos enquanto eles estiverem dormindo. Ironia e sarcasmo são os seus nomes do meio. Provocadora, nunca perde a oportunidade de tirar alguém do sério. Inteligente e comunicativa, sempre querendo animar os outros. Tem o metabolismo super rápido, e é por isso que não engorda. É ótima na cama e alguns a descrevem como selvagem. Do mesmo jeito que é simpática, pode transformar a vida das pessoas um inferno quando ela quer. Sem papas na língua, ela fala antes e pensa depois, mesmo que isso não de consequências boas mais tarde. Rainha das dancinhas sem sentido, principalmente dancinhas da vitoria ou em momentos aleatoriamente aleatórios. Alguns a chamam de insana, bipolar, provocadora, imprevisível, vingativa. Ela não se importa, pois sabe que é tudo isso. As vezes ela tem ataques de depressão por causa de seu irmão e gosta de ficar sozinha nessas horas, mesmo que o que ela precise no momento é alguém pra ajuda-la a superar.

História:

Nasceu na Irlanda, Dublim ("Dubhlinn", ocasionalmente também grafada Duibhlinn ou Dubh Linn, que significa "Lago Negro"). Seu pai abandonou sua mãe assim que soube de sua gravidez, então a ela foi largada com um filho mais velho e a bebe na barriga. Desde que Maya nasceu, sua mãe a trata como uma escrava a obrigando fazer trabalhos domésticos e etc. Com seu irmão mais velho também era assim, mas a unica diferença era que ele a amava. Ela adorava ele, sempre zoando juntos, etc. Ele era a unica coisa que a fazia continuar naquela casa, sendo maltratada pela mãe. Os dois gostavam de compartilhar musicas que gostavam, e ele lhes deu um relógio de pulso no seu aniversario de 10 anos. Ela estava com ele no dia do primeiro acontecimento da sua primeira aparição do Aprimoramento, aos seus 12 anos. Eles brincavam de cartas do baralho em seus quartos e ela pensava em como seria bom poder se teletransportar para atras de seu irmão e ver as cartas dele. Ela se concentrou tanto que conseguiu o que queria. Os dois se assustaram inicialmente, porem ela foi treinando isso escondida de sua mãe até ter o controle quase completo (Até hoje ela se teletransporta, as vezes, sem querer para sua antiga casa). Seu irmão não tinha nenhum Aprimoramento, porem mesmo assim a amava e aceitava a sua irma do jeito que ela era. E foi assim por longos anos. Aos 15 ela soube da existência do Orfanato, e fazia excurçoes noturnas para espionar as crianças de lá. Ela sempre quis ir para lá, porem não podia. Quando ela completou 16 anos, Purificadores de Sangue invadiram sua casa e assassinaram seu irmão. "Era para ser ela", ela sempre pensa, já que não havia motivo para matar seu irmão em vez dela. Na noite seguinte ela fugiu para o orfanato. Ela foi acolhida e finalmente teria uma família decente. Chorou por semanas pela perda de seu irmão. Desde então ela vive no Orfanato com pessoas assim como ela.

Aparência:











(Acacia Brinley)

Gosta e não gosta:

Gosta:

-Musica-
-Parques de diversões-
-Surfar-
-Mar-
-Brisa-
-Zoar-
-Fazer pegadinhas-
-Dançar-
-Desenhar-
-Bolos-
-Doces-

Desgostos:

-Gente falsa-
-Preconceitos-
-Baratas-
-Funk-
-Pessoas esnobes ou egoístas-
-Injustiças-
-Arrogância-

Traumas, fobias e medos:

-Escuro-
-Insetos-
-Perder alguém que ama-

Músicas favoritas:

A musica favorita de seu irmão:


E as de gosto pessoal:







Quer par?

Yup -.-

Quer hentai?

Siem ¬^¬

Qual sua relação com o par?

Eles se “odeiam”. Ele adora encher a paciência dela e ela a dele. As pessoas vivem os shippando e os dois se irritam. Porem, tem os mesmos gostos um do outro, e tem muita sincronia, apesar de isso os irritar. Uma relação meio de amor e ódio, sabe? Como dizem alguns, eles combinam.

Por que fugiu do internato para enfrentar os Purificadores de Sangue?

Porque eles assassinaram seu irmão.

ROUPAS

Casual:







Formal:







Fuga:

http://www.polyvore.com/cgi/set?.locale=pt-br&id=207008846

Roupa íntima:





Fantasia:





Algo a mais?

Ela tem um relógio que não tira do pulso. Tem um valor sentimental para ela.



Sabe que talvez eu não aceite seu personagem?

Yep ;-;

Sabe que se eu aceitar ele se torna meu e eu posso fazer o que quiser?

Absolut ^-^

Sabe que eles fugiram do orfanato para enfrentar os purificadores então vai ter sexo em lugares não muito comuns?

Sei sim ¬^¬


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...