~Unicorniouw - Clan Akatsuki

Unicorniouw
Fujoshi
Nome: Giovanna
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: 21 de Março
Idade: 16
Cadastro:

Ficha || Magnet


Postado





Nome completo:

Mika Sakurai

Mika significa "Doce Fragrância" e Sakurai significa "Poço da Flor de Cerejeira", então seria algo como: "doce fragrância do poço da flor de cerejeira"



Apelido(s):

Seu nome é curto, por isso não tem muitos apelidos, mas as pessoas a chamam de Mika-chan e de Moe-chan -o último por conta de sua aparência e personalidade fofinha-, além disso, Ayato a apelidou de Shiro, que significa branco e é uma referencia ao fato de ser albina e Kanato a chama de Teddy Bear, primeiro por ela ser seu brinquedinho e segundo por Mika ser fofa como um ursinho de pelúcia


Idade:

15 anos || 23/06 || Câncer


Aparência:

























Cabelo

Dona de cabelos platinados lisos até o seu tornozelo, Mika pode falar com com convicção que uma das coisas que mais ama em si mesma é o seu cabelo. Seus fios são finos e sedosos, sembre parecem brilhantes e cheirando a baunilha, resultado que a garota tem com ele. Ela parece sempre estar descabelada, pois tem alguns fios rebeldes acima de sua cabeça e algumas mechas que caem pelo seu rosto, dando-a certo charme. Além do mais, seus fios podem parecer rosados, dependendo da iluminação de onde ela está, mas isso apenas deixa-o mais bonito aos olhos alheios.

Rosto

Mika possui a pele branca e até mesmo pálida, o seu rosto é pequeno e delicado, mas nem um pouco magro, pois ela tem bochechas grandes e gordas, que a deixam com um aspecto mais infantil e que instiga as pessoas a apertarem e deixarem-nas mais coradas do que geralmente são. Ela tem o nariz pequeno e delicado, lábios finos, pequenos e rosados naturalmente, mas o maior destaque do seu rosto vai para os seus olhos, duas grandes orbes parecendo duas pedras de rubi e, que são apenas mais destacadas pelos cílios longos da garota.

Corpo

Não se tem muito a falar sobre o seu corpo, além de que mede 1,50 cm e pesa 39 kg. Mika tem os seios pequenos e pernas também finas, a única coisa que lhe confere curvas femininas são sua cintura finíssima e seu quadril médio. No sentido machista da palavra, não é uma mulher.


Nome da personagem que retirou a aparência:

Shiro, de No Game No Life


História:

A história de Mika começa aos seus 2 anos, quando seus pais, dois advogados renomados, foram viajar para outro estado e morreram durante um acidente de avião por conta de uma falha no motor e a deixaram sozinha no mundo, apenas com sua irmã mais nova Ai, com apenas 1 ano de idade na época.

Por sorte, a mãe de Mika e Ai, Ayano, tinha uma irmã e que resolveu adotar as sobrinhas, não só por consideração a irmã, mais também por só ter um filho homem -Yuuichiro de 4 anos na época- e ter o sonho de ter pelo menos uma filha garota, então viu nisso uma oportunidade de ter duas filhas, além de Yu, que estava começando a sentir falta do pai que o abandonou fazia pouco tempo. Myia é uma pessoa com um senso de humor inabalável, confiante e cheia de esperanças, além de ter um grande instinto maternal e ser alguém com um ótimo caráter, por isso, não demorou para Mika virar uma fã da tia e Ai começar a chama-la de mãe. Enquanto Yu era um garota mais retraído e antissocial, mas nem por isso era menos gentil, claro que, do jeito meio Kuudere dele.

As coisas começaram a desmoronar exatas 1 semana depois do sue aniversário de 15 anos. Mika estava com sua Ai, que dali a 2 meses iria completar 14 anos, sua tia e seu primo -que havia se declarado para ela no dia do seu aniversário e, felizmente, a deu um tempo para pensar-. Eles estavam indo passar as férias na praia e, mesmo que faltasse 1 semana para as férias, sua tia havia decidido que seria melhor ir antes. Infelizmente, acabaram envolvidos em um acidente de carro, onde, felizmente quase ninguém saiu ferido. Quase. Ai acabou ficando gravemente ferida e entre a vida e a morte até que finalmente chegou no hospital e deitou em uma cama de lá, cama de onde entrou em coma. Ai entrou em coma e os médicos não viam melhoras no quadro dela, Myia fazia várias horas extras no serviço para pagar as contas do hospital, mas Ai parecia nunca melhorar. Pelo menos até Mika conhecer Karl.

Karl a fez a proposta de ir morar com seus filhos e, em troca ele curaria a irmã. Mika estava desesperada e, como queria que a irmã ficasse boa logo, depositou sua fé e esperança em Karl.



Gostos:

Tudo que seja fofo

- Pelúcias

- Desenhos animados

- Borboletas

- Flores

- Ajudar os outros

- Doces

- Sua irmã

- Costurar

- Jogar jogos

- Ler livros de romance

- Sua tia

- Comida apimentada

- Jardinagem -em especial sua plantação de nabos-.



Desgostos:

- Filmes tristes - pois ela sempre acaba chorando-

- Que as pessoas que ela gosta briguem

- Que apertem sua bochecha com força

- Ser enganada

- Ver os outros tristes

- Filmes de terror

- Aula de educação física

- Verão

- Dias quentes



Personalidade:

Mika se apega muito rápido as pessoas e confia nelas com a mesma facilidade, uma de suas características mais marcantes e uma faca de dois gumes, pois como deposita fé nas pessoas consegue cativa-las com certa facilidade, porém, pode ser facilmente enganada e manipulada.

Ela coloca toda a alma em tudo o que faz e espera uma cumplicidade enorme das pessoas à sua volta, age como um laço que une todos, sendo que sempre que alguma de suas amigas brigam, ou ela age como uma moderadora do problema e tenta achar um meio-termo, ou, a opção mais provável, vai fazer com que suas amigas parem de brigar e se reconciliem para não vê-la chorar. Sim, chorar. Mika é excessivamente emotiva e, além de levar muito as coisas para o lado pessoal, não gosta de ver ninguém triste e odeia ver seus amigos e familiares com sentimentos negativos, quando isso acontece, sempre chora, o que faz com que algumas pessoas a classifiquem como "chorona".

Mika é como uma criança que nunca cresceu, literalmente. Ela se anima e se magoa por coisas que todos podem ver como bobas, como uma borboleta saindo do casulo. E, como uma criança, tem uma imaginação bastante fértil, não tem como se entediar com ela por perto, além de ser muito sonhadora e otimista, do tipo que acredita que desde que você quer e deseja alguma coisa, você vai conseguir. Juntando isso com sua personalidade romântica, logo percebemos que ela faz o tipo que vê a vida como um conto de fadas.

Ela é alguém muito calorosa e sempre preparada para ajudar, não só os amigos, mas todo mundo, como pode, consolando, dando conselhos ou simplesmente fazendo companhia, não importa como, ela só quer ajudar e suas intenções são sempre boas e puras.

É extremamente sensível e muito atencioso para com os outros. Com um temperamento melancólico, ela aprecia um ritmo rotineiro que lhe dá segurança. Mika necessita de todo o seu passado para existir serenamente. Ela não gosta de alterações, de mudanças, de mudanças de cenário. Mika também é extremamente cativante. É muito fácil gostar e se apegar a ela, pois ela é adorável e sempre se preocupa com os sentimentos dos outros. Quando está em perto de um grupo de pessoas, costuma chamar a atenção, mas ela sempre se esforça para não ser muito distinguida, por humildade.

Pode aparentar que se dá bem com todo mundo e pessoas não são um problema, mas ela se assusta com ambiente lotados, sempre preferindo algum lugar confortável com seus amigos, odiando a solidão. Mika também não tem um tom de voz muito alto, sempre fala com a voz calma e suave, não importa a situação. Ela é tímida, de certa forma, então quase nunca toma uma iniciativa direta, seja em relação a ação ou sentimentos.

Ela quase nunca se irrita, sendo estes momentos em que está muito preocupada com algum amigo com problemas ou que fugiu ou qualquer outra coisa, mas nem quando está brava grita, na verdade, ela eleva um pouco o tom de voz, mas quando percebe que o fez pede desculpas imediatamente.

Tem tendencia a ser muito carente, de carinho e atenção, então é constantemente vista com alguém fazendo cafuné na sua cabeça, a abraçando ou apenas na companhia dela a ouvindo falar sobre alguma coisa, por conta dessa carência, Mika também é muito ciumenta e possessiva com todos os amigos e quando se apaixona fica quase incontrolável as crises de ciúmes. Mika é excessivamente sensível e amável, então nunca percebe as más intenções das pessoas.

Ela é bastante romântica e usa sua intuição para avançar no relacionamento. Se com os amigos ela procura sempre agradar, com o par isso vai duplicar. Porém, ela é ciumenta e possessiva principalmente se se sentir traída, o que pode fazer com que ela vire uma daquelas namoradas stalker.


Manias:

- Colocar o dedão na boca quando vai dormir

- Morder o dedo quando está pensando

- Gesticular enquanto fala quando está envergonhada



Medos:

- Medo de escuro

- Medo de baratas

- Medo de ficar sozinha



Fobias:

- Eremofobia — medo de ficar só

- Bogyfobia — medo de espantalho



Traumas:

Mika desenvolveu a Bogyfobia por conta de um trauma. Quando tinha 10 naos, seu primo estava jogando video game e, como ela queria ficar um tempo com o primo, se sentou ao lado dele, porém, o jogo que o primo estava jogando era um lançamento de terror e, para finalizar, ela escolheu o pior momento para entrar, pois Yuu estava no meio de uma parte "tensa" do jogo. Mika observava a tela atentamente, prestando atenção na gameplay ao vivo, quando um espantalho, um dos monstros do jogo, pulou na tela a assustando e a fazendo chorar.


Frases:

- Faça o que te faz feliz

- Seja gentil com as pessoas, mesmo com que não mereça, porque cada um dá aquilo que tem.

- Acredito nas palavras, mas às vezes ações são muito melhores para provar algo.

- Saiba que eu vou estar aqui para te lembrar até de respirar

- Você é uma das razões de eu estar viva

- Um dia eu vou morrer... E você vai estar aqui ainda, por isso eu só te peço uma coisa: por favor, por favor, por favor, não me esqueça. Enquanto você se lembrar de mim, eu ainda vou estar aqui, de alguma forma, observando você.



Par:

Kanato Sakamaki


Relação com o par:

No início, antes de sentir qualquer tipo de atração romântica ou sexual por ele, o tratava como deveria, o filho de Karl, o homem que vai curar sua irmã. Claro que era um pouco complicado, já que Kanato é bem sádico e muitas vezes age como um psicopata e dá os seus “pitis” de criança mimada, porém, este último, Mika secretamente gosta, pois além de achar fofo, de certo modo, faz ela se sentir bem por não ser a única que muitas vezes toma atitudes infantis.

Seus sentimentos por ele começaram a mudar quando Mika encontrou uma foto antiga, de quando ela tinha 5 anos, junto com seu primo e sua irmã. O sentimento de saudade e nostalgia tomou conta dela e a fez ficar realmente deprimida e, isso só piorou quando lembrou da declaração do primo e, agora mais do que nunca, ela sentia falta do primo, queria a companhia dele, abraça-lo e se declarar. Não queria mais ficar sozinha. Ela tem medo de ficar sozinha. Foi nesse cenário, com uma Mika depressiva, que a aproximação dela com Kanato começou. Mika estava se sentindo muito triste e estava na cozinha perdida em pensamentos quando Kanato estava passando com um monte de balas na mão e deixou uma cair, Mika se abaixou para pegar e devolve-lo, porém quando o fez, ele apenas lhe disse: “Pode ficar.”Sim, foi apenas isso. Pode parecer patético (e é), mas Mika é muito infantil, é uma garota muito ingênua, então isso foi o suficiente para ela.

Mika viu em Kanato seu novo porto seguro e, graças a isso, voltou a ser a garota otimista e sorridente, ela logo começou a vê-lo com olhos diferentes de antes, começou a querer agrada-lo e a vê-lo sorrindo. Não demorou a começar a ficar muito desastrada na sua presença e a corar com qualquer proximidade. Mika dava ser sangue a ele sempre que o mesmo pedia, na verdade, ela começou a fazer tudo o que ele pedia a ela.

Ela começou a ter alguns ataques de ciúmes quando o via com outra garota, mas nunca fazia nada, ela ficava parada onde estava e com os olhos lacrimejando, chegando até a chorar em algumas ocasiões, porém, os sentimentos de Kanato com ela não haviam mudado, ele continuava a vê-la como uma bolsa de sangue com pernas, o que a fazia pensar se não estava sendo trouxa, mas ela logo esquecia esses pensamentos. Para Mika, seus sentimentos e intenções, por serem puros, chegariam ao coração dele.

Depois de algum tempo, Kanato realmente começou trata-la diferente. Ele começou a sentir ciúmes dela, não algo bonitinho como o dela, mas algo doentio e possessivo, ele odiava a ideia de vê-la até no mesmo cômodo que os irmãos e Mika, ingênua do jeito que é, gosta desses ciúmes que ele sente, pois para ela significa que seus sentimentos estão começando a serem retribuídos. Depois deles se declararem, Mika faz o possível para ser a amante perfeita para Kanato.



Relação com os vampiros:

Shuu Sakamaki

Mika o admira. Principalmente por não ligar para o que os outros pensam, frequentemente ela senta no sofá onde ele está deitado e começa a conversar e a falar de coisas aleatórias, no início, Mika achava que ele estava dormindo, mas depois observou que ele sempre retirava discretamente um de seus fones e sorria quase imperceptivelmente quando ela começava a falar. Podem-se considerar um tipo estranho de amigos.

Reiji Sakamaki

Mika tem medo dele, por isso sempre se autocorrige quando ele está por perto para não dar mancada e virar cobaia de algum experimento dele, já que ouviu histórias de Ayato sobre outras pessoas que foram submetidas aos seus experimentos. Ela sempre o trata formalmente por medo de ser punida e de ganhar seu ódio. Além do medo de virar um de seus experimentos, mesmo que as outras nouvas falem que Ayato estava apenas brincando e "tirando uma" com a cara dela.

Ayato Sakamaki

Mika o acha engraçado, mesmo que ache um pouco arrogante e como ele refere-se a si mesmo como ore-sama. Mika gosta dele por seu senso de humor e sempre que o mesmo vai fazer alguma brincadeira ou pegadinha e acaba flagrando-o guarda segredo por ele, o que a faz ganhar alguns pontinhos com ele. Mika sempre prefere Shuu para uma boa conversa, mas não dispensa Ayato também, ela acredita que o vampiro seja bom e legal por trás de todo esse egocentrismo dele.

Laito Sakamaki

Mika é muito inocente, então não entende muita coisa maliciosa, pervertida e com duplo sentido que ele fala, então sente como se ele falasse outra língua. Sempre que ele fala algo com duplo sentido, ela responde sem malicia alguma, o que o diverte e a faz ficar sem entender nada. Mika não gosta muito do jeito pervertido dele por deixá-la desconcertada, Mika se sente agradecida por não ter o corpo muito desenvolvido, pois é por isso que não é alvo dele.

Subaru Sakamaki

Mika sente uma áurea muito triste e sensível por trás do jeito rude e bruto dele, mas sempre que tenta se aproximar é rapidamente enxotada e ferida por palavras rudes e, por ser muito sensível, sempre se sentia ofendida e triste por isso, o que rendia um bom tempo chorando. Mika faz o possível para não deixa-lo irritado e espera que um dia possa se tornar amiga dele e as vezes pensa: "Se eu levar cupcakes para ele, vou conseguir sua amizade?".


Hentai e Ecchi?:

Claro ^3^


Ciente de que se sua personagem for aceita ela estará em minhas mãos e agirá de acordo com a fanfiction, podendo sofrer qualquer tipo de assédio, tortura, violência ou até abuso?:

Cientíssima gjergknreg


Como a sua personagem reagiria caso/se:

Descobrisse que está apaixonada por um vampiro:

Mika vai levar isso muito bem e vai reagir melhor do que suas(eus) amigas (os), já que já se sentiu apaixonada antes, porém, uma coisa é admitir a si mesmo e outra é admitir ao par. Ela com toda a certeza não está pronta para contar a ele e só de pensar em o contar sente que pode desmaiar. Além do mais, Mika se apaixonou por Kanato antes dele sentir o mesmo, então estava realmente considerando a opção de viver com isso para si mesma para sempre, mesmo que a ideia de casamento não lhe soasse ruim aos seus ouvidos. Provavelmente nem ligaria pelo fato dele ser um vampiro, já que como uma romântica nata, vai achar isso muito mais "bonitinho, fofinho e romântico"


Descobrisse que vai morar com vampiros:

Ela rapidamente pensou: "Se vampiros existem, será que fadas e unicórnios também existem?". Mas esse pensamento saiu rapidamente da sua mente quando lembrou que não vai morar com o papai noel ou o coelhinho da páscoa, mas sim com vampiros, então, com era de se esperar dela, Mika acabou por desmaiar. Ela despertou apenas algumas horas depois e ficou aliviada inicialmente, afinal, foi só um sonho, mas para seu desespero, foi real e ainda tinha a parte de “Ser noiva de um dos filhos de Karl”, ela se assustou muito, mas tentou não pensar e insistir nesse assunto, o que terá que ser, será.


Estivesse com ciúmes:

Ela se sentia triste e com o coração apertado sempre que o via com outra pessoa e quase não conseguia segurar o choro, na verdade, algumas vezes chegou realmente a chorar. Seu par precisaria consola-la e ficar perto dela até ela conseguir acabar com as lágrimas e se convencer de que não vai ser trocada. Kanato nem se preocupava em disfarçar, seu lado sádico adorava ver Mika sofrer e ficar triste ao vê-lo com outra menina, era extremamente satisfatório no ponto de vista dele e, gostava ainda mais quando a garota chorava por causa disso e, em situações mais raras e que o ciúmes dela é maior que o normal, gritar com a que Mika chama mentalmente "intrusa no relacionamento"




Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...