ESSA É PRA VOCÊ


Postado

ESSA É PRA VOCÊ

Yoo~ pessouas do peito, essa é pra vocês, que pensaram que eu tinha aberto um cabaré e fugido -q



Ok, já comecei mal, enfim:
Por milhares de motivos, parei de escrever: tudo. Meus livros, poesias, histórias, fanfics, roteiros, tudo, e quando consegui recomeçar, descobri que estava com um problema na mão (que ainda tenho, cara, a sério, não posso escrever muito) que me fez me afastar mais um pouco.
Mas não é sobre isso que quero falar:

Fiz uma fanfic que muita pouca gente vai ler.
Não, não estou rebaixando a história, mas sim tentando avisar (de já) que a história não é convencional (tô falando sobre a média, pessoal, não estou dizendo de maneira alguma que "não existe fanfic assim", sei que existe e já vi).
Existem personagens que mal aparecem, mas são importantíssimos para a história, existem coisas que nunca serão explicadas, coisas difíceis de descobrir e outras que estarão na cara, partes chatas e absolutamente necessárias, NADA de sexo, e etc.
MAS PRINCIPALMENTE coisas que nunca serão explicadas, ou que não tem "resolução" porque a resolução era óbvia também...

O motivo dessa fanfic ser assim é que: fiz essa história para mim.
[Aliás, é uma coisa que percebo que falta em muita ficwriter: Tem um momento que, sem querer talvez, muitas de nós começamos a escrever para os outros, e não para nós mesmas.
"Hm, será que vão gostar desse personagem?", "Será que vão gostar dessa cena?" "Hm, não vão comentar, vou trocar"]

E como sou [na realidade] uma pessoa geralmente sombria que costuma dar poucas informações, acabou que se tornou uma fanfic meio sombria com poucas informações -qq
Zoa, dá para entender legal, mas o fato é que não, ela não agradará muita gente

Vex criatura, tu ta fazendo esse alarde todo porque fez uma fanfic-livro?
Não, tem 7 capítulos terminados certos, o alarde é pelo que vem a seguir:


Como disse, estou com um problema na mão (sem citar os outros) ((É algo que já tenho já a algum tempo e não queria mencionar, então veio um surto de inspiração e esta fanfic.)) e não era sequer para ter continuado esta fanfic antiga, portanto decidi não responder aos comentários, então não precisam se preocupar com isso, mas saibam que se deixarem, vou ler e os aceitar com muito carinho, porque é um pedaço (gigantesco) de mim aquela fanfic, ela literalmente, é o mundo onde eu queria morar, o universo que eu queria viver.
E também não se importem com o título da fanfic, é uma das palavras que amo, mas que acho que não existem, não significam nada (tenho milhares de palavras assim -q)

(PS: é claro que vocês podem fazer perguntas sobre qualquer coisa, e por qualquer lugar, relaxem<3)


Eeee, aproveitando (não podia deixar passar ouhfdjsgn) a sexta-feira 13 que brotou do nada nesse mês e na minha vida, vou postar a fanfic em qualquer hora desse dia<3 só. -qq




Muito obrigada a quem leu até aqui<3 e pelo carinho que (não sei nem se vão ler isso mzs) as pessoas que tem comentado O Que os Olhos Não Podem Ver e Na Linha dos Olhos jogaram nas minhas notificações, que também não pude responder nem explicar<3
Para uma escritora fracassada, tenho recebido muito amor, e sou grata do fundo da alma<3





[Também estou desaparecendo de lá porque digitar é digitar, não importa se em livro, fanfic, chat ou twitter, mas a quem tiver e quiser ver minhas merdas lá, é só me catar lá no Twitter<3

clique >acár< para me catar no Twitter ]

Escutando: That XX - GDragon
Comendo: Pavê

Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...