~Lady_Frerard

Lady_Frerard
GAZEROCK is not DEAD \m/
Nome: Valentina Giacomet
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Caxias do Sul, Rio Grande do Sul, Brasil
Aniversário: 14 de Novembro
Idade: 15
Cadastro:

Frágil demais


Postado

Frágil demais

Odeio ser frágil. Sério, existe cura pra isso? Se sim, estou precisando urgentemente.
Às vezes, entendo tudo errado (porque levo pro lado "triste") e fico depressiva (não a doença, mas fico muito triste e não tenho vontade de fazer nada além de deitar na cama, ouvir músicas depressivas e ficar chorando. É. Faço isso sempre que fico triste, e é uma droga!).

Sempre que fico triste, paro de responder as mensagens que me mandam, ou respondo muito "seca" (Ex: respondo o "oooooiiiii" com um simples "oi", falo monossilabicamente, desvio das perguntas que direcionam a mim, falo pouco, etc.). Eu queria que me conhecessem tão bem a ponto de saberem que quando respondo assim, tem algo errado. Quero que se importem comigo e quero que mostrem isso todos os dias. (Aliás, ouvi hoje um "não me importo tanto assim contigo", e isso me abalou e muito (viram só? FRA-GI-LI-DA-DE!), mesmo que não pareça tão grave assim). Quero abraços e beijos espontâneos. Quero tantas coisas... Mas algumas nunca consigo. Pra alguns, não é necessário mostrar o quanto amam, mas pra mim é essencial, apesar de não ocorrer muito.

Minha mãe decidiu me colocar em uma psicóloga porque, segundo ela, "eu estava muito triste". Eu não gosto dela. É como se eu pagasse pra ela ser minha "amiga". Ela fica me pedindo tudo sobre minha vida e eu preciso mentir que estou bem pra ela me liberar logo, porque ela não deixa os pacientes saírem do tratamento antes de fazê-los "estarem bem de verdade". Vocês não sabem o quanto é chato fingir um sorriso e dizer que você "está bem" quando você prefere morrer.

Algumas vezes, minha fragilidade acaba afetando o bom andamento das fanfics. Escrevo algo por impulso e posto aqui, aí não sei como continuar, como aconteceu em "Akatsuki Club". Então, essas fanfics ficam abandonadas e eu preciso excluí-las, aí os leitores ficam chateados comigo e eu perco leitores. Na verdade, perco alguns por não postar também... Li um jornal da Azu (minha escritora favorita do AS/SS!) agora há pouco, e ela também fala sobre o "impulso" na hora de escrever. Ela disse também sobre "planejar o final", pra saber que rumo a fanfic vai tomar, o que eu não fiz em "Em outra realidade" e "Segredos de Vampiros".

Evolui bastante minha escrita durante esses meses. Agora, olho meu jeito antigo de escrever e tenho vontade de excluir tudo. Pretendo terminar Em outra realidade o mais rápido possível, essa fic já está aqui no AS/SS há muito tempo. A ideia é boa, mas eu não sabia desenvolver bem o texto.

Enfim, eu queria não ser frágil assim. Qualquer coisa que acontece, mesmo que insignificante pra alguns, eu fico muito triste. Odeio isso... E espero que entendam minha demora pra escrever cada capítulo. Preciso planejar o final ainda.

Obrigado por lerem,
~LadyFrerard

Escutando: Demolition Lovers – My Chemical Romance

Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...