~Valenttine

Valenttine
Nome: Valentine
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Santa Maria, Rio Grande do Sul, Brasil
Aniversário: 7 de Outubro
Idade: 20
Cadastro:

CODE-027


Postado

Ficha:

● Nome: Merenwen Deschaneel

● Idade: 27 anos




● Aparência: Meren, como leva por apelido, é uma mulher com 27 anos. Seus cabelos são lisos, castanho avermelhado na altura do pescoço. Sua pele é pálida,pelo sol que nunca pegou. Seus olhos são esmeraldinos, que na luz, por vezes, ficam cinzas. Seus lábios são carnudos e avermelhados. Seu corpo é pequeno, é magra, com altura entre 1.60/ 1.63. No seu braço direito é visível uma tatuagem de um inseto.

○ Imagem:







○ Famoso(a): Susan Coffey




● Personalidade:

A mulher ganhou muitos traços de observação na sua personalidade. É perceptível vê-la correndo os olhos por todas as pessoas que estiverem no mesmo recinto que ela está. Não dá ponto sem nó, não começa nada sem garantia de que irá terminar. Não é fria, tampouco sem sentimentos, o que você verá a olho nú é uma simples e comum mulher. Merenwen transpira calmaria, até certa delicadeza. Não eleva a voz nem mesmo em meio a uma discussão. Não usa palavras de baixaria, prefere usar outros meios para "vencer" uma discussão, e eu te garanto, que o adversário sairá humilhado sem ela ao menos usar um palavrão sequer.
Merenwen gosta de conversar, não é quieta, sozinha, ou detesta os seres humanos como muitas pessoas gostam de fazer. Apenas, ela escolhe muito bem com quem irá falar. E, para cada pessoa, sabe bem o que ela deve ou não falar. Não confia fácil, não segue as regras de um outro alguém que não seja ela mesma, a menos que de alguma forma, isso garanta algum ganho. Gosta de mandar, de liderar se assim for melhor. Merenwen não tem muitos traços de indecisão, o que facilita seu pensamento ágil, seja para uma mentira, para manipular alguém. O que ela faz muito bem. Como disse, quem a olhar a olho nú, vera apenas uma simples mulher de 27 anos.



● Passado:

[Descreva como foi o passado do seu personagem sem citar os crimes.
Ps.: Ano à frente de 2.020 – Presente: 2.071 – Merenwen nasceu em uma família, no mínimo extensa para assim classificá-la. Oriunda de uma família de classe média para a época, por meados dos seus cinco anos, já era perceptível a forma como não eram uma boa e grande família. Meren já possuía cinco irmão e alguns, simplesmente sumiram. Não teve um "pai" fixo, e tampouco uma mãe que estivesse sempre em casa, ou sendo zelosa. Na adolescência, cuidava e trabalhava na área de arquivos em um hospital público da Metrópole. Era responsável por dois irmãos, uma mãe omissa e um pai marginal com características pedófilas. As coisas não melhoram muito dali para frente, e seu passado apenas fica mais negro do que qualquer outro.



● Crime(s) cometido(s)
O primeiro crime foi a Embolia gasosa, na qual com uma grande seringa médica roubada ela injetou ar nas veias de seus padrasto. Ela injetou mais 300 gramas de ar seguidamente enquanto observava-o lentamente ir a óbito. O drogado, era um maldito pedófilo dos irmãos.

Seu segundo crime, foi contra a mãe no mesmo dia, e um dos clientes dela, sim ela era uma prostituta de classe, um pouco de 500 ml de acetona nas bebidas baratas deles e tudo queimou por dentro de cada um. O por que é meio óbvio. Ela era podre. O detalhe foi sua calmaria em ambos os casos.





● Tem algum:

○Vício: Cafeina

○Mania: Morder o lábio e frisar a testa quando está pensando.

○Trauma: água funda, rios, lagos.

○Fobia: rio, lagos, ela já foi quase afogada pela mãe querida.




● Deseja par? Como será com ele(a)?
Sim, por obséquio, algo nada água com açúcar. Principalmente por ela ser ciumenta com o par, então, algo agitado, brigas, essas coisas.


● Seu maior sonho e seu maior pesadelo:
Esquecer sua vida inteira, recomeçar de novo.
Abusos, promiscuidade na qual desde criança foi obrigada a ver, os abusos contra os irmãos pequenos que tanto tentou defender.



● Gostos/Desgostos:
Gosta: Frio, neve, doce,noite,ler.
Desgosta: Calor, rios, bagunça, tempestades,café frio.

● Primeira atitude que tomará ao chegar no planeta desconhecido:

Observar todas as formas de se livras de lá o mais rápido possível. É provável que ela saia a olhar tudo em volta.

● Como é com o grupo: Participativa em tudo, é possível que tome muito a frente também. Dá pitacoras.

● Possibilidade em trair o grupo: 40%

● Possibilidade em ser líder: 80%

● Possibilidade em matar alguém do grupo: 70%

● Você:
○Mataria alguém que gosta para se proteger? Não

○Deixaria alguém que gosta para trás? Não

○Faria o quê, caso visse alguém que gosta morrer? Nada, talvez um suspiro cansado.

○Faria o quê, caso se descobrisse traído por quem gosta ou pelo grupo? Mataria, na calma.

○Mataria alguém para se alimentar?Sim.

○Faria o quê, caso fosse infectado por um parasita? Nada, até saber o que aquilo pode fazer. E segredo absoluto.

○Se sacrificaria pelo seu grupo? Não

● Qual a pior forma de morrer? Asfixiada ou afogada.

● O que acha sobre a proposta imposta pelo Governo?

Suja, como eles são. É fácil mandar gente sem valor para limpar "sujeira" que eles tem medo de fazer.

● Algo mais?

Sim, citei na personalidade o fato de ela não ser fria, mas fazer coisas ruins na calmaria. Ela jamais faria algo do tipo com uma criança ou alguém inocente. O que a torna humana, em partes, com sentimentos. Não fria.


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...