~Sra_Sherlock

Sra_Sherlock
Titia Val
Nome: Sherlock
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: Indisponivel
Idade: Indisponivel
Cadastro:

História - The Diamond Selection


Postado

História - The Diamond Selection

Para contarmos esta história, peço a você, leitor, que tenha compreensão.


E logicamente, para começarmos, devemos voltar para muitos anos atrás, quando o sistema de Seleção de Prata, Ouro e Diamante ainda não havia sido determinado, quando nem mesmo Baltazar havia nascido ainda. E quando seu pai, Dimitri, acabara de conquistar seus 20 anos


(Dimitri Lightman)

Dimitri era um jovem relativamente bondoso, com boa capacidade para se tornar o próximo rei de Illea, o problema era que ele não possuia uma pretendente, consequentemente nem uma esposa.
Então, seu pai e sua mãe, como costume e tradição, anunciaram uma Seleção. 35 garotas disputando por um coração, o jovem e inocente coração de Dimitri.
O príncipe nunca havia pensado na possibilidade de ter uma Seleção, quase nunca pensou numa esposa. Mas ele cedeu, e percebeu que só poderia ser rei com uma mulher ao seu lado


_______________________________________________________



Mas uma coisa que todos sabiam, era que Illea tinha uma grande rivalidade, com seu maior inimigo. Um reino antigo, Domenic, localizado na Russia, que, naquela época governava todo o país
E logo, o rei de Domenic, Eli, um homem cruel, rude e horrendo, rapidamente soube do anúncio do grande evento e das celebrações que estavam ocorrendo em Illea


(Rei Eli, de Domenic)

Eli rapidamente encarou a Seleção no país inimigo como uma oportunidade, para saber dos segredos e acontecimentos no palácio. Ele tinha que saber, era uma brecha, ele podia desvendar suas curiosidades e ganhar uma possível e futura guerra! Ele precisava de um plano
Eli rapidamente se pôs a pensar, dia e noite. Ele tinha de se arriscar, mas nem tanto, senão, todos perceberiam. E passados três dias, finalmente uma idéia iluminou a cabeça de Eli. Ele correu para seus aposentos reais, chamando sua filha, Seraphina.
O homem explicou toda a situação para a filha, estava destinado a dar certo, afinal, ninguém em Illea sabia da filha de Eli, que aceitou na hora, pois era como o pai, maldosa, cruel e vingativa. Seraphina estava decidida a descobrir os segredos de Illea.
Depois de aceitar a proposta, Seraphina já dava as costas, com um sorriso maléfico para sair do quarto e arrumar suas coisas. Mas antes disso, seu pai a chamou. Ela se virou, deparando com seu pai mantendo um sorriso mais maléfico que ela. Então, Eli abriu a boca e disse "Aproveite e mate o herdeiro"


(Princesa Seraphina, de Domenic)

__________________________________________________________



Seraphina se inscreveu na Seleção de Illea, indo pra lá escondida das câmeras. Ela conseguira, afinal, seu pai já havia providenciado tudo. Agora, sua história, seus pais, e sua personalidade haviam mudado, ela era agora, outra pessoa. Era Seraphina Lycht. Garota orfã, da casta 5 que viera para a Seleção tentando ter uma vida melhor
E não fora muito difícil ela ser selecionada, afinal, seu pai era o rei e sabia que homens são revestidos de ganância. Então, anonimamente, subornara alguns funcionários do palácio.


E chegando o dia do início da tão esperada Seleção, Dimitri se encontrava nervoso, mas Seraphina confiante de saber de tudo, e com extra de um assassinato.
Não é preciso dizer, que Seraphina teve de batalhar todos os intervalos do príncipe com as outras garotas para ficar mais tempo com o mesmo. Descobrindo algo novo a cada dia
Então, como Dimitri passava mais tempo com ela, foi com ela que ele começou entregando seu coração, aos poucos, ele foi se apaixonando por Seraphina

E Seraphina, apenas fingia o mesmo sentimento, mas na verdade, um vazio de sentimentos sobre o príncipe se instalava nela, na verdade, apenas um sentimento existia, desprezo. Mas ela mantinha na sua cabeça que precisava continuar firme naquilo, insistir até tirar mais e mais segredos.



Mas foi inevitável, e aos poucos, Seraphina foi se entregando de corpo e alma para Dimitri, ela ficara perdidamente apaixonada por ele e não queria mais completar a missão que seu pai lhe dera.
Ela decidiu manter e segredo, e nunca contar ao amado que viera de Dominic, e era a princesa de lá, muito menos que devia matar Dimitri.
Mas Seraphina pensou que se não o fizesse, seu pai poderia fazer muito pior, e não apenas com Dimitri, mas com ela também. E decidida a matar seu amado, ela pegou veneno para rato, caminhando em direção ao quarto de Dimitri. Era a hora, afinal, ela já sabia praticamente todos os segredos do reino, para o plano se completar, ela precisaria matar Dimitri
Chegando perto do final do corredor, Seraphina sentiu algo, uma leve tontura, com um misto de enjôo lhe atingira. Ela se apoiou na parede, fechando seus olhos, gritando o nome do príncipe, que rapidamente, correu para socorre-la. Segurou a garota no colo, levando a mesma para a ala hospitalar.
E depois do médico examina-la, apenas olhou para o casal e disse o que havia ocorrido, deu de costas e saiu do quarto em que estavam. Os dois se olharam, ainda em choque extremo, suspirando. Seraphina estava grávida.

_________________________________________________________

Enquanto isso, na Russia, Eli estava impaciente, ele queria notícias, nas quais não recebia a muito tempo. Eli suspeitava do romance de Dimitri e Seraphina, mas considerava impossível. Então, pela demora de notícias, decidiu que ele mesmo iria fazer o trabalho dela, pegando os segredos e matando Dimitri
Então, ele traçou todo um plano, que mesmo sendo demorado, seria infalível e perfeito. Assim, não teriam imprevistos. Mas então, ele ficara sabendo do casamento que a filha teve, depois de descobrir que estava grávida. Eli ficou irado, com ódio, nojo e desgosto pela filha e Dimitri. E então, como um homem maléfico, ele decidiu esperar nove meses para fazer sua surpresa para Dimitri e Seraphina, também ao rei e a rainha.





E passaram-se nove meses, Eli conseguiu planejar seu plano perfeitamente bem. E quando terminou, Seraphina já estava em seu último mês de gravidez, o rei de Domenic se aprontara, começando sua viagem em direção à Illea.
E chegando a Illea, se passando por um comerciante humilde, ele adentrou o palácio, carregando suas armas, com aquele sorriso assustadoramente maléfico


Enquanto isso, Seraphina estava em trabalho de parto, seus gritos preenchiam a ala hospitalar e ela segurava fortemente a mão de seu marido, com muito esforço ela estava se saindo muito bem no parto
E Eli decidira, que depois de matar meia duzia de guardas, que iria para os aposentos do rei e da rainha. E então foi ele, carregando sua adaga afiada em direção ao aposento da realeza. Eli abriu a porta num baque rápido, o casal dormia na cama, e primeiro, ele perfurara o pescoço da mulher, o rei acordara, era o plano dele. Estava dando certo




Ele obrigou o rei a encarar sua mulher com os olhos fechados e já pálida ao seu lado na cama, lágrimas preencheram os olhos do rei antes de ser morto por Eli

Então, Dimitri e Seraphina, que ainda não sabiam da "visita" de Eli, conseguiram terminar aquele parto, um sorriso surgiu no rosto de Seraphina, vendo seu filho, que chorava manhoso em seu colo. Baltazar nasceu.
Os médicos colocaram a garota numa cadeira de rodas depois de banhar ela e o bebê. Dimitri levava a esposa pela cadeira, junto com a criança, que estava no colo dela. E ao lonje, as dois ouviram um barulho estrondoso, Eli se aproximava
Eli mencionou algo relacionado a "Você não respeitou seu pai" e Dimitri encarou a esposa, confuso. E foi nesse momento que ela contou ao príncipe que era filha de Eli, princesa de Domenic e que veio para o palácio a fim de mata-lo e descobrir os segredos do local.

Dimitri explodiu de raiva, ódio e desprezo. Toda a trajetória, todo o amor que o casal passou tinha sido falso, uma fraude completa. Que não passou de interesses entre rivais.
Dimitri pegou seu filho do colo da esposa, que tentava se desculpar com ele, tendo lágrimas nos olhos, mas ele não queria ouvir, Dimitri apenas abraçava o filho, cerrando os dentes, controlando-se para não chorar como uma criança
E Eli se divertia, rindo de tudo aquilo, ele tentou se aproximar de Baltazar e Eli. Mas Seraphina, que ainda estava perdidamente apaixonada por Dimitri, levantou-se com dificuldade da cadeira de rodas, sua barriga ainda se encontrava dolorida pelo parto recente, mas ela tinha de proteger o filho e o amado

Seraphina avançou contra seu pai, atacando-o no rosto, mas como Eli estava muito mais habilitado que a filha, logo penetrou sua daga pelas costas da mesma, que olhou para o amado, e em seguida para o pai, lhe dizendo um insulto que ecoou pelo lugar antes de cair no chão



Dimitri encarou a esposa morta no chão, e Eli que se aproximava. Como ele tinha a capacidade de matar sua própria filha? E agora iria matar seu neto e seu genro. Dimitri foi envolvido por um instinto paterno e coragem, ele precisava proteger Baltazar
Deixou seu filho cuidadosamente no chão, e apenas naquela má hora, o menino parou de chorar, parecia saber que estava sendo protegido

Dimitri avançou em direção a Eli, com raiva, soltando um grito de raiva e determinação. Praticamente pulou sobre ele, socando o mesmo com raiva.
E finalmente, depois de muito esforço, Dimitri conseguiu jogar a adaga de Eli para lonje, chutando e socando o mesmo como podia, as vezes, nem mesmo eram golpes. Dimitri pensava apenas em matar aquele homem, precisava proteger seu filho
E no final, tendo um golpe certeiro, Dimitri conseguiu pegar novamente a adaga de Eli, investindo a mesma no coração dele. Eli olhou para o príncipe, de olhos arregalados, e caiu no chão, encarando friamente o teto, antes de fechar seus olhos para sempre

__________________________________________________________

Duas semanas depois...

Dimitri jurou, que a linhagem de sangue Domenic nunca mais iria atrapalhar a sua vida e nem de ninguém
Agora, como rei, ele acabara com o reino Domenic, mas ainda faltava algo. Como mencionado, ele queria acabar com essa linhagem de sangue desonrado de sua linhagem

Então, naquele mesmo dia ele decretou uma lei secreta, ninguém em Illea iria saber o motivo daquilo, apenas a realeza e ninguém mais
Dimitri chamou a Seleção de seu filho de Seleção de Prata, onde a linhagem de sangue Domenic ainda estava presente
Ele chamou a Seleção de seu neto, de Seleção do Ouro, onde a linhagem de sangue Domenic ainda estava presente, mas desaparecendo
E então, finalmente. A Seleção mais desejada, onde a linhagem de sangue de Domenic desapareceria por completo

A Seleção de Diamante


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...