~VanessaBR - Clan Kazemakase

VanessaBR
#Yorozuya
Nome: Vanessa Darioli dos Santos
Status: Usuário Veterano
Sexo: Feminino
Localização: Montes Claros, Minas Gerais, Brasil
Aniversário: 21 de Outubro
Idade: 32
Cadastro:

"Demaquilante": Por trás da maquiagem


Postado

"Demaquilante": Por trás da maquiagem

Já fazia um tempinho que eu não postava um jornal, mas cá estou com um jornal novo. Só que hoje, vai ser um pouco diferente. Sem zoeira, sem reclamação de alguma coisa relacionada ao site, o que eu concordo ou não.

Vamos falar de coisa séria? Por mais que estejamos em um site de entretenimento, acredito que há um espaço pra gente falar de coisas mais sérias e venho pensando nisso desde um tempinho atrás e, a partir da divulgação do resultado do concurso que participei (e que ganhei, nem esperava isso). Fiquei surpresa e muito feliz por ter conseguido o primeiro lugar. Como consequência, tenho visto minha drabble (a primeira drabble que fiz na vida) superar os 100 favoritos e tenho recebido vários comentários. #ObrigadaPessoal

Só que, diante desses comentários, comecei a refletir ainda mais no assunto que abordei na drabble “Demaquilante”: a violência contra a mulher. Quando eu a escrevi, escolhi esse tema aleatoriamente, acredito que pelo fato de ser cada vez mais recorrente nos noticiários na TV e na internet os casos cada vez mais escabrosos de estupros (inclusive coletivos), agressões e demonstrações absurdas de machismo. E muitas vezes isso demora a ser denunciado – isso quando ocorrem as denúncias – por medo ou por vergonha, pois a vítima acaba sendo culpada.

Estamos em um país em que as mulheres são hipersexualizadas o tempo todo, com o estereótipo de que qualquer uma é fácil e, no vulgar, “abre as pernas pra qualquer um”. Nos relacionamentos “amorosos”, vemos toda sorte de abusos sendo relatada e muitas vezes tida como “normal”.

Não, isso não é e nunca foi normal, mas está cada vez mais banal. Aquela personagem da minha drabble pode ser qualquer menina, qualquer mulher, qualquer senhora. Pode ser eu, pode ser você, pode ser alguma mulher da sua família.

Sabiam que a cada cinco minutos uma mulher é estuprada aqui no Brasil? Isso o que foi notificado. E os estupros que nunca serão denunciados? As agressões verbais? As agressões físicas, como o olho roxo retratado na minha drabble? Muitas vezes não saberemos, porque tudo está sob uma grossa camada de maquiagem.

E, talvez, muitas vezes isso tudo será ignorado ou será chacota, pois tudo está muito banal. Vejo na internet, nos livros, nos filmes, em fanfics, que tudo isso é banalizado. Tão banalizado que estamos tendo uma explosão de histórias em que os relacionamentos abusivos têm atraído muita gente, tanto ficwriters, escritores, como leitores.

É triste ver como a violência e o abuso desse tipo são praticamente glorificados.

“Um tapinha não dói.”

“Estupro consentido.”

“Tá dizendo ‘não’, mas o corpo diz ‘sim’.”

Será que realmente é “ok” ter sua privacidade invadida? Ser manipulada por alguém possessivo que controla tudo, até mesmo suas roupas, seus pensamentos e tudo? Ser xingada e ofendida? Ter um olho roxo que te obrigue a deixar a cara carregada de maquiagem? Inventar desculpas para hematomas, dizendo serem acidentes?

Realmente é “ok” tudo isso? Se você, escritor (a) ou ficwriter respondeu “sim” a tudo isso, é porque você nunca passou por algo semelhante. Saiba que banalizar coisas tão terríveis e cruéis é como uma ofensa a quem já passou por experiências terríveis nesse sentido. Além de descumprir com as regras do site, claro, mas é mais pesado quando você exalta algo que machuca e que deixa marcas muito profundas na vida de mulheres que passam por isso.

Saibam que isso pode deixar sequelas... Isso, quando não morrem, como acontece com muitas que são vítimas de qualquer tipo de abuso.

Tenhamos bom senso ao escrever, pois são temas muito delicados e que NUNCA devem ser banalizados.

Escutando: Slushii - Sapient Dream
Lendo: As Crônicas de Gelo e Fogo - Volume 1
Jogando: Asphalt 8: Airborne

Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...