~teagukkie

teagukkie
››peachbutt.jpg‹‹
Nome: 𝓋𝒾𝒸𝓀𝓎 * , ☽ ̵c̵̵u̵̵t̵̵i̵̵e̵̵ ̵̵b̵̵u̵̵t̵̵ ̵̵c̵̵r̵̵e̵̵e̵̵p̵y̵ ❣ .
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: São Paulo, São Paulo, Brasil
Aniversário: 12 de Fevereiro
Idade: 5
Cadastro:

Ficha - Exorcist.


Postado



Nome:
Johanna Grace Garhoff.
Idade:
Dezenove anos e nove meses.
Ocupação:
Universitária. Cursa Faculdade de Letras.
Aparência:
Johanna é dona de uma grande beleza. Sua pele é alva e pálida, podendo ser marcada facilmente. Seu corpo é magro, ela não tem curvas notáveis, e seu quadril é levemente largo. Não tem muitos seios e glúteos, mas mesmo assim, continua tendo um corpo delicado e encantador. Mede 1,70 e pesa 49kg, que são muito bem distribuídos pelo seu corpo.

Seu cabelo tem a cor natural castanho claro, mas Johanna atualmente o cortou e o tingiu de loiro, o que realmente combina muito com ela. Seu cabelo vai até um pouco abaixo de seus ombros, não sendo muito curto. Ele possuí uma estrutura ondulada, mas atualmente, está liso. Ela cuida muito bem dele, e o cabelo sempre está com um cheiro adocicado de blueberry, convidando alguém para se aproximar da garota.

Seu rosto tem a moldura certa. Não é nem tão redondo nem tão quadrado, e combina perfeitamente com seu corpo. Seus traços são simples talvez, mas marcantes. Seu nariz, é fino e arrebitado, e as vezes possuí um tom avermelhado, como se Johanna estivesse gripada. Seus beiços são carnudos e corados. Os olhos, são bem posicionados, e possuem um tom azul, que conforme a luz do lugar, pode acabar ficando castanho claro. As sobrancelhas são bem penteadas, e são da cor natural de seu cabelo. Seus cílios são grandes e curvados.











História:
Johanna cresceu a vida inteira com uma família religiosa ao seu lado. Eles eram católicos, pessoas muito bem posicionadas e sucedidas. Seu pai era um rico pastor que pregava a palavra de Deus em todos os países, e sua mãe, uma advogada muito famosa e respeitada. Eles sempre ensinaram o que era certo e errado para Johanna, mas da maneira preconceituosa deles, é claro. A garota era muito pressionada pelos país, e se fizesse algo errado, teria de ficar nua enquanto recebia chicotadas de seu pai. Era horrível.

Quando a garota completou 14 anos, seus pais queriam que a mesma virasse freira. A garota não foi muito com a ideia, recusando tal coisa, pois começava a se sentir atraída pelas colegas de classe. Seus pais, indignados com o que a garota sentia por seu próprio gênero, espancaram-na e a jogaram para fora de casa.

Johanna aprendeu a se virar nas ruas muito nova, mas dava jeito. Apesar do sofrimento que era aquilo, a garota descobriu seus poderes, e aprendeu por conta própria como usa-los. Ela conseguia facilmente defender-se nas ruas. Era temida por lá, a chamavam de aberração. Claro que doía, mas de agora em diante, Johanna aprendeu a não demonstrar mais seus sentimentos.

No seu aniversário de 16 anos, Johanna foi convocada por um estranho homem. Ele prometeu a ela que para onde eles iriam ira ser seguro, e Johanna ficaria bem. Convencida, a garota aceitou ir junto com o homem. Lá aprendeu a controlar mais ainda seus poderes, e a exorcizar. Mas é claro que o homem decidiu que ela precisava também viver a vida dela, e acabou colocando Johanna para estudar em uma Faculdade. Ela aceitou, e neste momento, está a procura de novos demônios na mesma.
Personalidade:
Para falar a verdade, até que a personalidade de Johanna não é tão difícil. Ela é fria, calculista e autoritária, mas conversa normalmente com alguém, mesmo que prefira ficar sozinha. É bipolar, o que irrita muitas pessoas a sua volta, por causa da sua mudança de personalidade. A mesma também odeia isto, já não bastava ser estranha, tinha de ser bipolar.

Johanna é bem equilibrada. Ela não perde a cabeça com nada. Nunca se irrita. Por este mesmo motivo, ela seria uma ótima líder. É estrategista, mas também ambiciosa, e isto é uma de suas falhas. É um problema, porque se algo mudar, Johanna pode facilmente ficar com sede de poder. Mas como ela tem uma personalidade muito disciplinada, isto nunca aconteceria.

Como a garota foi criada sendo ensinada que "se alguém fizesse algo, esta pessoa deverá ser punida", a garota acredita muito nisto. É uma pessoa muito masoquista, e sente prazer em trazer dor física em uma pessoa.

Apesar de sua personalidade horrível, Johanna é uma pessoa protetora. Ela daria uma ótima mãe, claro. Protege amigos próximos como se fossem seus filhos, tanto que quando pequena, suas amiguinhas próximas a chamavam de "Mommy". O pior é que Johanna é muito possessiva, e é claro que mataria alguém por possessão. Não vê problema nenhum em sentir dor.
Habilidades:
Fazer planos.
Mover-se entre as sombras. No caso, sem ser vista por ninguém.
Possuí muitos reflexos.
Ótima em lutas. Era formada em artes marciais.
Exorcizar.
Poder:
Telecinese. Consegue facilmente fazer algo levitar, mas quando é alguém, se acabar fazendo muitas pessoas levitarem, seu poder fica fraco, e Johanna tende em perder sangue, que é escorrido pelo seu nariz.
Armas:
Johanna não costuma usar armas, pois se vira com seu poder. Mas caso precise, ela tem uma pistola aprimorada por ela mesma, é pequena, mas é bem poderosa. A bala contém água benta, caso ela precise exorcizar. A garota também costuma andar com um terço de ouro branco escondido em seu pescoço e uma pequena garrafa com água benta.
Gosta:
Comida japonesa e coreana.
Gatos. São os únicos animais que não saem correndo da mesma.
Estrelas.
Noite.
Outono.
Solidão.
Plantas. Todas, menos as flores.
Bolos.
Não gosta:
Calor.
Se socializar muito.
Insetos.
Família.
Maior medo:
Acabar se aproximando muito de uma pessoa.
Algo a mais?
Sim. Johanna é homossexual.


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...