~teagukkie

teagukkie
››peachbutt.jpg‹‹
Nome: 𝓋𝒾𝒸𝓀𝓎 * , ☽ ̵c̵̵u̵̵t̵̵i̵̵e̵̵ ̵̵b̵̵u̵̵t̵̵ ̵̵c̵̵r̵̵e̵̵e̵̵p̵y̵ ❣ .
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: São Paulo, São Paulo, Brasil
Aniversário: 12 de Fevereiro
Idade: 5
Cadastro:

Ficha - Lost Mind .


Postado


Número 8 .


✧ Nome e Sobrenome ✧
Lalisa Antoine Manoban .
✧ Apelido ✧
Lisa , mas prefere que os menos íntimos a chamem apenas de Lalisa mesmo .
✧ Data de nascimento ✧
Dia 12 de Fevereiro .
✧ Idade ✧
Dezessete anos .
✧ Sexualidade ✧
Bissexual , preferência equilibrada , ou seja , não prefere nem homens nem mulheres , apenas gosta dos dois tipos .
✧ Par ✧
Sim , por favor .
✧ Aparência ✧







Lalisa é uma garota muito bela e encantadora . Sua pele é alva e pálida , sendo facilmente marcada , apenas com um leve beliscar . Sua estatura é razoavelmente alta , sendo 1.71 , mesmo que tenham pessoas bem maiores que ela . Pesa 50kg que são perfeitamente bem distribuídos pelo seu corpo .

Os cabelos são longos e negros , levemente bagunçados , como se ela estivesse acabado de acordar , mas isso só à dá mais charme . Seus olhos são castanho-escuro , levemente puxados para o mel , apenas quando Lalisa está sobre o Sol . Seu nariz é fino e arrebitado , e em dias frios possuí uma certa cor rosada . Os lábios , pequenos e finos , e muito bem esculpidos são uma parte marcante dela . E também , a sobrancelha , sempre bem feita . Lalisa consegue até arquear sua sobrancelha direita , o que é uma grande mania sua .

Ela é magra , tendo peitos e glúteos medianos , mas que chamam atenção . Possuí várias tatuagens pelos braços , costas e barriga , e Lalisa costuma dizer que é sua história escrita nela . Olhando assim , Lalisa parece mais uma daquelas adolescentes normais , mas nada se sabe sobre ela .

✧ Photoplayer ✧
Jessica Beppler .
✧ Personalidade ✧
Esta é uma parte difícil sobre Lalisa , que sofre de grande bipolaridade , desde pequena . Ela não sabe ao certo como expressar seus sentimentos , tem muita dificuldade com isto , e pode acabar afastando várias pessoas de si , por isto Lalisa sempre tem grande cuidado ao se aproximar de alguém . É também classificada como "sociopata" pelos psiquiatras e médicos , o que causou grande desespero em sua família .

Lisa é uma pessoa solitária . Muitas vezes não porque a mesma quer , sua personalidade não é uma opção . Ela odeia sua bipolaridade e se recusa a aceitar que é uma sociopata . Lalisa gosta de se afundar em seus pensamentos , onde ela é cercada de amigos , e é uma pessoa adorável .

Lalisa é uma rosa dentro de um cravo . Ela realmente não gosta das roupas que está usando , das tatuagens que tem , mas as ama ao mesmo tempo . Ela odeia seu cabelo , mas o adora . Lisa é inexplicável , e há mutias formas de descreve-la . Poderíamos simplesmente falar que é uma pessoa dócil , mas seria mentira . Poderíamos falar que é uma pessoa rude , mas seria mentira . Poderíamos falar que é tímida , mas seria mentira . Lalisa é uma mistura de cores e uma garota feita de fases , e por isto deve-se pensar muito bem antes de dizer qualquer palavra com ela .

Apesar de ter esta personalidade , Lisa também tem suas vantagens . Ela é uma pessoa bem protetora e carinhosa quando quer , mesmo sendo um pouco possessiva . Ela consegue ser um doce com as pessoas , mas isto quando esta na sua fase boa , o que raramente acontece . Mas Lalisa teve de enfrentar muitos problemas , muitos mesmos , por ser uma famosa "maga" , nos dias atuais . É muita coisa até mesmo para uma adolescente como ela , mas ela tenta seu melhor . Quer muito fazer amizades e tenta procurar , mas pode acabar sendo um pouco rude .

Lisa é muito inteligente . Terminou a Faculdade com 15 anos , e andou solta por ai , sem saber o que fazer da vida . Ela sempre quer ser a melhor em tudo , demonstrar seu talento com artes . Lalisa sempre foi fascinada pela arte , ainda mais pela arte da loucura , e tende a desenhar muito , desenhar até certas coisas bem perturbadoras para alguém de 17 anos , mas é o que ela tem tendência a ver . Por ser uma "bruxa" , Lisa enxerga além do manto que separa os espíritos dos humanos , e isso simplesmente a enlouquece . Falam que ela é esquizofrênica , mas isto não seria esquizofrenia , e sim , um dom .

✧ História ✧
Não se sabe muito sobre a história de Lisa , mas não é uma daquelas extremamente dramáticas , é simplesmente normal .

Lalisa cresceu muito bem em seu país de origem , Tailandia . Lisa não é bem tailandesa , é uma mestiça . Seu pai seria um brasileiro vindo do Brasil , que estava na Tailandia para estudar sobre a cultura , e sua mãe , uma fascinada em doenças mentais , que o ajudou em seus estudos paranormais . Um casal perfeito .

Desde pequena Lisa via coisas . Ela vias sombras , vultos e até ouvia vozes , mas isto passou a piorar . Ela escondia isto , e quando resolveu contar para uma amiga , ela a dedurou para os pais de Lisa , que resolveram levar a filha à um psiquiatra .

Infelizmente , isto não foi de muito esforço . Só piorou o estado de Lalisa , e ela passou a ver mais coisas ainda , agora claramente . Com 13 anos , ela até tentara suicídio , não aguentava tanta tortura , mas por sorte , seu irmão mais velho a seguiu e a segurou . Lisa nunca foi depressiva , nem teve esses problemas , mas algo nela falava que só assim iria acabar , mas ela já saiu da fase de suicídio .

Sem mais opções , os Manoban resolveram levar a filha à um hospício . O pior erro deles , que nunca souberam o sangue de bruxa que crescia cada vez mais em Lalisa . Ela tinha sede de poder , mas sempre soube se controlar . No hospício ela até começou à praticar certas coisas , tanto que ela conseguia levantar objetos com a força da mente , e até pessoas , mas algo mais pesado a cansava , e Lalisa perdia muito sangue escorrido pelas narinas e ouvidos , e teria de repousar por um longo tempo .

✧ Família ✧

Mãe .

Maireyna Manoban .

Quarenta e quatro anos .

Psicóloga .

Viva .

Embora Lalisa ame sua mãe de todo coração , guarda certo remorso por ela ter a mandado ao hospício .Maireyna ama sua filha , mas tem medo dela ao mesmo tempo , pelo seu comportamento e personalidade diferenciada .



Pai .

Peter Aguiar Manoban .

Cinquenta anos .


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...