~teagukkie

teagukkie
››peachbutt.jpg‹‹
Nome: 𝓋𝒾𝒸𝓀𝓎 * , ☽ ̵c̵̵u̵̵t̵̵i̵̵e̵̵ ̵̵b̵̵u̵̵t̵̵ ̵̵c̵̵r̵̵e̵̵e̵̵p̵y̵ ❣ .
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: São Paulo, São Paulo, Brasil
Aniversário: 12 de Fevereiro
Idade: 5
Cadastro:

Ficha - The Last Of Us - Interativa


Postado

☆ Margott Grace Underwood ☆
☆ Sobrevivente número 16 ☆




Nome: Margott Grace Underwood||12/02||Aquário
Idade: 16 anos, aparenta ter 14.
Orientação sexual: Bissexual
Aparência: Margott é uma garota portadora de grande beleza. Tem os traços angelicais. Um nariz arrebitado, bochechas levemente rosadas, quase não se percebe. Olhos negros que nem seus cabelos longos e macios. Tem a pele alva, que a dá mais ainda uma aparência angelical. Tem lábios finos e rosados, e um corpo magro, com peitos pequenos. Suas coxas são finas, bumbum não muito arrebitado e duro. Muitos jovens de sua idade babam por ela, mas a pequena nem percebe por causa de sua inocência.



Personalidade: Margott apesar de aparentar ser uma garota sensível, é extremamente corajosa. Está disposta á fazer de tudo pelos amigos. É uma menina um pouco esquentada. Não gosta que a contrariem, e quando está errada começa á agir como se fosse uma criança de 6 anos. Apesar de se mostrar forte na frente dos outros, a pequena sabe que atrás dos belos sorriso se esconde dor e sofrimento.
Ás vezes pode ser uma garota extremamente bipolar, o que irrita as pessoas á sua volta. Margott sempre teve uma personalidade difícil. Quando pequena era muito agitada, não dava sossego aos pais. Vivia correndo atrás de seu cachorro. Era diferente de todas as crianças. Enquanto as garotas de sua idade estavam brincando com bonecas, ela preferia brincar de perseguir passarinhos por todo canto.
História: Desde pequena Margott demonstrava muita agitação, e possuí déficit de atenção, o que causou muitas dores de cabeça para seus pais. Ela já havia sido expulsa de umas 3 escolas, e eles preocupados, já não sabiam o que fazer. Seus pais eram muito novos quando a tiveram. Eram "pais inexperientes", por assim dizer. Não davam atenção a ela, viviam discutindo, pensavam apenas em dinheiro e como iriam sustentar Margott. A menina já havia ouvido os pais á chamarem de "falha", o que realmente a deixou irritada e chateada ao mesmo tempo. Era isso que ela realmente eram? Uma falha no sistema?
Margott cresceu distante dos pais, muito distante mesmo. Nas refeições não olhava nos olhos de nenhum dos dois, sempre com fones e não ligando para eles. Com o passar do tempo, o casal foi notando cortes nos pulsos de sua filha. Ela estava praticando automutilação. Quando finalmente perceberam o que haviam feito, era tarde demais. Ela já estava muito distante e bastante deprimida. Não tinha amigos, não tinha ninguém. Cansada de tudo, Margott fugiu para bem longe.
A menina se estabeleceu em uma pequena casa empoeirada e abandonada no meio da roça. Apesar de tudo, gostava dali, e se sentia leve e calma. Agora havia abandonado a automutilação e estava muito feliz com tudo, até que começaram á aparecer notícias. Notícias sobre animais com mordidas que se pareciam com a de um humano pelo corpo, mas algo mais forte havia causado aquilo. A garota começou á se assustar, e em uma certa noite, as criaturas atacaram a casa dela. No meio da luta para fugir, Margott foi mordida no pulso, sem notar, mas até agora, o veneno não fez efeito, e pelo o que parece, a menina é imune.
Roupa:
Casual:

Inverno:

Arma: Possui um arco e flecha modernizado, pois praticava antes de fugir de casa porque os pais eram ricos, e agora o usa para se defender.

O que gosta:
Pintar
Violino
Plantas
Fotografia
Cheiro de café

Desgosta:
Coisas amargas
Desmatamento
Cozinhar
Ataques de bipolaridade

Habilidades:
É muito ágil para correr
Se camufla fácil

Família: Não tem. Depois de fugir de casa soube que os pais morreram.

Imune ou não imune: Imune.

Nacionalidade: Americana.

Trabalha? Não.

Já foi mordido? Sim.

Medos/Fobias/Pavores: Apenas medo de altura.

Algo á mais? Noup.





"Se as pessoas fossem chuva, eu seria a garoa, e ela o furacão."


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...