~teagukkie

teagukkie
››peachbutt.jpg‹‹
Nome: 𝓋𝒾𝒸𝓀𝓎 * , ☽ ̵c̵̵u̵̵t̵̵i̵̵e̵̵ ̵̵b̵̵u̵̵t̵̵ ̵̵c̵̵r̵̵e̵̵e̵̵p̵y̵ ❣ .
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: São Paulo, São Paulo, Brasil
Aniversário: 12 de Fevereiro
Idade: 5
Cadastro:

.Peculiar. { Ficha }


Postado

.ιяιѕ αƖιѕтσяη.


Nome Completo


ǀris Alistorn.

𝐼𝓇𝒾𝓈 É um nome unissex, derivado de uma flor com o mesmo nome. O garoto gosta muito do seu nome ser derivado de uma flor, apesar dos comentários irritantes de garotos de sua mesma idade, chamando de "bicha" e estas coisas. Iris sempre dá de ombros, afinal, ele não pode mudar pessoa irritantes, e sim ignorá-las.

𝒜𝓁𝒾𝓈𝓉𝑜𝓇𝓃 Não se sabe ao certo a origem do nome. Provavelmente francesa, italiana ou russa. Não possuí um significado ao certo. Iris não gosta muito de seu sobrenome: ele não gosta de coisas sem explicação. Para ele, alguém simplesmente foi lá e escreveu seu sobrenome, então acha algo estúpido, e nunca fala o nome completo.





Apelido


Princess, Flower Boy.

𝒫𝓇𝒾𝓃𝒸𝑒𝓈𝓈 Apelido dado pro antigos garotos de sua escola. Eles eram irritantes, falavam que Iris parecia uma garota, e com isto começou o apelido de "princesa". A intenção era fazer Iris se exaltar com eles, mas Luke, o líder do grupo que lhe dera o apelido, se decepcionou ao notar que Iris nem ligava para o apelido. Continuava ignorando o grupo de garotos, que tanto queriam chamar atenção.

𝐹𝓁𝑜𝓌𝑒𝓇 𝐵𝑜𝓎 Este apelido lhe foi dado pela sua irmã mais velha, Celeste. Ela o chama assim pois Iris meio que tem um louco por qualquer tipo de planta ou flor. Ele coleciona as famosas "suculentas", e está sempre procurando flores por ai, por isto que costuma ter seus joelhos rasgados e vários hematomas, por conta de suas aventuras atrás das plantas.





Data de aniversario


Iris nasceu dia 5 de Fevereiro, sendo assim um Aquariano, com ascendência em Gêmeos e lua em Câncer. Iris não é alguém que realmente acredita em Astrologia, em signos, mas como sua irmã é uma fiel leonina, está sempre checando se Iris está agindo de acordo com seu signo. O garoto acha Astrologia uma coisa estúpida, que serve apenas para as pessoas se divertirem formando pares entre si.





Idade


Iris tem 13 anos, apesar de se considerar realmente muito maduro para sua idade.





Aparencia




Apesar de já possuir treze anos, Iris continua com a mesma aura infantil e angelical.

Iris é um garoto parcialmente baixo para sua idade. Isto é algo que o intriga, pois a grande maioria de garotos com a mesma idade que ele são extremamente altos e com os corpos já formados, enquanto Iris parece uma vareta que criou pernas e braços. Sua pele é pálida, e fácil de se marcar. Apenas com um aperto, já há uma enorme mancha vermelha sobre sua pele macia.

Iris é um garoto magro, sem gordura nenhuma aparente, tendo 34kg, e medindo 1,50. Várias pintas são espalhadas pelo seu corpo, principalmente em suas costas e pernas. Iris costuma ter um doce cheiro de morangos silvestres, o que o deixa envergonhado, pois outros garotos cumprimentam o cheiro, sem nem saber que vem de um garoto, e não de uma menina.

Seus cabelos são extremamente macios e volumosos. Iris tem um grande cuidado com eles: realmente, Iris nunca poupou dinheiro em hidratantes. O único problema é o fato de seus cabelos serem extremamente rebeldes, e Iris, apesar de tentar penteá-los, sempre acaba com o famoso "bedhead", e decepcionado. Mas os cabelos bagunçados são justamente um charme, e não um problema. Vão até um pouco abaixo de seu queixo, e quando molhados, quase que alcançam seus ombros.

O rosto de Iris é em um formato oval, o típico. Algumas sardas são espalhadas pelas suas maças do rosto e nariz, coisa que ele até acha bonitinho. Suas sobrancelhas são finas, e apesar de Iris nem dar a mínima para elas, elas são bem penteadas, e complementam perfeitamente bem cada expressão sua. Iris consegue arquear sua sobrancelha direita, o que causa muito estresse em quem está sempre perto do garoto, pois após descobrir tal coisa, ele vive arqueando a sobrancelha.



Seus olhos são grandes, apesar de serem levemente puxados. São negros, e sempre estão cheios de curiosidade e interesse em descobrir algo. Quando Iris sorri, seus olhos ficam enrugados, dando-o um ar infantil. Seu nariz fica logo abaixo, e é fino e arrebitado. Normalmente, seu nariz sempre possuí uma cor avermelhada, como se Iris estivesse sempre gripado.

Os lábios de Iris são diferentes, pelo seu formato. São avermelhados, na cor salmão, e geralmente podem estar sangrando, de tanto Iris mordê-los. É simplesmente uma mania que o garoto não consegue superar: por sempre estar inquieto, ele costuma morder seus lábios para se acalmar.

Os dentes de Iris são brancos e perfeitamente bem alinhados, pelo aparelho que o garoto teve de usar de seus oito anos até os dez. Ele tem simplesmente uma ótima higiene, pelo fato de sua irmã está sempre o cobrando, pois a mesma tem um surto por sujeira. Iris escova os dentes 8 vezes por dia, e quando dá, mais. Eles são simplesmente tão brilhosos quanto a luz do dia.

O corpo todo de Iris é bem sensível. Por causa de um trauma seu, ele não gosta que ninguém toque nele, ou sequer encoste, ou sequer esteja muito perto. Desde aquele dia, Iris nunca mais tocou em ninguém. Ele simplesmente, se fechou, se fechou para o mundo, para as pessoas.





Photoplayer


O photoplayer de Iris Alistorn é Finn Wolfhard.





Orientacao sexual


Então, sobre isto, eu notei que é a partir de 14 anos, mas eu gostaria de te pedir, como eu sei que depois o pessoal vai envelhecer, que colocasse o Iris como homossexual. Caso não der, tudo bem, sem problemas.





Personalidade




Iris tem uma personalidade bem diversificada.

Iris não é alguém que realmente gosta de se socializar com outras pessoas. Digamos que ele está mais para um garoto intelectual, que prefere ficar sozinho no seu canto. Não que ele sempre tenha sido assim, mas quando se passa pelo trauma que este garoto de apenas treze anos passou, é até demais você ainda não ter se suicidado.

Ele tem um péssimo humor. Quase nunca sorri, por isto que quando tal coisa acontece, pode colocar na sua lista de conquistas: "Consegui arrancar um SORRISO de IRIS ALISTORN!". Piadas, cantadas, piadas sujas não são o seu tipo. Ele normalmente nem sequer dá bola para estas coisas, e prefere, realmente, ficar longe de pessoas que fazem malícias.

Talvez pelo fato de ficar sem abraços e calor humano, Iris tenha desenvolvido uma personalidade ruim. Mas não porque ele quer: ele simplesmente não aguenta tocar em uma pessoa sem lembrar-se do ocorrido e começar a fazer algo que mais odeia: chorar. Iris é realmente alguém sensível, talvez tenha vindo daí o apelido "Princess", dos antigos garotos de sua escola. Ele acha que ao chorar, irá se tornar alguém fraco, por isto costuma ser fechado com todos.

A falta de amigos aperta seu peito. Ele sempre está sozinho, o que nunca é algo que ele realmente apreciou, pela sua alta Autofobia: o medo patológico de ficar sozinho. Mais precisamente, Iris simplesmente odeia a si mesmo. Apenas com treze anos, já se acha completamente inútil. Costuma riscar todas as fotos suas, suas carteiras de estudantes todas estão com o rosto do menino detonado por uma caneta preta, e banheiros que Iris usa têm seus espelhos cobertos com toalhas. Olhar para o quão patético ele se tornou, vulnerável a qualquer coisa, o dá desgosto.

Tudo o que Iris precisa é de amizade, calor humano e muito carinho. Ele precisa de pessoas que sejam capazes de proteger este pobre garoto. Ele só está um pouco carente de pessoas que se preocupem com ele.

Apesar de ter muitos problemas, Iris sempre estará sorrindo. Por está razão, ninguém nunca realmente pensara ou imaginara como ele se sente. Ele chegará até a brincar com crianças do orfanato, mas de forma falsa. Ele se sente deslocado de tudo e de todos: parece que está perdido na própria mente e não consegue achar a si mesmo. Sua ansiedade, ataques de pânico e a famosa Autofobia fizeram com que Iris seja o que é hoje.

Uma companhia com a qual ele realmente se dá bem são suas mariposas. Iris abriga mariposas dentro de sua própria mente, e elas são exaladas pelos seus ouvidos. Ele não tem total controle com isto, então se você vir mariposas voando pelo orfanato, culpe este garoto.

Mesmo com muitos problemas, Iris é simplesmente alguém adorável se o conhece bem. Ele é simplesmente gentil com qualquer pessoa que se aproxime, e tenta ao máximo não fazer a conversa ficar muito pesada, pois muitas vezes algumas pessoas não tem noção de espaço pessoal, e ao se aproximarem de Iris, e encostarem nele, ele fica nervoso e sai correndo. Isto já aconteceu muitas vezes com crianças do orfanato, tristemente.



Ele tenta ao máximo cuidar das pessoas a sua volta. Como ele não dá a mínima para sua própria existência, tenta ser útil ajudando os outros com seus problemas. Mas, obviamente, Iris não pode ajudar todos a sua volta, e isto o causa desespero. Ele sempre quer ajudar as pessoas, nem que isto seja preciso com ele se intrometendo. Ajuda é com esse garoto, pode ter certeza.

Iris tem uma personalidade muito aventureira. Ele sempre quer sair se metendo em lugares estranhos, florestas, cavernas e estas coisas. É simplesmente apaixonado por aventuras, e a maioria delas é para poder encontrar uma nova espécime de planta ou flor. Ele é colecionador de suculentas, tem onze até agora, e seu amor eterno por plantas não para ai. Por esta razão o corpo de Iris é tão vulnerável: ele vive caindo de lugares altos que ele costuma subir, como árvores, nas quais ele sobe para poder pensar.

Ele é alguém realmente inteligente. Sempre irá querer expressar suas ideias, e olha que elas são muitas. Ele não é muito bom em estratégia: simplesmente não consegue pensar na coisa mais óbvia e simples em uma estratégia, apenas nas mais difíceis e que certamente levariam alguém a morte. Iris tem uma maturidade parcialmente grande para sua idade, isto quando não é infantil, quando algo não vai de seu modo. Ele fingi estar tudo bem, mas na verdade isto lhe da um ataque de nervos, pela sua grande quantidade de perfeccionismo.

Iris é sensível. Palavras são coisas que realmente o machucam. Ele não se dá muito bem com pessoas rudes e grossas: são realmente insuportáveis. Seu corpo todo é meio mole, ele realmente não dorme muito a noite, pela sua insônia, então costuma madrugar olhando as estrelas, suas companheiras. Ele odeia lugares barulhentos, e também odeia gritos. Iris sempre falara com voz baixa, então preste atenção quando ele falar.

Por ter poucos amigos, quando ele se ver fazendo uma amizade, será extremamente fiel. Facilmente se suicidaria por um amigo próximo, ou até mesmo alguém que fingia ser seu amigo. Iris é simplesmente muito fácil de se manipular: finja ser amigo desde garoto que ele estará nas suas mãos.

Iris é alguém extremamente desastrado. Ele sai tropeçando em tudo que vê. deve tropeçar umas 6,7 vezes por dia. Sempre está pensando em outra coisa: quando você conversa com ele, pode notar sua falta de atenção no assunto, enquanto ele olha para seu copo de leite na frente. Vive quebrando, derrubando, trombando com pessoas e objetos a sua volta, o que é um problema para alguém que não quer encostar em nada.




Historia


[centro] Os dois tiveram uma história muito trágica.

Nasceram em Queens, um bairro em Nova York. A mãe deles era um delinquente desempregada: havia fugido de casa, fazia o que queria, a hora que queria. Em um dos bares em que frequentava, pagando as bebidas com o próprio corpo nu, conheceu um homem que havia acabado de se divorciar. Era maravilhosamente lindo na visão daquela vagabunda qualquer, e a Alisha, a mãe dos dois, partiu ao ataque. O homem estava chantageável, então concordou como um cachorrinho quando a mulher o arrastou para o único quarto daquele bar horrendo.

Tiveram uma ótima noite de prazer: mas foram irresponsáveis. Sem proteção, a mulher, que antes se considerava livre, acabou engravidando pela primeira vez. Estava desesperada, e quando o homem, Gustav, soube daquilo, apenas a pediu em casamento e assim, os dois casaram-se o mais rápido possível. O francês não queria parecer irresponsável sobre aquela situação toda.

Os anos passavam atrasados e horríveis. Gustav era formado em Direito, e por esta razão era um advogado de muito respeito, mas sua mulher continuava sendo uma vagabunda alcoólatra, que não dava a mínima para algo, e continuava transando com outros caras. O francês não suportava mais aquilo: decidiu dar a mulher outro presente, para ver se assim ela amadurecia.

Logo mais, nasceu um frágil garoto, que deram o nome de Iris. O menino era esquecido, assim como sua irmã mais velha. Os pais não davam a mínima para eles: deixavam-nos jogados em qualquer lugar da casa, uma vez, Guistav quase tropeçara em sua filha quando menor. Celeste, ao ver o irmão mais novo, se encantou. E mesmo que ainda fosse pequena e usasse fraldas, ela mesma que tomava conta dele, esquentando seu leite e o acarinhando de noite.

Os anos se passaram, e Alisha não mudara nada. Talvez estivesse mais alta, mais continuava a mesma adolescente delinquente que dava para qualquer um a qualquer hora. Ela voltava bêbada para casa, fumava demais e acordava as crianças. Gustav percebeu o erro que havia cometido, e como não tinha como voltar para trás, ele resolveu se divorciar pela segunda vez. Alisha nem se importou: ficou com as crianças. Gustav foi embora, mas mandava sua irmã, a madrinha das crianças, ir lá sempre.

A madrinha parecia um anjo na visão das crianças, se não era. Ela era peculiar, e abrigava flores dentro de si. Era simplesmente um doce de pessoa, sempre brincando com as crianças, sempre levando-as para passeios demorados em parques. Era a melhor tia que as crianças poderiam querer, e estava sempre muito sorridente. Alisha apenas jogava as crianças na mão da moça e passava a tarde fumando ou em bares sujos pela rua.

A mulher possuía um filho. Com toda certeza, nem se comparava a doçura dela. Era um garoto horrível e amargo, que sempre que podia, machucava Iris, batendo nele ou implicando. Certo dia, a madrinha teve a brilhante ideia de levar seus afilhados e filho para um parque de diversões. Seu pior erro.

Iris e Jorge ( o filho ), estavam esperando na fila de uma montanha russa. Eram os primeiros na fila. Jorge ia com os insultos normais, e Iris como sempre, o ignorava, mas então ele resolveu pegar em um assunto restrito.

- Quer dizer que sua mãe é uma vadia, Menininha? - perguntou Jorgie, caçoando dele. - Vadias merecem morrer queimadas, Iris. Sua mãe vai morrer queimada no inferno, rebolando no colo do diabo!

Apesar de ter apenas 11 anos, Jorge sabia muitas palavras feias. Aquela fora a gota da água para Iris. Tanta raiva subiu-lhe pela cabeça que várias mariposas saiam de seus ouvidos, e pessoas corriam pelo parque. Jorge ficou confuso, mas mais confuso ainda quando sentiu Iris empurrá-lo para trás, e foi bem nesta hora que ele caiu sobre os trilhos e foi esmagado sobre o brinquedo.

Foi tudo horrível. Apesar de saber que precisava proteger os afilhados peculiares, a madrinha ficou com tanta raiva que acabou se exaltando, e quase chegara a ponto de agredir Iris, mas foi impedida por Charlie. Ela ficou desesperada, e correu para longe daquele parque, aos prantos. Charlie puxou Iris pelo seu pulso e correu junto com o irmão, levando-o para longe dali. Iris chorava: não queria e nunca imaginaria machucar alguém daquele modo. Ele havia matado alguém. De seu próprio sangue.

Charlie e Iris voltaram para casa. A mãe deles ficou receosa, apenas cuidava dos filhos por obrigação. Temia aquelas feras, temia aquilo. E Iris ignorava o fato de sua peculiaridade estar se manifestando. Ele agia normalmente, nem tanto, pois agora, nunca tocava em ninguém.

Passados alguns anos, Celeste tinha dezesseis anos e Iris treze. Eles receberam uma estranha mensagem pelo correio: com a assinatura de uma Srta. Greenfinch e endereço de uma ilha em algum lugar. Ignoraram, mas as cartas não paravam, e algumas vinham com a assinatura de Barbara Boucher, a madrinha dos dois. Confusos, e pensando que a madrinha estava tentando recebê-los em sua nova casa, pegaram suas coisas, deixando sua mãe alcoólatra ali.




.cнαяℓιє αℓιѕтσяη.



Nome Completo


Celeste Alistorn.

𝒞𝑒𝓁𝑒𝓈𝓉𝑒 É um nome de origem inglesa. O próprio nome já diz o significado. "Luz celeste". A garota não é muito fã do seu nome, por esta razão, sempre pede para qualquer conhecido seu chamá-la apenas de "Charlie".

𝒜𝓁𝒾𝓈𝓉𝑜𝓇𝓃 É um sobrenome sem origem ao certo, mas provavelmente é de origem russa, italiana ou francesa. Celeste é diferente de seu irmão: gosta do sobrenome justamente por não ter significado, por ser espontâneo. Sempre falará seu nome completo para as pessoas, apenas trocando o "Celeste", por "Charlie".





Apelidos


Flowerely, Charlie.

𝐹𝓁𝑜𝓌𝑒𝓇𝑒𝓁𝓎 Este apelido lhe foi dado pela as crianças do lar da Srta.Greenfinch. É pela sua peculiaridade, que é abrigar flores, margaridas e rosas salmão dentro de si. Charlie não tem total controle sobre isto, e por esta questão, às vezes, enquanto ela anda, margaridas e rosas de coloração salmão rosada são deixadas por ai, grudadas no piso.

𝒞𝒽𝒶𝓇𝓁𝒾𝑒 Este apelido foi dado por si mesma. Charlie não gosta muito de seu verdadeiro nome, e por está razão, sempre se apresentará como Charlie Alistorn. Mas, obviamente, amigos íntimos sabem seu nome verdadeiro.





Data de aniversario


Charlie nasceu no dia 10 de Agosto, sendo assim uma Leonina. Ela acredita muito em Astrologia, tanto que está sempre checando se está agindo de acordo como manda seu signo. Ela gosta de formar pares entre si e outras pessoas a partir da Astrologia, mas apenas de brincadeira. Celeste vive checando se seu irmão age de acordo com o signo correspondente dele, o que importuna o mais novo, que sempre fala para sua irmã que tudo isto é apenas baboseira.





Idade


Charlie tem dezesseis anos.





Aparencia




Celeste é realmente dona de uma grande beleza.

Diferente de seu irmão, sua pele não é tão pálida assim. É levemente bronzeada, nada que a faça parecer um salgadinho ambulante. Sua pele é macia, e costuma possuir um cheiro de bolo de chocolate, por conta do sabão que a garota usa. Ela é parcialmente alta, medindo 1,67, e é magra, tendo apenas 49kg. A consistência da pele de Charlie é dura, e por está razão não é tão fácil de se marcar como a de seu irmão.

Seus cabelos são médios, batendo no meio de suas costas. São ondulados como ondas, sendo eles castanhos acinzentados. Charlie acha que o cabelo parcialmente longo a atrapalha muito, por isto costuma usá-lo mais em um rabo de cavalo alto, e para trás, com alguns fios soltos na frente. Ela tem muito mais cuidado com seu cabelo do que Iris, sempre o hidratando, lavando-o todos os dias, pela sua grande higiene. Eles sempre estão cheirosos, e Celeste corta seus próprios cabelos. Ela seria até que uma ótima cabeleira, digamos assim.

Seus glúteos e seios não são tão fartos, mas dão durinhos, e suas nádegas são empinadas. Ela tem um belo corpo, atraindo atenção por onde passa. Suas coxas são parcialmente grossas, e vão afinando. Charlie não é alguém que realmente gosta de roupas com decotes, então nem sempre há muito o que se ver.

Diferente de seu irmão novamente, Celeste não possuí quase nenhuma pinta. Apenas três em suas costas, e duas em sua canela/perna. Ela acha sardas e pintas algo meio estranho, o que é uma das poucas coisas em que ela e seu irmão descordam.

O rosto de Charlie também é o típico oval. Cada traço seu complementa o outro. Suas sobrancelhas são finas, e extremamente bem penteadas. Ela tem muito cuidado com sua beleza, é realmente muito vaidosa.

Seus olhos são grandes e na cor azul. São realmente um cor muito específica e bela, Charlie morre de amores pelos seus olhos lindos. Seus cílios são grandes e curvados sem nem precisar de rímel, mas ela o passa mesmo assim. O seu nariz é arrebitado e fino, normalmente bem vermelho, talvez mais do que o de seu irmão mais novo.

Os lábios de Charlie são pequenos e finos, além de serem avermelhados, e sempre estarem preenchidos por um gloss de morango. Quando ela costuma estar brava, faz um doce biquinho com eles, apesar da intenção ser parecer assustadora. Sua bochechas são coradas, e Iris, seu irmão mais novo, costuma adorar apertá-las.

Os dentes de Celeste são impecáveis. Pela sua Misofobia, sua higiene é impecável, e por esta razão, ela escova os dentes no dia a cada um em um minuto. Ela realmente é fanática por limpeza, nada menos que se esperar de uma garota como Charlie, que abriga flores dentro de si. Eles são brancos e perfeitamente bem alinhados, pelo aparelho móvel que ela usava até alguns meses atrás.





Photoplayer


A phoplayer de Charlie Alistorn é Natalia Dyer.





Orientacao sexual


Apesar de Celeste ser bem confusa nesta questão, sua orientação sexual é Assexual e Charlie se declara uma panromántica.





Quer par?


Sim, por favor, de preferência um homem, mas se não der, sem problemas.





Personalidade




Charlie é alguém que você provavelmente queira por perto.

Primeiramente: ela é uma pessoa totalmente sociável e amigável. Só não é muito boa em puxar conversas, então, contanto que você incie o papo, ela será alguém gentil. O humor é seu forte: ela é realmente alguém divertida e extrovertida, apesar de sempre parecer muito fechada, talvez por ter passado muito tempo com seu irmão de pouco coração e grande cérebro.

É totalmente ativa e animada, pela sua grande quantidade de hiperatividade, não consegue parar quieta. Sempre estará tentando animar as pessoas a sua volta para caminhar ou fazer algo divertido, o que causa estresse nas pessoas ao redor dela.

Curiosidade é algo que a define. Está sempre procurando respostas para questões mal respondidas pelas pessoas, está sempre querendo saber mais e mais sobre o universo e o mundo. Charlie é extremamente estudiosa, suas notas são todas acima de 8,0. Seu forte é a estratégia: tem ideias ótimas, o problema é executá-las.

Não é nada articulável. Charlie é literalmente uma pedra em questão de ginástica e dança: fica toda sem graça e envergonhada. Seu forte não é mover seu copro, com toda certeza. Apenas de tentar dar uma estrelinha, ela já se quebra toda.

Charlie pode ser sincera. Até demais. Por já ser tagarela, acaba falando coisas que não devia, coisa que ela odeia, pois podem muitas vezes ferir o sentimentos de alguém. Principalmente de seu irmão, que já é alguém totalmente sensível e dramático, imagina se Charlie falar algo que o fere?



É tímida. Talvez seja pelo fato de ter margaridas e rosas cor salmão dentro de si, mas ela realmente nunca começara uma conversa. A pessoa sempre terá que puxar assunto, e assim Charlie começara a se mostrar uma pessoa totalmente diferente.

Não suporta pessoas que falam baixo demais. O simples fato de Charlie não conseguir ouvir nada já é o bastante para ela odiar lugares e pessoas silenciosas. Ela lembra de sempre cochilar nas brigas de seus pais, e por está razão meio que acabou se acostumando, dormindo apenas com o barulho a sua volta. Ela acha que em lugares quietos demais as pessoas podem ter a chance de fazer mal ao seu irmão ou a ela.

Teimosia é seu forte. Costuma exigir demais de si mesma, pela mesma razão do irmão mais novo: quer ajudar as pessoas demais, e acaba nem lembrando de sua própria existência. Ela simplesmente se importa demais com os outros, e pouco nela mesma.

Charlie é sempre levada a fazer ações através de seu coração. Costuma trocar seu cérebro pelo coração, e pensa em fazer apenas as coisas que faram outras pessoas sorrirem. Talvez um pouco diferente de seu irmão, que costuma pensar demais e agir de menos.





Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...