~Cruciatus_

Cruciatus_
Why So Serious ?
Nome: |Pizza| || [Maju; Krusty; Sam; Lissa; Liih; Biah; Rapha; Libelula; Nathy]
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: 8 de Março
Idade: 18
Cadastro:

Suicide Squad


Postado

Suicide Squad

1° Ficha - Antes de se tornar vilão



╋ Nome Completo ╋

Annastasya Nikolaevna Gelu

╋ Significado dos nomes ╋

Annastasya → Significa " a ressuscitada" , " a que tem força para ressuscitar".

Nikolaevna → (Não consegui achar significado desse nome )

Gelu → Latim para "Congelante"

O nome de "Annastasya Nikolaevna" fora lhe atribuído mesmo antes de ela nascer devido à intenção da sua mãe a querer criar como uma verdadeira princesa, e qual seria melhor nome do que o nome da tão famosa lenda da "Princesa Desaparecida" da Rússia ?

╋ Apelido ╋

Annya → Diminutivo do seu primeiro nome.

Nastasy → Outro diminutivo de seu nome, um apelido considerado estranho por Annastasya mas o mesmo fora atribuído por sua mãe .

╋ Nacionalidade ╋

Russa

╋ Idade ╋

27

╋ Sexo ╋

Feminino

╋ Sexualidade ╋

Heterossexual

╋ Dia do nascimento ╋

01.01.1997

Ela nasceu exactamente às 00h00 da noite de passagem de ano.

╋ Signo ╋

Capricórnio

╋ Aparência ╋



Mesmo sendo "vítima" da rara condição de albinismo, Annastasya não deixa de possuir uma beleza natural um tanto quanto incomum e chamativa.
Os seus olhos são da rara coloração de púrpura e se destacam facilmente dos seus cabelos brancos naturais e pele pálida como a neve.
Os seus lábios são rosados , o que os faz se destacarem também facilmente.
Corar é algo que não acontece com Annya, o seu tom de pele mantém se dá mesma cor 24 horas por dia.
Possuidora de traços delicados e femininos mais um corpo pouco curvilíneo com seios pequenos e bunda igualmente pequena, como se ela fosse uma adolescente de 15 anos, fazem ela parecer parada no tempo e faz ela parecer não ter crescido durante 12 anos.

╋ Personalidade ╋

Annya era uma criança estranhamente dócil devido à sua inocência e falta de conhecimento sobre o mundo exterior.
Extremamente sossegada, sendo que nunca reclamou ou questionou algo a alguém.
Sempre fora extremamente certinha, parecendo até mesmo um soldado sempre seguindo todas as ordens de seu pai sem nem mesmo questionar em nada.
Ela queria acima de tudo ser o orgulho de seus pais.
Ela era extremamente ingénua e confiava sua vida a seus pais sem nem pensar duas vezes, ela os amava incondicionalmente e mesmo que seu pai não demonstrasse o mínimo amor por ela, ela sempre se mentalizara que ele apenas tinha uma maneira diferente de amar ( que sera explicada na história).
Sendo que foi ensinada em "casa", Annya podia não ser a pessoa mais inteligente mas sempre fora esforçada em aprender e sempre fora fascinada por tudo o que envolvia línguas diferentes, o que a tornou capaz de dominar até 6 línguas diferentes.
Ela era o tipo de pessoa que amava abraços e demonstrações de afeto, embora apenas sua lhe demonstrasse esse afeto e mesmo assim muito reduzido.

╋ História ╋

Pietro Gelu é o um dos homens formados em medicina mais conhecidos em todo mundo, ele é conhecido pelas suas extensas pesquisas em condições genéticas rara mas em um caso em especial, o albinismo. É rodeado de câmaras literalmente 24 horas por dia e possuía uma enorme mansão nos arredores de São Petersburgo.
A coisa que ele e a sua mulher, Frida, mais queriam em todo mundo era um filho.
Depois de longos anos tentando, depois de 5 abortos espontâneos e depois de várias tenta de inseminação artificial falhadas eles já haviam perdido a esperança até que .... Aconteceu.
Frida havia engravidado de uma menina que aparentava estar a desenvolver-se extremamente bem, embora Frida estivesse com uma gravidez de alto risco, tudo corria bem e a gravidez de Frida fora capa de revista de vários países.
Passados apenas 7 meses, Annya decidiu que era a altura de nascer.
Frida entrara em trabalho de parto e tivera a sua primeira filha em casa com a ajuda de enfermeiras que seu marido havia contratado.
Annya nascera com uma estranha tonalidade de azul e sem batimentos cardíacos... Já a desesperar enquanto as enfermeiras tentavam fazer o coração da pequena bebê bater, Annastasya voltou à vida.
Mal Annya ganhou cor Frida logo soube que algo estava errado com a sua filha pois ela era tão pálida quanto a neve que caia em abundância do lado de fora da mansão.
E foi no preciso momento em que Pietro Gelu soube que a sua tão esperada filha sofria de de albinismo, que Pietro viu a oportunidade de aprofundar mais as suas pesquisas sobre o albinismo naquela crinça.
E assim começou.
Pietro escondeu a existência da sua filha do mundo afirmando à imprensa que a mesma não sobreviveu ao parto devido a umas complicações, mas o pior foi que ele escondeu o mundo da sua filha.
Annastasya crescera em uma parte remota da mansão, uma parte clínica que Pietro usava para pesquisas sobre condições genéticas.
A principio tudo corria bem, ate o momento em que Pietro, em uma das analises ao sangue de Annya, achou indícios de hipopituitarismo.
Hipopituitarismo é uma caracterizada pela diminuição da secreção de um ou mais dos oito hormônios normalmente produzidos pela hipófise, o hormonio afectado no caso de Annya fora o do crescimento( GH), o que fez o seu crescimento ir diminuindo ao longo do tempo parando por completo quando a mesma tinha 15 anos.
Por outras palavras : A aparecia de Annya irá sempre ser a mesma de quando ela tinha 15 anos.
Mas ainda se mantinha a questao : de onde viera essa doença ?
Semanas antes de descobrir a sua gravidez, Frida ofereceu-se como "cobaia" do soro HYU-N589, soro criado por uma organização da União Soviética que pretendia melhorar as habilidades humanas a pelo menos 80%, concedendo assim mais acesso à mente humana.
No total eles experimentaram o soro em 8 pessoas, e os resultados foram todos negativos, menos em um pessoa que de alguma forma desenvolveu Telecinese.
Essa pessoa nao fora Frida pois entretanto ela descobriu a a sua gravidez e interrompeu as injeçoes do soro com medo da criança desenvolver alguma doença ou deficiência como efeito secundário.
O que acabou por fazer Annya desenvolver o hipopituitarismo.
Pietro, honestamente, nao se importou muito com a noticia pois ele nao considerava Annya sua filha de qualquer forma, e depois dessa noticia passou a ser ainda mais duro com ela.
As coisas so começaram a amenizar quando Annya fizera 16 anos e Frida descubrira a sua segunda gravidez.
Darya nascera perfeita. Ela logo fora tratada como uma verdadeira princesa e fez com que Frida se esquecesse de Annya e Pietro se torna se um pouco distraido, o que permitiu Annya de ir ao computador dele e ler sobre tudo sobre a sua doença e até mesmo ler artigos de jornais e ver vídeos no YouTube de entrevista em que seus pais afirmam que ela morrerá no parto.
Chocada, magoada e revoltada, Annya fugira de casa e fora ter à porta de um orfanato alegando ter sido abandonada.

✖ Família ✖

▶ Nome: Pietro Nikolaevna Gelu

▶ Idade: 57

▶ Relacionamento com o personagem:Péssimo, nao considera Annya uma filha mas sim um objecto de laboratório em estudo.

▶ Aparência:

▶ Vivo ou morto: Vivo

_-_-_

▶ Nome: Frida Kristina Gelu

▶ Idade: 56

▶ Relacionamento com o personagem: No começo era razoavelmente afectuoso ate o nascimento de Darya .

▶ Aparencia:



▶ Vivo ou morto: Vivo.

_-_-_

▶Nome: Darya Rayssa Gelu

▶Idade: 11

▶Relacionamento com o personagem: Nulo, nunca se conheceram.

▶Aparencia:



▶ Vivo ou morto: Vivo.



2° Ficha - Vilão



╋ Identidade falsa╋

Annya literalmente muda de nome sempre que tem uma nova vitima.
Ela ja usou o nome Dasha, Brooklyn, Natasha, Natalia, Amanda, Arya .... Entre muitos outros.
Embora ela seja mais conhecida como Koroleva El'f, o que significa Rainha Elfo.
Devido ao grau de dificuldade do seu "nome" normalmente a chamam de Kory.

╋ Aparência de vilão╋
As unicas coisas que mudaram em Kory foram o seu cabelo e o facto de ela descubrir ter mais um problema sem causa aparente que a faz chorar sangue

╋ Habilidades╋

-Representar , ela é uma ótima atriz.
-A sua aparência inocente que leva muita gente a não acreditar que ela seja capaz até mesmo de matar uma simples mosca.
-O seu "poder" de manipulação levando pessoas a confundir se é contar lhe o que ela quer quando quer.

╋ Poderes ╋

Nenhum

╋ Como conseguiu os poderes╋

------------------------------------------------

╋ História de vilão╋

Kory após fugir de sua casa, como antes referido , dirigiu se a um orfanato onde ela afirmara chamar se Arya, ter apenas 13 anos e os seus pais a mandaram para aquele lugar.
O local era um orfanato católico.
Então Kory lá ficou por um mês em que ela se perguntava se seus pais estariam sentindo sua falta.
O que não estavam.
Pietro e Frida não a procuraram , e não podia informar o mundo do seu desaparecimento, afinal, ela "não existia".
No orfanato, um mês depois, um casal russo que procurava adotar uma criança ou até mesmo adolescente conheceu Kory .
Kory, ainda na sua inocência, fora honesta com eles em relação aos gostos e tudo ( claro que ela não contara a sua história ) e o jovem casal logo decidiu adota la.
Kory vivera com eles 1 ano , e nesse tempo ela nutriu uma, digamos assim, atração pelo seu pai adotivo.
Kory tentara seduzi lo mas como não conseguira, ela o matou e matou a sua mulher também , incendiando a casa de seguida e fugindo.
E isto se repetiu mais , duas, três, seis, oito vezes .
Na quarta vez fora um casal americano que a levara para a América.
E quantas mais rejeições ela levava , mais vontade ela tinha de matar.
Matar tornou se o seu calmante basicamente.
E ela adora ver a vida desvanecer dos corpos das suas vitimas.
Até que ela literalmente se fartou de agir escondida. Interpretar sempre fora seu forte , verdade, mas estava a dar muito trabalho e estava a receber demasiadas rejeições.
Então, Kory, decidiu que era a sua altura de "brilhar " e " deixar o teatro amador". Ela começou a cometer assassinatos cada vez mais regularmente e sem se ter de ir à um orfanato.
Ela Simplesmente "vendeu se" ao mercado negro.
Uma parte do mercado negro onde se pagava para matarem e torturarem pessoas, uma espécie de organização chamada "CUINHELL" ( See You In Hell) .
Lá pessoas ( geralmente pessoas de bastante poder e bastante ricas com grandes inimigos) apenas entregavam um envelope que dentro continua o nome , idade, morada e foto da vítima e uma certa ( bem alta) quantia de dinheiro.
Dentre de grandes "empregados" da CUINHELL, Kory é das mais requisitadas.

╋ Personalidade de Vilão╋

O seu sorriso dócil e ingenuidade prevaleceram, ela no inicio de conhecer mostra se extreamente dócil e , digamos assim, inocente. Kory faz qualquer pessoa dúvidar de ela ser uma vilã e ela gosta disso.
Age de uma forma um tanto misteriosa deixando frases pela metade e nunca fornecendo toda a informação ou até mesmo manipulando a informação de modo que a mesma chegue de uma forma distorcida.
Age como uma criança de modo a transparecer inocência dizendo coisas engraçadas ou até mesmo idiotas mas com um sorriso de criança na cara.
Mesmo agindo como uma criança ela é bastante criativa e audaciosa , o que a leva a formar planos que geralmente podem ser considerados bons.
Contudo, quando se trata de matar, a história é outra.
Profissional, fria e implacavel em tudo o que faz. Muita gente pensa que ela sofre de um transtorno de personalidade, o que ela nao tem, Kory apenas gosta de ver a expressao de confusao no rosto das pessoa.

" Pequenas atrizes sempre pegam os maiores papeis..."
Koroleva El'f ( Kory)

╋ Roupa de vilão╋

Kory simplesmente AMA roupas estilo Lolita



╋ Armas



Esta chave pistola mede cerca de 40cm e esta a servir de colar presa por um fio de prata.
Kory ganhou a arma como seu pagamento pela morte de um empresario de sucesso da industria musical de Brooklyn.



Esta "flauta" mede cerca de 75cm e foi achada por Kory em uma loja de antiguidades.
Excusado será dizer que ela roubou a mesma né.

Informações

╋ Gostos╋

-Liberdade
- Falar das diferentes torturas que ja executou
- Pessoas que falam muito
- Pessoas incontroláveis
-Cores escuras
- Sangue
- Pessoas ruivas ( ela A M A ruivos)
-Coisas diferentes
- Matar
- Ouvir implorar pela vida
- Submissao

╋ Desgostos╋

- Cor de rosa
- Cores vivas
- Homens possessivos
- Ordens em demasia
- Ser obrigada a algo
- Falar sobre a sua vida antes de ser uma vilã
- Rotina

╋ Manias╋

Brincar com as pontas do seu cabelo;
Soprar a sua franja quando esta entediada;
Balançar as pernas quando ela fica sentada em uma cadeira e nao chega com elas (pernas) ao chão;

╋ Medos╋

Ela tem o medo de se render aos encantos da paixão e se prejudicar.

╋ Objeto valioso ╋

------------------------------------------------------------

╋ Extras da aparência ╋

Kory tem uma estranha marca de nascença na parte de traz do seu pescoço.
A marca vermelha contrasta contra a sua pele branca.


Ela mede apenas 1,53 e pesa uns miseros e constantes 40kg

╋ Alguma meta de vida╋

Durante muito tempo, tudo o que Kory queria era apenas amar e ser amada. Acordar todos os dias com um homem do seu lado, casar , ter filhos, um cachorro.... Enfim. Uma família .
Mas conforme o tempo foi passando, as rejeições aumentando e Kory fora perdendo a esperança deixando o seu mundo antes esperançoso pela chegada de amor em sua vida, cinzento e escuro.
Uma escuridão que apenas fora substituída pelo vermelho do sangue.

╋ Par:

( ) Escolherei eu mesmo
( ) Criarei o par do meu personagem
( x) Quero que a autora escolha por mim

Se possível alguém "incontrolável" e muito insano. Alguem que fosse amante de uma boa tortura e que nao conseguisse resistir ao doce aroma do sangue.
Alguém que fosse possessivo e fizesse Kory questionar os seus gostos e os seus principios.
Um tanto quanto misterioso e enigmático, alguém que pela primeira vez desde que se tornou vilã, deixasse Kory confusa.

╋ Música do personagem╋



"Nothing in the cage of my ribcage
Got no heart to break, like it that way
Nothing in the cage of my ribcage
Emptiness is safe, keep it that way "

╋ Frase que seu personagem sempre diz ou interpreta em sua vida╋

" A vida precisa sempre de um pouco de cor, porque não vermelho ? "
Ela fala isso normalmente com a sua voz mais doce e inocente.
O "vermelho" na frase refere se ao sangue .

╋ Algo a mais╋

Creio que nao :v

╋ Sabe que posso matar seu personagem se preciso, não sabe╋

Sim, já tinha calculado isso.

╋ Seu personagem será de minha autoria a partir dai, tem noção disso╋
Tenho sim ^^

Escutando: How To Save A Life - The Fray
Lendo: Harry Potter E A Criança Amaldiçoada Parte Um E Dois
Comendo: Pipoca
Bebendo: Coca-Cola

Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...