Bloody Tears


Postado

Bloody Tears

Ei garotinha, você está chateada, não está? Eu posso ver a tristeza em seus olhos. O que eles fizeram com você? Eles te machucaram, não foi? Não só externa, mas também internamente. Eles retiraram toda a pureza de seu coração e encheram de sentimentos ruins. Dor. Solidão. Ódio. Mas que coração? Eles haviam o retirado também. Eles o retiraram e quebraram pedaço por pedaço, até a única coisa que sobrara era um espaço vazio.- Oh, menininha, você é uma pessoa tão vazia! Seus olhos verde esmeralda agora são vermelho sanguinário. Seus cabelos cacheados e louro mel agora são negros e sem vida. Sua pele alva e macia agora é cheia de cicatrizes. Eles lhe tornaram algo que você jurou que nunca seria, eles lhe tornaram um monstro, não foi? Você quer fugir, quer gritar, mas não pode. Você tem sede por vingança. Quer fazê-los sofrerem e vê-los se destruindo- ah, essa seria sim a maior das vinganças! Mas você não pode. Não pode porque não tem coragem. Não pode porque é fraca. Você é fraca, não é mesmo? Sim, você é. Ao invés de agir, fica encolhida em um canto nessa sala branca, com os fones nos ouvidos, derramando lágrimas de sangue. Você pega a caneta e o caderno, a fim de transmitir tudo isso para o papel através de um desenho. As lágrimas de sangue. Mas você não consegue. As coisas não se esvairam do ser humano como as folhas se largam das árvores com um pequeno vento. É necessário um tornado para jogar esse vazio para longe. Você está desenhando, o que você está desenhando? Olhe só, uma garota de cabelos esvoaçantes, de vestido vermelho, caminhando calmamente por uma imensa floresta escura e sem fim. Seria esta você? Caminhando sempre em meio de seu próprio paradoxo, sem nunca encontrar um fim? Não, a garota do desenho possui algo que você não: a liberdade. Você vive presa por essas enormes cercas de arame farpado. Elas lhe impedem de realizar qualquer ação. Até respirar se torna doloroso em meio a situação que você se encontra. Há agora muito sangue no desenho. Ei! Não o rabisque assim! Está estragando. Agora você está o rasgando. O desenho está destruído, assim como você. Ei, você está chorando? Não chore! Assim você demonstra fraqueza. Lágrimas de sangue. Eles não merecem seus esforços. Isso, recomponha-se. Mantenha sua postura de orgulhosa e independente. Continue com sua mentira. Afinal, você é dependente. Você não quer estar sozinha, nem ser vazia, isso está lhe matando. Agora você voltou a chorar. Lágrimas de sangue. Você está gritando, clamando por ajuda. Não adianta. Ninguém virá lhe salvar. Se não vieram antes, por que agora? Lágrimas de sangue. Você está com algo na mão, seria isso uma lâmina? Idiota. Não adianta nada se machucar. Acha mesmo que isso trará algum benefício? Você é realmente fraca. FRACA! Não merece um segundo do meu tempo. Você... quer que eu fique? Ei garotinha, você finalmente percebeu que eu posso ser a solução de seus problemas, não é mesmo? Posso ser seu confidente. Posso lhe trazer a vingança. E desejarei somente sua alma em troca. Isso! Trarei sua vingança eterna, mas... você quer realizá-la com suas mãos? Surpreendente. Mocinha, agora você está os matando. Todo o seu redor se estende em vermelho carmesim. Todos estão mortos! MORTOS! Você gargalha em meio de todo aquele sangue. Oh, linda menininha, o que restou de sua sanidade? Ei, garotinha, chegou sua hora. Seu semblante agora se contorce em dor. Não resista. Você relaxa. Isso, assim será menos dolorido. Entregue-me tua alma, pequena criança! “O-obrigada...” você diz. Oh, como eu gostaria de lhe poupar disso! Sinto muito. Mas ei, garotinha... não me desafie olhando diretamente em meus olhos... Lágrimas de sangue.

XXXXXXXXXXXXXXX

Oi gente! Faz um bom tempo que eu não dou sinal de vida aqui no Spirit e eu peço eternas desculpas por isso. É que eu estou num período muito apertado na minha vida e to estudando até a morte, com cada vez mais e mais trabalhos para fazer. Porém, para compensar minha ausência, resolvi postar esse textinho que eu escrevi como forma de desabafo.
PS: Espero que o Spirit não exclua ele por considerar algo que possa causar desconforto psicológico.


(Imagem by Zombion, Devianart)

Escutando: Pity Party-Melanie Martinez
Comendo: Brigadeiro

Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...