Relics of the Earth


Postado

Relics of the Earth

Nome Completo: Charlotte (Charlie) Bertrand

Idade e Data de Nascimento: 01 de Setembro de 2434. 18 anos.

Gênero: Feminino

Aparência: http://data.whicdn.com/images/219142346/large.jpg
http://data.whicdn.com/images/249951327/large.jpg
http://data.whicdn.com/images/219839486/large.jpg
http://data.whicdn.com/images/242157807/large.jpg

Descrição: Seus olhos são verdes, sua pele clara, possui algumas sardas no rosto, lábios pequenos porém bem desenhados. Seus cabelos são ondulados e cacheados. Ela é alta e magra, tendo 1,70 de altura. Porém com curvas bem definidas.

Piercings?: Nope.

Tatuagens?: Não.

Ator que o Represente: Willa Holland

Sexualidade: Heterossexual

Personalidade: Por mais que Charlie tenha passado por momentos difíceis, continua a mesma garota gentil e doce de sempre, porém não confia muito nas pessoas e se tornou bastante fechada. Não gosta muito de falar sobre si mesma ou sobre os pais. Odeia quando tentam controlá-la contra sua vontade ou manipulá-la, por isso pode ser bem complicada quando insiste em ser teimosa. É bastante determinada, sendo difícil fazê-la desistir de algo que quer. Audaciosa, atrevida, autêntica e persistente. Mesmo nos momentos difíceis como em meio uma guerra, ela irá lutar até o final sem deixar transparecer o quão cansada ou pessimista está se sentindo e tentará motivar o grupo, passando-lhes calma e confiança para que continuem determinados na batalha. Apesar de calada, suas atitudes mostram que ela não é o tipo de garota bobinha que as pessoas podem fazer ou falar o que querem.
Se ela permitir que alguém a conheça mais profundamente, essa pessoa verá que ela é bastante divertida, engraçada e sonhadora, que por pior que o mundo esteja, ela é aquele tipo de pessoa que sempre cultiva esperança. É extremamente empática, busca ajudar de todas as formas e odeia injustiças. Perde a paciência rapidamente ao ver alguém tratá-la como criança, ou como se precisasse ser protegida e não pudesse se virar sozinha.

Poder:
Umbracinese — A Umbracinese é a capacidade mental na qual permite ao usuário o total controle sobre as sombras, podendo solidificá-las ou liquefazê-las, além de poder atacar adversários com sombras astrais ou físicas, usá-las para desaparecer nelas e até mesmo transportar-se por meio delas.

Auracinese - Capacidade de ver controlar e absolver a aura astral de uma pessoa. Essa habilidade possibilita que o usuário faça qualquer dano ou alteração mental ou espiritual em uma pessoa, possibilitando que este possa enfraquecer, tirar a consciência, apagar a memória, absolver essa aura (o que fará o usuário se sentir mais forte e a vítima mais fraca), fazer entrar em coma ou estado vegetativo, ou até mesmo matar qualquer um que possuir uma aura astral (Nota: tudo que vive possui uma aura astral).

Habilidades:
- Devido a sua enorme conexão com o mundo astral e das sombras, desenvolveu uma mediunidade, sendo capaz de ver, conversar ou servir de hospedeiro de espíritos.
- Habilidade em manusear armas de fogo, facas e espadas.
- Ótima em lutas corpo a corpo.
- Possui uma mira e precisão incríveis.

História:


Charlie nasceu numa parte isolada na França, onde provavelmente há mais animais do que pessoas. Seu pai, soldado, abandonou a sua mãe assim que soube que ela estava grávida, deixando-a sozinha para cuidar da criança.
Por ser uma família extremamente religiosa e conservadora, os Bertrand não aceitaram o fato de que sua filha havia engravidado antes do casamento e a expulsou de casa dizendo para não voltar nunca mais, não importava as circunstâncias. Catherine acatou a decisão dos pais sem questionar, arrumou um emprego num bar em uma cidade próxima.
Os donos do local adquiriram um carinho enorme pela moça rapidamente, (também pudera, Catherine era de longe a pessoa mais doce que Charlie já havia conhecido.) e deixaram que a moça vivesse com eles. Sempre que arrumava um tempo de sobra, a moça procurava uma maneira de conseguir alguns trocados a mais.
Um dia tomou conhecimento que a ONU estava oferendo uma certa quantia para que as pessoas participassem de um determinado teste. Que mal havia naquilo, pensou Catherine, afinal era a ONU, não era?
Quando finalmente deu a luz, teve a certeza de que todos aqueles meses de luta, angústia e sofrimento valeram a pena. Faria o possível e o impossível para dar a sua filha uma vida melhor do que havia tido e assim fez.
Apesar de nunca ter frequentado as melhores escolas, aquilo nunca incomodou Charlotte, muito pelo contrário, a garota sempre reconheceu o esforço da mãe e fazia o possível para deixá-la orgulhosa.
Charlie nunca foi muito normal... todas as crianças têm amigos imaginários, isso é um fato, mas os dela não eram exatamente os mais agradáveis. Por momentos via pessoas gentis, em outros eram como se fossem os típicos monstros da estórias que nos contam antes de dormir. No geral, seus “amigos” sempre estavam reclamando e pedindo que ela enviasse um recado para algum familiar que estava vivo, que quando recebiam o recado ficavam chocados ou raivosos achando que era uma brincadeira de mal gosto da criança.
Através de livros, ela começou a pesquisar um pouco mais sobre. Mas foi conversando com os mais velhos que o que possuía era uma forte mediunídade e que realmente era capaz de falar com espíritos. Sempre foi calada e a timidez era um traço marcante da Charlotte criança, mas o fardo de poder falar com espíritos lhe trouxe o bullying na escola e quase nenhum amigo. As crianças que se atreviam a fazer amizade com ela logo eram repreendidas pelos pais e afastadas. Sua mãe sempre a confortava dizendo que as pessoas tem medo do que é novo e que não estão preparadas para lidar com pessoas especiais como ela, mas que deveria amar o dom que tem porque era um presente. Conforme ia crescendo, Charlie descobriu algumas outras habilidades como poder controlar as sombras e sempre via um forte brilho ao redor das pessoas, o que constatou mais tarde ser a aura.
Aos 15 anos sua mãe lhe contou que estava doente, uma doença incurável e que quando a sua morte chegasse, deveria ligar para sua avó Audrey, mas que nunca a falasse sobre seus “poderes”. Aquela fora a primeira vez que havia sequer mencionado na família do pai.
Um mês após seu aniversário de 16 anos, sua mãe morreu, e embora não tivesse a mínima vontade de conhecer o homem que destruiu a vida de Catherine, fez o que ela pediu. Contou tudo o que havia acontecido para avó e depois de uma dúzia de testes de DNA, foi levada para morar com os Hamsey no Canadá. Conheceu finalmente seu pai, Enzo, um soldado do exército, homem sério e disciplinado.
Pouco mais de duas semanas após ter chegado, seu pai já a ensinava como utilizar armas de fogo, facas, arcos, espadas e lutar, sempre dizendo que uma guerra estava se aproximando e que ela teria que ser forte e saber como se cuidar. Não conseguiu esconder suas habilidades por muito tempo, já que se tornavam cada dia mais forte e ela não sabia como controla-las.
O resultado foi seu pai e sua avó constantemente gritando e a chamando de aberração, deixando claro para ela e para todos que estavam perto que nunca seria amada por mais ninguém além da sua mãe. Quando recebeu o comunicado aceitou antes mesmo de terminar de ler, faria qualquer coisa para sair daquele inferno.

Parentes:
- Catherine Bertrand, bartender, teria 36 anos atualmente mas infelizmente morreu aos 34. Uma mulher esforçada, genuinamente gentil e generosa, Catherine fez tudo o que pôde para que a filha vivesse uma vida tranquila apesar das condições em que viviam. O que fazia e ainda faz com que Charlotte a admire e se espelhe na mãe, sua convivência era tranquila e amável.
- Audrey Hamsey, avó, aposentada, 67 anos. Autoritária e controladora, dona de uma paciência extremamente curta. O que resultava em constantes discussões dentro da casa e uma convivência turbulenta.
- Enzo Hamsey, 46 anos, soldado, pai. Se uniu ao exército quando tinha em torno de 19 anos. Sua personalidade é forte e marcante. Sua relação com a Charlie é distante e fria, os únicos momentos que estão juntos é quando ele está a treinando.

Doenças:

Armas:
- Adaga. http://66.media.tumblr.com/d8908d20668d1db25384d31920530f53/tumblr_nn4mtrPErG1t033z5o1_500.jpg
- Besta. http://1.bp.blogspot.com/-gRtU8Oaui3c/UK2IW1kXGvI/AAAAAAAAAfk/t9OqEz16L8s/s1600/besta.jpg
- Katana. http://i62.tinypic.com/25kq1di.jpg



Como é dentro da Academia: Focada, busca sempre aprender o máximo.

Como é com seus professores: Sempre os trata com respeito.

Como é com seu Líder: O trata com respeito, não é do tipo que procura se destacar ou encher o saco, mas tenta manter sempre um bom relacionamento.

Vê o outro grupo como inimigo?: Não.

Como trata seus amigos: Charlie é uma ótima amiga, ou ao menos tentar ser! Por mais que não goste e nem consiga se abrir, ela é bastante prestativa, atenciosa e uma ótima ouvinte. Não se importa de escutar as mesmas coisas repetidas vezes, mas se irritaria se visse que a amiga está fazendo algo que no futuro irá lhe prejudicar. Sincera e protetora, ela cuida dos amigos com unhas e dentes, não importa com que ela tenha que bater de frente para isso.

Como trata seus inimigos: Ela basicamente os ignora. Por ser uma pessoa que não gosta de perder seu tempo discutindo e ser muito paciente, Charlie prefere ignorar provocações. Entretanto, não gosta de ser subestimada ou humilhada, então pode se tornar extremamente amarga e sarcástica diante destas situações. Ótima observadora, ela sabe exatamente como acertar bem no calo do inimigo.

Como trata seu companheiro de quarto: Ela a(o) trata bem, se esforça para fazer com que se sinta confortável na sua presença e que também confie nela.

Quer ter par?: Eu sempre deixo essa decisão com os autores, porque não me importo muito com isso. Então você quem decide!

Como será com o seu par: No começo ela iria ser difícil de conquistar, por ser muito desconfiada e não gostar de expressar o que sente. Mas Charlie é uma pessoa carinhosa e que iria adorar fazê-lo rir, apesar de não ser muito romântica. Ela iria cuidar daquela pessoa, querer sempre ter certeza de que ele está bem, mas sempre respeitando seu espaço próprio. E caso ele consiga fazer que ela o ame, ela iria até o fim do mundo para salvá-lo.

Como prefere que ele/ela seja: Ele tem que ser uma pessoa compreensível pois ela preza muito por seu espaço pessoal e as vezes gosta de ficar só, que aceite que ela é independente e não tente tratá-la como a mocinha indefesa da história, porque ela não é! Tem que ser alguém divertido, paciente e que esteja disposto a fazer loucuras ao lado dela. E claro, que a relação seja sempre recíproca.

Objeto Especial: Uma pulseira que pertencia a Catherine. Charlie ficaria completamente desesperada caso perdesse. https://www.statussemijoias.com.br/content/images/thumbs/0000716_pulseira-pingente-coracao-0402162.jpeg

Talentos:
- Pensamento estratégico.
- Toca piano e violão.
- Fala português, inglês, francês e alemão.

Gosta: Estrelas, adora ficar olhando para o céu estrelando por horas. Ar livre e lugares cheios de árvores. Cantar. Jogar videogames. Ler. Cozinhar.

Desgosta: Injustiça, narcisismo, qualquer tipo de preconceito ou opressão, manipulação, mentiras, chantagens.

Qualidades: Empatia, Altruísmo, Sinceridade, Lealdade, Independência, Bravura, Persistência, Inteligência, Compreensão, Carisma, Força (tanto fisicamente quanto psicologicamente falando), Gentileza.

Defeitos: Durante uma briga torna-se um tanto quanto orgulhosa e dificilmente volta atrás uma vez dito ou decidido algo. Explosiva. Desconfiada. Fechada. Teimosa. Sarcástica. Rancorosa.

Medos: Machucar alguém que ama. Perder alguém que ama.

Fobias:
- Aicmofobia — medo de agulhas de injeção ou objetos pontudos;
- Coulrofobia — medo de palhaços;

Uma cor: Roxo.

Um esporte: Arco e Flecha.

Uma música: My Friend of Misery - Metallica

Roupas:

Casual/Calor: http://data.whicdn.com/images/247202942/large.jpg
http://data.whicdn.com/images/187510855/large.jpg
http://data.whicdn.com/images/211658172/large.jpg
http://data.whicdn.com/images/222936155/large.jpg
http://data.whicdn.com/images/251598779/large.jpg

Casual/Frio: http://data.whicdn.com/images/246088197/large.jpg
http://data.whicdn.com/images/243586175/large.jpg
http://data.whicdn.com/images/200507294/large.jpg
http://data.whicdn.com/images/206952295/large.jpg
http://data.whicdn.com/images/248521955/large.jpg

Festa: http://data.whicdn.com/images/246127799/large.png
http://data.whicdn.com/images/209469396/large.jpg
http://data.whicdn.com/images/239837251/large.jpg

Treino: http://data.whicdn.com/images/248732490/large.jpg
http://data.whicdn.com/images/196714778/large.jpg
http://data.whicdn.com/images/248752415/large.jpg

Formal: http://data.whicdn.com/images/213453399/large.jpg
http://data.whicdn.com/images/184640291/large.jpg
http://data.whicdn.com/images/229638855/large.jpg

Banho: http://data.whicdn.com/images/251577764/large.jpg

Pijama: http://data.whicdn.com/images/187038174/large.jpg
http://data.whicdn.com/images/195528803/large.jpg

Quarto: Seu quarto é branco, há apenas uma cama, seu guarda-roupas, uma mesinha ao lado sempre com um jarro de flores e seus livros. Do outro lado da cama, sua mesa de estudos com seus livros da faculdade. Nas paredes há fotos da sua mãe, amigas e lugares os quais sonha em visitar. Seu violão está sempre encostado em algum lugar e também há uma enorme janela que tem como vista o prédio da frente.
http://parunipolis.tumblr.com/image/147958713092

Leão ou Lobo?: Lobo

Tem algum animal?: ◇

◇Nome do Animal: Batman

◇Aparência do animal: https://encrypted-tbn3.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcRPyJQj8_A2n7kHmeZZjNfXRcmBh9C-B2PP8nCfL160faHsa9ph

◇Como ele é com você: Carinhoso e super apegado.

◇E com outras pessoas: Ele tem medo de outras pessoas então normalmente sai correndo quando tentam aproximar-se dele.

Como quer morrer: Uma morte rápida e heroica.

Mais alguma coisa?:
- Apesar de poder falar com espíritos e vê-los, nunca foi capaz de se comunicar com a sua mãe. O que a fazia imaginar que ela havia encontrado a paz.
- As vezes ela vai estar sozinha mas conversando com alguém que não é visível, exato, espíritos! Ela dá muita atenção ao que falam.


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...