~Viniest-

Viniest-
— Did you hear?... Silence.
Nome: Victor | Just a useless existence.
Status: Usuário
Sexo: Masculino
Localização: São Paulo, São Paulo, Brasil
Aniversário: 31 de Dezembro
Idade: 14
Cadastro:

Hell Inhabited - Ficha - Fanfic excluída


Postado


Taissa Farmiga as Alessa F. Steeth.

Nome completo
Alessa Faldow Steeth.

Nome de Creepypasta
Silencer.

Idade
Dezenove anos.

Aparência



Alessa tem 1,66 de altura, possuiu uma pele em tom normal, levemente pálido, seus cabelos são castanho-claros, quase loiros, e um pouco ondulados, e batem/terminam até o seu busto, seus olhos são da mesma cor do cabelo, mas ficam cinzas quando se expõe ao sol, e mais escuros a noite (Obviamente depende da iluminação do lugar em questão), seu nariz é mediamente avantajado, e seus lábios são um pouco finos, apesar do superior parece um pouco maior que o inferior. Seu corpo é bem magro, formado por curvas, seus seios são do tamanho "normal", nem avantajados, porem nem tão pequenos, suas pernas são quase finas, porem, isso não é motivo de vergonha para ela, não, é isso que a ajuda no seu "trabalho".

Ah, claro, esqueci de dizer, ela é uma Proxy da criatura alta e esguia, mais conhecido como Slenderman, e o símbolo do mesmo esta localizado na parte atrás do seu pescoço, ela sempre gosta de escondê-lo, por isso, sempre deixa o cabelo solto.

Sexualidade
Bissexual.

Personalidade
Alessa, desde sua transformação em Proxy, virou uma jovem bem seria e quieta, diferente de quando tinha sua vida normal, mas ela não se isola do resto, como muitos esperariam, ela na verdade é bem aberta. É bem sutil com suas palavras, tudo que sai de sua boca é bem pensado por sua mente antes de ser pronunciada, mas ela só fala para conversar, responder ou pequenas objeções; em discussões, ela sempre observa as pessoas em questão, em uma briga? Ela não ira negar, ela realmente admite: Dependendo do caso, gosta de desafios. Não é muito de demonstrar gestos para alguém, mas quando é elogiada, costuma abrir um tímido sorriso, e se é ofendida ou ameaçada, seu olhar, de acordo com quem o presenciou, fica mais perfurante que o deu uma broca, porem ela só se afasta do individuo, sem dizer uma palavra.

Ela tem um enorme trauma de ser possuída (Trauma causado por seu mestre durante sua transformação), por isso, obedece a qualquer ordem que a criatura dos tentáculos dá a ela, mas geralmente são só missões em que envolvem observação de pessoas ou roubar arquivos que envolvam videos ou fotos com os seus companheiros, ele raramente a manda em missões para matar. Outro fato sobre si: Não gosta e não usa o sarcasmo contra ninguém, a não ser quando seja extremamente necessário. Para ela, gentileza para gentileza, tentou sem gentil com todos que conheceu, quem foi da mesma maneira, ganhou a sua amizade, e quem foi ignorante? Sempre tenta evitar a pessoa o máximo possível.

Fala o menos possível do seu passado, ela só o contara em alguém em que ela possui extrema confiança.

História¹
Uma vaga como professora de Literatura em uma famosa Universidade em Washigton, esse era o futuro que Alessa tinha escolhido, após duros e dedicados anos de estudo, esse era o seu sonho. E então, a jovem, com o peito quase explodindo de felicidade quando recebeu a dita noticia, começou a arrumar as malas apressadamente. Porém, quando deu o primeiro click da fechadura da mala, distraidamente, olhou para a janela do seu quarto, que dava para o jardim de sua casa, e o que vu, ficou gravado em sua memória para sempre. Um ser extremamente alto, usava um terno chique e de cor preta, com a pele branca... Sem o rosto. Alessa soltou um dos maiores berros que ja deu em sua vida, pois a criatura, antes olhando para a rua, tinha virado a cabeça em sua direção. A jovem falava palavras reconfortantes para si mesma, em uma tentativa inútil de tentar se recompor, enquanto lagrimas rolavam por seu rosto incontrolavelmente. Slendy, seu amigo de infância, que ela viu, aos doze anos, matar seus quatro primos em sua presença, havia retornado.

Desde sua mudança, todos os que viam Alessa, seja os alunos da Universidade, amigos ou família, sempre a viam agindo estranhamente, como olhando de minutos em minutos nas janelas dos lugares em que estava, ou olhando em volta, como se procurasse pro algo... Ou até mesmo alguém.
Apesar de que seu comportamento continuava o mesmo, sua sanidade estava perfeita... até o seu aniversario de dezenove anos.

História²
Dia 13/08/16, o aniversário de Alessa, seus tão amados alunos prepararam uma grande festa no ginásio da escola, foram necessários três salas (Todas com trinta e cinco alunos cada) para decorar o ginásio inteiro, fazer os doces e comprar os presentes, no fim da tarde, todos esperavam ansiosamente pela chegada da professora.
Mal sabiam eles do terrível destino que os aguardava.
19:30
A porta do ginásio foi aberta.
Quando os alunos estavam prestes a gritar parabéns, o silencio reinou no lugar no mesmo instante.
Sua professora estava na porta, porem, usava uma roupa totalmente diferente dos padrões, com uma máscara cobrindo o seu rosto.
No mesmo momento, as luzes do ginásio se apagaram, e um por um, todos foram mortos, apesar de tudo, tudo foi feito no maior silencio, como se aquilo só fosse um mero sonho.
Depois disso, Alessa sumiu, sem deixar rastros, só deixando uma coisa na cena do crime: Um enorme circulo pintado no chão, com um xis desenhado no meio, feito com o sangue dos adolescentes que a mesma matou, controlada pelo seu mestre.

Gostos e desgostos
Comidas com massas.
Literatura.
Natureza.
Instrumentos musicais de corda.
Flores.
Alces.

=XxX=

Desorganização.
Doces.
Cigarros.
Ter que limpar algo sozinha.
Pessoas narcisistas.
Spoiler de algum livro que pretende ler.

Qualidades e defeitos
Alessa não é só uma leitora de livros rápida e hábil, mas também possui uma ótima memorização, mesmo nos momentos em que sua vida pode correr riscos, ela possui uma mente bem rápida, demorando menos de um segundo para pensar nas soluções de um problema a sua frente. Ela é uma ótima decoradora, de acordo com todos, tem um ótimo gosto para decorar cômodos. Também possui uma ótima pontaria, e geralmente a usa para lançar algo em algum amigo que fez uma piada boba sobre si. E apesar de ser uma boa calculista, ela não é uma perfeccionista, ela esta de acordo com tudo ao seu redor, menos quando alguém bagunça seu quarto.

Ela é uma pessoa que é conhecida por não ter defeitos, mas um deles é por causa de sempre deixar as consequências dos seus atos por ultimo lugar nas situações, por isso, uma ou duas vezes o resultado da situação pode ser catastrófico.

Favoritos e odiados
Quando perguntam algum favorito seu, ela sempre responde que são os três primeiros Proxys. Ela tem uma ótima integridade com todos eles, tanto normalmente quanto no trabalho deles, principalmente com Masky.

Só dois: Jeff The Killer e a sua fangirl obcecada por ele, apesar de ter outras pessoas que ela tenha repulsa, esses dois são os principais, principalmente por causa da birra de Nina, que fala que ela esta apaixonada por Jeff.

Relações com...

Inimigos
A ignorância é a sua principal arma contra eles, não dá contato visual, os trata como se fossem crianças testando sua paciência. Nunca os ameaça de volta, só dá a eles o seu olhar antes de sair de perto dos mesmo, ela tem tolerância zero com alguém que te testa dessa maneira. A ultima vez que chegou a ferir algum inimigo gravemente em uma briga, foi quando enfiou uma das suas facas no lóbulo direito da orelha de Homicidial Liu, pois o mesmo havia debochado dela por causa do seu passado.

Amigos
Tenta sempre puxar assunto com eles, seja até mesmo sobre a cor da parede, nunca os trata com descaso ou sarcasmo, e geralmente ignora se eles fazem uma piadinha boba com ela. Ela sempre tenta ajuda-los em algum problema que o mesmo esteja, apesar de sempre querer algo em troca do favor que faz. Não tem confiança em contar seu passado para nenhum deles, sente que eles possam contar a outra pessoa, isso é a unica coisa em que não tem confiança neles, já o resto, ela sempre contara quando pedirem.

Par
Sempre o tratará com carinho e dando atenção a ele, apesar de não se tornar uma submissa a pessoa, nem a colocar a cima de si, ela a tratará como o seu igual, apenas com um toque mais climático de amor de vez em quando. Sempre o defendera na situação que estiver, e nunca ira deixa-lo de lado em nenhum momento, e apesar de achar isso meio intimo, as vezes o chamara de "amor" quando se referir ao mesmo.

Familiares
Desde a chacina que cometeu e sua transformação, a única coisa que sabe é que o seu mestre sempre os observa, e apesar do que ela fez, ele diz que eles anda estão a procura dela, e preocupadíssimos com o seu estado atual.

Par
Eu gostaria que ela tivesse um par, mas a escolha de quem esta em suas mãos.

Estilo
Não sei se é de roupas que usa para o "trabalho" ou de matar e perseguir, então, irei colocar os dois:

Roupa
Uma mascara lisa e branca, a única coisa que esta desenhada nela é um enorme sorriso feito com tinta negra, uma camiseta de mangas compridas preta, com dois cintos nas mangas para prender elas nos pulsos, luvas pretas feitas d couro, uma touca que a mesma fez e prendeu a parte de trás do lorainho da camiseta, uma calça jeans azul bem escuro colada em suas pernas e um par de coturnos marrons. Tem duas facas que esconde nas botas de exercito, e sempre as tirar rapidamente, se abaixando em uma velocidade quase que inacreditável.

Modo de perseguir/matar
Ela sempre toma caminhos que envolvam sombras ou pontos cegos para perseguir a sua vitima, e se consegue se aproximar dela o suficiente para mata-la, sempre tenta fazer o mesmo em um lugar isolado, ou desde que esteja vazio. Sempre chega por trás das vitimas/alvos, e então, a única coisa que elas veem são o sangue espirrando do corte da sua garganta! antes de caírem no chão e e agonizarem até a morte precoce; ela sempre corta o pescoço da vitima/alvo, para incapacitar sua fala, e então, deixa a mesma agonizando no chão, ele nunca sorri por trás da mascara... Afinal, ela só faz isso por obrigação, e não por prazer de assassinar alguém.

O que faz em situação de risco?
Esta acostumada a lidar com situações assim, sempre calcula as possibilidades do que vai acontecer com tudo ao seu redor, com os envolvidos e consigo mesma, suas soluções, mesmo sendo absurdas, funcionam muito bem, as vezes, surpreendendo quase todos. Ela sempre deixa as consequências por ultimo para pensar.

Quem é mais importante: você ou amigos?
Ela realmente e importa com si mesma, mas se ela tivesse que escolher, seriam seus amigos

Faria uma escolha ruim para você para salvar o outro?
Isso realmente depende de quem esta com ela, se é um amigo, o ajudara sem problemas, mas se for um inimigo, o deixara para se virar sozinho. Porem, se seu mestre a manda salvar qualquer um, ela ajudara, seja amigo ou inimigo.

Se dá bem com a Tödlich?
Seu respeito com ela é recíproco, nunca a glorifica ou a deixa na minoria, mas não considera ela uma amiga, só uma companheira fiel, sempre conversa com ela sobre algo involvido co ma natureza, e disse a mesma que, se puder, escrevera um livro sobre a historia dela, para o mesmo ficar gravado para sempre.

Algo mais?
Absolutamente Não


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...