~WheezyWeasley

WheezyWeasley
The Heir
Nome: Herdeira das Trevas, of Privet Drive No 4
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Maceio, Alagoas, Brasil
Aniversário: 30 de Dezembro
Idade: 15
Cadastro:

Olympians


Postado



Básico

❋ Nome completo:

Alexandra "Alex" Prince

❋ Idade:

16 anos

❋ Data de nascimento:

31 de Dezembro

❋ Opção sexual:

Homossexual

❋ Signo zodíaco:

Capricórnio

❋ Tipo sanguíneo:

O – {negativo}

❋ Cidade natal:

Nova Iorque, Estados Unidos

• • •

Aparência

❋ Descrição:
Alex é uma garota de longos e ondulados cabelos vermelhos escuros e os olhos castanhos, quase negros, podendo ficar vermelhos quando está com raiva. Ela tem a pele branca, chegando a ser pálida, macia feito uma pluma. Possui os lábios rosados, e também tem uma altura mediana de um e setenta e três de altura. Pesa em média de cinquenta quilos e um corpo definido, mas escondido por casacos e blusas longas. Seus olhos são de um negro brilhante, frio e misterioso, até que um pouco solitários, dolorosos. Quando está usando seus poderes, olhos podem mudar para uma cor dourada. Seus cabelos podem ficar negros quando está usando seus poderes ou está com vontade de mudar um pouco. PS: normalmente, seus cabelos estão na cor do vermelho escuro.


❋ Fotos:













❋ Gifs:







❋ Vídeos:





• • •

Vida pessoal

❋ Personalidade:

Alex é uma garota de pouquíssimas palavras, mas quando fala, é bastante cuidadosa com o que diz, temendo falar demais e acabar falando o que não deve. Extremamente leal e pode usar qualquer artifício para salvar seus amigos. Tem um temperamento forte, porém bastante inseguro. Vive com seu caderno de desenhos e nunca para de escutar música, sempre com fones no ouvido, ouvindo uma de suas músicas estranhas. É uma artista em todas as formas de arte, ela pode não se expressar, mas sua arte passa a emoção que ela sente. Ela tem muita dificuldade de dizer como se sente, por isso está sempre desenhando, escrevendo, pintando, esculpindo ou grafitando, pois é como a música de ópera que escuta quando está refletindo, ela põe tudo para fora.
Para os que ganham sua confiança, o que demora um pouco por sua atitude desconfiada e insegura, ela pode ser bastante engraçada e bem conselheira, sempre dando aqueles típicos conselhos filósofos e se sacrificando por aqueles que ama. Pode ser irônica e usar bastante o cinismo e o deboche, fazendo graça do jeito que o pai faz. Teimosa e muitíssimo orgulhosa, ela não está acostumada a pedir desculpa e se vier confrontá-la no horário errado, é melhor repensar. Às vezes é um pouco arrogante e cínica, contando com a de debochada, sempre dizendo a si mesma que não deve explicações a ninguém. Pode ser bastante irritante, já que adora falar sobre clássicos e suas artes, além da música em si. Ela é daquelas que está sempre ali, tem um aura que faz as pessoas desabafarem com ela, pode ser um tanto sinistra, mas se considera uma pessoa que ninguém entende, ou até uma exclusividade.
Quem a conhece, sabe que no fundo, ela é bem legal e uma amiga para todas as horas, deixando claro que sua personalidade não passa de uma barreira natural, que não pode ser quebrada, apenas suportada.

❋ Qualidades & Defeitos:
Alex é uma garota que está sempre ali, presente e é bem amiga, defensora dos mais fracos mesmo que sempre se dê mal no final, é também bastante leal ao seus ideias, mesmo que ela se passe pela malvada. Também é bastante ágil e tem uma mira perfeita, uma adversária a altura para muitos semideuses experientes. Ela tem aquele jeito que só ela tem, de se inteirar por meio de ironias e sarcasmos em forma de piada. É aquela amiga que entraria na briga e estaria lá mesmo que se lascasse no final, pois ela tende a fazer o que é certo, sempre, por mais que todas as vezes - sem exceções - se dê muito mal.
Porém, também é um pouco arrogante e tem aquele escudo de má. Também pode ser muito fria, não permitindo que ninguém entre quando está com as emoções à flor da pele, pois odeia se sentir descontrolada. Ela também pode ser muito sincera, não consegue deixar de dar sua opinião sobre alguma coisa ou alguém, mas também é uma ótima mentirosa. Tem tendência a meter as pessoas em problemas, nunca admitindo a culpa e não é comum vê-la pedindo desculpa por alguma coisa.


❋ História:
A vida dela nunca foi uma maravilha, nunca teve nenhum parente para lhe dizer: "vai lá, você consegue", apenas pessoas que a adotavam e diziam que não queriam uma aberração, que diziam: "você é filha do demônio". Ela viveu toda sua vida em um internato com cara de orfanato, dirigido por uma mulher que se intitulava sua "mãe", mas ela sabia que sua mãe não tinha um nome, um rosto ou até uma personalidade, mas sabia que seu pai tinha nome, face e sim um grande descarado, covarde. Ela cresceu no meio de tantas crianças órfãs que não pensou em como seria sua mãe ou qual seria o nome do seu pai, que a abandonou na porta do orfanato pedindo para que a sacrificassem.
Ela nunca foi bem vista pelos outros meninos e meninas, muito menos pelos severos professores e até a diretora do orfanato, ou colégio interno. Sempre sendo a anormal, a que tinha algum problema. Ela nunca teve amigos de verdade, apenas pessoas que gostavam de dizer o quanto ela era nada e nunca iria se adotada. O que realmente aconteceu, passou sua vida indo para o mesmo inferno de sempre, brigando nos colégios, sendo expulsas dos mesmos e tendo aqueles ridículos sonhos de sempre, uma vez, ela sonhou que a diretora do orfanato iria ter uma parada cardíaca, quando acordou e voltou da sua nova escola com o papel de expulsão e o lábio cortado e sangrando, a diretora desmaiou no meio da refeição e depois descobriu que ela teve um ataque do coração e faleceu no hospital.

Ela era bem apegada a diretora do orfanato, que a entendia e sempre ia acolhê-la quando tinha um pesadelo. Seu nome era Alícia Stewart, e gostava de contar histórias fantasiosas sobre grandes heróis montados em cavalos que brandiam suas espadas e adoravam os deuses. Ela conseguiu vê-la como a mãe que nunca teve, apesar de Alícia ter trinta e dois e ela uns doze anos. O que Alex não sabe é que Alícia morreu não por um ataque cardíaco, mas veneno de monstro que lutou em uma de suas viagens misteriosas. Alícia ia para o acampamento informar a Quíron sobre ela quando foi atacada e sobreviveu, mas por pouco tempo. Alícia deixou uma carta no Acampamento lhe contando tudo e dizendo o quanto a amava.

Depois, ela se sentiu anormal e cheia de problemas, sempre acordava suja de tinta ou giz de cera e um monte de papeis grudados com imagens de um tipo de palácio acima das nuvens ou de um tipo de acampamento e sempre tinha aquela voz na sua cabeça quando sonhava com aquilo, era doce e ao mesmo tempo fria e sombria. Sempre se via desenhando um monte de símbolos estranhos que brilhavam no papel e depois ficavam imóveis. Ela pensava que estava louca e já chegou a ir a um terapeuta porque ninguém acreditava nela. Quando completou quinze anos, um homem entrou no orfanato, atrás dela especialmente. Alex estava preparada para virar a menina grossa que sempre fora, pois já havia desistido da adoção. Ele usava cadeira de rodas e um suéter tweed, com um sorriso no rosto.

Ela se lembrou dele ter entrado e fechado a porta, pediu para que ela arrumasse suas coisas que estavam de partida. Ela lembrou de ter perguntado aonde iriam, já que estava falando com um cara desconhecido. Antes de apagar, por meio de uma cabeçada na nuca, viu um cara metade bode jogá-la sobre o ombro e saírem do orfanato sem ninguém perceber.


❋ Gostos & Desgostos:

Alex adora uma boa pizza, é fissurada. Também adora admirar uma boa arte e desenhar paisagens. É uma adoradora de café, sendo viciada no mesmo e também gosta de um bom pedaço de bolo de chocolate ou uma boa conversa, come praticamente tudo, pois foi ensinada a não reclamar do que recebe, pois de algum jeito todos recebem o que merecem. Ela adora correr pela manhã, já que sempre acorda cedo depois de um sonho ruim. Ela também gosta de nadar e ler um bom livro, juntamente de uma boa música.

Porém, Alex odeia que lhe chamem de anormal ou que sejam amigos dela apenas por seus poderes ou sua inteligência. Ela detesta atrasos, sempre pontual e não gosta de multidões, tendo fobia as mesmas, principalmente questão de barulho e lugar muito cheio, lhe dá agonia. Ela não gosta de ver pessoas morrendo, sempre lhe dá um desespero, pois a diretora do Orfanato estava do seu lado quando morreu. Ela odeia se sentir fraca ou ver pessoas covardes e traíras, também não gosta de grude, gosta de ter o próprio espaço. Não é muito fã de castanhas ou morangos, então mantem distância dos mesmos, também é alérgica ao último.


❋ Hobbies, Hábitos & Manias:

Ela adora correr no bosque pelas manhãs, também adora desenhar e treinar arremesso de facas e arco e flecha, assim como luta corpo a corpo, pois sempre foi daqueles que arrumava briga nas escolas. Ela também gosta de degustar um bom jantar. Tem o hábito de sempre revirar os olhos ao ouvir alguma besteira ou estar falando com alguém que odeia. Tem o hábito de escalar árvores desde de pequena, aquilo a acalmava, tem hábito, quando está triste, tirar uma foto que sempre carrega consigo dela e de Alícia, abraçadas em frente a um carrossel. Ela tem mania de morder o lábio quando está nervosa ou querendo fazer algo insano ou impulsivo, ela tem mania de pintar para extravasar a raiva e apertar as mãos em punho com sua unha perfurando sua pele quando está furiosa que gostaria de matar alguém.


❋ Medos, Fobias & Traumas:

Tem medo de ficar sozinha

Tem medo de altura

Tem fobia de multidão barulhenta

Tem trauma de abandono


❋ Algum vício?

Apenas é viciada em cafeína, adquiriu o vício quando não queria dormir para sonhar depois que sonhou com a morte de Alícia, ainda costuma fazer isso, fica com olheiras.

❋ Favoritos & Odiados:

.:F:.

- Vermelho, Preto, Roxo, Branco e Cinza

- Viagem ao Centro da Terra, Harry Potter, Battle Royale, A Ilha Misteriosa, Os Três Mosqueteiros, O Morro dos Ventos Uivantes, Os Miseráveis, Coração de Tinta, O Orfanato da Srta. Peregrine

- Harry Potter, Os Miseráveis, Animações, As Invenções de Hugo Cabret, O Orfanato da Srta. Peregrine, Truque de Mestre, Os Vingadores, X-Men, Esquadrão Suicida, Batman,, Capitão America, Homem de Ferro e Star Wars

- Gotham, Arrow, The Magicians, From Dusk Till Down, The Shannara Chronicles, Teen Wolf, Doctor Who, The Librarians, Revenge

- Ed Sheeran, Skillet, The Weeknd, The Script, Sia, Avenged Sevenfold, Halsey, Daughter, Aurora, Coldplay, Hidden Citzens, 30 Seconds to Mars

- Daniel Radcliffe, Emma Watson, Holland Roden, Eiza Gonzalez, Margot Robbie, Sophie Turner, Evan Peters, Asa Butterfield, Chloe Grace Moretz, Nina Dobrev

- Cachorro, Gato, Lobos, Raposas e Corvos

.:O:.

- Rosa, Lilás

- Não tem um livro que odeie

- Filmes melosos ou de patricinhas

- The Vampire Diaries, The Originals, How to Get Away With Murder, NCIS

- One Direction, Nicki Minaj, Jay-Z, Drake

- Insetos

❋ Família:

Não possui, seu pai, mesmo não o conhecendo, morreu alguns anos depois de abandoná-la, de overdose, as pessoas diziam que ele ficava falando de deuses e xingava a noite e bebia demais, assim como seu novo hábito de drogas, mas ela considerava Alícia sua família, então, está taxada como segunda mãe.




Alícia Stewart - 32 anos - Mãe Postiça - Diretora do Orfanato - Natalia Dormer

❋ Par?

Sim

❋ Relação com:
— Família
Ela não possui ninguém

— Amigos

Ela vai os tratar como sua própria família, sendo bastante engraçada e mesmo assim tímida, mas uma amiga para todas as horas.

— Inimigos

Com frieza e impaciência, se mexer com ela, falando de seu passado, ou com seus amigos, pode apostar que ela parte para a briga.

— Quíron

Ela vai tratá-lo como um mestre e ainda por cima, alguém com ela pode desabafar e pedir conselhos, mesmo não sendo os melhores.

— Sr. D

Vai tratá-lo com respeito, apesar de às vezes ter vontade de esganá-lo, mas no fundo o acha engraçado e sempre vai tentar ter uma conversa com ele apenas para tentar rir um pouco e perceber se ele sabe ou não seu nome.

— Deidre

Irá tratá-la como sua professora de esgrima, mas também gostaria de se aproximar dela, ter algum amigo no acampamento seria bom, ou apenas para entender como ela conseguiu conciliar aquela história toda de deuses gregos. Ela via querer aprender a manusear uma espada e controlar seus reflexos precisos e rápidos.

— Ray

Vai ser bem próxima de Ray e tratá-la como aliada e amiga com quem sempre poderá contar, nem sabe como a menina a suporta tanto.

— Par

Vai ser meio sem jeito e não vai gostar de se abrir muito, mas quando perceber, já se entregou e é bastante romântica e impulsiva em relação ao par, claro, tem seu ciúmes, mas sabe guardar para si e se controlar, e também não é grudenta, pois gosta de espaço, mas pode ser bastante extrovertida e dar aquelas jogadas de olhar que fazem as pessoas corarem.

• • •

Características de semideus

❋ Parente divino:

Hecate
{Chalé 20}

❋ Poderes:

° Clarividência: ela sonha com acontecimentos ou coisas que ela precisa ver, e sempre acontecem dias ou horas depois dela acordar. Ela já recebeu a imagem do acampamento em seu sonho e sempre vive desenhando-o.

° Realidade Artística: tudo que desenha vira realidade, como os símbolos que desenha, tem sempre um significado, onde está sempre anotando em seu caderno e os decorando. Ela pode, inclusive, abrir portais por meio dos seus símbolos, podendo se teletransportar para qualquer lugar que vier a sua cabeça ou observar as pessoas. Também pode se esconder dentro de pinturas ou se camuflar, mas tem que está bastante concentrada e calma, também esconder coisas dentro de papéis.

° Loba: ainda não sabe, mas pode se transformar em um Lobo, símbolo de sua mãe, que diziam que ela vagava pela noite com uma matilha de lobos fantasmas atrás.


❋ Habilidades:

Ela tem uma habilidade de raciocínio mais rápida do que que qualquer outro, e também é bastante ágil, graças aos seus reflexos. Ela está sempre correndo e usando seu corpo para se exercitar, como pular muros e correr na floresta para exercitar seus reflexos e velocidade de arma. Tem uma mira divina, mas quando se trata de espadas, ela é o terror, um desastre. Ela tem reflexos e agilidade de um lobo, observadora e tem percepção de bom e ruim nas pessoas, como um cão.

❋ Arma de escolha:

Adagas feitas de Ferro Estígio, onde cada vez que as lança e atingem o alvo, se dissolvem em fumaça e voltam para o suporte da cintura, deu o nome de Shadows.



E possui um tipo de caneta mágica dada por Quíron quando ela chegou no Acampamento, onde ela pode criar símbolos que vem a sua cabeça no ar para fazer feitiços, deu o nome de Estela. Se ela perder, ela pode desenhá-la num papel e recuperá-la.



❋ Como e quando descobriu sobre sua ascendência:

Em uma noite, quando estava jantando no acampamento, ela se irritou com alguma coisa, provavelmente pelos filhos de Hermes fazerem alguma brincadeira com ela e criou uma barreira que jogou os semideuses para fora da mesa e um símbolo de Hecate surgiu, assim como uma aura roxa ao seu redor. Quíron não sabia de sua ascendência, apenas cumpriu o dever da diretora do orfanato, que era semideusa filha de Atena que pediu para que levasse Alex para o acampamento quando estivesse pronta.


❋ Há quanto tempo está no Acampamento:
Novata

• • •

Representação

❋ Playlist:

Dressed in Black - Sia


Pois ela cresceu em um ambiente frio, sozinha, com o coração em mil pedaços e de repente veio alguém para mostrá-la algo que sempre esteve lá, e que lhe mostrou uma saída para sua tristeza.

Breakeven - The Script


Quando ela estiver lembrando de sua história e por tudo que passou durante sua vida até chegar ao Acampamento, tudo que ela sofreu desde ao orfanato e às inúmeras pessoas que a abandonaram.

Breath Me - Sia


Quando ela estiver pensando em desistir de alguém que viesse buscá-la para ir naquele lugar que às vezes aparece em seus sonhos, lhe deixando calma, ou aquela voz que lhe guia nos momentos difíceis.

Titanium - David Guetta Feat. Sia


Quando ela irá perceber que não basta ficar se lamuriando pelos cantos, de defesas baixas, tentando achar uma solução, mas que precisa levantar a cabeça e enfrentar o desafio que lhe foi dado, ou apenas por na cabeça que paraísos não existem, apenas sobreviventes.

Heroes - Måns Zelmerlöw


Quando ela perceber que tem que fazer alguma coisa diante de tantos problemas, mesmo não sendo métodos heróicos, pois todo mundo tem demônios na cabeça, apenas escolhem de que lado ficar com eles. Ela irá perceber que não está nessa sozinha e que encontrou pessoas com quem pode contar sempre que puder, pois são sua "família".

Army of Angels - The Script


Quando ela realmente ver que tem alguém lá para ela, quando ela finalmente irá ver que vale a pena lutar por aquele sentimento e por aquela pessoa. Que ela pode se entregar completamente e ver que nunca esteve completamente sozinha.

Superheroes - The Script



Quando ela estiver evoluindo, durante sua adolescência, vendo o quanto ela poderia ser grande e tinha algo bem maior do que aquilo esperando por ela.

❋ Se seu personagem fosse um animal, qual seria?

Um Lobo, por conta de ser misterioso e por vezes solitário, quando está longe da alcateia.

❋ A qual casa de Hogwarts seu personagem pertenceria?

Sonserina

❋ Uma frase que seu personagem sempre diz:

"Isso vai dar merda"

❋ Defina o seu personagem em uma palavra:

"Astuta"

• • •

Perguntas importantes

❋ Seu personagem trairia o Acampamento?
Não

❋ Denunciara uma traição, mesmo que o traidor fosse seu amigo?
Se a traição fosse pesada e bem significativa não tanto para ela, mas para os outros, primeiro tentaria mudar a cabeça do mesmo, se não desse certo, o denunciaria.

❋ Teria coragem de matar?
Com toda certeza

❋ Contaria o segredo de outra pessoa?
Nunca

❋ Morreria para salvar alguém? Quem?
Sim, apenas seus amigos e a quem considera uma família

❋ Iria contra as autoridades/deuses por um bom motivo?
Se fosse um motivo de vida ou morte ou de algum amigo, com toda certeza.

❋ Ajudaria o inimigo? Em que circunstâncias?
Apenas se o mesmo tivesse algo que a beneficiasse e lhe desse a chance de observá-lo, a fim de saber seus pontos fracos.

❋ No meio de uma batalha, sairia para acudir um amigo ferido ou continuaria lutando?
Continuaria lutando, pois no final das contas, era o que o amigo gostaria que fizesse.

❋ É vingativo?
Não, Alícia sempre falava para Alex quando ela chegava machucada depois do colégio que não valia a pena, que uma hora ou outra, receberiam o que mereciam.

❋ Ataque ou defesa?
Defesa

❋ Estratégia ou luta?
Estratégia

❋ Razão ou emoção?
Razão

• • •

Perguntas para o autor
❋ Está ciente de que seu personagem pode morrer?
Sim

❋ Está ciente de que sua ficha pode não ser selecionada?
Yep

❋ Palavra-chave:
"Flamboyance"

❋ Favoritou a fanfic?
Sim

❋ Alguma sugestão ou crítica construtiva?
Não

❋ Algo mais?
Ela tem um colar com uma pedra branca azulada que sempre esteve com ela durante toda sua infância, ela acha que Alícia lhe deu e sempre brilha quando tem algum monstro por perto. Possui um símbolo de proteção que Alex desenha em seus cadernos e Alícia o conhecia pois tinha alguns conhecimentos dos filhos de Hecate.


Escutando: Dressed in Black - Sia

Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...