~scmom

scmom
Nome: Lia Snit
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: Indisponivel
Idade: Indisponivel
Cadastro:

Possível? E confusão.


Postado

Péssimas noticias o.o

Eu irei excluir " Possível? " ( Não tenho certeza se irei excluir ) Como vocês já sabem eu acabei perdendo todos os capítulos. Meu computador deu problema, e eu tive que mandar ele para o concerto. E nesse problema eu acabei perdendo muitas coisas importantes. Incluindo todas as minhas fanfics, futuras fanfic, idéias e etc...


Okay. Possível vai ser excluida. ( Não é certeza )

ESPEREM MUITA CALMA NESSA HORA.


Para minha felicidade e a de vocês: Eu achei um pendrive com a primeira versão de " Possível? " Eu nem lembrava desse pendrive. Você não tem noção do quanto eu estou feliz por isso meus amores.


Para quem não se lembra da primeira versão. Irei refrescar um pouco vossas memórias. Como eu vou fazer isso?


Com um pequeno pedaço do primeiro capítulo, que ocorre no ano de dois mil e três:


23 De dezembro de 2003.

Ulsan - Coréia do Sul







Há uma lenda
Que trazida pelo vento
Me ensina a sorrir, E me dá forças pra viver
Onde as fadas voam livres
Nenhum coração é triste
E assim...
Nascem flores coloridas no jardim...
Nascem flores coloridas no jardim...



E o garoto de cabelos coloridos sorriu para aquele que estava no palco cantando.



Há uma lenda
Onde existe um sentimento
Que não vai acabar,
Que eu levo dentro de mim
Onde as dores nunca chegam
Onde não existe medo
E assim...
É uma lenda que podemos dividir...
É uma lenda que podemos dividir...



Os olhares nenhum segundo se desgrudavam desde que o garoto de cabelos achocolatados sentou na cadeira em cima do palco e começou a cantar com sua voz macia e aveludada.



Faça a lenda,
Valer a pena...
Viva seus sonhos, ilusões
Que sejam verdade
Na Primavera,
Que existe em seu coração
Faça que o anjo
Que vive nos sonhos
Cuide da criança que há em nós
E quando cresça,
Nunca se esqueça
Porque perderá seu coração.



Sorrisos e olhares eram trocados em meio aquela bela música.



Há uma lenda
Que a vovó contava sempre,
E que eu vou te contar
Pra você poder sonhar
Onde a maldade perde,
É o bem que sempre vence
E assim...
Só quem sonha é feliz até o fim...
Só quem sonha é feliz até o fim...



Eternamente apaixonados era assim que o garoto de cabelos achocolatados e o colorido se definiam e aquele momento será um dos vários guardados para sempre em suas memórias.

Então o coro das pequenas crianças deu iniciou a sua parte da apresentação.



Faça a lenda
Valer a pena
Viva seus sonhos, ilusões
Que sejam verdade
Na Primavera,
Que existe em seu coração
Faça que o anjo
Que vive nos sonhos,
Cuide da criança que há em nós
E quando cresça,
Nunca se esqueça
Porque perderá seu coração.



" Eu te amo. " Sussurrou sem voz para o garoto de cabelos achocolatados no palco e foi retribuído com um lindo sorriso.



E o garoto de cabelo cor de chocolate, voltou a cantar junto as crianças.



Faça a lenda
Valer a pena
Viva seus sonhos, ilusões
Que sejam verdade
Na Primavera
Que existe em seu coração
Faça que o anjo
Que vive nos sonhos,
Cuide da criança que há em nós
E quando cresça,
Nunca se esqueça
Porque perderá seu coração
Faça a lenda
Valer a pena
Viva seus sonhos, ilusões
Que sejam verdade
Na Primavera
Que existe em seu coração.





" Palmas para nosso belo Luhan e coral da igreja de Ulsan. Que nós agraciaram com essa bela apresentação " Pediu o diretor do colégio, enquanto as palmas eram dadas.

Luhan e as quinze crianças saíram do palco. Enquanto o diretor anunciava que a proxima apresentação seria de uma menina que tocaria uma música no piano.



" Luhan " O mais velho ouviu seu nome ser chamado enquanto dava parabéns uma por uma as pequenas crianças. Após terminar foi em direção a pessoa que chamava seu nome.



" Hunnie " Respondeu abraçando o menor e discretamente roubando um selar dele.



" Você foi ótimo. " Elogiou Sehun abraçando Luhan pela cintura.



" Isso graças a você que me ajudou nos ensaios. Você é um belo namorado "



" Eu sei disso. " Respondeu fingindo convicção.



" Convecido. " Recebeu um peteleco na testa.



" Você que tem uma bela voz. Sua voz é aveludada igual a uma nuvem meu pequeno "



" Sehunnie "



" Huh ? "



" Porque ainda estamos abraçado? " Questionou de forma envergonhada.



" Eu gosto de ficar assim com você "



" Hunnie eu amo você "



" Eu também amo você Hannie, te amarei por toda a eternidade "






Na primeira versão; Luhan e Chanyeol eram professores. E Luhan reencontrava Sehun oito anos depois e aos poucos as coisas iam acontecendo entre eles, BaekYeol se conhecendo melhor, KaiSoo no rola ou não rola. Yifan em coma e Zitao sofrendo por ele, E Chanyeol não se dando bem com Zitao. Enfim antes de eu repostar novamente " Possível? " Eu irei acabar de escrever ela e mudar algumas coisinhas, pois no pendrive eu tenho somente até o capítulo vinte e dois e meu plano é de terminar a fanfic com trinta Capítulos.


Sendo que existem um porém, nesta imensa confusão.

E qual é esse porém? Eu estou pensando em fazer da atual " Possível ? " Uma versão alternativa para a primeira " Possível ? "


O que vocês acham? Quando eu tomar a minha decisão eu postarei um novo jornal.



Se cuidem leitores =^o^=

Escutando: DBSK - BOLERO
Comendo: MORANGOS

Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...