~Srta_Monster

Srta_Monster
Leonina Lazarenta c':
Nome: Yame Capucci
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Matinhos, Paraná, Brasil
Aniversário: 29 de Julho
Idade: 13
Cadastro:

Traumas De Infância


Postado

Traumas De Infância

“Ah Yame, mas pra quê um jornal desses?” Porque eu acho meus medos/traumas patéticos e queria descobrir se existe alguém que tenha isso em comum comigo.

1-Eu morro de medo de bexigas estourarem. Quando era menor, (uns 3, 4 anos) meu pai estourava bexigas na minha cara. (Sei lá se era para brincar ou ser retardado mesmo) Isso resultou hoje eu ter muito medo das bexigas estourarem perto de mim. Em festas quando começam a estourá-las eu fico o mais longe possível.

2-Eu sempre durmo com os pés cobertos. Eu morro de medo de algo puxar o meu pé. Quando está muito calor (isso é, uns 35 graus) eu descubro se não, eles sempre estarão cobertos.

3-Eu tenho algum tipo de fobia com vômito, pois quando vou vomitar eu fico muito branca, até pálida, começo a tremer muito e chorar. Às vezes me dá até falta de ar. Eu realmente não gosto de vomitar. “Mas quem gosta?” O fato é que as pessoas não ficam iguais a mim. Eu passo muito mal. Minha mãe acha que é um trama já que quando era menor eu vomitava muito por sempre ficar doente.

4-Eu tenho um sono muito pesado, porém qualquer barulho eu acordo. Eu aderi isso já que antes minha mãe tinha muitos pesadelos, de gritar, tampar os ouvidos, e ficar se contorcendo na cama. Eu sempre tinha que acordá-la.

5-É raro me ver gritando. Eu grito muito pouco. Devido uma experiência ruim. Quando menor (uns cinco seis anos), eu tinha a mania de gritar muito, principalmente dentro do banheiro enquanto minha vó me dava banho. Ela dizia para eu não gritar e eu ignorava até que ela deu um grito dentro do meu ouvido. Desde então, eu nunca mais gritei perto dela ou dentro de casa.

Gente esse foi meu primeiro jornal, me perdoem se foi uma bosta ou nada interessante. ;-;


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...