~documento

documento
Teenager
Nome: SAD BOYS CLUB 2001
Status: Usuário
Sexo: Indisponivel
Localização: Indisponivel
Aniversário: Indisponivel
Idade: Indisponivel
Cadastro:

Fichas 3.0


Postado

Ficha: Silver — Ícaro Alison Seydoux
FICHA ACEITA
Nome Completo:
Ícaro Alison Seydoux

Idade:
21 anos — 10/01 | Sendo do signo de Capricórnio

Personalidade:
Uma mente aberta a todos os assuntos; Ícaro é do tipo de pessoa que sabe usar suas palavras, sabe se defender usando a verdade, gosta de expor suas opiniões sem se importar se irão gostar ou não, principalmente de temas polêmicos. Vários o julgam por causa de seus comentários irônicos ou cínicos, porém suas palavras nunca deixam de serem verdadeiras. Quando sabe que está certo vai até o final pra mostrar isso. Sabe se expressar e não tem medo de mostrar isso. Extremamente sincero, o que muita das vezes pode ser um problema, já que pode acabar machucando os sentimentos dos outros, mas tenta não se importar, pensa que a verdade será menos dolorosa do que uma mentira. Não abaixa a cabeça para ninguém, a não ser quando sabe que está errado, não busca por discussão. Geralmente não sente medo de ninguém, podem estar apontando uma arma para sua cabeça que ele irá continuar firme, mesmo estando inseguro internamente. Corajoso e curioso; a curiosidade ainda não matou o gato, pelo menos não para ele, está sempre de olhos abertos em tudo e todos. Tem a capacidade de ler as pessoas como um livro aberto somente por uma olhada de canto, sabe quando alguém está triste, com raiva ou até mesmo quando estão enganando e mentindo para ele, e apesar de não parecer, é bem discreto com isso.
Pode não parecer, mas é alguém extremamente carente, mas odeia absolutamente mostrar sentimentos considerados "bons", se recusa mostrar sentimentos afetivos. Ainda assim, adora causar gargalhadas nos outros, algo que ele realmente gosta em si. Sempre está no meio da "turma" e dificilmente fica isolado ou sozinho.

Aparência:

[L̶i̶a̶m̶ ̶P̶a̶y̶n̶e]

Somente se você for um prateado, responda-me, de qual casa você faz parte:
Eagrie – Observadores – Capazes de ver o futuro

Conte-me também, como você descobriu seus poderes e como foi sua reação quando descobriu ser parte de uma hierarquia:
Ícaro descobriu um pouco tarde seu poder, tinha 15 anos quando havia tido um pesadelo, pelo menos era o que pensava. Havia "sonhado" que a ponte que ligava sua cidade no próxima cidade havia sido rompido por causa de um pequeno terremoto — inspirado em em Premonição 5 mesmo, drama on e ok —, ainda assim, Ícaro não sabia que estava acordado, porém fora de sua consciência enquanto estava tendo tais sonhos. Deixou isso de lado, já que para ele poderia ser algum sonho como qualquer outro. No dia seguinte, sentiu um pequeno tremor correr por debaixo de seus pés. Mais tarde foi saber que a ponte havia se rompido. Acabou por contar isso aos seus pais, ambos observadores, que lhe contaram como todo processo funcionava. Havia ficado surpreso e assustado, mas foi se acostumando rapidamente por ser agora, parte da hierarquia.

Você é contra ou a favor da ordem que as coisas são?
A favor

Ciente de que seu personagem está vivendo em uma guerra, e que ele pode morrer a qualquer minuto?
Ciente estou sim

Você está pronto para ser parte dessa revolução?
Sim


Ficha: Lágrimas de Sangue — Peter Hans Scheider
FICHA ACEITA
Nome e Sobrenome:
Peter Hans Scheider

Sexo:
Masculino

Idade:
24 anos | 10/01 Dez de Janeiro

Nacionalidade:
Alemão

Etnia:
Nazista

Aparência¹:
[Harry Styles]
Peter é dono de belos olhos verdes, que podem variar de tons quando está triste ou com raiva. Seus cabelos são volumosos e cacheados, da cor do chocolate, que estão constantemente desarrumados. Quando sorri, duas covinhas aparecem dos dois lados de seu rosto. Algo que também chama muito atenção em Peter, é o seu maxilar afiado. Lábios grandes, cheios, e róseo. Sua pele é clara, mas não chega a ser branco, um nariz desproporcional, fino e arrebitado está encaixado em seu rosto.
Seu corpo é bastante grande, contendo músculos, tendo 1,86 de altura, e 70kg, massa corporal.

Aparência²:







̶i̶g̶n̶o̶r̶e̶ ̶t̶o̶d̶a̶ ̶e̶s̶s̶a̶ ̶c̶a̶b̶e̶l̶e̶i̶r̶a̶ ̶d̶o̶ ̶s̶e̶n̶h̶o̶r̶ ̶h̶a̶r̶r̶y̶ ̶h̶a̶u̶e̶ ̶-̶q̶

História:
Nasceu em Hamburgo, no dia 10 de Janeiro. Seus pais haviam entrado na falência, em certo tempo a família Scheider foram expulsos da casa em uma vila onde moravam. Ficaram por pouco tempo morando em uma casa abandonada, onde o pequeno Peter teve que cometer pequenos furtos para saciar sua fome. Para a felicidade da família, uma parente de distância de sua mãe, a irmã de sua avó, para ser mais exato, conseguiu se comunicar com a família, que já estavam entrado em desespero por completo. Ela socorreu Peter e seus pais, servindo sua casa e outros materiais para eles. Com o passar do tempo, Anne — a irmã da avó da mãe de Peter — havia falecido, e como não tinha outros parentes se não a família Scheider, deixou toda sua fortuna para eles.
Na infância, Peter já mostrava seu lado nato de aventureiro. Não se acostumou com o luxo que havia sobrado para ele e seus pais, por isso, preferia estar nas ruas, caçando animais de pequenos portes, porém Peter não os matava. Em um futuro, ele se via viajando por todo o mundo.
Com o tempo, já em sua adolescência, foi recrutado por um exército, onde foi treinado para ser soldado, e assim que atingiu a maioridade, se tornou um. Aprendeu que existem "grupos" de pessoas, na qual Negros, Homossexuais, Judeus, etc, são inferiores, e que pessoas como os Arianos estão a cima de todos.
No começo, ele detestava apenas o pensamento de matar, e ainda faz, porém, tenta ver isso como algo aventureiro e deixa de lado o sentimento de empatia. Seus pais, vendo o que ele havia se tornado, se mudaram para uma pequena cidade no litoral da Alemanha, e pararam de se conectar com Peter.

Personalidade:
O que falar de Peter? Dizem que ele é uma verdadeira confusão. Enigmático e intenso desde o primeiro fio de cabelo até as solas dos sapatos caros. Ninguém sabe quem realmente ele é. Não é bom, alguém excelente, mas também não é mal, um desgosto. Ele é realmente uma pessoa educada, não vê problemas em ajudar alguém, mas não se engane, ao ajuda-lo, provavelmente Peter irá tirar proveito, buscará por alguma vantagem na qual ambos os lados irão ficar felizes. Ele não vê problema em se relacionar com ambos os sexos para ter algum benefício. É uma pessoa bastante calma, mas não o provoque, Peter fará de tudo para controlar seus sentimentos, mas ao adquirir sua raiva, não saberá se controlar, seus extintos estarão domados pela fúria. Irá derrubar tudo o que estiver em sua frente e deixará algumas palavras de baixo calão sair por sua boca suja. Raramente está com um sorriso no rosto, já que prefere estar sempre com uma faceta que o faça parecer temível.
Digamos que sua língua não possuí papas, já que para ele, sinceridade vem a cima de tudo e por isso acaba machucando os sentimentos dos outros com suas palavras frias, que nunca deixam de serem verdadeiras. Mas em sua cabeça, Peter pensa que a verdade será menos dolorosa que a mentira. É de poucas palavras, mais observa do que fala, está atento a tudo a sua volta, e consegue disfarçar muito bem isso. Não gosta de receber ordens, mas quando recebe uma, fará o possível e o impossível para conseguir realizar o que foi lhe concedido, prefere ver isso como mais alguma aventura. É um perfeccionista incontrolável, gosta de fazer as coisas bem elaboradas, para que nada de errado, seja algo simples ou algum plano que possa parecer impossível. Apesar de não falar muito, é bom em palavras, sabe se defender usando a mais honesta verdade, mas em momentos de riscos, lhe permitirá inventar algumas histórias para não se sair mal no final.
Apesar de toda sua casca grossa que o homem aparenta carregar, por dentro, Peter se sente estranhamente solitário, ele sente que ainda falta algo, algo que possa preencher o sentimento arduoso que é poder tirar a vida de alguém. Ainda assim, não sabe o que é. Quando realmente gosta de uma pessoa, ele se torna alguém muito falatório, está sempre inventando algum assunto para não deixar a conversa morrer. Gosta de saber das pessoas por completo, saber de ideias, medos, desejos, de cada uma delas, seja de algum amigo/colega ou de algum inimigo. Não é de mostrar o que está sentindo, mas quando desgosta de alguém, ele mostrará isso de todo o jeito e deixará suas intenções bastantes claras. Conquista facilmente todos com suas lábias, sendo falso ou não, está sempre com uma carta na manga, que pode conquistar a todos.

Ocupação:
Soldado

Gosta:
Que tenham receio dele | Matar as etnias inferiores | Armas | Caçar
Livros antigos, de contos e ficção | Outono | Comidas italianas | Estar só
Matemática — ele ama tudo o que envolve números | Grupos

Desgosta:
Frio | Que o interrompa | De pessoas na qual considera de personalidade fraca
Quando o desafiam | Ser enganado | Desordem | Barulho | Cores vibrantes | Que o julguem
Tortura — ele prefere matar rapidamente | Negros | Judeus | Perder | Crianças | Doces

Medos:
Cacorrafiofobia — medo de fracasso ou falhar;
Gefirofobia, — medo de pontes e viadutos;
Topofobia — medo de certos lugares ou situações, que dão medo ou pavor;
Monofobia — medo de solidão ou ficar só;

Manias/Costumes:
Ler a última pagina do livro antes de começar a lê-lo | Andar de um lado para o outro quando está nervoso ou ansioso
Tatear, sentir a textura de algo/objeto | Passar as mãos pelos cabelos | Franzir as sobrancelhas | Firmar o maxilar

Distração:
Cantar | Tocar Piano | Escrever — expressar o que está sentindo | Andar/Caminhar

Sexualidade:
Panssexual — Peter sabe totalmente que conter relações com o mesmo sexo é do contraditório, porém, em seus mais profundos pensamentos e sentimentos, ele gosta das pessoas, não importa o sexo, e sim o conteúdo.

Se for Nazista, diga o que seu personagem acha das outras etnias:
Foi ensinado para Peter que não se deve ter empatia/remorso para com as outras etnias, apesar de sentir que, o que está fazendo é errado, ele ignora todos esses sentimentos e faz o que lhe é proposto.

Deseja um par?
(X) Sim.

Você arruma o par ou deixa para o autor:
Para o autor

Se desejar o par e deixar o autor, quer que ele seja Ariano/Nazista?
(X) Não

Algo mais:
É alérgico a qualquer tipo de frutífero e panos de seda.
Não mantém contato com sua família

Está de acordo que agora seu personagem pertence a minha história?
(X) Sim

Está de acordo que ele pode morrer e/ou não ter um final feliz?
(X) Sim

Está de acordo que me sentirei no direito de mudar algo em seu personagem se isso for necessário para o melhor desenrolar da história?
(X) Sim


Ficha: The Diary — Kaden Vincent Lawson
FICHA ACEITA
『Personagem escolhido:』
Par da Savanna

『Nome:』
Kaden Vincent Lawson

『Apelido:』
Não possuí

『Idade:』
18 anos | 10/01

『Aparência:』
[{\Harry Styles/}]


Kaden é dono de belos olhos verdes, que podem variar de tons quando está triste ou com raiva. Seus cabelos são volumosos e cacheados, da cor do chocolate, que estão constantemente desarrumados. Quando sorri, duas covinhas aparecem dos dois lados de seu rosto. Algo que também chama muito atenção em Kaden, é o seu maxilar afiado. Lábios grandes, cheios, e róseo. Sua pele é clara, mas não chega a ser branco, um nariz desproporcional, fino e arrebitado está encaixado em seu rosto.
Seu corpo é bastante grande, contendo músculos, tendo 1,84 de altura, e 70kg, massa corporal.

『Personalidade:』
Dono de um humor único, Kaden está sempre com um sorriso no rosto, sempre causando gargalhadas entre seus colegas e amigos pois nunca perde o senso. Adora desafios e não desiste até cumpri-los, sendo bastante determinado e insistente, faz o possível para conseguir o que tanto almeja, porém, Kaden não é de jogar sujo, seja em algum jogo de cartas a esportes, ele sempre prefere ser sincero e pensa que com a honestidade se ganha tudo. É muito comunicativo, do tipo que não cala a boca por 1 minuto, surpreendentemente o faz parecer que está sempre inventando assuntos e histórias.
É bastante inteligente e possuí raciocínio rápido. Sabe usar muito bem suas palavras nos certos momentos, tem a mente aberta a tudo e debate sobre qualquer coisa, sem se importar se vão gostar de suas opiniões ou não. Se adapta facilmente a novos lugares, por isso é curioso e está disposto a tudo para saciar seus desejos e vontade de conhecimento.
É muito ansioso e costuma ser impaciente com as coisas, do tipo, quer as coisas na hora em que o mesmo pede, o que faz com que um lado mimado e totalmente desconhecido exale dele, mas Kaden sempre faz o possível para esconder isso, já que odeia pessoas mimadas, pois Kaden aprecia a vontade de conquistar as coisas por si próprio. Em muitos momentos pode se tornar uma bomba, prestes a explodir. Se irrita facilmente com coisas fúteis, mesmo tentando ao máximo controlar seus sentimentos, poucas das vezes consegue controlar a fúria, e por fim acaba falando coisas que não deveria, fazendo coisas que não eram pra ter sido feitas, age no calor do momento e acaba se arrependendo depois. Não é submisso e muito menos covarde, pelo contrário, detesta pessoas assim. Quando se sente "ameaçado" por alguém, gosta de encara-lo frente a frente, comprando briga sem pensar nas consequências depois. Apesar disso, não suporta brigas, e como já dito antes, tenta ao máximo controlar seus impulsos.

『História:』
Filho de um grande Escritor da época, e de uma grande empreendedora, fruto de uma relação passageira. Nasceu no dia 10 de Janeiro, em Londres, e antes mesmo que ele tivesse a chance de vir ao mundo, seu pai havia tentado o abortar, mas foi impedido por Emma, sua mãe. Obviamente que ela havia ficado desesperada sobre ter seu primeiro filho, ainda mais porquê ele também seria filho de um homem com quem ela havia visto somente uma vez. Emma e John, conseguiram se reconciliar depois de alguns meses de gestação da mulher. O filho ficaria sob a guarda da mãe, enquanto John daria coisas materiais a criança.

Seu parentes, todos de personalidade normais, acharam desde cedo o garoto esquisito. Sua primeira palavra foi "nojo" ao ver um menino de poucos anos sujo. Isso foi sua primeira demonstração da síndrome de TOC. Durante a escola, sofria bullying por causa de seu transtorno, pois sempre foi organizado demais com suas coisas e ao ver algo que não estava de acordo, ele simplesmente se enfurecia.

Mesmo com os pais separados, Kaden sempre teve uma boa relação com ambos. Morava junto com sua mãe em uma casa aconchegante quase que no final de Manhattan, mas decidiu morar sozinho quando completou 17 anos. Estudou junto com Savanna durante boa parte do ensino fundamental, porém só foi se tornar seu amigo, e namorado, durante o ensino médio.

『Sobre o personagem:』
Gostos: Salgado | Ler — livros antigos, de contos e ficção | Café
Organização | Conhecer novos lugares | Fotografar | Conversar
Caminhar | Matemática — ele ama tudo o que envolve números | Navegar na Web

Desgostos: Doces | Falso moralismo | Toucas | Bebidas alcoólicas
Cigarros | Barulho | Desordem | Drama | Dormir | Calor excessivo

Hobbies: Cantar | Desenhar

Curiosidades: É vegetariano;
É alérgico a qualquer tipo de frutíferos e panos de seda;
É fã da banda The 1975;
Possuí uma coleção de chaveiros;
Tem TOC;
Odeia bagunça, sempre tenta deixar tudo em ordem;
Faz aulas de Frânces três vezes semanalmente;
Tem um cachorro São Bernado, chamado de Alpha;
Possuí Batofobia — medo de profundidade; Pirofobia — medo de fogos de artifício, e Gefirofobia — medo de pontes e viadutos;
Mora em um prédio de 5 andares, e todas as dispesas, bens materiais, curso de Frânces, etc, são pago por seus pais.

『Seu personagem tem algum segredo confidencial?』
Não possuí.


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...