~yourbook

yourbook
Quem lê, viaja...
Nome: Your Book
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: Indisponivel
Idade: Indisponivel
Cadastro:

Você vive em mim, mais do que alguém possa imaginar...


Postado

Você vive em mim, mais do que alguém possa imaginar...

O fato de você existir torna tudo tão magnífico, porém, não poder tocá-lo torna tudo tão doloroso. Entenda, não quero me fazer de vítima ou deixá-lo comovido. Longe disso! Apenas não sei como alguém pode provocar um turbilhão de sentimentos em uma única pessoa, sem nem ao menos lhe dirigir a palavra.
É doloroso ver que há alguém ao seu lado, mas esse alguém não faz nem a centésima parte do que eu faria. Ver que não lhe dá o valor suficiente que merece. Mas principalmente, não lhe ama. Todos vêem. Mas lembre-se, quando estiver ao lado dela, eu posso te amar mais do que isso!
Tem o olhar tão doce, puro, semblante angelical e ao mesmo tempo sexy e selvagem. É forte, por dentro e por fora. Não entendo como seus gostos são tão diferentes. Diferente em termos do sexo oposto.
Sei que quando nossos olhares se encontram por alguns segundos é apenas coincidência. Sei quando me olha, pra você sou apenas mais uma pessoa comum e normal. Mas quando eu olho pra você, é como se meu mundo se resumisse em apenas uma imagem. A sua.
Me encanta o modo como morde o lábio repetidas vezes. Quando seu masseter ressalta quando o contrai. Como qualquer roupa fica perfeita no seu corpo. Quando sorri e em seguida gargalha. Quando olha tão inocentemente já sendo um adulto. Quando respira fundo e em seguida olha pra baixo fitando o chão. Quando suspende a sobrancelha direita, é tão sexy. Ou quando fica olhando para o nada esperando o tempo passar.
Me surpreendo comigo mesma quando você chega perto. Explode um frenesi de sentimentos tão intensos e tão difíceis de explicar. A boca seca, mãos soam, palavras travam, o modo "boba" é acionado com sucesso, meu coração acelera em um ritmo incontrolável. Suas batidas são tão rápidas que algumas vezes são audíveis, como um cavalo a galope.
Porque muitas vezes não desistimos de sonhos, mas desistimos do amor? O amor é como as estações do ano, às vezes quente, às vezes frio, às vezes confortável como as roupas do Outono. E por vezes florido como a época primaveril.
Caso esfrie basta nos cobrirmos com a lã mais quente, nos manterá aquecidos por mais tempo. Caso esquente, podemos abrir mão de algo que nos cubra e nos esconda. Mas nada são flores e nem tudo é um deserto. Não existe uma rosa que nunca murche e nem um Saara que dure para sempre. Tudo que temos na vida é passageiro, basta saber a hora de embarcar na viajem certa...
Nós seres humanos fantasiamos tantas coisas que nunca acontecerão. Principalmente no quesito "amor". Tantas conversas, tantos momentos, tantos "Eu te amo". Fantasiamos para um único fim. Fugir da realidade. A realidade é dura, desconfortável e dói. No momento em que embarcamos na viajem da fantasia no mundo paralelo ou no universo alternativo que criamos e damos vida em nossa mente, o mundo por lá é mais tranquilo, acolhedor, confortável, todos os sonhos se realizam e podemos finalmente ser livres. Mas sabe, fantasias são por vezes ruins, mas pode ser boas de vez em quando. Pelo menos ensaiamos para quando acontecer. Estaremos preparados. O que cura é saber que nada é eterno. Da mesma maneira que nem todo sorriso dura para sempre, o choro não é eterno. Ninguém sabe do amanhã... Dias melhores estão por vir...

Escutando: Bubbly - Colbie Caillat

Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...