~yourgrace

yourgrace
.+just kidding
Nome: .¸¸.*♡*.yourgrace.*♡*.¸¸.
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Andradina, São Paulo, Brasil
Aniversário: 18 de Maio
Idade: 15
Cadastro:

Half-Blood


Postado


❝Peace ☮ ❅ will wina n d fear [/will] ♆ lose ♆❞


●▬▬▬▬๑۩۩๑▬▬▬▬▬● Nome ●▬▬▬▬▬๑۩۩๑▬▬▬▬●
➵ Markus ❝Mark❞ Elliot Bennet.
• Markus significa dedicado a Marte.
• Elliot significa “o Senhor é meu Deus”, “Jeová é meu Deus”.


●▬▬▬▬๑۩۩๑▬▬▬▬▬● Idade ●▬▬▬▬▬๑۩۩๑▬▬▬▬●
➵ 19 anos de idade, nascido no dia 12 do mês de Janeiro, às 07h35min, sendo pisciano.


●▬▬▬▬๑۩۩๑▬▬▬▬▬● Parente divino ●▬▬▬▬▬๑۩۩๑▬▬▬▬●
➵ Netuno.


●▬▬▬▬๑۩۩๑▬▬▬▬▬● Aparência ●▬▬▬▬▬๑۩۩๑▬▬▬▬●
➵ Vênus parece gostar muito do garoto, porque não haveria outro modo de tal criatura ser tão bela senão uma benção da deusa do amor. Os olhos parecem ser duas bolas de gude de tão redondos e belos, com a cor do céu, um azul encantador e apaixonante, claro quando ele está calma, escuro quando ele está estressado. O seu maxilar é um tanto demarcado, dando-lhe um ar sexy, o queixo é um pouco arredondado. O menino não costuma a "fazer as sobrancelhas", por tanto elas são grossas e escuras, com alguns pelos perdidos, mas que não unem-se em uma monocelha. A boca é relativamente pequena, com os lábios finos e macios, em um tom rosado. O nariz pode ser considerado fino, talvez em um tamanho mediano, assim como as orelhas, que não chegam a ser abanas, mas também possuem um pouco de comprimento. Os cabelos são escuros, um castanho quase preto, estes estão sempre aparados e posicionados em um topete bem trabalhado. Em relação ao seu físico, o menino mede 1 metro e 68 centímetros, ou seja, Mark não cresceu muito, pesa 70 kg, porém, grande parte desse peso está relacionado ao peso da massa magra, massa muscular, com um corpo consideravelmente "sarado". O seu cheiro característico é menta.



[Dylan Sprayberry]

●▬▬▬▬๑۩۩๑▬▬▬▬▬● Personalidade ●▬▬▬▬▬๑۩۩๑▬▬▬▬●
➵ Markus é, realmente, uma pessoa amável. Gentil, o menino faz de tudo para tratar a quase todos com o máximo de educação, sendo prestativo e estando sempre disposto para ajudar um bom amigo. Como se Minerva gostasse de Markus, o garoto é justo, mas, detesta ser julgado, fazendo o seu melhor para que nunca diga algo sem muito sentido, acusando os outros sem provas. A imaginação do menino é fértil, ele mais parece uma criança de sete anos filha de Vulcano; sua imaginação combinada com sua criatividade, lhe dão bastante fonte para que o mesmo tenha um raciocínio rápido e uma lógica boa. É um bom ouvinte, ele está sempre a disposição para ajudar e escutar, como um bom conselho e um bom ombro amigo. O menino pode não ser o mais popular de todos os campistas no acampamento, pode não ser o mais famoso e não ter muitos amigos, porém, aqueles o fazem companhia são, em grande parte do tempo, mais felizes. Mark tem a incrível capacidade de estar sempre aumentando a autoestima das pessoas, as colocando para cima, mostrando-se uma pessoa que acredita nos demais.
O termo "ultra popular" não aplica-se ao menino, ele não é um semideus de sucesso, apesar de ser filho de Netuno e ter grandes poderes e tudo mais, ninguém lhe dá muita atenção. Mesmo que não seja famoso no acampamento, o menino é muito prestativo, ajudando no que é possível. Se fosse participar de uma missão ele, com certeza, seria uma incrível mão-na-roda. Markus faz o tipo de pessoa ao qual você pode contar um segredo, porque o jovem é de inimaginável confiança. A fidelidade do garoto é uma de suas melhores, se não a melhor, características; o menino é tão leal e fiel , que estes acabam até mesmo por se tornarem os seus defeitos mortais.
Depois de ter descoberto ser um semideus, a insegurança que o garoto tinha quando era mais jovem sumiu instantaneamente, ele passou a ser alguém comunicativo e amigável, sendo assim, alguém com quem você facilmente faz uma amizade. A sua simpatia conquista qualquer, por possuir uma eloquência e, quando começa a falar, parece que nunca mais parará falar, uma pessoa sem papas na língua. Mark quase sempre sabe o que falar, o menino é muito sábio, mesmo que não aparente ser. Ele nunca deixa ser colocado para baixo, muito otimista, pensamentos positivos ocupam grande parte dos seus pensamentos.
Desde muito pequeno, o menino aprendeu a se adaptar às coisas, constantes mudanças de escolas fizeram com que o garoto não se apegasse aos lugares; porém, o mesmo não acontecia com as pessoas. O menino tem a maior "coleção de pessoas" que alguém poderia ter. Compreensível, ele entende os dois lados da história, não incomoda alguém quando este não quer ser incomodado, não faz perguntas insensíveis nas horas erradas.
O jovem possui um lado muito calmo, o seu lado mais romântico, onde, em seus dias tranquilos, a sua alma encontra-se livre e ele só quer ficar sentado na areia, vendo as ondas do mar. Esses são os dias em que o menino está mais avoado, os dias onde ele fica um pouco lerdo, perde o seu raciocínio "rápido" passa a ficar lento e o menino adquire as características "lerdas". Contudo, na vida do menino não há depressão e, mesmo que tudo fique mais lento, ele não deixa de ser enérgico como é.
Mark é sensível, não gosta que falem mal dos seus amigos, que cutuquem feridas abertas. Ele é sonhador e, para um sonhador, a pior coisa que se pode haver, são pessoas que destroem seus sonhos. Embora o menino adore seguir a sua intuição, ele também é um tanto influenciável em suas decisões, tanto que, muitos o consideram uma pessoa indecisa. O menino, apesar de ser assim, uma pessoa adorável e cheia de energia, também é alguém que guarda mágoas, principalmente quando essas mágoas são geradas por um amigo. Ele dificilmente perdoa quem o magoa. O menino, por possuir uma benção de Afrodite, é facilmente seduzido e, quando perto de uma garota bonita, mesmo que seja involuntário, ele dá um sorriso de canto um tanto quanto malicioso. Um pouco preguiçoso, o jovem detesta acordar cedo e, muitas vezes acaba por se atrasar para os seus compromissos, distraindo-se com até mesmo chão pela manhã.



●▬▬▬▬๑۩۩๑▬▬▬▬▬● História ●▬▬▬▬▬๑۩۩๑▬▬▬▬●
➵ Jennifer havia acabado de se formar em biologia marinha, ela tinha iniciado o seu primeiro ano como bióloga oficial, com seu diploma e tudo mais. Como seu primeiro trabalho, ela iniciara em um dos aquários da sua região, perto da praia, um dos seus lugares favoritos. A mulher era tímida, tivera dificuldades em se relacionar com os demais membros da equipe e, se não fosse por um cara alto com olhos azuis como o oceano e cabelos negros como a noite, Jen não teria ao menos dito algo além de um "olá" ou um "tchau" para os seus colegas.
O homem que fora simpático com ela chamava-se Charles Netuno, mas preferia ser chamado de Netuno, ele estava fazendo um projeto com o Aquário Municipal e pretendia recolher alguns dados antes de retornar para a sua cidade. Ficaria por curto tempo, quatro meses no máximo.
Quatro meses podem parecer pouco, mas significaram muita coisa para Jennifer. Principalmente quando, na época, o mar estava calmo.
Ela o conhecia há tão pouco tempo, mas já sentia como se fossem amigos de infância. Charles era amistoso e bem-humorado, sempre com o sorriso nos lábios, o que a fazia a jovem suspirar por ele. Com o passar de algumas semanas, Netuno deu um jeito de encaixá-la em seu projeto, agora ela era parte de sua equipe e tinha que passar grande parte do seu tempo ao lado do homem, pois agora ele era como o seu chefe. Mas, isso ela adorava. Aliás, quem não adoraria passar horas ao lado de alguém tão feliz como aquele cara?
Com um mês trabalhando juntos, a mulher recebera uma caixa de bombons de licor e um bilhete a convidando para sair. Se hesitar, ela aceitou. E aquele foi o melhor encontro de toda a sua vida. Charles Netuno havia lhe enviado aquela caixa e, como local para um primeiro encontro, ele escolhera o pier, o lugar preferido da infância de Jennifer. Estar ali era como estar no céu, o fim da tarde daquele dia ficaria na sua cabeça por toda a eternidade (se bobear, Mandy anida tem a caixa dos bombons guardada).
A partir daquele dia, pelos próximos dois meses e vinte e cinco dias, eles viveriam o melhor romance de todos, típico romance inglês que daria um filme e, originaria um fruto sincero do amor, que receberia o nome de Markus.


Quando descobrira estar grávida, pode-se dizer de que já era "tarde demais", porque agora Charles Netuno já estava de volta ao lugar de onde viera. A menina ficou apavorada, ela não sabia o que fazer, tudo o que fazia para tentar contatar o pai do garoto dava errado, como ela poderia carregar aquele "fardo" sozinha? Eram coisas demais para a sua cabeça. Graças aos deuses (ou não), um colega de seu trabalho, chamado John Joshua Jackson, ou JJ, lhe deu forças para continuar.
Durante a gestação de seu filho, ela levou oito meses para descobrir o nome que daria ao seu filho e, no fim, com a ajuda de John, ela decidiu por colocar Markus, com o segundo nome sendo Elliot. O menino nasceu forte, era um bebê bonito e grande, com os cabelos escuros da mãe e os olhos azuis do pai, belo, muito belo. Só que ele dava muito trabalho, chorava por demais durante a noite, o que dava apenas algumas horas de sono para Jennifer.
Quando Mark completou um mês, Netuno apareceu para Jennifer em um dos seus sonhos, a mulher gostaria de poder bater no homem até que seus membros ficassem roxos por tamanha agressão, mas ela não o fez, apenas ficou quieta e viu aquele que desgraçou a sua vida, lhe contar o destino de seu tão jovem filho. Até a criança completar um ano, Jennifer sempre a olhou com indiferença, porém, depois das primeiras palavras do garotinho serem "mamãe" e "titi J", ela passou a o olhar com outros olhos, os olhos do amor.
Por ser bióloga, a casa sempre tinha um cheiro forte de mar, o que encobria o odor de semideus do menino e o protegia. Porém, mesmo assim coisas estranhas costumavam a acontecer com o menino, ele sempre se metia em alguma confusão na escola, provocando ataque em cavalos, estragando/derrubando a água ou o suco dos seus amigos, tirando notas baixas em todas as matérias, menos em latim (lhe deram a opção de escolher entre uma matéria extracurricular), como o seu TDAH não possibilitavam que o garoto ficasse muito em um lugar e etc. Assim como sempre que iniciava em um curso de natação, os professores acabavam por odiar o menino e o sobrecarregar com treinos forçados.
Mesmo que o menino tivesse vários problemas, ele ainda era o preferido da diretora Vânia (lê-se essa deusa mesmo que tu pensou), sempre acabava por receber privilégios e até mesmo prêmios, o que irritava algumas garotas de sua escola, garotas que tinham inveja do mesmo, sempre almejando o seu lugar. Porém, ele não dava muita bola para essas coisas.

Tinha treze anos quando, em suas férias, fora passear com a mãe em seu pier favorito (o mesmo em que ela conhecera Netuno), durante todo o passeio, ele sentia estar sendo observado. E realmente estava. Enquanto voltava para casa, sua mãe pedira para que ele esperasse que ela iria comprar um sorvete, ele esperara.
Então, as meninas apareceram, as mesmas que o odiavam, começaram a provocá-lo e, de repente, ganharam uma forma assustadora, transformaram-se em Erínias. Atordoado, ele correu enquanto gritava por ajuda, mas já era fim de tarde e não havia mais ninguém no pier, então ele correu feito louco até as margens do mar, tentando se esconder. Infelizmente, as aberrações o encontraram e, se não fosse pela espada de plástico que pesara em seu bolso, o menino já estaria morto.
A espada que ele havia ganhado um dos jogos em uma feira perto do píer, transformara-se realmente em uma espada, a espada que salvou a vida do garoto. Com a lâmina ele destruíra uma das irmãs, com uma lapa de madeira, matara a outra e, quando já não tinha mais forças, fora ferido pela terceira, que o lançou erroneamente no mar. Quando seu corpo entrou em contato com a água, Mak sentiu-se forte para detonar com a terceira.
Dali em diante, todos sabiam a existência de um semideus filho de Netuno.


A notícia de ser um semideus, filho de um deus romano, abalara um pouco o garoto. Porém, a pior parte fora descobrir a necessidade de deixar a sua casa e ir para o acampamento.
Ele, depois de não ter muitas opções, acabara por ir ao acampamento , mas não sem antes passar duas semanas na mansão de pedra, localizada em Sonoma Valley. Na mansão de pedra, Lupa (a deusa loba) testara o garoto, fazendo com que o mesmo enfrentasse uma série de desafios antes de ser aprovado para o Acampamento Júpiter. Mark quase fora reprovado, mas, depois de ver potencial no garoto, Lupa e sua matilha o admitiram como semideus.
No início, ele estranhava os Jogos de Guerra e também não conseguia socializar-se com os demais campistas pois, a maioria deles tinha um ar de importância, de grande valor. E, por ser filho de Netuno, todos também esperavam algo a mais do garoto. Com dois anos no acampamento, ele passou a se acostumar com os jogos e os campistas, fazendo amizades, porém, nunca chegou a ser um filho de Netuno forte e memorável como o esperado.Está no acampamento desde seus 14 anos, completando cinco anos, mas nunca entrou em uma missão.



●▬▬▬▬๑۩۩๑▬▬▬▬▬● Arma ●▬▬▬▬▬๑۩۩๑▬▬▬▬●
Lumen (ou simplesmente luz), a primeira espada a qual o garoto usara durante o ataque das Erínas, desde então, ele nunca mais a largou para trás.



●▬▬▬▬๑۩۩๑▬▬▬▬▬● Família ●▬▬▬▬▬๑۩۩๑▬▬▬▬●

[Cobie Smulders]
❖ Jennifer Mandy Bennet ❖ 39 anos ❖ Mãe ❖
➵ Sua mãe é, simplesmente, tudo para ele. Jennifer é a presença de mãe e pai, é o amor, o conforto, o carinho. Esta mulher adorável, com um humor até que cômico, de tia do pavê, é o porto seguro de Mark. Ela é sua mãe, portanto, ele não tem o que reclamar. Mesmo que, durante um ano, Jenny tenha negado o garotinho, ela é a única pessoa da qual Mark nunca guardaria mágoas, já que ela sempre esteve ali para o apoiar, ela é o pilar que sustenta a sua estrutura. Estar com a mãe no píer é o seu passa-tempo favorito.


[Ryan Reynolds]
❖ John Joshua Jackson "JJ" ❖ 41 anos ❖ Namorado de sua mãe ❖
➵ Mark sempre viu John como o seu tio, desde muito pequeno o menino mantém uma boa relação com ele, tanto, uma de suas primeiras palavras foram "Titi J". Portanto, é estranho para o menino ver seu querido tio JJ tendo um relacionamento amoroso com a sua amada mãe. Porém, Markus super apoia a relação dos dois, tanto que, quando tinha seus 17 anos, ajudou John a fazer o pedido de namoro para Jenny. Em geral, eles possuem uma ótima relação e, o homem chega a ser mais um pai do o próprio Netuno para o garoto. Se ele tivesse que escolher alguém para ser o seu pai, com certeza seria John.


●▬▬▬▬๑۩۩๑▬▬▬▬▬● Relação com ●▬▬▬▬▬๑۩۩๑▬▬▬▬●
☆:*´¨`*:.•.¸¸.•´¯`•.♥ Par ♥.•´¯`•.¸¸.•..:*´¨`*:.☆
➵ Markus fica mais feliz e mais carinhoso ainda quando está perto de seu par. A garota dona do seu coração é uma pessoa de muita sorte, porque o menino é um romântico incontrolável. Não pense na relação deles como algo extremamente meloso, mas sim, em algo harmônico. Pode pensar nos dois como o casal "paz e amor", se quiser, porque eles realmente se darão bem. Mark é o tipo de pessoa que coloca todos de pé e, com o seu par, não seria diferente. Nos seus dias de ondas calmas, o garoto gosta de dizer palavras belas, encaram o sorriso da garota e dizer, a cada momento, como a ama. Com o seu par, ele repete as três palavras chaves nos piores e nos melhores momentos, para ter certeza de que ficará claro como ele ama tal pessoa.
Achar que é exagero o tanto de vezes que ele diz que a ama, é ser insensível, porque ele só diz que ama alguém quando ela é realmente muito importante. Por exemplo, para dizer o seu primeiro "eu te amo" para a jovem, ele precisou ter certeza de que realmente a amava.

☆:*´¨`*:.•.¸¸.•´¯`•.♥ Outros semideuses da Profecia ♥.•´¯`•.¸¸.•..:*´¨`*:.☆
➵ Fiel aos garotos e as garotas da profecia, eles são os seus melhores amigos. Mesmo que ele se dê bem com uns e não muito bem com outros, eles são como os irmãos que Markus nunca teve. Em geral, a relação é muito boa, porque o menino é o conselheiro, o ombro amigo, o otimista, que sempre acrescenta um pouco de força e motivação para que os jovens continuem com a farda missão.

☆:*´¨`*:.•.¸¸.•´¯`•.♥ Outros ♥.•´¯`•.¸¸.•..:*´¨`*:.☆
➵ Ele é o mesmo de sempre, simpático e amigável, sempre animado e contando suas ideias, seus sonhos. Os que veem o jovem, pensam que ele realmente é feliz, já que ele demonstra a sua alegria com um belo sorriso. Gentil e prestativo, quando não está com preguiça, o menino faz questão de ser útil e ajudar a todos que pode. No geral, uma ótima relação que mantém com aqueles os quais não se relaciona por demais.

●▬▬▬▬๑۩۩๑▬▬▬▬▬● Uma roupa para a missão●▬▬▬▬▬๑۩۩๑▬▬▬▬●

●▬▬▬▬๑۩۩๑▬▬▬▬▬● Trairia o grupo ou deuses? ●▬▬▬▬▬๑۩۩๑▬▬▬▬●
➵ Não, nunca. Uma das melhores qualidades do garoto é ser leal, ele é tão leal ao seu grupo que, esta acaba por se tornar um dos seus piores defeitos, um defeito mortal.


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...