~YozoraCross

YozoraCross
Zora
Nome: Bárbara Noleto
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: 20 de Abril
Cadastro:

Ficha: Running, Crying and Loving


Postado

Nome Completo:
Julieta Notelo Montechio
Julie, abreviando
Nutella (Notelo... Nutella... Zueira never ends)

Idade:
16

Aparência
Rin Shibuya – Cinderella Girls
Sua aparencia muitas vezes mascara sua idade, muitos dizem que ela é uma criança, mas eles não sabem nada sobre ela. Julie tem longos cabelos castanhos lisos e olhos verdes, baixinha (1,58), magra e com lindas pernas e bunda, mas complexada por não ter muito peito e achar que nenhum garoto vai achar ela atraente por causa disso.
Julie tem lindas curvas, apesar de ter seios relativamente pequenos (por conta disso acha que nenhum garoto vai acha-la atraente). Seus longos cabelos chamam atenção por onde ela passa. Seus olhos verdes refletem a ingenuidade de uma criança. Frequentemente chamada de “baixinha”, Julie acha sua altura um charme, ela costuma brincar dizendo que ela não é “baixinha” e sim “compacta” pois são muitas qualidades em pouco espaço.














Personalidade:
Bastante curiosa... Sabe o personagem dos filmes de terror que ouve um barulho no meio da floresta e vai ver o que é (enquanto a gente se caga assistindo...)? Essa personagem é a Julie!
Determinada, teimosa, cabeça dura. Tem um jeito de mãe, gosta de puxar a orelha, pagar sermão, briga, bate, deixa de castigo, mas apenas faz isso com as pessoas que ela gosta ou se importa. Se irrita facilmente e desce a porrada sem pensar duas vezes.
Ela é o tipo de pessoa excessivamente enérgica e animada. Se alguém a vê conversando com um amigo, mal pode acreditar que ela se torna extremamente tímida perto de pessoas que não conhece... Claro que isso não dura muito, a vergonha desaparece com uma boa conversa ou quando ela está irritada.
É meio bruta de natureza, às vezes da tapas ou chutes que realmente machucariam uma pessoa normal, mas esse é seu modo de brincar... Também não é difícil deixá-la feliz, simples brincadeiras, séries, jogos, são capazes de fazê-la muito feliz. É bastante competitiva e faz de tudo para ser a melhor naquilo que gosta. Ainda assim é capaz de admitir e admirar quando alguém é melhor do que ela.
As brincadeiras dela muitas vezes são confundidas com flertes. É preciso ter bom humor para entender e entrar na brincadeira com ela. Isso costuma gerar muito ciúme entre as pessoas ao seu redor (tanto garotos como garotas, pois ela diria para o namorado de uma amiga “vou dormir com ela hoje, morra de inveja” antes de uma noite do pijama, por exemplo). “Intimidade” é uma palavra com a qual ela não está muito familiarizada.
Mas não se deixe enganar pelo jeito brincalhão dela. Cresceu com 3 irmãos ciumentos, então nunca teve um namoro nem nada do gênero. Pode ser classificada como uma garota difícil, quando se trata de paquera. Sempre que alguém se apaixona por ela, ela acaba por se afastar e tenta não abrir brechas. Mas o fato é que ela nunca se apaixonou. Ela nunca percebe que alguém está a fim dela, se essa pessoa não se declarar, não importa quantas cantadas ela recebe, ela vai sempre acreditar que e tudo parte de uma brincadeira.

Gostos
Comidas doces ou azedas
Brincadeiras em grupo
Jogos de raciocino
Assistir o por do sol
Ler, escrever e desenhar

Desgostos
Mentiras e ignorância
Roupas muito coloridas
Preconceitos
Pessoas falsas ou metidas
Valentões
Coisas muito salgadas, fritas ou gordurosas
Garotas mimadas

Relação com os Sakamakis:
~Shu Sakamaki: Por ser muito na dele e não gostar de barulho ou incômodos, ele não tem muita paciência com ela devido a sua hiperatividade e seu jeito exageradamente amigável de ser. Entretanto, parece que a atração deles pela música é maior do que seus desentendimentos, eles até gostam de tocar juntos (ele piano e ela flauta), pois dizem que apenas alguém que entenda de música é capaz de ajudar a melhorar.
~Subaru Sakamaki: O silêncio dele a incomoda, o barulho dela incomoda ele. Mas eles não se desgostam. Quando ele está de bom humor, são até divertidos. Ela consegue fazer com que ele se acalme tocando flauta e ela consegue se sentir segura perto dele. Ela diz frequentemente pra ele “cão que ladra não morde” e ele responde irônico “já viu vampiro não morder?”.
~Raito/Laito Sakamaki: Zomba dela o tempo todo, dizendo que ela e tábua e não tem peitos. Ela fica muito irritada, emburra, cruza os braços e faz bico. Entretanto, ele gosta de ver essas reações, acha muito engraçado. E por isso ele implica com ela mais ainda. Mas eles tem alguns momentos de calma, pois apesar de tudo, ele não consegue ser cruel com uma dama triste.
~Kanato Sakamaki: Ele a odeia profundamente, pois ela tem pena dele (ela nunca falou, mas ele sente). Ela acha que ele é só uma criança triste e mal compreendida. Quando ela tenta falar com ele, ele grita e a ameaça. Mas isso não a intimida, pois ela acredita que ele realmente precisa de ajuda. Ela só não tem ideia de como fazer isso.
~Ayato Sakamaki: Se dão super bem, respondem um no nível do outro, fazem o mesmo tipo de brincadeiras e com o tempo se tornam amigos, confidentes e parceiros. A amizade deles é tão grande que seus pares sentem ciúme quando eles estão juntos. Mas sabe aquele tipo de amizade que nem se pensa em transformar em algo mais.
~Reiji : Ele zomba dela o tempo todo, diz que música não é uma verdadeira área da ciência, que é perda de tempo ler sobre coisas assim, mas sem deixar ninguém saber, ele escuta atentamente todas as vezes que ela toca. Mas fazer o que? Fazer bullying é tãaaao divertido...


Relação com os Mukamis
~Kou Mukami: Sua ingenuidade as vezes a cega, mas ela tem um sentimento ruim em relação a ele, como se ele escondesse algo muito ruim por trás de todos aqueles sorrisos. Ainda assim, ela tenta se enturmar, conversar e tudo mais, mas sem deixar ele ser parte da sua vida particular.
~Azusa Mukami: Tem uma vontade enorme de ajudá-lo, se sente mal quando vê novos cortes em seus pulsos. Por isso, se aproximou dele e passaram a se dar bem, ela tenta sempre fazer com que ele veja o lado bom das coisas.
~Yuma Mukami: Primeiramente, acreditava que ele não ia com a cara dela pois sempre era muito grosso e bruto. Depois de perceber que ele, na verdade, é assim com todos ao seu redor, ela passou a tentar puxar assunto com ele, principalmente pela curiosidade de conhecê-lo melhor. Se descobriram amantes da natureza e passaram a se dar bem.

Par
Ruki

Relação com seu par antes:
Ela tentava se aproximar como de todos os outros, mas ele bloqueava todas as tentativas dela, o que a deixava frustrada. Mas ela vivia tropeçando e caindo pelos cantos e era ele quem sempre aparecia para ajudá-la. E ele podia até dar cascudos nela, dizer que ela era um problema, mas se ela precisasse, ele era o primeiro a aparecer.

Relação com seu par depois:
Um dia, andando pela rua, ela fui atacada com um estranho que a arrastou para um beco escuro e tentou estupra-la, ele apareceu e impediu antes que qualquer coisa acontecesse e ela o abraçou e chorou. Nesse momento ele se tornou mais consciente dela, preocupado com ela e ciumento também ao perceber sua relação com os outros garotos da casa.

Tem algum talento?
Ama música, estudou composição, melodia, ritmo... absolutamente tudo que possa ser relacionado com musica
Além de compor músicas, canta muito bem e toca flauta transversal

Você quer hentai?
Sim, claro, obvio, lógico, eu não desperdiçaria essa chance nem se o apocalipse chegasse!!

Gravidez? Depois do casamento claro! :D
Sim!! O instinto maternal dela não deve ser desperdiçado kkk

Como você age com as outras meninas da casa?
Com o tempo ela passa a ver as garotas como irmãs mais novas e passa a fazer o máximo para ajuda-las, apoia-las e protege-las. Isso pode incluir enfrentar qualquer coisa/pessoa mesmo que arrisque sua própria vida. Ela é a amiga conselheira, psicóloga e compreensiva que sempre tem o ombro disponível para quem precisar desabafar. Guarda segredos como ninguém. Uma vez que você conquista sua amizade, poderá contar com ela para sempre. Ela também entende que elas não querem estar ali tanto quanto ela. Tenta deixar o ambiente mais animado sempre que possível, pois não gosta de ver as pessoas ao seu redor tristes
Sabe aquela amiga que está sempre tentando fazer as outras rirem? Essa é a Julie!

Tem algo a acrescentar?
Sim!! Ela tem um gato preto de olhos azuis chamado “kuro” (preto em japonês)



Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...