~zack-uchiha - Clan Akatsuki

zack-uchiha
Soldier
Nome: Ártemis
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Joinville, Santa Catarina, Brasil
Aniversário: 7 de Janeiro
Idade: 20
Cadastro:

Fanfic


Postado

Fanfic

Fanfiction, fanfic ou apenas fic é uma narrativa ficcional, escrita e divulgada por fãs em blogs, sites e em outras plataformas pertencentes ao ciberespaço, que parte da apropriação de personagens e enredos provenientes de produtos midiáticos como filmes, séries, quadrinhos, videogames, etc, sem que haja a intenção de ferir os direitos autorais e a obtenção de lucros. Portanto, tem como finalidade a construção de um universo paralelo ao original e também a ampliação do contato dos fãs com as obras que apreciam para limites mais extensos.


SURGIMENTO

Com a popularização da internet, no final dos anos 90, muitos escritores deste tipo de literatura encontraram uma forma mais prática de atingir a outros fãs e pessoas com os mesmos interesses. Com o avanço dos mecanismos de busca se tornou mais prático encontrar sites dedicados aos fanfics. Embora uma grande parcela desses sites aborde um único personagem ou "gênero" (por exemplo: fanfic sobre mangá), existem outros que possuem textos de vários gêneros, bem como traduções de histórias em outras línguas.
O surgimento dos primeiros fanfictions, contudo, de acordo com Vargas 2005 advêm muito antes da concretização da web. Surgiram, nos EUA, na década de 70, com a publicação de histórias em fanzines, as quais eram tributo à série Jornada nas estrelas. No Brasil, a veiculação e a escrita dessa literatura só se concretizou mediante a publicação e adaptação para o cinema da obra Harry Potter e a Pedra Filosofal.
Além de sites dedicados à armazenagem de fanfics, com o desenvolvimento de ferramentas de publicação de texto mais práticas (como os blogs e fóruns) foi desenvolvido um grande área de fanfics interativos, uma espécie de cruzamento entre este tipo de literatura e jogos de RPG. Os personagens destes são usualmente originais, seguindo uma história paralela a da obra original, tomando emprestados algumas situações, seus e personagens e acompanhando sua cronologia. Cada autor/jogador controla um personagem e os rumos da história são discutidos em fóruns e e-mails.
Existem diversos blogs e sites brasileiros como Spirit e Nyah, além de estrangeiros como Fanfiction.net que trabalham neste formato, inclusive comunidades do Facebook que se dedicam a postagem de fanfics.
Embora os primeiros blogs de fanfics interativos sejam dedicados a aventuras inspiradas pela série Harry Potter, atualmente se podem encontrar blogs dedicados a fics inspirados por Transformers, X-Men, bandas como o Linkin Park, One Direction, Crônicas de Nárnia, Senhor dos Anéis, Eragon, Turma da Monica Jovem, Naruto, Harry Potter, Jogos Vorazes, Crepúsculo, Supernatural, Percy Jackson e os Olimpianos, K-pop, CSI, RBD etc.
Normalmente os fanfics costumam dar a impressão de infringirem as leis sobre direito autoral, já que utilizam personagens criados originalmente por terceiros. Com exceção de casos onde os personagens já tenham caído em domínio público, as histórias que utilizem personagens ainda sob copyright podem ser proibidas por seus criadores originais. Contudo, devido ao grande número de sites na internet bem como os altos custos de um processo judicial, geralmente esse tipo de criação literária é permitida devido ao seu conteúdo ser criado por fãs, que provavelmente consumiram o produto original e não têm o intuito de obter lucro.


FAIXA ETÁRIA

Toda tabela irá possuir por sua vez um campo para classificação da sua história, ele deve ser completado apenas com a sigla da faixa etária do publico que sua fanfic poderá atingir.

Livre
São admitidos com essa classificação obras que contenham predominantemente conteúdos positivo e que não tragam elementos com inadequações passíveis de indicação para faixas etárias superiores a 10 anos, como os elencados abaixo:
Violência: Violência fantasiosa; presença de armas sem violência; mortes sem violência; ossadas e esqueletos sem violência.
Sexo e Nudez: Nudez não erótica.
Drogas: Consumo moderado ou insinuado de drogas lícitas.

+10
Os seguintes conteúdos são admitidos:
Violência: Presença de armas com violência; medo/tensão; angústia; ossadas e esqueletos com resquícios de ato de violência; atos criminosos sem violência; linguagem depreciativa.
Sexo e Nudez: Conteúdos educativos sobre sexo
Drogas: Descrições verbais do consumo de drogas lícitas; discussão sobre o tema “tráfico de drogas”; uso medicinal de drogas ilícitas.

+12
Os seguintes conteúdos são admitidos:
Violência: Ato violento; lesão corporal; descrição de violência; presença de sangue; sofrimento da vítima; morte natural ou acidental com violência; ato violento contra animais; exposição ao perigo; exposição de pessoas em situações constrangedoras ou degradantes; agressão verbal; obscenidade; bullying; exposição de cadáver; assédio sexual; supervalorização da beleza física; supervalorização do consumo.
Sexo e Nudez: Nudez velada; insinuação sexual; carícias sexuais; masturbação; linguagem chula; linguagem de conteúdo sexual; simulações de sexo; apelo sexual.
Drogas: Consumo de drogas lícitas; indução ao uso de drogas lícitas; consumo irregular de medicamentos; menção a drogas ilícitas.

+14
Os seguintes conteúdos são admitidos:
Violência: Morte intencional; estigma/preconceito.
Sexo e Nudez: Nudez; erotização; vulgaridade; relação sexual; prostituição.
Drogas: Insinuação do consumo de drogas ilícitas; descrições verbais do consumo e tráfico de drogas ilícitas; discussão sobre “descriminalização de drogas ilícitas.

+16
Os seguintes conteúdos são admitidos:
Violência: Estupro; exploração sexual; coação sexual; tortura; mutilação; suicídio; violência gratuita/banalização da violência; aborto, pena de morte, eutanásia.
Sexo e Nudez: Relação sexual intensa.
Drogas: Produção ou tráfico de qualquer droga ilícita; consumo de drogas ilícitas; indução ao consumo de drogas ilícitas.

+18
Os seguintes conteúdos são admitidos:
Violência: Violência de forte impacto; elogio, glamourização e/ou apologia da violência; crueldade; crimes de ódio; pedofilia.
Sexo e Nudez: Sexo explícito; situações sexuais complexas/de forte impacto (incesto, sexo grupal, fetiches violentos e pornografia em geral).
Drogas: Apologia do uso de drogas ilícitas.


CLASSIFICAÇÕES

Cada desafio proposto conterá uma lista dos tipos de fanfics permitidas -ou não- abaixo segue uma lista dos termos destacados ajudando na classificação correta da história.

Angst
Alemão para “angústia”. Focada na tristeza psicológica das personagens. São criadas em torno de emoções desagradáveis, como angústia, tristeza, ódio. Não necessariamente tem um clima sombrio como a Darkfic.

Caution
Se destaca pela sequência de mortes que leva até uma morte de um personagem principal no desleixo.

Crackfic
Propositalmente trash, escrachadas, feitas só para zuação. Com temática bizarra. Costuma ser de humor.

Crack Pairing ou Crack Ship
Casal sem ligação e compromisso algum com o cannon, não usual ou bizarro.

Drabble
Fanfic de até 100 palavras. Existem pessoas que postam drabbles em série, vários capítulos com esse mesmo tamanho. Mas algumas pessoas consideram Drabble, qualquer história com menos de 500 palavras. Porém em parte dos leitores é um desaforo um capítulo com menos de 1000 palavras, considerado um crime.

Double Drabble
Fanfic com um máximo de 200 palavras. Mas algumas pessoas consideram Double, qualquer história com menos de 1000 palavras. Lembrando que os leitores em sua maioria acham um desaforo.

Darkfic
Contém grande quantidade de cenas tristes, abundante em cenas depressivas e situações angustiantes. Uma história classificada como Darkfic tem uma atmosfera sombria, obscura, fria e tenebrosa, não apenas em alguns momentos.

Deathfic
Onde ocorre a morte de um ou mais personagens significativos, é o tema central. Tem como característica indispensável a morte de pelo menos um personagem principal. A inclusão do aviso na história pode ser considerada spoiler, dependendo da trama. Se, por exemplo, o/a protagonista morreu logo no começo e o enredo é sobre a investigação de como aconteceu aquilo, eu pessoalmente não considero spoiler. O assunto é polêmico, deem a opinião de vocês nos comentários.

Longfic
Se faz de maneira extensa e complexa dando ao leitor um relato mais amplo dos fatos. Fanfic de longa duração, normalmente mais de 25 capítulos e algumas vezes cada capítulo tem mais de 5000 palavras, porém não é regra. Termo semelhante, mas não idêntico a saga (+40). A história geralmente tem muitas voltas.

PWP
Tem como prioridade o sexo, o enredo é dispensável.

Saga
Fanfics com muitos capítulos; as vezes, mais de 40. Normalmente vem em temporadas, que variam de 2 a 3 fanfics. É de uso comum escrever a história dos personagens principais e ao decorrer do trama a próxima geração (que no caso são os seus filhos).

Shortfic
Inglês para “fic curta”, fanfic de poucos capítulos. Essas fanfics são como minisséries e os capítulos podem ser longos ou curtos. Porém, não tão grande como uma longfic ou uma saga, contendo um máximo aproximado (mas não consensual em todo o meio das fanfics) de dez capítulos. Os capítulos costumam não ser muito longos, parando por volta das três mil palavras, dado que também não é de comum acordo.

Songfic
Se caracteriza por uma canção, ou uma playlist que se relacione com a fanfic e aos acontecimentos. Contém música na história para complementar a narrativa, ou cujo enredo se baseie em uma letra. As vezes usam as letras da música para intercalar com a história. Na maioria das vezes a música segue escolhida pelo autor, como trilha sonora. Geralmente seu gênero é drama e são One-shots ou Shortfics.

One-Shot
Contém somente um capítulo (one-shot = um-tiro, por ser uma leitura rápida), seja ele curto e postado de uma só vez ou longo e postado em partes (ex: parte 1 e parte 2 ou ponto de vista dela em um cenário e ponto de vista dele do mesmo cenário). Fanfics que possuem apenas um capítulo devem ser atribuídas a esse gênero, podendo ser postada de uma única vez ou em vários posts separados como um seriado. Escritores de ficção original preferem o termo “conto”, porém, one-shot também é de amplo uso para a situação.

MOTW
Monstro da Semana, nem precisa de maiores explicações. Fanfic de arrepiar.

Side Story
Inglês para “história lateral”. Capítulo bônus ou história curta que narra algo paralelo à trama original ou explica algo não resolvido. Não é necessária para o entendimento do enredo principal, apenas o complementa. O que explica um fato ocorrido numa outra fic. Um capítulo que não se encaixa no meio da história original. Geralmente é de um capítulo apenas, one-shot.

TWT
“Time? What time?”, inglês para “tempo, que tempo?”. Fora da linha temporal da série. Não existe uma cronologia exata, em ordem onde a fanfic acontece, o personagem tem a liberdade de ir para o passado e para o futuro sem complicações ou mudanças (passado, presente e futuro), Sci-Fi. Pode ocorrer uma inversão, como na série de filmes Star Wars, ou ir e voltar durante a narrativa. O personagem conta algo do passado enquanto está no presente, mas normalmente coloca-se, algo como "Flash Back" indicando que voltou a certo ponto passado da história.

Waffy
Abundantes de felicidade e lugares aconchegantes, o oposto de Darkfic.


ALGUNS TERMOS RELACIONADOS A FANFICTIONS

Administradores
São usuários do site com poderes de administrar o sistema do mesmo, conforme seu tipo de canal, zelando pela aplicação dos termos e regras de envio nos conteúdos adicionados.

Bara
Subgênero do Yaoi referente ao tipo físico dos envolvidos. A palavra é o japonês para “rosa”, vinda da revista “Barazoku” (tribo das rosas, em japonês), a primeira publicação para leitores homossexuais. Os homens no Bara possuem pelos abundantes no corpo, são musculosos ou acima do peso; algumas fontes, por esse motivo, afirmam a ligação do nome do gênero com a palavra inglesa “bear”, urso.

Beta Reader
Inglês para “leitor beta”. O termo “beta”, na internet, tem uma conotação de teste ou prévia. Vem do alfabeto grego, sendo dele a segunda letra (β), correspondente ao B latino, e a primeira “alpha” (α), correspondente ao A. O “leitor alpha” é o público em si, o objetivo primário da fanfic; o beta é uma “leitura de teste” com direito a comentários para a melhora da qualidade da história. Em português, o leitor beta, ou apenas beta, exerce a atividade de betar e produz uma betagem. Um termo inglês com significado semelhante é “proofread”, “leitura de prova” ou “leitura de teste”, verbo esse usado em contextos profissionais, como editoras e redações. São usuários que participam do Fanfics e se disponibilizam a ajudar outros usuários com seus trabalhos (fanfics) no canal, indicando o que pode ser melhorado gramaticalmente, dando opiniões críticas e construtivas através de comentários e os auxiliando com suas dúvidas, referente ao canal. O Beta Reader vai observar fanfics do Canal e após entrar em contato ou ser contatado por usuários, irá fazer sugestões de mudança nos trabalhos, e se possível, auxiliar no processo de modificação. O Beta Reader apenas irá auxiliar no processo de modificações. Ele não irá intervir diretamente no trabalho do usuário. O Beta Reader pode apenas sugerir as mudanças, ou auxiliar em mudanças que o usuário queira fazer, mas não sabe como... O fanfic é de quem faz. Lembre-se, o beta é apenas um auxilio para os escritores.

Cannon
É quando a fic “segue o ‘Cânone’. Conteúdo que está plenamente de acordo com a obra original. Refere-se a fanfics que seguem fielmente a história, principalmente em termos de shippers (casais) e caracterização de personagens e acontece a alteração da história ou do rumo que ela tomaria. Ou seja, se o autor tentar ser o mais fiel possível ao enredo original, a fic é Cannon.

Capista
São usuários que se disponibilizam a criar capas de fanfics para outros usuários. O capista irá criar capas para histórias, cujo não possuam ou estão com imagens aleatórias buscadas na internet sem qualquer tipo de edição. Para entrar em contato com os capistas e solicitar capas, basta acessar o link. Nele, haverá todas as informações necessárias e as regras de como proceder com o pedido. Para que um usuário possa se tornar um capista, ele precisa passar por uma seleção, tendo conhecimento das regras do canal e ter certa experiência com editores de imagem. Esta seleção é feita sempre que há desfalque no quadro e é informada através das notícias do Spirit.

Disclaimer
Inglês para “renúncia”. Aviso que deve aparecer em toda história baseada numa obra já existente (fanfiction em geral) renunciando à autoria de qualquer coisa que não seja do escritor da fanfic. Um exemplo de disclaimer seria: “Personagens e universo original de 'Harry Potter' pertencem a J. K. Rowling; história ficcional e não-oficial escrita sem fins lucrativos”. Quem cria e desenha os personagens dos animes e mangás que servem de base para as fanfictions são os mangakas, e eles já deram os direitos de suas respectivas franquias para várias empresas ao redor do mundo. Infelizmente, os ficwriters não estão incluídos nessa movimentação monetária, o que significa que precisam deixar bem claro que não têm a intenção de lucrar ao escrever suas histórias. Para isso, usam o disclaimer e negam qualquer direito sobre a série original.

Editores de Notícias
São usuários que atuam no site, escrevendo notícias para o mesmo.

Embaixadores
São usuários que participam do Spirit e se disponibilizam a atuar como colaboradores, para auxiliar outros usuários, bem como ajudando a revelar novos talentos, conteúdos e soluções. O Embaixador é um usuário voluntário que é responsável por auxiliar os usuários novatos que tenham dúvidas e precisem de ajuda; divulgar o Spirit em outras redes sociais, sites e eventos, promovendo a ampliação da rede; zelar pela rede e garantir a manutenção de um ambiente de convivência saudável nos canais; manter uma postura amigável e orientar os demais usuários em quaisquer necessidades.

Fandom
Inglês para “domínio de fã”. Tudo o que diz respeito ao grupo de fãs de uma história e sua produção (fanfics, fanarts, cosplays, piadas internas, etc).

Equipe
A equipe do Spirit é composta inteiramente por pessoas voluntárias, que dedicam parte de seu tempo livre para ajudarem a manter o site em funcionamento.

Fanon
Uma ideia bastante difundida em algum fandom que tenha ganhado tanto reconhecimento dos fãs que tem uso frequente. Indica a presença de ideias já propagadas em outras fanfics e que se tornaram tão populares quanto a obra original. (Convém dizer de onde tiraram as ideias).

Fred RSS
Feed em inglês (no sentido que nos interessa) significa "alimentador". Se você observar bem, verá que a maioria dos sites possui um ícone pequeno, geralmente na cor laranja, muitas vezes acompanhado de dizeres como "RSS", "XML" ou "Atom", semelhante aos que são mostrados abaixo. Estes ícones são, na verdade, um símbolo universal utilizado para indicar que, naquele site, é possível utilizar feeds RSS. Graças a este recurso, sites e blogs podem divulgar conteúdo novo de maneira rápida e precisa. Para o usuário, a vantagem está em poder ser informado de cada novidade de seus sites preferidos. O objetivo deste artigo é mostrar como o RSS permite tal possibilidade, explicar como este padrão surgiu e esclarecer o seu funcionamento básico. A sigla RSS tem mais de um significado. Alguns a definem como RDF Site Summary, outros a denominam Really Simple Syndication. Há ainda os que a entendem como Rich Site Summary. RSS é um padrão desenvolvido em linguagem XML que permite aos responsáveis por sites e blogs divulgarem notícias ou novidades destes. Para isso, o link e o resumo daquela notícia (ou a notícia na íntegra) é armazenado em um arquivo de extensão .xml, .rss ou .rdf (é possível utilizar outras extensões). Este arquivo é conhecido como feed ou feed RSS. Uma pessoa interessada em obter as notícias ou as novidades de um site deve incluir o link do feed deste em um programa ou serviço leitor de RSS (também chamado de agregador). Este software (ou serviço, se for um site) tem a função de ler o conteúdo dos feeds que indexa e mostrá-lo em sua interface.

Ficwriter
Termo em inglês para escritor de fanfiction.

Genderbend/Genderflip/Genderswap
Inglês para “troca de gêneros”. Ato de criar uma contraparte do sexo oposto de um personagem que já existe. É uma prática bastante popular nos fandoms de anime. Ex:
o normal = Naruto versão masculina.
henge no jutsu sexy = Naruto versão feminina.

Headcanon
Não tem tradução para o português. O headcanon consiste em uma teoria usada para explicar alguma pergunta não respondida no universo canon.

POV (Point of View)
Ponto de Vista, também é válida a abreviação “PDV”. Termo usado para designar a pessoa que está narrando a história, o foco narrativo daquele momento. Geralmente em fanfics narradas em primeira pessoa ou que trocam de narrador constantemente. Podendo ser alterado no decorrer da capitulação quando indicado. Pode ser um personagem principal ou secundário. Quando são mais de duas pessoas é usado on e off no final, para mostrar quando termina a narrativa de um e começa outro (ex: ...Naruto off - nova linha - Hinata on...). Também serve para ser substituído por “narrador”, quando não são os personagens a contar (Narrador on - fanfic - Narrador off). Não é obrigatório o uso se estiver apenas uma pessoa contando a história toda.

Maintext
Conteúdo existente e explícito na obra original. Enredo, situações ou romances que aparecem explicitamente na obra original e são explorados na fanfic. Ex: Romance Niklaus Mikaelson x Caroline Forbes.

Mary Sue
O nome do estilo é uma homenagem à Tenente Mary Sue, uma personagem de fanfics de Jornada das Estrelas dos anos 80 que definiu o arquétipo da personagem perfeita altamente idealizada. Nas fanfictions, esse termo é designado às personagens principais onipresentes, onipotentes e inatingíveis, que tornam a história melodramática e apelativa. As “Mary Sues” costumam nascer de OCs (Original Characters) abusivamente explorados. Tipo de personagem idealizada, normalmente sem defeitos. Costuma ser criada para a satisfação imaginária dos desejos do escritor, para que os leitores a admirem, invejem e/ou tenham pena dela. Costuma ter tratamento preferencial da parte do autor: tem atenção maior na história, é perdoada quando os outros seriam punidos, consegue tudo o que quer com extrema facilidade e outros. É mais comum que a Mary Sue seja mulher. Alguns tipos de fanfics são chamadas pelo estilo Mary Sue pelo formato mais "açucarado" em forma de conto, romance ou novela.

Marty Stu
Versão masculina da Mary Sue. Também conhecido como Gary Stu.

Moderadores do Fórum
São usuários que podem gerenciar postagens e tópicos do fórum, com a finalidade de mantê-lo organizado.

Pairing
Inglês para “tornar um par”. Casal ficcional, canon ou não. Sinônimo de ship. Também pode se referir ao ato dos fãs de torcer por um ship (shippar).

Reboot
Inglês para “reiniciar”. Consiste em escrever uma história ou fanfic a partir da estaca zero, com os mesmos personagens e ignorando totalmente o enredo anterior. Prática mais frequente nos jogos.

Review
Inglês para “revisão” ou “crítica”. É o comentário com a opinião do leitor deixado após ler a fanfic. A Liga dos Betas recomenda: envie sempre o seu.

Roleplay
Inglês para “interpretação de papéis”. Modalidade de jogo online, de mesa ou por escrito (normalmente em fóruns) em que os participantes criam uma personagem para si e jogam com ela dentro de um universo estabelecido.

Ship
Termo derivado do inglês “relation ship”, relacionamento, significando casal ficcional. Pode ser canon ou não. Sinônimo de pairing. Também pode ser escrito no gerúndio: “shipping”. O sufixo também está presente na palavra “friendship”, amizade, não tem tradução exata para o português. Ships podem ser escritos com uma barra ou uma letra X entre os nomes dos componentes, uma combinação dos dois nomes ou uma palavra de comum acordo no fandom que represente o ship. Exemplos: Harry/Ginna, Rony X Hermione, NaruHina (Naruto e Hinata), Revolution shipping (Yami Yugi e Anzu, de Yu-Gi-Oh Duel Monsters) e Bittersweet (Neji e Tenten). Existe o costume de escrever o nome do homem antes do da mulher em um ship heterossexual (ex: SasuSaku, Sasuke e Sakura), assim como o do parceiro ativo (SEME, “ataca”) antes do passivo (UKE, “recebe”) nos ships homossexuais (ex: SabaCiel, Sebastian e Ciel), porém, não é uma regra. Sas“UKE”, piada interna dos leitores.

Ship wars
Inglês para “guerra de ships”. Discussão ferrenha acerca de qual ship é melhor ou “mais canon”. Costuma ocorrer entre shippers de diferentes casais.

Shipper
Mesmo que “casal”, que há um relacionamento amoroso/afetivo entre os personagens. Pessoa que é fã de determinado casal e/ou escreve sobre ele. Um shipper exerce a atividade de shippar, “shipping”, em inglês.

Spin-off
Obra narrativa derivada de uma que existia antes. Uma das séries que possui vários deles é Law & Order, cujo spin-off Law & Order: Special Victims Unit é até mesmo mais popular do que o original.

Subtext
Conteúdo existente na obra original, porém não explícito. Não deixa de ser considerado canon por não ter sido descrito. Costuma dar muita abertura à criação de fanfics; um exemplo perfeito do fenômeno é o grupo dos Marotos, em Harry Potter. Fãs das informações deixadas como subtext pelo autor e que exploram isso em suas histórias.

YA
Sigla em inglês para “Young Adults”, jovens adultos. Literatura direcionada para adolescentes e, como o nome diz, jovens adultos, faixa etária que vai até por volta dos 25 anos. Com o crescimento do público, deixou de ser apenas uma classificação indicativa e se tornou um ramo editorial ou até mesmo um gênero. Costuma ter protagonistas com idade próxima à dos leitores e trazer questionamentos comuns dessa época de vida, como a fase adulta que se aproxima e a busca pela identidade. É um dos gêneros de livro que mais baseia fanfics.


AVISOS


Adultério
Infidelidade estabelecida por relação carnal com outro(a) parceiro(a) que não o(a) companheiro(a) habitual.

Álcool
Qualquer menção a bebida alcoólica em excesso. Normalmente é classificada quando qualquer personagem bebe até cair (no caso desmaiar) de tão bêbado. Ou se não uma festa regada a bebidas alcoólicas, desde as mais fracas até as mais “perigosas”.

Bissexualidade
Simultaneidade das disposições sexuais masculinas e femininas própria de todo ser humano, presente nos conflitos que o indivíduo tem para assumir seu sexo. Ou seja, gosta dos dois (homem e mulher) ou está em dúvida.

Canibalismo
Antropofagia. Brutalidade, ferocidade. Ato praticado por alguns animais que consiste em devorar outro da mesma espécie. Praticado também entre os humanos.

Cross-dress
Inglês para “travestir”. Onde uma ou mais personagens se veste com roupas próprias do sexo oposto.

Drogas
Equivalente ao gênero Álcool, porém ela deve ser classificada mesmo se for em menor uso, qualquer menção implícita. Subentendido.

Estupro
Crime que consiste no constrangimento a relações sexuais por meio de violência. Relação forçada.

Gravidez Masculina (MPreg)
“Male Pregnancy”, inglês para “gravidez masculina”. Tem como característica a capacidade de um homem engravidar. Onde homens geram um bebê por meios naturais.

Heterossexualidade
Aquele que sente atração sexual por e/ou mantém relação amorosa e/ou sexual com pessoa do sexo oposto.

Homossexualidade
Aquele que sente atração sexual e/ou mantém relação amorosa e/ou sexual com indivíduo do mesmo sexo.

Incesto
Relação amorosa contendo -ou não- cenas de sexo entre parentes. Geralmente são usados entre irmãos e primos.

Insinuação de sexo
A tendência é aplicada quando é possível deduzir por diálogos, imagens e contextos, que a relação sexual ocorre, ocorreu ou ocorrerá, sem que, contudo, seja possível visualizar explicitamente o ato sexual. Também se aplica a cenas de masturbação implícitas.

Intersexualidade (G!P)
Onde um ou mais personagens do sexo feminino tem o órgão genital masculino.

Lolicon
Romance entre uma pessoa adulta (de qualquer sexo) e uma garota jovem, ou entre duas garotas jovens. O termo surgiu da abreviação do inglês “Lolita complex”, complexo de Lolita, personagem do romance homônimo de Vladimir Nabokov. Como o termo foi criado no Japão, e no país a idade de consentimento para o sexo é de 12 anos, fica incerto o limite de idade para que uma história seja classificada como lolicon no ocidente.

Linguagem Imprópria
Existem certos tipos de comportamento que nunca são aceitáveis em determinadas faixas etárias, como a utilização de palavrões, linguagem sexualmente explícita, linguagem racista ou de incitação ao ódio, linguagem abusiva ou comportamento provocador.

Mutilação
Uma mutilação é a perda parcial ou total de um membro do corpo. As mutilações físicas podem ser voluntárias ou involuntárias. O ato de mutilação pode ser voluntário por diversos motivos e auto-infringido que é imposto: durante as guerras e outros conflitos armados, alguns soldados poderão chega a automutilar-se para que sejam declarados inaptos; pessoas com problemas mentais podem chegar a automutilar-se; uma mutilação pode ser a consequência de ações que danificaram a honra (por exemplo o corte do dedo mínimo entre os yakuzas); outro tipo de mutilações ocorrem através da tortura ou como práticas religiosas (circuncisão ou mutilação genital feminina). Mutilação involuntária resulta normalmente na sequência de acidentes de trabalho ou de viação que causam traumatismos muito graves.

Necrofilia
Violação de cadáver. Uso de cadáver como objeto sexual.

Nudez
Ausência de vestimenta, de decoro, de decência; descompostura, indecência, indecorosidade. A nudez ou o nu é a condição ou estado pessoal em que, parcial ou totalmente, encontra-se uma pessoa sem cobertura de roupas. É usado por vezes para designar o uso de menos roupa do que o esperado por uma convenção cultural, particularmente no que se refere à exposição das partes íntimas, torso ou membros.

Pansexualidade
A pansexualidade é caracterizada pela atração sexual ou amorosa entre pessoas, independentemente do sexo ou identidade de gênero. A palavra pansexual deriva do prefixo grego pan que significa "tudo" ou "todos". "Todos" inclui géneros binários e não-binários. Em sua forma mais simples, pansexualidade denota o potencial de atração sexual por todos os sexos ou gêneros. Pessoas pansexuais podem sentir atração sexual por indivíduos que se identificam como homem ou mulher. Mas elas também podem ser atraídas por pessoas que se identificam como intersexo, terceiro gênero, andrógino, transexual ou qualquer uma das muitas identidades sexuais e de gênero. Que é bem diferente de bissexual que só inclui o homem e a mulher. Pansexual vem de tudo homem, mulher, gay, lésbica, transexual, andrógeno, travesti e por aí vai.

Sadomasoquismo (SM)
Característica sadomasoquista, onde os personagens possuem prazer na dor. Tanto no ato individual ou em dupla, em outros casos -dificilmente- em grupo.

Self Inserction
Nesse gênero o ficwriter interage com os personagens, participando da trama. É comum em fics de humor.

Sexo
Exercício sexual praticado a partir de 2 seres, em busca de prazer ou reprodução. Não é sinônimo direto de hentai.

Shotacon
Contendo um romance entre uma pessoa adulta (de qualquer sexo) e um garoto jovem, ou entre dois garotos jovens. O termo tem origem no inglês “Shotaro complex”, complexo de Shoutarou, personagem do mangá Tetsujin 28-go. Como o termo foi criado no Japão, e no país a idade de consentimento para o sexo é de 12 anos, fica incerto o limite de idade para que uma história seja classificada como shotacon no ocidente.

Spoilers
Em português literalmente significa espoliador, ou aquele que pratica espoliação, (spoiler do inglês para aquele que estraga ou aquele que subtrai deteriorando, degradando, dilapidando ou depredando algo). O termo se refere a qualquer fragmento de uma fala, texto, imagem ou vídeo que se encarregue de fazer revelações de fatos importantes, ou mesmo, do próprio desfecho da trama de obras tais como filmes, séries, desenhos animados, animações e animes, conteúdo televisivo, livros e videogames em que, na maioria das vezes, prejudicam ou arruínam a apreciação de tais obras pela primeira vez. Ex.: Revelar que numa determinada história o assassino, surpreendentemente, NÃO é o mordomo; sendo que isto deveria ser uma surpresa para o leitor.

Suicídio
Do latim, sui, ou do grego autos: "próprio"; e do latim caedere ou cidium: "matar". É o ato intencional de matar a si mesmo. Sua causa mais comum é um transtorno mental e/ou psicológico que pode incluir depressão, transtorno bipolar, esquizofrenia, alcoolismo e abuso de drogas. Dificuldades financeiras e/ou emocionais também desempenham um fator significativo. Além da consideração nefasta do suicídio, há também avaliações positivas, sendo visto como uma vontade legítima ou um dever moral.

Tortura
É a imposição de dor física ou psicológica por crueldade, intimidação, punição, para obtenção de uma confissão, informação ou simplesmente por prazer da pessoa que tortura. Também tem, como uma definição mais abrangente, "o dano físico e mental deliberado causada pelos governos contra os indivíduos para destruir a personalidade individual e aterrorizar a sociedade".

Transsexualidade
Refere-se à condição do indivíduo cuja identidade de gênero difere daquela designada no nascimento e que procura fazer a transição para o gênero oposto através de intervenção médica (administração de hormônios e cirurgia de resignação sexual).

Violência
É um comportamento que causa intencionalmente dano ou intimidação moral a outra pessoa ou ser vivo. Tal comportamento pode invadir a autonomia, integridade física ou psicológica e até mesmo a vida de outro. É o uso excessivo de força, além do necessário ou esperado.

Zoofilia
Do grego ζωον (zôon, "animal") e φιλία (filia, "amizade" ou "amor"), é uma parafilia definida pela atração ou envolvimento sexual de humanos com animais de outras espécies. Tais indivíduos são chamados zoófilos. Os termos zoossexual e zoossexualidade descrevem toda a gama de orientação humana/animal. Um outro termo, bestialidade, se refere ao ato sexual entre um humano e um animal não-humano. Porém na fanfic não é necessário que seja um animal, pode se referir também a fantasias sexuais como orelha, focinho, rabo, garras, pata de gato, roupas com manchas felinas, coleira, focinheira...


GÊNEROS COMUNS

Ação
Possui cenas de luta e adrenalina. Também pode ser vinculada à esportes radicais de alto risco. Esse tipo de gênero pode se misturar a todas as faixas etárias, menos a “livre”, dependendo do conteúdo.

Amizade
Quando a relação afetiva entre duas ou mais pessoas não é ligada por vínculos familiares (de sangue) ou atração sexual. Na maioria dos autores e leitores taxamos como um tipo de “irmandade” quando a amizade é forte e normalmente de longa data.

Artes Marciais
Tem como objetivo um alto desenvolvimento de seus praticantes para que possam defender-se ou submeter o adversário mediante diversas técnicas. São sistemas para treinamento de combate, geralmente sem o uso de armas de fogo ou de outros dispositivos modernos. O que diferencia as artes marciais da mera violência física (briga de rua) é a organização de suas técnicas num sistema coerente de combate, desenvolvimento físico, mental e espiritual.

Aventura
Esse tipo de história vezes é cheia de mistérios e fantasia, possuindo um enredo interessante que acaba resultando em uma grande "aventura". Geralmente são ligadas a shortfic, longfic e normalmente vinculada a sci-fic e/ou fantasia, mas não é regra.

Citrus
Romances maduros ou adultos onde as cenas de sexo são opcionais. Pode ou não conter cenas de sexo. O termo “romance adulto” não quer dizer apenas a existência de cenas de sexo, embora elas possam aparecer; é mais referente a temas maduros e sérios, como casamento e adultério, do que a relacionamentos jovens.

Colegial
Voltado como tema principal ou secundário a vida colegial, no caso o ensino médio.

Comédia
Cômica com humor branco ou negro, com o único objetivo de animar quem lê.

Drama (Tragédia)
Excessiva em cenas dramáticas, geralmente ligadas a cenas de tragédia, onde os personagens mostram mais os sentimentos do que de fato, os atos.

Escolar
Tema principal ou secundário da vida escolar, ou seja o início do aprendizado, ensino fundamental.

Esporte
Menções de festivais esportivos, olimpíadas, campeonato. Desde as aquáticas, terrenas e aéreas. Ex: natação, futebol, paraquedismo.

Famí¬lia
Acontecimentos que envolve os familiares em termos positivos. Ex: o carinho e a falta que o filho demonstra aos pais, mesmo estando longe servindo o exército.

Fantasia
Possui um enredo único e diferente de todas as outras. Geralmente usa-se a magia e outras formas sobrenaturais como o elemento principal de uma história. Quando envolve a aparição e influência de seres mágicos, como bruxas, fadas, livros mágicos, etc.

Festa
Qualquer festa presente, geralmente entre a fase adolescente. Desde a comemorações, aniversários, vitórias, de boas-vindas. Normalmente rebado a bebida alcoólica e as vezes menções a drogas.

Fetichismo (Fetiche)
Atração por peças de roupas, objetos ou determinadas partes do corpo.

Ficção
Se enquadra em um universo ficcional, criado a partir da mente de alguém, porém é um universo que não tem condições de se tornar realidade. Magia, seres mitológicos, deuses são comuns neste mundo. Como estes elementos não existem de fato, estas obras são consideradas além da realidade. Estes eventos não podem ocorrer nem hoje, nem futuramente. Ex: Harry Potter e As Crônicas de Nárnia.

Ficção Científica (Sci-fic)
Este tipo de história inclui a ciência como componente essencial. Geralmente histórias do gênero se passam em ambientes futuristas, onde a tecnologia é muito mais avançada que a atual. É um estilo normalmente associado ao futurista cyberpunk, conhecido por seu enfoque de "Alta tecnologia e baixo nível de vida" ("High tech, Low life") e toma seu nome da combinação de cibernética. Robôs.

Horror
Capaz de assustar os leitores, promovendo neles medo, horror e terror.

Humor Negro
Utiliza situações consideradas politicamente incorretas, de natureza mórbida ou de mau gosto, que também são usadas para divertir os leitores.

Lírica
Poema cantado. Neste gênero há um elemento fundamental, sem o qual não se poderiam expressar as emoções mais subjetivas, as condições da alma, os pensamentos, os sentimentos profundos; trata-se do “eu-lírico”, uma entidade fictícia perfeitamente distinguível do autor concreto.

Luta
Em inglês: wrestling que utiliza técnicas de agarramento como a luta em clinch, arremessos e derrubadas, chaves, pinos e outros golpes do grappling. Uma luta é uma competição física entre dois (às vezes mais) competidores ou parceiros desparring, que tentam ganhar e manter uma posição superior. É como se fosse um MMA não profissional, mas parecido.

Magia
Antigamente chamada de Grande Ciência Sagrada pelos Magos. Ciência ou prática baseada na crença de ser possível influenciar o curso dos acontecimentos e produzir efeitos não naturais, valendo-se da intervenção de seres fantásticos e da manipulação de algum princípio oculto supostamente presente na natureza, seja por meio de fórmulas rituais ou de ações simbólicas. Qualquer procedimento mágico. Forte atração; fascínio, feitiço, magnetismo.

Mistério
Envolvem muito suspense, onde os elementos ocultos vão se desenvolvendo no desenrolar da trama.

Misticismo
Inclinação para acreditar em forças e entes sobrenaturais. De que o ser humano pode comunicar-se com a divindade ou receber dela sinais ou mensagens.

Poesia
Poemas ou Poesias escritos em versos ou em prosa.

Paródia
Imita, geralmente de forma cômica, alguma forma de entretenimento. Seja um anime, um livro, um seriado, etc. No cinema, um bom exemplo de paródia são os filmes "Todo Mundo em Pânico".

Policial
Os argumentos quase sempre envolvem crimes e criminosos, policiais e detectives particulares, mafiosos e ladrões. Um filme de sucesso sobre o tema, mas do ponto de vista dos policiais, foi o premiado Tropa de Elite. Esse género pode usar um pouco de suspense, para criar atmosferas de tensão e medo e, claro, muita ação no meio.

R.A. (Realidade Alternativa)
Quando se passa com os mesmos personagens e locais dos criados pelo autor original, porém, um dos fatos mudam. (Ex.: Draco e Harry lutam lado a lado contra Voldemort ou Draco se apaixonar por um sangue-ruim). Se usa também universo e personagens canon.

Romance e Novela
Caso possua mais de um capítulo, ela deve conter o gênero. Diferentemente da televisão e do cinema, a história que possui como gênero romance não se trata de um relacionamento amoroso entre dois personagens. Na literatura, romance é designado a uma história com diversos núcleos diferentes, cada um envolvendo um diferente mistério e personagens únicos. Um bom exemplo para este gênero é a coleção de livros Harry Potter.

Sobrenatural
Em geral designa o contrário do que é considerado natural; o que não admite - ou é suposto não admitir - explicação científica. Designa aquilo que, em princípio, é ou ocorre fora da ordem natural, à parte das leis naturais que regem os fenômenos ordinários; aquilo que é superior à natureza. Na filosofia, na cultura popular e na ficção, o termo é associado com paranormalidade, religiões e ocultismo. É propriedade imanente, por exemplo, das deidades.

Steampunk
Também conhecido como Tecnavapor (diminutivo de ''Tecnologia a Vapor'') baseado num universo de ficção cientifica criado por autores consagrados, eles mostram uma realidade espaço-temporal na qual a tecnologia mecânica a vapor teria evoluído até níveis impossíveis (ou pelo menos improváveis), com automóveis, aviões e até mesmo robôs movidos a vapor já naquela época. Ex: A Locomotiva de De Volta para o Futuro III; O expresso de Hagwarts da série Harry Potter; A aranha gigante de metal movida a vapor de As Loucas Aventuras de James West.

Super Power
“Super Poder”. Associados a heróis em quadrinhos, de origem americana. Superman, Batman, Mulher Maravilha, Lanterna Verde, Mulher Gavião...

Super Sentai
A Série Super Sentai (スーパー戦隊シリーズ, Sūpā Sentai Shirizu?) é uma franquia japonesa de séries de televisão voltadas para o público infantil e infanto-juvenil produzida pela Toei Company, normalmente com uma série por ano. A premissa básica das séries é a de um grupo de geralmente cinco heróis que ganham poderes especiais, usam roupas (colantes) cada um de uma determinada cor, e possuem um arsenal incluindo mechas, robôs gigantes (Megazord) para combater ameaças alienígenas ou vindas da própria Terra. O termo japonês sentai, de origem militar, significa "esquadrão" e, em japonês, sua escrita é composta por dois ideogramas: 戦 "sen" (guerra) e 隊 "tai" (grupo). Em outras palavras “Power Rangers”, lembrou?

Survival
É um sub-gênero de jogos de videogame do gênero ação/aventura, no qual o tema é terror e sobrevivência. O principal objetivo é sobreviver a fatos inicialmente incompreendidos e misteriosos e, ao longo do curso, descobrir os detalhes, desvendar os mistérios da história que muitas vezes é totalmente desconhecida e achar soluções para os diversos quebra-cabeças apresentados. Gênero que se popularizou com o sucesso de Resident Evil, produzido pela Capcom. Geralmente os jogos usam aspectos sobrenaturais, ou biológicos, como o próprio Resident Evil.

Suspense
Possui cenas abundantes com o intuito de pregar algum susto ou medo no leitor, além de também sempre mantê-lo curioso para o capítulo que vêm a seguir. Uma técnica muito usada na literatura, é encerrar um capítulo quando a história está atingindo o clímax, e chega um ponto em que o leitor está com tanta curiosidade que acaba lendo o capítulo seguinte, e o outro, e o outro, até ter concluído toda a história.

Terror
Geralmente possuem personagens fictícios já conhecidos pelo público. Bruxas, Lobisomens, Vampiros, entre outros seres de mitos e lendas são utilizados nessas histórias.

Tragédia
Possui, diretamente, muito drama. Geralmente envolve um conflito entre um personagem e algum poder de instância maior. Muitas vezes mortes são utilizadas nesse gênero, e os sentimentos dos personagens são expressados de uma forma intensamente dramática, tornado o ocorrido em uma tragédia.

U.A.(Universo Alternativo) ou A.U. (Alternative Universe)
Este tipo transporta os personagens para um novo enredo com uma nova temática, totalmente diferente do original. Por exemplo, os personagens de Naruto Shippuden não vivem entre o mundo shinobi e as vilas ocultas, são adolescentes comuns que possuem uma banda de rock. Neste caso, nada da história original é reaproveitado, você apenas utiliza os personagens já existente optando por manter -ou não- as características da personalidade, modo de vida do personagem, na maioria das vezes buscando não alterar as características físicas e psicológicas. São fanfics passadas em universo alternativo, ou seja, os personagens podem estar em meios diferentes tanto real como fictícia.


GÊNEROS EXCLUSIVOS

Bondage
Quando ocorre na fic imobilização de um dos parceiros para satisfação sexual.

Bishoujo
美少女, menina bonita é um termo japonês usado para referir-se a garotas jovens e bonitas geralmente abaixo da idade universitária. Bishoujo não está listada como palavra no proeminente dicionário japonês Kōjien. Uma variante, biyōjo (美幼女), refere-se a garotas antes da idade da adolescência.

Bishounen
Belo jovem (garoto). Masculino de bishoujo.

Crossover
Histórias com dois ou mais fandoms mesclados reunindo personagens de séries diferentes num mesmo enredo (Ex. misturar os ninjas de Naruto e os feiticeiros de Harry Potter). Ocorrendo o encontro de dois universos diferentes, não necessariamente de autores diferentes. Existe também a ocorrência de crossovers oficiais: a CLAMP, responsável por shoujos muito populares, utiliza-se disso para ligar as várias histórias que publicou.

Ecchi
Contendo cenas de pornografia leve, geralmente só insinuações. No ocidente, é usado para aquelas histórias que apresentam sexo ou nudez implícitos.

FemmeSlash
O tema central se baseia no relacionamento amoroso lésbico. Não se restringe a histórias de origem japonesa como o Yuri, mas são de mesmo significado.

Fluffy
Os personagens são extremamente carinhosos e super protetores. Cujo enredo é classificado como “fofinho”, cheio de situações açucaradas que caminham para um final feliz. Romance mais fofo e doce do que um romance comum.

Furry
Inglês para “peludo” ou “felpudo”. Com personagens animais ou com características não totalmente humanos, podendo eles possuir características animal. (Tais como: rabo, orelhas felinas, focinho, presas, garras...). Os elementos animais costumam vir acompanhados de traços de personalidade correspondente à espécie, porém, não é regra.

Harem
Conjunto de aposentos independentes, na casa de um sultão ('príncipe'), destinado à habitação das mulheres. Grupo constituído por esposas, concubinas, parentes femininas e criadas que habitam o harém. Prostíbulo. Grupo de mulheres ligadas a um só homem, apenas em sentimentos não à necessidade do homem saber disso ou “ter” todas. Pode ocorrer o inverso, vários homens amarem a mesma mulher.

Hentai
Palavra japonesa para “pervertido”. Não é sinônimo direto de “sexo”. Cenas de sexo explícito entre casais hétero; selvagem, perverso, bruto, fantasioso, misturado ao romance, sem violência e/ou agregação exagerada (sadomasoquismo), tudo no limite estabelecido pelo casal. Ou seja, putaria rola solta. O hentai como gênero tem algumas características específicas, como subgêneros próprios; um termo mais neutro para fanfics que não correspondem a isso e/ou não fazem parte do universo dos animes é NC-17, que remete à classificação. Deve ser classificado como +18.

Lemon
Com prioridade em cenas sexuais explicitamente demonstrado entre homens (detalhada). Os sentimentos não são importantes. Com sexo contra vontade, sendo ele forçado através da violência, geralmente estupro. Deve ser classificada como +18.

Lime
Com sexo implicitamente demonstrado (apenas sugerido, sem detalhes) o termo se aplica tanto a casais heterossexuais quanto homossexuais e devem ser obrigatoriamente classificadas como +16.

Josei
女性, literalmente "mulher" definição dada normalmente voltados para o público feminino adulto. Enquanto revistas para meninas são chamadas de shoujo, o Josei é um amadurecimento do shoujo. Idealizados para maiores de 18 anos. São geralmente histórias da vida adulta com foco no cotidiano feminino, mostrados de forma mais realista, enquanto os mangás shoujo apresentam romances idealizados. O estilo do traço usado geralmente é mais sóbrio. Suas histórias tendem a ser menos fantasiosas tanto o shoujo quanto o seinen, sendo que o uso de fantasia e ficção científica é raro nos Josei.

Kodomo
Infantil, para menores de 10 anos.

Mecha
メカ, meka abreviatura de mechanical, inglês para mecânico. É um robô gigante controlado por um piloto ou controlador, comuns em algumas obras de ficção científica. Um mecha geralmente é uma máquina de guerra ou combate com pernas, cujos principais oponentes são monstros gigantes ou outros mechas. Geralmente são construídos em formato de ser humano ou de animais.

NCS
(Non Consensual Sex) eufemismo para estupro é um hábito desta acobertar o estupro, logo isso é conhecida como uma cultura do estupro. Normalmente é usado para personagens menores de idade tendo relações com um adulto, seja ele hétero ou homossexual.

OC
Original Character, inglês para “personagem original”. Personagem criado pelo ficwriter e inserida em um universo já existente.

OOC
"Out of Character", inglês para “fora do personagem”. Personagem com comportamento adverso ou não age de acordo com sua personalidade pré-definida no enredo original onde é inconsistentes e diferentes do esperado. Nem sempre é um defeito na história.

Orange
Com prioridade em cenas sexuais entre mulheres explícito (detalhada) com sexo contra vontade, forçado, sendo ele forçado através da violência, geralmente estupro. Os sentimentos não são importantes. Deve ser classificada como +18.

OTP
Sigla em inglês para “one true pairing”, um casal verdadeiro. Casal canon em uma história ou favorito de uma pessoa.

PWP
"Porn Without Plot", inglês para “pornografia sem enredo”. Pode também significar "Plot ? What Plot ?", uma história sem sentido e confusa. Que tem como prioridade o sexo, o enredo é dispensável. Sem uma trama definida que costuma apresentar apenas cenas de sexo.

SAP
“Sweet as possible”, inglês para “tão doce quanto possível”. Menos “açucaradas” do que as fics fluffy, fofa e doce sem exageros. Termo de pouco uso nas fanfics em português. Não tem ligação com a tecla SAP.

Seinen
Algumas histórias de seinen possuem personagens em idade típica de shounen, como personagens em idade escolar, mas os temas são mais maduros, geralmente contendo sexo e violência, que não são adequados em revistas infanto-juvenis. Os personagens dos seinen geralmente estão em torno dos 20 aos 40 anos e passam por problemas típicos de sua faixa etária, tendo muitas histórias se aprofundando em temas como negócios e política - que podem ser maçantes para os jovens - passando até por complexas histórias de ficção científica que exigem conhecimento universitário para se compreender.

Shonen-ai
A característica principal é o amor platônico entre homens, retratando relações românticas mais leves. Mais comum em obras de origem japonesa e nas fanfics derivadas delas.

Shoujo (Romântico)
Comercializado para um público feminino, normalmente entre as idades de 12 e 18 anos. Literalmente significa "pequena garota". Muitas vezes com um forte foco em relacionamentos românticos e emoções humanas. O shoujo compreende algumas características típicas, como garotos sempre muito gentis e adoráveis, além de personagens femininas dóceis e recatadas, a maioria das vezes. Existem exemplos contrários, porém com elementos semelhantes, como o popular mangá e anime shoujo Kaichou wa Maid-sama! Onde a protagonista feminina se apresenta como independente, forte e um tanto arisca a princípio.

Shoujo-ai
Com relações românticas leves, normalmente platônicas, entre mulheres. Contendo cenas leves de relacionamento entre as mulheres, geralmente no máximo, beijos. Mais comum em obras de origem japonesa e nas fanfics derivadas delas.

Shounen
Direcionado para o público jovem masculino. A categoria apela para uma grande faixa etária, embora seu público primário esteja na faixa de idade de 12 a 14 anos. Os caracteres em kanji (少年) significam "garoto" ou "jovem"; os caracteres(漫画) significam "cartoon" ou "comic". Ex: Bleach, Naruto, One Piece.

Slash
"Slash" é a palavra em inglês para "barra", o caractere usado para escrever um ship de relacionamentos amorosos entre dois homens, histórias nas quais o tema principal gira em torno entre dois personagens geralmente protagonistas. No entanto, o termo está sendo cada vez mais usado para designar histórias do tipo “yaoi” que tratam de relacionamentos homossexuais, ou seja, Slash é considerado yaoi. Não se restringe a obras de origem japonesa como o Yaoi.

Threesome
Ou então expressão francesa ménage à trois (literalmente, "família de três") se refere a uma relação erótica e afetiva que envolve três pessoas.

Visual Novel
No geral, são narradas pelo protagonista (na primeira pessoa) e dividida em dias ou capítulos que acompanham-no desde a hora em que acorda até o final do dia. Embora existam exceções, como por exemplo, Saya no Uta, no qual não existem divisões notáveis do tempo e o ocorre mudanças de narrador. Muitas são centradas em temas românticos, embora outros temas como ficção científica, fantasia e terror não são muito raros. Tradicionalmente os criados por grupos amadores, costumam ter cenas eróticas e demais fanservice. Embora costumam ser feitos voltados para todas as idades.

Voyeurism
Quando se observa alguém com o objetivo de obter satisfação sexual.

Waff
Sigla em inglês para “warm and fuzzy feeling”, “sentimento caloroso e fofo”. “Espírito” de uma fanfic focada em ser agradável e/ou romântica.

What If
Inglês para “e se”. Que explora um enredo baseado em: o que aconteceria se a história tomasse um rumo diferente. (Ex: Harry Potter voltar ao passado para salvar o mundo bruxo; etc). Termo semelhante, mas não idêntico, a R.A.

Yaoi (homens)
Cenas de romance e sexo se atribuem a esse gênero onde os sentimentos são prioridade sobre o casal homossexual. Termo mais usado em obras de origem japonesa (animes e mangás). É uma sigla derivada da frase “Yama nashi, ochi nashi, imi nashi”, japonês para “sem pico (clímax da história), sem queda (desfecho), sem sentido”, sentença usada para definir a falta de um enredo no início do gênero, que se comportava de maneira semelhante ao PWP nas fanfics. Cenas de sexo não é necessariamente obrigatório, mas é preciso fatos em volta dos sentimentos e afetos dos personagens para ficar clara que exista o casal yaoi.

Yuri (mulheres)
Envolvendo cenas românticas entre duas mulheres onde é incitado o sexo, mas não é retratado explicitamente. Termo mais usado em obras de origem japonesa (animes e mangás). “Yuri”, em japonês, é a palavra para “lírio”. Surgiu na antiga revista “Barazoku” (tribo das rosas, em japonês), voltada para o público homossexual masculino, em uma coluna de nome “Yurizoku no heya” (sala da tribo dos lírios, em japonês), esta sendo voltada para as leitoras.


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...