~ZMadew

ZMadew
ZMaHi <3
Nome: ZMysterious
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: 19 de Novembro
Idade: 22
Cadastro:

"Precisa de Cinco... Quatro..."


Postado

"Precisa de Cinco... Quatro..."

Theory está a poucos dias de ser lançada. O que acham disso? Nosso doutor em novas aventuras, e o seu passado sendo desvendado. Não poderia deixar de presentear vocês com uma poesia que é simbolicamente o enredo da segunda temporada... E pertence ao nosso personagem mais misterioso da fic.

Boa leitura, certo?



"Ame...
... Mas, doce e triste criança solitária
Não queira agir de forma arbitrária
Tão sutil
Tão infantil...

Seja como sua pintura
Doce, com bela postura
No eterno esperar
Na meia luz, no tic tac
Na melodia baixa que começas a cantar
A cada batida de seu coração.

Ofereço a ti meus sentimentos
Minha profunda tristeza
E digo...
Que sou indigno que permaneça
Em minha terrível presença mostruosa
Alarmante,
Perigosa

Procure abrigo sobre o rio calmo
O lago sereno
O calor, harmonia...

Desista do alto mar, das ondas fortes
Da penunbra do pântano
Do universo frio e escuro, desista desta forma ruim de mim
Esta forma que cresce e me devora
Como uma sombra, ao pôr do sol.

Apenas só.
... Sou apenas um.

Um que pode ser dois,
E de dois, apenas o espírito
Apenas o gatilho
Apenas o milimétrico apontar do segundo.

As vezes sinto que posso até tocar em seu pés
Abalar seus sonhos
Sua mente
Em minha mente perturbada
Congelada
Desde aquele dia, em que fui abandonado
Desde aquele dia, em que descobri ser mais doente do que o impossível.

Quando descobri que era doente por você.

Obsessivo, maligno, devastador.
Uma máquina de caçar, por um mero admirador
Perigoso.
Perigoso, mas não por viver.

Perigoso, por que precisei morrer.

E morrer não se torna fácil
Quando se morre nos braços de quem mais amou.

Mesmo possuído pelo pecado mais mortal,
Possuído pela ira,
Pelo desejo carnal
Pela sede do vampiro em sua mais longa abstinência
...Você me acolheu
Como um anjo luminoso
Com o seu véu protetor
Com seu carinho
Sua inocência, minha perdição.

Morrer não é uma questão de destino
Pois se fosse, eu não escolheria.
Morrer faz parte de amar,
Proteger aquilo que se ama
De forma que não exista nada mais perfeito...
Do que seu amor.

E o seu modo de amar, o seu modo
Aquele que de longe consegue me atingir
Com ondas de choque
Mesmo depois da morte
Mesmo que meu corpo não exista
Você se modifica, apenas para me entender.

O simples fato de saber que é impossível
Já faz de você
Uma grandiosa estrela no meu universo.

Impossível, por que amar independe de escolhas
Amar independe de pessoas
Amar independe de proximidade
Amar independe de aceitação do "todo"
Amar independe até mesmo do que aquilo que somos.

Quando o amor se torna uma síndrome
Você adormece, acorda
Sonha, vive, respira, age
Admira, conhece, fala, esboça
Você se transforma.

Por você, sou assim, sem ser nada.
Sou algo que existe apenas pela obediência do corpo a continuar por você.
Você escolhe quando quer me ver sorrir
Dirige até meus impulsos cerebrais, de forma a criar
As pequenas reações mais naturais
Até mesmo as mais surreais
Sou manipulável até demais
... Por seus engenhos.

Espero despertar
Todo o tempo
Todos os segundos
Ver seu reflexo com meus olhos
Meu reflexo, com seus olhos...

Como na estranha pintura,
No nosso estranho diálogo
Em segredo
Sozinhos... No silêncio
No instante vazio, entre o seu e o meu tempo.
É neste instante que sinto que você sou eu, e que eu sou você.
E é neste espaço eternamente congelado da mente
Onde o segundo muda de direção
Que eu espero por você,
...Irmão."



~ZMadew


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...