História Youth - Capítulo 6


Postado
Categorias Cameron Dallas, Fifth Harmony, Greyson Chance, Magcon, Nash Grier, One Direction, Selena Gomez, Shawn Mendes, Troye Sivan
Personagens Cameron Dallas, Camila Cabello, Greyson Chance, Harry Styles, Lauren Jauregui, Louis Tomlinson, Shawn Mendes
Tags Camren, Larry, Shameron
Exibições 165
Palavras 1.408
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, FemmeSlash, Festa, Mistério, Misticismo, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Slash, Suspense
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Heeey! Depois de um tempo eu finalmente voltei, eu disse que provavelmente sairia no fim de semana, mas n~~ao deu, me desculpem por isso :/ Bom, perdão pela demora e desejo uma boa leitura!

Capítulo 6 - Happy new year!


Fanfic / Fanfiction Youth - Capítulo 6 - Happy new year!

- Final do capítulo anterior -    

- Por que ele te notaria? - Pergunto. 

 

- Sabe, ele também é meu irmão, e eu achei muito errado da parte dele falar só com o espeto magrelo e pálido ao invés de mim. - Responde. 

 

- Ele é seu irm... Ei! Eu não pareço um espeto magrelo e pálido, pareço? - Todos assentem, bufo – Isso não teve graça. 

 

- Vamos curtir a festa, Shawn. - Fala Lauren dando tapinhas no meu ombro. 

 

 

(...)

 

 

- Agora -    

  

SHAWN MENDES POV – Seattle, Washington – 31/12/2016 - 22:54  

 

   A batida da música que passava era envolvente, já não sabia que horas eram, havia passado um tempo desde que começamos a dançar, meus pés começam a doer, mas eu não pararia de dançar, não agora. Não havia bebido nada além de água, mas a música que passava no momento era realmente viciante, depois perguntaria se alguém sabia qual o nome dela, mas pela voz percebi ser alguma da Britney Spears. Olho para o lado e vejo Camila dançando com o garoto que me apresentado a pouco, Troye, esse era seu nome. Volto minha atenção para a música. 

 

"He is a villain by the devil's law 
He is a killer just for fun-fun-fun-fun 
That man's a snitch, unpredictable 
He's got no conscious, he got none-none-none-none" 

 

Quando a música acaba vou em direção a mesa onde estavam as bebidas, pego uma garrafinha de água e decido ir para uma parte mais calma, e nada melhor do que o mar para isso. Caminho um pouco mais adiante de onde estava acontecendo a festa e paro olhando o mar, ele estava calmo, as ondas eram leves e a tranquilidade que emanava era insubstituível. 

  

- Ora, ora, oque vemos aqui. Uma sereia na beira da praia. Cuidado maninho, quem sabe iemanjá confunda você com uma das oferendas dela. - Fala Chris com um sorriso debochado. 

 

- Sai daqui, Chris. Me deixa em paz. Será que nem no final do ano você não me deixa em paz? 

 

- Aff, nem me venha fazer manha. - Fala e rola os olhos. - Olha aqui, só estou falando que uma coisa feia que nem você pode ser confundida com uma oferenda, não fale como se eu estivesse mentindo, essas coisas acontecem. 

 

- Eu deixo vocês um minuto sozinhos e do nada já aparecem um perto do outro brigando! - Exclama Lauren emergindo da água. Não, espera, o que? 

 

- AAAAAAH! - Escuto o grito fino da Camila que eu nem havia percebido a presença. De onde esse povo surge? - Uma sereia! 

 

- Ihihihi, xicrete - Lauren solta um risinho saindo da água. Vejo Camila olhar pra Lauren para então falar falar: 

 

 – Nossa sua roupa está toda molhada. Veja só sua blusa linda combina com uma deusa... 

 

- O que disse?  

 

-Na.. Nada.  

 

Lauren olha para roupa molhada - Er, vou ver se a alguém tem alguma blusa pra me emprestar.  

 

- Não precisa, toma. - Fala Camila entregando uma camisa para a Lauren, vejo minha irmã se virar para agradecer e então vê a garota de traços latinos só de calça e sutiã. 

 

- CAMILA, que isso? - Entrega a blusa pra ela de volta - Você iria mesmo ficar andando sem blusa por aí? Louca! 

 

- Ah, mas você pode pegar um pneumonia com essa roupa molhada, espera. O que você estava fazendo no mar? 

 

- Ah, eu... Isso não vem ao caso! O assunto aqui era o Shawn e o Chr- Para de falar assim que percebe que o Chris já havia saído do local. Suspira.- Deixa pra lá. 

 

- Quer suco? - Pergunta Grayson com um copo na mão para a Lauren. Eu não estou vendo de onde esse povo está vindo. 

 

- Ah, sim, obrigada. 

 

- Vamos voltar para a festa. - Digo e todos assentem me seguindo. 

 

[...] 

 

- Hey, você tá aí. - Fala Cameron abrindo um sorriso. - Te procurei por toda parte. 

 

- Eu estava dando uma volta um pouco longe daqui, nada demais. - Falo para ele. 

 

- E então... tá curtindo a festa? - Pergunta depois de um tempo em silêncio. 

 

- Sim, está bem legal. 

 

- Eu... Olha, eu gostaria de saber se você não quer sai- Ele começa a falar mais logo é cortado pelo garoto que eu conheci a não muito tempo mas já construí uma amizade. 

 

- Oi! - Fala Troye aparentemente bêbado. - Essje aque é o Declan. - Aponta para o garoto no qual ele estava apoiado. - Nóss vienmos dhar um "oi', entjão, oi! 

 

- Oi! - Fala o garoto, Declan, apertando a mão que Troye estendia. Outro bêbado, podia sentir seu hálito com cheiro de álcool a quilômetros de distância. 

 

- Oi. - Falamos eu e Cameron em uníssono. Ele olha para mim solta um risinho então abaixa a cabeça olhando para o chão. 

 

- Era só i - da uma pausa tentando falar. - isso mezsmo, veim. - Fala Troye e então puxa o garoto para outra direção. 

 

- Hum, quer ir mais para lá? Sabe, a contagem é daqui a pouco, eu sei que não vai querer perder isso, mas eu acho que da tempo, quer ir? - Pergunta Cameron olhando pra mim. 

 

- Na verdade eu não ligo muito para isso mas... vamos sim. - Começamos a andar, ficamos calados durante o caminho e então paramos numa área distante na praia, mas mesmo assim próxima ao local onde acontecia a festa. - Eu costumava vir sempre a praia quando queria pensar. 

 

- Algum motivo especial para ter parado de fazer isso? 

 

- Na verdade não, eu só... parei. - Mais uma vez ficamos calados presos em nossos próprios pensamentos. A sua pergunta ainda rondava a minha cabeça, por que eu parei de ir a um lugar que me fazia tão bem? Nem eu mesmo sabia responder. Fico olhando em direção a lua quando sinto seu olhar em mim e viro-me para olha-lo. Seu rosto estava metade coberto pela claridade que a lua emanava e a outra metade estava mais escura por conta da pouco claridade que havia no local, seu nariz fazia um contraste perfeito com seu rosto e seus lábios não estavam com o sorriso de sempre, mas pareciam tão beijáveis... Sem me dar conta vejo nossos rostos se aproximando e começo a fechar lentamente os olhos ao ver ele fazendo o mesmo esperando pela sensação quando de repente escuto um barulho ensurdecedor de tiros fazendo nos desaproximarmos de supetão. - O que foi isso? 

 

- E-eu não sei, olha! - Aponta para a multidão que parecia desesperada mais a frente. No local da festa. Olho para ele que se levanta me levando a fazer o mesmo e então começamos  correr em direção a festa. 

 

Ainda estávamos correndo, quanto mais corríamos mais parecia distante. Eu estava preocupado, será que alguém tinha se ferido? Eu espero que não. Chegamos ao local da festa e os gritos estavam fortes, as pessoas corriam desesperadas levando-as a esbarrarem em mim e no Cameron. Tento achar um rosto conhecido e enfim encontrando Lauren que estava com a cara mais pálida que o normal com uma expressão de choque com Troye desesperado ao seu lado. 

 

- O-o que aco-nteceu? - Falo entre pausas tentando normalizar a minha respiração que depois da corrida havia ficado irregular. 

 

- O Declan! O D-Declan! Ele, ele... Ele levou um tiro e... a família dele apareceu e levou ele... Ai meu Deus, Shawn! Onde você estava? Eu fiquei com tanto medo e... - Começa a chorar, ela estava muito desesperada. 

 

- Calma, calma. Está tudo bem agora, vai ficar tudo bem. - Tento a confortar a abraçando, ela tremia em meus braços, eu nunca tinha a visto nesse estado. Olho para o Cameron e o vejo falando palavras de conforto para o Troye que estava num estado lastimável. Ficamos assim por aproximadamente vinte minutos, tempo o suficiente para grande parte das pessoas que estavam ali terem saído, olho mais a frente e vejo Camila correndo em nossa direção. 

 

- O- Carro! 

 

- O que? Que carro, o que tem ele? - Pergunto confuso. 

 

- O carro dos familiares do Declan! Disseram que eles foram perseguidos a caminho do hospital e que aconteceu um acidente e parece que não teve sobreviventes. - Fala com os olhos cheios de lágrimas e então vejo fogos de artificio explodindo no céu e então olho para o relógio em meu pulso, meia noite. Feliz ano novo. 


Notas Finais


Se importariam dar uma olhadinha? Recomendo, eu juro que são legais u.u A primeira é da Avril Lavigne, um romance policial, muito boa MESMO. A segunda é uma Camren rodada para o misticismo. A terceira é com o Hayes Grier. A Quarta é com o Sonic.

FO: https://spiritfanfics.com/historia/freak-out-6622004

D: https://spiritfanfics.com/historia/decode-6708965

//: https://spiritfanfics.com/historia/the-first-6572168

//: https://spiritfanfics.com/historia/sonic-riders-6663838
---

Don't matter what you do
I only wanna do bad things to you
So good, that you can't explain it
What can I say, it's complicated ♪♪


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...